Univasf abre inscrições para Grupo de Treinamento em Habilidades Sociais

O Centro de Estudos e Práticas em Psicologia (CEPPSI) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) está com inscrições abertas para grupo de treinamento em habilidades sociais. Os encontros têm previsão para começar em 10 de julho e serão realizados no CEPPSI, localizado no Campus Sede, em Petrolina, às segundas-feiras, das 17h às 20h. As inscrições devem ser feitas presencialmente na recepção do Centro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, até o dia 3 de julho.

Para participar, é necessário ter entre 18 e 40 anos e assumir o compromisso com a assiduidade aos encontros e com o registro semanal de comportamentos e situações vivenciadas. O treinamento será realizado por estagiárias do último ano do curso de Psicologia, sob a supervisão da professora do Colegiado, Júnnia Moreira.

Segundo Júnnia, as habilidades sociais são requeridas em diferentes situações, como fazer e responder a cumprimentos, elogios e pedidos; expressar opiniões, sentimentos positivos e negativos; iniciar, manter e encerrar conversações; fazer e responder a críticas; e solicitar mudança de comportamento. Outras informações podem ser obtidas no CEPPSI pelo telefone (87) 2101-6871.

Comissão conclui relatório sobre processo de implantação de campus da Univasf em Salgueiro

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), por meio de uma comissão interna instituída pela Portaria 266, apresentou ontem (20) ao Conselho Universitário (Conuni), o relatório final sobre projeto do Ministério da Educação (MEC) que visa à implantação do sétimo campus da Univasf. A proposta foi formalizada pelo MEC no dia 24 de março deste ano e, no dia 31, apresentada em sessão ordinária do Conuni. No mês seguinte, a Reitoria promoveu debates junto à comunidade acadêmica de todos os campi, entidades de base da instituição e instâncias consultivas, entre as quais Fórum dos Técnicos e o Fórum de Coordenadores, que agrega representantes dos Colegiados Acadêmicos. (mais…)

Univasf abre inscrições de processo seletivo para Pós-Graduação em Ciências Veterinárias no Semiárido

O Curso de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias no Semiárido (CPGCVS) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) em Petrolina está com inscrições abertas para seleção da nova turma de mestrado. O curso, destinado aos portadores de diploma nas áreas de Ciências Agrárias, Ciências Biológicas e Ciências da Saúde, prevê o preenchimento de seis vagas de ampla concorrência e uma vaga para Técnico Administrativo em Educação (TAE) da Univasf. As inscrições vão até o dia 21 de julho.

Os interessados devem se inscrever presencialmente no Colegiado do CPGCVS, localizado no Campus de Ciências Agrárias (CCA), em Petrolina, ou por via postal. Os documentos necessários para a validação da inscrição constam no Edital nº 13/2017 da Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (PRPPGI).

O processo seletivo será constituído por três etapas, em que serão avaliados os conhecimentos dos candidatos sobre as linhas de pesquisa do curso: “Biotecnologia aplicada à Medicina Veterinária”, “Morfofisiologia e Metabologia Animal” e “Saúde Animal e Medicina Veterinária Preventiva”. A primeira etapa será uma prova escrita, de caráter eliminatório, no dia 27 de julho, às 8h. Em seguida, serão analisados o Currículo Lattes e o histórico escolar, de acordo com barema presente no edital de seleção. A última etapa, no dia 28 de julho, será a arguição dos candidatos, que levará em conta as atividades desenvolvidas anteriormente e a defesa da proposta de dissertação.

O resultado final do processo seletivo será divulgado até o dia 1º de agosto. Os candidatos aprovados deverão se matricular entre os dias 2 e 4 de agosto. Outras informações podem ser consultadas no edital, ou através do site do CPGCVS.

Projeto de escola municipal de Afrânio leva estudantes a conhecer Instituições de Ensino Superior da região

Um projeto da Escola Municipal Aureliano Francisco Neto, localizada no distrito de Extrema, zona rural de Afrânio (PE), no Sertão do São Francisco, está levando estudantes do Ensino Fundamental II a conhecer as Instituições de Ensino Superior (IES’s) da região. Os alunos já visitaram os Campus Sede e de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina.

