Comunitários do Residencial Vivendas voltam a pedir providências contra som alto de veículos

O velho problema de veículos com som nas alturas continua incomodando os moradores do Residencial Vivendas, em Petrolina. Um morador – que preferiu o anonimato – contou, através do WhatsApp do Blog, que não aguenta mais a situação.

Ele informou que o incômodo é maior nos finais de semana. O morador conta que, além dos ‘paredões’, muitos moradores colocam caixas de som do lado de fora de suas residências e passam o dia inteiro com os equipamentos ligados. Com a palavra, as autoridades.

Artigo do leitor: Gonzaga Patriota volta a defender obrigatoriedade do extintor em veículos

A obrigatoriedade de equipar veículos automotores com o extintor contra incêndio, cujo projeto de lei de autoria do deputado federal Moses Rodrigues (PMDB-CE) tramita na Câmara, voltou a ser defendida, neste artigo enviado ao Blog, pelo deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE).

Confiram:

Antes de ontem, 29 de maio, o jornal O Globo chamou a atenção para um tema que é de conhecimento de todos nós: as consequências dos acidentes de trânsito que aumentam a cada ano. O título da matéria foi “Acidentes no trânsito custam R$146 bilhões ao país, aponta estudo. Cálculo não considera gastos com hospital e fisioterapia”.

Segundo o professor de Logística e Infraestrutura da Fundação Dom Cabral (FDC), Paulo Resende, “o número de mortes e casos de invalidez por causa do trânsito devem estar em torno de 50% acima das estatísticas conhecida, porque, em muitos casos, os envolvidos não cobram o seguro DPVAT”. Apesar de conhecer os números perversos dessa “Guerra Silenciosa”, o Contran, na contramão de uma política de diminuição de acidentes, resolveu acabar com a obrigatoriedade do extintor de incêndio nos veículos automotores, diminuindo a proteção à vida e a integridade física de condutores e passageiros.

Em audiência pública convocada pela Câmara, o Presidente da Associação de Engenharia Automotiva (AEA) defendeu o término da obrigatoriedade. Por ironia do destino, poucos dias após, a montadora do Presidente da AEA convocou recall para veículos por risco de incêndio provocado por curto-circuito. Bastaria o Contran consultar o elevado número de recall registrado na Secretaria de Defesa ao Consumidor do Ministério da Justiça para constatar o risco que representaria o término da obrigatoriedade.

Para corrigir esse erro do Contran é que o Deputado Moses Rodrigues (PMDB-CE) apresentou o Projeto de Lei 3404/2015, garantindo a obrigatoriedade do extintor no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), impossibilitando que sem qualquer estudo técnico, se jogasse por terra todos os argumentos de segurança de órgãos técnicos que defenderam a obrigatoriedade.

O Projeto de Lei 3404/2015 já conta com parecer favorável do Deputado Remídio Monai (PR-RR) e será submetido à Comissão de Viação e Transportes, competindo ao Contran regulamentar as especificações desses equipamentos e a obrigatoriedade veicular, saído ou não de fábrica.

O Relator, concordando com a proposta, destaca que o que realmente importa nesta análise “…é apurar a real necessidade do extintor de incêndio veicular, como equipamento de segurança e proteção do condutor e passageiros de veículo automotor, bem como de terceiros e do próprio veículo”.

Destaca também o Relator que “a própria manutenção da obrigatoriedade do extintor, para algumas categorias veiculares, já demonstra, por si só, que esse equipamento possui eficácia e é extremamente útil para o combate a pequenos focos de incêndio, finalidade precípua do extintor veicular”. Por todos esses motivos, esperamos contar com o apoio de todos para restabelecer a segurança necessária para a defesa da vida e do patrimônio dos cidadãos brasileiros.

Gonzaga Patriota/Deputado Federal – PSB

 

Acidente inacreditável em pleno Centro de Petrolina

Dois veículos envolveram-se num acidente inacreditável na noite de ontem (3), ao colidirem em pleno Centro de Petrolina.

