Vacinação contra a febre aftosa em Pernambuco fica acima da meta do Ministério da Agricultura

A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro) alcançou 94,4% de cobertura, na segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa, realizada no mês de novembro do ano passado. O percentual é acima do mínimo de 90% exigido pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Nessa segunda fase foram imunizados 1.787.661 bovídeos, de um rebanho correspondente a 1.893.393 animais. “Intensificamos a orientação sobre a importância da vacinação para a pecuária pernambucana e esse trabalho tem proporcionado resultados satisfatórios, sempre superiores ao percentual recomendado pelo MAPA”, explicou o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota.

Pernambuco é reconhecido internacionalmente como área livre de febre aftosa com vacinação desde 2014.  “Os dados comprovam que os produtores estão comprometidos com a sanidade animal do nosso Estado, imunizando seu rebanho e declarando nos escritórios da Adagro“, pontuou a presidente da Adagro, Erivânia Camelo.

A Campanha é realizada duas vezes por ano, nos meses de maio e novembro, em quase todos os estados da federação, como determina o calendário anual do Ministério da Agricultura. A febre aftosa é uma doença altamente contagiosa, que atinge bois, búfalos, cabras, ovelhas e porcos, mas apenas os bovinos e bubalinos podem ser vacinados. O vírus causa febre, ferimentos na boca, garganta e na pele ao redor dos cascos. Os animais ficam bastante debilitados, produzindo muita saliva, parando de andar e comer. (fonte: Ascom SARA/foto arquivo divulgação)

Vacinação contra HPV em meninos começa nesta terça-feira em Petrolina

A Secretaria de Saúde de Petrolina começa nesta terça-feira (10) a vacinar os meninos com idades entre 12 e 13 anos contra o Papilomavírus Humano (HPV). O órgão municipal recebeu do Ministério da Saúde 2.500 doses de vacinas. Esse volume é para atender a demanda do mês de janeiro.

O objetivo é prevenir esse público contra câncer de pênis e lesões pré-cancerosas. Recebendo a vacina, os meninos colaboram para a redução dos índices de câncer de colo nas mulheres, doença que causa morte, já que é a população masculina a responsável pela transmissão do HPV.

A meta é vacinar. Em todo o ano de 2017, aproximadamente 6.453 meninos. As meninas entre 9 e 14 anos também continuarão a receber a HPV. Depois da primeira dose, a vacina deverá ser repetida seis meses depois para completar a imunização.

A vacinação começará na sede do município, nas AMES e Unidades Básicas de Saúde (UBSs), nesta terça, e até sexta-feira (13) nas unidades de saúde do interior. Em 2016 foram imunizadas 1.330 meninas contra o HPV em Petrolina. A Secretaria ressalta a importância de os adolescentes levarem o cartão de vacinação.

Novidade

Será introduzido no calendário de vacinação a Meningo C, contra a meningite do tipo C. O público alvo é de meninos e meninas com idade entre 12 e 13 anos. Foram disponibilizadas 1.056 doses para as unidades de saúde. A Meningo C é aplicada em dose única. Os postos de saúde da sede funcionam de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h. Na zona rural, das 8h às 13h. as informações são da assessoria. foto/divulgação)

Segunda etapa de vacinação contra febre aftosa em Pernambuco começará na próxima semana

vacinacao-febre-aftosa-adagroA segunda etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa irá acontecer de 1º a 30 de novembro no Estado de Pernambuco. Todo o rebanho bovino e bubalino deve ser imunizado. Mesmo com o estatus de área livre da aftosa, autoridades sanitárias do Estado alertam que é preciso continuar protegendo os animais da doença. A Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária do Estado (Adagro) espera imunizar mais de 90% do rebanho, que hoje é de cerca de 1,9 milhões de animais.

Em Pernambuco, mais de 99 mil produtores rurais são obrigados a adquirir a vacina nas casas agropecuárias e declarar nos escritórios da Adagro a vacinação. O criador que não vacina fica impedido de tirar a Guia de Trânsito Animal (GTA) e não pode se cadastrar em programas do governo estadual, além de pagar multa de no mínimo R$ 60,00.

A vacina só é eficaz se conservada no gelo. Para evitar o estresse dos animais, é recomendada a aplicação nas horas mais frias do dia, pela manhã ou no fim da tarde. Os animais recém-nascidos também devem ser imunizados. (foto/divulgação)

Comunitária petrolinense questiona horários de vacinação nos postos de saúde

VacinaçãoO horário de vacinação nos postos de saúde em Petrolina está gerando questionamentos por parte da comunidade. É o caso da moradora Marta Melo.

Segundo ela, as mães que chegam aos postos antes das 9h e depois das 11h não estão conseguindo as vacinas. Pela tarde, das 14h às 16h, também não.