De acordo com a gestora da escola, Josicleide Nascimento, o objetivo é apresentar aos estudantes as várias possibilidades que os mesmos têm de prosseguir com seus estudos na busca de sua realização profissional e crescimento sociocultural. “Entendemos que uma pessoa que sabe o que quer, sabe quais são seus objetivos, já tem um passo à frente daqueles que são indecisos, que não sabem que rumo tomar. E mesmo que seu objetivo pareça estar longe, não desistirão”, comenta Josicleide. O projeto tem o apoio da Prefeitura de Afrânio.

Como forma de lazer, a turma ainda foi ao cinema do Juá Garden Shopping, em Juazeiro (BA). (foto/divulgação)

Estudantes da Univasf criam empresa e lançam primeiro aplicativo para o mercado local

O mercado de aplicativos (apps) tem previsão de crescimento de 300%, mensurados de 2011 a 2017 segundo dados do eMarketer. Estudantes de Engenharia de Produção da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) perceberam essa evolução dos aplicativos e criaram a Umbu.Tech, que já tem o seu primeiro aplicativo a ser lançado, o ‘Pede Aí’.

Os jovens passaram a desenvolver seu próprio conteúdo. O app será criado para pedidos delivery de comidas e bebidas. A ideia surgiu ao diagnosticarem a própria dificuldade e de vários amigos em pedir delivery em Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). Foi quando eles decidiram arregaçar as mangas e aproveitar essa necessidade do mercado local. Na fase de testes do app, através do Play Store, várias pessoas baixaram o Pede aí.

A data de lançamento está prevista para o dia 1º de junho. O objetivo da turma da Umbu.Tech é que o Pede aí seja o principal aplicativo do gênero no Vale do São Francisco.

Números

A quantidade de usuários de smartphones no Brasil chega a números continentais. É o que diz a pesquisa da Fundação Getúlio Vargas. Estima-se que cada habitante terá um desses aparelhos até o final de 2017. A criação de aplicativos de diferentes funções cresce no mesmo ritmo e muitos jovens passaram a prestar muita atenção nesse mercado em expansão. Atualmente o Brasil conta com 198 milhões de celulares inteligentes em uso e é responsável por ser o 11º país mais lucrativo do mundo em downloads de apps.

Com modificações, Univasf publica novo Calendário Acadêmico 2017

O Conselho Universitário (Conuni) da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) aprovou, no dia 12 de maio, o novo Calendário Acadêmico 2017 para os cursos de graduação presenciais. A data de início do semestre letivo 2017.1 foi mantida em 19 de junho, mas com as alterações realizadas no documento, o semestre será encerrado em 27 de outubro. Já as aulas do período 2017.2 começarão em 20 de novembro, com a conclusão prevista para o dia 20 de abril de 2018. A informação foi divulgada pela assessoria ontem (25).

Uma das principais modificações é a retirada dos recessos acadêmicos da segunda-feira anterior e sexta-feira e sábado posteriores aos dias decretados feriados. A partir da publicação do novo calendário, somente os dias dos feriados serão considerados não letivos. Além disso, também foi aprovada a antecipação do retorno às aulas no início de 2018. O recesso previsto para o final de ano passará a ocorrer entre os dias 24 de dezembro de 2017 e 14 de janeiro de 2018.

Além das informações sobre início e fim de período e recessos acadêmicos, podem ser consultados no Calendário Acadêmico os prazos para matrículas, trancamentos de disciplinas, colações de grau, atividades dos Colegiados, entre outras ações executadas na Universidade.

Santa Filomena deve ganhar polo de ensino da Univasf ainda este ano

Em programa instrucional da Prefeitura de Santa Filomena, no sertão do Araripe, o prefeito Cleomatson Coelho (PMN), anunciou que o sonho do polo de ensino da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) chegar ao município, está muito próximo. “Se não for até o meio do ano, será até o final de 2017”, revelou.

Ele aproveitou para mandar um recado para os estudantes da rede pública de ensino, diante da chegada da Univasf ao município, que se inscrevem no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e reforcem os estudos para conquistar uma das vagas da Univasf que chegará à cidade.