Um dos veículos acabou capotando com o impacto da batida. O fato aconteceu na Avenida Souza Filho, transversal com a Rua Tobias Barreto.

Ainda não informações sobre feridos, mas o veículo que capotou era de placa vermelha – ou seja, um táxi – e ficou bastante avariado. Foi necessário um guincho para desvirar o carro. O que chamou a atenção de curiosos foi a violência do acidente, uma vez que o local onde ocorreu o fato é de baixa velocidade.

Acidente envolve dois veículos em cruzamento movimentado do Centro de Petrolina

Um acidente entre dois veículos ocorreu por volta das 21h deste domingo, 23, num dos cruzamentos mais movimentados de Petrolina. Segundo testemunhas, um carro modelo Gol avançou o semáforo localizado entre a Avenida Souza Filho e Avenida Guararapes e bateu numa caminhonete modelo L200 Triton, que estava a sua frente.

Com o impacto a caminhonete acabou batendo num poste. Ainda não se sabe se houve feridos.

Ampliado prazo para vistoria de veículos obrigatória em Petrolina

A Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) estendeu os prazos para a realização da vistoria anual obrigatória de veículos que compõem o sistema local de transporte público complementar e individual de passageiros. Segundo o órgão, a mudança tem como objetivo garantir maior conforto aos proprietários de veículos.

Os veículos de transporte complementar, escolar, táxi, mototáxi, de fretamento e de turismo, que deveriam realizar o procedimento até 15 de abril, agora terão até 15 de maio. Os mototaxistas também ganharam um prazo prorrogado até o dia 31 de maio. Já os permissionários com pendências poderão saná-las até 26 de abril.

Os responsáveis pelos veículos devem comparecer à sede da AMMPLA, localizada na Avenida da Integração, Bairro Caminho do Sol, n° 1202, das 7h às 13h, para pagamento das taxas. Quando estiverem de posse da autorização, podem se dirigir até o Sest/Senat, no bairro KM 2, para fazer as vistorias. Os condutores que não realizarem o procedimento poderão pagar multas e ter o automóvel apreendido.

Os documentos a serem apresentados são os seguintes: cópias dos documentos pessoais, comprovante de residência, Certificado de Registro de Veículo (CRV), certidão negativa de antecedentes criminais dos Estados da Bahia e Pernambuco, certidão de ‘nada consta’ da habilitação e a comprovação dos cursos de especialização. Poderão ser requisitados outros documentos dependendo da categoria do veículo. (foto/reprodução)

Vereador Edilsão do Trânsito quer que empresa da Zona Azul se responsabilize por danos a veículos

Projeto de lei de autoria do vereador Edilsão do Trânsito (PRTB) prevê que a empresa responsável pela Zona Azul em Petrolina, se responsabilize por danos que o veículo venha sofrer enquanto estiver estacionado numa das áreas demarcadas. Conforme Edilsão, o texto já tramita na Câmara Municipal há cerca de 15 dias e espera que entre em pauta logo.

“Se existe cobrança pelo serviço, então a empresa tem que se responsabilizar. O próprio Código do Consumidor diz isso. O projeto já passou pelas comissões e agora é só aguardar para ir à plenário. Acredito que será aprovado”, comentou Edilsão.

Empresa responsável pela Zona Azul pode ser obrigada a cobrir danos e furtos a veículos em Petrolina

O vereador Edilsão do Trânsito (PRTB) apresentou três Projetos de Lei  (PLs) na Casa Plínio Amorim nesta semana. As proposições estão tramitando nas comissões responsáveis e, caso sejam aprovadas, ampliarão os direitos dos cidadãos.

O PL nº 010/2017 responsabiliza a empresa responsável por operar a Zona Azul a cobrir furtos, roubos e quaisquer tipos de danos materiais sofridos pelo veículo estacionado dentro desse sistema pago. No entendimento do vereador, se há cobrança por um serviço, há direito para o cidadão.