Segundo Marta, o que foi repassado a ela pela Secretaria Municipal de Saúde é que o atendimento nos postos é das 8h às 12h e das 14h às 16h, ou seja, dentro do previsto. O Blog entrou em contato com a assessoria da Prefeitura de Petrolina, através de e-mail, na última segunda-feira (26), e ainda não obteve resposta.

Vacinação contra raiva continua sendo oferecida no Centro de Zoonoses de Petrolina

cms-image-000465456O período oficial da Campanha de Vacinação Antirrábica já se encerrou, mas a vacinação contra raiva continua acontecendo no Centro de Controle de Zoonoses de Petrolina (CCZ). Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ao todo, 32.475 cães e gatos já foram imunizados na cidade.

Os animais que ainda não foram vacinados devem ser levados ao CCZ, localizado na Rua Pedra do Bode, s/n°, Jatobá, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 14h às 16h30. O animal precisa ter mais de 3 meses de vida para tomar a vacina.

 

Juazeiro vacina 90% do público-alvo contra a gripe H1N1, mas campanha prossegue até próxima terça

Em Juazeiro (BA), a campanha de vacinação contra a gripe H1N1 foi prorrogada até a próxima terça-feira (31). Segundo a Secretaria de Saúde, até o momento cerca de 40 mil pessoas foram imunizadas, o que representa 90% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde.

O público-alvo que necessita atingir a meta estabelecida são pessoas com 60 anos ou mais de idade, crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias) e gestantes. A meta é vacinar no mínimo 80% das 44 mil pessoas que pertencem a esses grupos.

A vacina está disponível nas unidades básicas de saúde das 8h às 12h e das 14h às 17h, na zona urbana, e das 7h30 às 13h na zona rural. A vacina protege contra os três subtipos do vírus determinados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para este ano. São eles: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B.

Secretaria de Saúde de Petrolina prorroga campanha de vacinação contra gripe H1N1

vacinação-A vacinação contra a gripe H1N1 foi prorrogada em Petrolina até o dia 3 de junho. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, até o momento já foram vacinadas 42.832 (75,81%) das pessoas que fazem parte do grupo prioritário. A meta é vacinar 80% do público-alvo contra os vírus H1N1, H3N2 e B.

A campanha é direcionada a idosos, gestantes, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores da saúde, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), pessoas com doenças crônicas não transmissíveis, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

As Unidades de Saúde funcionam de segunda a sexta, das 8h às 17h (zona urbana) e das 7h às 14h (zona rural). (foto/divulgação)

Vacinação contra febre aftosa começa neste domingo

imagesComeça neste domingo (1º) e segue até 31 de maio em Pernambuco a  primeira etapa de vacinação contra febre aftosa. A imunização de todos os bovinos e bubalinos é obrigatória por lei, independente da idade do animal. Na segunda-feira (2), todas as farmácias veterinárias cadastradas já estarão disponibilizando doses da vacina que devem ser adquiridas pelos criadores pernambucanos.

(mais…)

Secretaria de Saúde de Petrolina não recebe doses necessárias de vacinas do Governo de PE e decide cancelar Dia ‘D’ contra a gripe

Vacina-Gripe-AA Secretaria de Saúde de Petrolina decidiu cancelar o Dia ‘D’ da Campanha de Vacinação contra a Gripe, que deveria ocorrer neste sábado (30).

De acordo com a assessoria da pasta, O motivo é que a Secretaria Estadual de Saúde não enviou o quantitativo de doses necessário para realizar a mobilização.

“Informamos ainda que a campanha segue normalmente e as Unidades de Saúde estão abastecidas com a vacina”, ressalta a pasta municipal, em nota enviada à imprensa.

Segunda etapa da Campanha de Vacinação contra Gripe começa hoje em Petrolina

vacinaçãoComeça nesta segunda-feira (25), em Petrolina, a segunda etapa da vacinação contra a influenza. Nesta fase serão imunizados todos os grupos prioritários da campanha nacional: crianças de 6 meses a menores de 5 anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhador de saúde, idosos (a partir de 60 anos), povos indígenas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos sob medida socioeducativas, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ao todo 60.370 pessoas que fazem parte do grupo prioritário devem tomar a vacina. A meta do Ministério da Saúde é imunizar 80% do público-alvo. A imunização é contra-indicada para indivíduos com alergia grave ao ovo ou a qualquer outro componente da fórmula, ou aqueles que apresentaram história de reação anafilática em dose anterior da vacina. Em caso de doenças agudas febris moderadas ou graves, é recomendado adiar a vacinação até a resolução do quadro.

A vacinação contra a influenza pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias, e de 39% a 75% a mortalidade global. Em residentes em lares de idosos, reduz o risco de pneumonia em cerca de 60%, o risco global de hospitalização em cerca de 50%, e o de morte em 68%. Ela ainda pode reduzir em 40% os casos de síndrome gripal.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br