“Peço aos alunos da nossa cidade que além de fazem o Enem, ampliem a forma de ensino e conhecimento  para facilitar o ingresso na Universidade Federal  do Vale do São Francisco. Se Deus quiser, teremos um pólo de ensino em breve em nossa cidade para trazer  o ensino  superior  gratuito a todos  os alunos do nosso município e cidades vizinhas que queiram ingressar”, declarou.

Univasf divulga 2ª convocação da lista de espera do Sisu 2017

A Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) realizará nesta quinta-feira (18) o procedimento de Confirmação da Permanência na Lista de Espera (CPLE) para vagas remanescentes em cursos de graduação ofertados por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2017. A Secretaria de Registro e Controle Acadêmico (SRCA) divulgou a 2ª convocação da lista de espera do Sisu, com os candidatos que deverão comparecer à Univasf para formalizar sua permanência na lista para os cursos de Antropologia, Ciências Sociais (Bacharelado) e Enfermagem. Somente aqueles que realizarem o procedimento da CPLE continuarão concorrendo às vagas.

Os convocados deverão comparecer pessoalmente ou por meio de procuração específica à CPLE da Univasf, no período das 8h às 11h e das 14h às 17h (horário local), conforme sua opção de curso/campus/modalidade como disposto no Anexo 1 da Portaria Nº 6/2017. Aqueles que registrarem presença na CPLE serão classificados por ordem decrescente de nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016. A matrícula dos candidatos classificados dentro do número de vagas disponíveis ocorrerá na quinta-feira (19), no mesmo local e horário de realização da CPLE. Os documentos necessários para a matrícula estão disponíveis no Edital Nº 1/2017 do PS-ICG 2017. Os candidatos que participaram da CPLE mas não foram classificados dentro do número de vagas irão integrar a lista de remanejamento e poderão ser convocados para matrícula posteriormente, caso haja desistências.

Os convocados nas vagas reservadas para os Grupos L1 e L2 (renda per capita de até 1,5 salário mínimo) devem preencher o questionário socioeconômico, através do endereço eletrônico do Sistema de Avaliação Socioeconômica (Sase) e postar os documentos comprobatórios até às 16h desta sexta (19). Quem desejar, pode consultar Nota da SRCA sobre o procedimento. Todas as informações referentes ao PS-ICG 2017 estão disponíveis no Portal do Processo Seletivo. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone da Secretaria de Registro e Controle Acadêmico (SRCA): (87) 2101-6764 e pelo e-mail: srca@univasf.edu.br.

Projeto de implantação de campus da Univasf em Salgueiro é discutido entre vice-reitor e representantes de Seção Sindical

O projeto de implantação de um campus da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) no município de Salgueiro (PE), Sertão Central, caminha a passos largos para virar realidade. O vice-reitor da instituição, Telio Nobre Leite, recebeu esta semana representantes da Seção Sindical dos Docentes da Univasf (SindUnivasf) e do Comando de Mobilização da categoria para reunião da mesa sindica, numa reunião realizada no Gabinete da Reitoria, em Petrolina. Um dos principais itens da pauta foi a expansão da universidade com um campus em Salgueiro, cujo projeto já foi encaminhado ao Minitério da Educação (MEC).

Conforme ressaltou Telio Leite, o diálogo mantido com as entidades de base objetiva ampliar os instrumentos e os meios de análise conjunta sobre os possíveis encaminhamentos às demandas da comunidade acadêmica. Durante a reunião foram abordados, além do projeto de expansão da universidade, pautas locais dos campi Sede, Ciências Agrárias (CCA) – também em Petrolina –, além de Juazeiro, Senhor do Bonfim e Paulo Afonso (na Bahia) e Serra da Capivara (o Piauí), aos quais se refere o ‘item B’ do Ofício SindUnivasf 005/2017, enviado à Reitoria no último mês de abril.

 No documento, a SindUnivasf solicita “a incorporação dos 122 pontos da mesa sindical no processo de negociação”.

O vice-reitor também assumiu o compromisso de antecipar para a próxima terça-feira (16/05), as respostas sobre alguns pontos dos temas relacionados principalmente as questões de infraestrutura nos campi que concentram quase 50% das demandas. Durante o encontro também foi discutida a possibilidade de um novo prazo para deliberação do projeto de expansão no Conselho Universitário (Conuni).