Alguns municípios já entendem que o estacionamento de Zona Azul deve sim gerar cobertura para furtos, roubos e danos no veículo e em Petrolina temos observado que também se faz necessário essa responsabilização para a empresa operante” comenta Edilsão.

Já o PL nº 009/2017 torna responsabilidade do município a implantação de lombadas nas vias públicas. Hoje, a Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) se responsabiliza apenas pelo estudo, e cabe aos cidadãos a colocação desse tipo de sinalização.

Pontos de ônibus

A terceira proposta diz respeito aos pontos de ônibus da cidade. O PL nº 008/2017 cria o Programa Municipal ‘Adote um Ponto de Ônibus’, cujo objetivo é estimular empresas privadas a adotar pontos de ônibus existentes ou implantar novos, realizar a manutenção e conservação e, como contrapartida, utilizar o espaço para publicidade, ficando a AMMPLA responsável pela aplicação dessa Lei.

Mais desrespeito: Motos e carros invadem espaço de pedestres em Juazeiro

Na seção ‘o que não falta é desrespeito no trânsito’, uma cena rotineira em Petrolina também pode ser constatada em Juazeiro (BA). (mais…)

AMMPLA inicia processo de vistorias em veículos de Petrolina

A Autarquia Municipal de Mobilidade Urbana de Petrolina (AMMPLA) iniciou este mês a vistoria nos veículos de transporte complementar, escolar, táxi, mototáxi, de fretamento e de turismo que trafegam na cidade.

O órgão alerta para os prazos, já que a vistoria difere de acordo com o tipo de transporte. Em duas categorias a vistoria acontecerá em três etapas, por conta de alguns veículos terem mais de dez anos. Uma delas e a do transporte complementar, táxis, e de fretamento e turismo, que segue até o dia 15 de abril; A segunda vistoria será de 15 de junho a 15 de julho; Já a terceira vai de 15 de outubro até 15 de novembro.

A outra é a categoria escolar: A primeira vistoria ocorre 15 de março, 15 de junho a 15 de julho e finaliza de 15 de outubro até 15 de novembro.

Já os mototaxistas terão até o dia 31 de maio para realizar esse processo.

Os responsáveis pelos veículos devem comparecer à sede da AMMPLA, localizada na Avenida da Integração, Bairro Caminho do Sol (n° 1202), das 7h às 13h, para pagamento das taxas. Quando estiverem de posse da autorização, podem se dirigir até o Sest/Senat, no Bairro KM 2, para fazer as vistorias. Os motoristas que não realizarem o procedimento poderão pagar multas e ter o automóvel apreendido.

Documentação

Os condutores devem apresentar os seguintes documentos: cópias dos documentos pessoais, comprovante de residência, Certificado de Registro de Veículo (CRV), certidão negativa de antecedentes criminais dos estados da Bahia e Pernambuco, certidão de ‘Nada Consta’ na habilitação e a comprovação de cursos de especialização. A AMMPLA poderá requisitar outros documentos, dependendo da categoria do veículo.  As informações são da assessoria. (foto/divulgação)

Colisão entre dois veículos deixa trânsito lento no Centro de Petrolina

Um acidente envolvendo dois veículos deixou o trânsito lento na Avenida Souza Filho, área central de Petrolina, na tarde desta quarta-feira (11). A batida foi entre dois carros de passeio e aconteceu próximo ao Banco Santander.

Com o impacto, as partes frontais dos veículos ficaram danificadas. Não há informações sobre feridos. O tráfego já foi normalizado. (foto/divulgação)

Colisão entre veículos deixa um morto e um ferido na BR-407, em Jaguarari

Uma colisão entre um carro de passeio e um caminhão-baú terminou com uma pessoa morta e outra ferida na BR-407, em Jaguarari, no norte da Bahia, no sábado (7). De acordo com informações, o motorista do Hyundai HB20 seguia no sentido Juazeiro-Jaguarari e teria invadido a pista contrária, batendo de frente contra o caminhão.