1° Encontro em Agroecologia do Nordeste encerra inscrições nesta quinta

Interessados em participar do 1° Encontro dos Cursos e iniciativas em Agroecologia do Nordeste têm até às 16h desta quinta-feira para se inscrever no evento. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no site da Pós-graduação em Extensão Rural da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), por meio do link http://www.pgextensaorural.univasf.edu.br/index.php/inscricao-encontro-ab.

Dentro do evento acontecerá também a 1ª Oficina para Construção de Plataforma Colaborativa de Pesquisa/experimentação e Pós-Graduação em Agroecologia do Nordeste. Com o tema “Construindo e fortalecendo plataformas e articulações em Redes”, o encontro acontecerá de 15 a 18 de maio, no auditório Multieventos da Univasf, em Juazeiro (BA), e tem como público-alvo instituições de pesquisa, ensino e extensão, organizações e movimentos sociais, Núcleos de Agroecologia das Universidades e Institutos Federais, estudantes, professores, agricultores, pesquisadores, redes de educação contextualizada, Escolas Técnicas, entre outros.

A proposta do evento é construir uma síntese a partir das experiências apresentadas e contribuir com a definição de caminhos para construção de conhecimentos e propostas acerca da viabilidade de um modelo de desenvolvimento realmente sustentável para o Nordeste e em especial para o Semiárido, tendo em vista o desafio de contrapor-se ao que é imposto pelo agronegócio. O encontro é realizado por um conjunto de instituições públicas ligadas ao Governo da Bahia e ao Governo Federal, juntamente com organizações civis preocupadas em fortalecer esta discussão no Nordeste brasileiro.

 

 

 

 

Após celeuma, coordenador de programa de médicos residentes confirma acordo mantido entre prefeitura e Univasf

Após a recente celeuma provocada pela divulgação de uma nota da coordenação do Programa de Residência de Medicina de Família e Comunidade (PRMFC), idealizado pela Universidade Federal do Vale do São Francisco, a qual afirmava que a Prefeitura de Petrolina iria retirar alguns médicos residentes de unidades da AME, o coordenador do PRMFC, Flávio Arcângelis, veio a público confirmar que o acordo foi cumprido. A secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque, já havia adiantado ao Blog que esse acordo seria mantido.

Confiram a nota do coordenador, na íntegra:

É com grande satisfação que anunciamos o cumprimento do acordo por parte da Prefeitura de Petrolina no que tange às necessidades do Programa de Residência Médica de Medicina de Família e Comunidade (PRMFC-UNIVASF). Após o impasse inicial entre as instituições, tanto o Prefeito Miguel Coelho quanto a Secretária de Saúde Magnilde Albuquerque anunciaram que resolveriam o problema, e assim o fizeram. Os médicos-preceptores que são responsáveis pela especialização dos médicos-residentes nas sete unidades de saúde participantes do programa foram devidamente contratados e remunerados. Com a medida, firmou-se o compromisso de manutenção do modelo técnico-assistencial e pedagógico do Programa.

Agradecemos a Prefeitura/SMS de Petrolina pela sensibilidade de manter esse importante programa. Atualmente o programa é responsável pela especialização de 25 médicos nas AMES dos seguintes bairros: Areia Branca, Antônio Cassimiro, Ouro Preto, Vila Eduardo, Jardim Amazonas, Henrique Leite e Pedra Linda. Ao todo, a ação garantiu a manutenção do atendimento médico de cerca de 100 mil pessoas em nossa cidade.

Aproveitamos a oportunidade para agradecer ao reitor da Univasf, o Prof. Julianeli Tolentino e o vice-reitor, Prof. Télio Nobre, ambos fundamentais no processo de negociação.

Seguimos buscando melhorar as condições de vida e de saúde do nosso querido povo de Petrolina. Contem conosco.

Flávio Arcângelis/Coordenação do PRMFC

Parceria entre Prefeitura e Univasf amplia atendimento odontológico a usuários da saúde pública de Petrolina

Para aumentar o número de serviços odontológicos oferecidos na atenção básica, a Secretaria de Saúde de Petrolina firmou parceria com a Policlínica da Univasf (Universidade Federal do Vale do São Francisco). Diariamente, a unidade oferece uma cota de 40 radiografias odontológicas específicas para o município, número constatado pela saúde municipal como insuficiente, diante da grande demanda existente no município.