Daniel Moura Junior, de 24 anos, que conduzia o HB20, morreu no local. Uma mulher que o acompanhava ficou com ferimentos pelo corpo e foi socorrida pelo Samu. O estado de saúde dela, no entanto, não foi informado. A ocorrência foi registrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). (foto/Portal Jaguarari)

Miguel Coelho expõe sucateamento de veículos na Central de Transportes de Petrolina

Entre os equipamentos públicos de Petrolina que se encontram deteriorados e foram apresentados à imprensa pelo prefeito Miguel Coelho (PSB) em coletiva realizada ontem (5), o prédio da Central de Transportes do município tem uma das situações mais delicadas. Além da falta de estrutura do local, a frota de veículos está em péssimas condições.

Vários veículos (inclusive duas ambulâncias do Samu) estão quebrados ou com algum problema de funcionamento. Sem condições de uso, os carros não podem deixar o local e a cada dia a situação só piora, pois estão abandonados no pátio. Já o prédio está com buracos e rachaduras, sem as mínimas condições de trabalho.

Sobre os prédios deteriorados, Miguel disse que um engenheiro e o Corpo de Bombeiros farão vistorias. Ele frisou que, caso precise interditar algum equipamento, será feito. Vale frisar que, além dos problemas físicos, o serviço de atendimento da prefeitura foi prejudicado por conta de atrasos nos pagamentos de contas de água, luz e telefone. De acordo com Miguel, a operadora de telefonia já cortou todas as linhas da prefeitura, enquanto a Celpe e a Compesa estão com pelo menos três meses de atraso. (foto/ divulgação)

Belém do São Francisco: Sucateamento atinge frota de veículos da prefeitura

As dores de cabeça dos novos gestores municipais devem começar cedo em muitos municípios, a exemplo de Belém do São Francisco (PE), no Sertão de Itaparica. Lá, o prefeito recém-empossado Licínio Lustosa (PSD) se deparou com quase toda a frota de veículos da administração municipal sucateada. (mais…)

Veículos em alta velocidade continuam provocando acidentes na Orla de Juazeiro

acidente-orla-juazeiroTodo mundo já sabe que imprudência e alta velocidade são as principais causas de acidentes de trânsito. É o que acontece na Orla de Juazeiro (BA), local de grande circulação de pessoas e de veículos, onde muitos motoristas e motociclistas não respeitam as leis.

O último acidente foi registrado na manhã de hoje (4), no qual um pedestre ficou ferido após ser atropelado por um veículo. O estado de saúde dele não foi informado.

Vale frisar que não é de hoje que fatos semelhantes são registrados no trecho da Orla de Juazeiro, bem como na principal avenida da cidade, a Adolfo Viana. Apesar da fiscalização e da implantação de radares no Centro de Juazeiro, os pedestres precisam redobrar a atenção ao circularem pelo local,  para não serem a próxima vítima. Lamentável. (foto/reprodução WhatsApp)

Poeira provocada por aumento no tráfego de veículos em rua do Rio Corrente aborrece comunitários

rua rio correnteO tráfego intenso em uma rua do Bairro Rio Corrente, zona oeste de Petrolina, tem tirado a tranquilidade da vizinhança. Devido a uma obra que está sendo feita na comunidade, uma avenida de acesso ao bairro foi interditada. Como consequência o fluxo de veículos por essa rua aumentou consideravelmente.

Como a via não tem asfalto ou calçamento, a poeira também aumentou na mesma proporção. Um dos relatos é o da comunitária Nancy Santos, que pede ao menos um carro-pipa para molhar a terra na rua, o que minimizaria a situação.

Confiram:

A poeira está cobrindo tudo, e dentro das residências só cheira a poeira e terra. isso é um absurdo! tem muitas famílias com crianças pequenas, que estão adoecendo, ou seja, gripando. Queríamos que pelo menos mandassem um carro pipa molhando a rua, para diminuir essa poeira toda. Precisamos urgente de solução. Meu filho de apenas um aninho já deu febre essa noite, o nariz começou a corizar e pronto: a febre veio na madrugada.  

Nancy Santos/Comunitária     

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br