De acordo com a diretora do núcleo de saúde bucal, Roberta Teixeira, o exame proporciona ao dentista um melhor diagnóstico do dente em toda sua extensão.  O atendimento acontece após o paciente ser encaminhado pelos profissionais que atendem nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

O município já realiza esse procedimento, porém, essa parceria vem para reforçar o nosso serviço e diminuir as demandas”, explica Roberta. A diretora ressalta que muitas vezes, o profissional precisa dar um diagnóstico de alguma lesão, para encaminhar para um canal, por exemplo, e precisa da radiografia. A quantidade que era realizada no município não estava suprindo a necessidade da população”, frisou Roberta Teixeira. (Foto/Ascom)

Campanha chamará atenção para uso racional de medicamentos no Vale do São Francisco

Uma campanha pelo uso racional de medicamentos mobilizará as cidades de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) nesta sexta-feira (5) das 9h às 16h. A iniciativa é coordenada pelo Colegiado de Farmácia, Centro de Informação sobre Medicamentos e Núcleo de Assistência Farmacêutica da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), e deverá chegar a outras cidades da região.

Além de estudantes, professores e profissionais de Farmácia, também participarão os docentes e discentes dos cursos de Enfermagem, Medicina e Psicologia da instituição. Em Petrolina, a campanha será realizada na Praça do Bambuzinho, Avenida Souza Filho, no Centro da cidade; Em Juazeiro, acontecerá na Praça do Paço Municipal.

No dia do evento, serão prestadas informações e esclarecimentos sobre o uso correto e seguro de medicamentos, além da abordagem de alguns temas específicos como o uso de medicamentos por gestantes, cuidados no uso de plantas medicinais, boas práticas de higiene e parasitoses, tratamento da tuberculose e medicamentos usados para saúde mental.

A campanha também será realizada no próximo dia 8/05, em Lagoa Grande (PE), na Praça Hermes de Amorim, das 9h às12h; Já no dia 10/05 será a vez de Campo Formoso (BA), na Praça Herculano Menezes, no mesmo horário.

Em nota, Secretaria de Saúde de Petrolina contesta coordenação do programa de residência da Univasf

Numa nota enviada a este Blog, a Secretaria de Saúde de Petrolina contestou a informação divulgada pelo coordenador/supervisor do Programa de Residência de Medicina de Família e Comunidade (PRMFC), Flávio Arcângelis, o qual revelou que a administração municipal estaria retirando médicos residentes de AMEs, devidamente acompanhados pelos preceptores, para outras unidades de saúde.

A Secretaria assegura que a notícia “não é verdadeira”.

“Em relação a nota divulgada na manhã desta quinta-feira (27), sobre a parceria com a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), através do programa de Residência de Medicina de Família e Comunidade (PRMFC), a Secretaria Municipal de Saúde de Petrolina informa que o conteúdo da nota não é verdadeiro. O órgão informa ainda que está em negociação com a universidade, inclusive com reunião nesta quinta-feira (27), para ajustar um novo termo para o programa. A nova proposta tem o objetivo de ampliar a parceria, aumentando o número de residentes”, declarou a Pasta.

O próprio prefeito Miguel Coelho reforçou o comentário.

A notícia de que queremos acabar (o programa) é falsa. Pelo contrário, queremos aumentar o número de AMEs e o número de médicos. Tanto é que mandamos um projeto de lei para a Câmara aumentando o número de residentes, que já foi aprovado. Então eu fico triste de ver um posicionamento desses, até porque não há nada em definitivo porque ainda estamos negociando. Estive conversando com o professor Julianeli (Tolentino) e ele me disse que a coordenação do programa vai emitir outra nota, esclarecendo os fatos, para que a gente possa tratar com seriedade e transparência. E principalmente falando a verdade para atendermos quem mais precisa, que é a nossa população”, finalizou.

 

Coordenação do Programa de Residência de Medicina da Univasf critica decisão polêmica da Secretaria de Saúde

Uma decisão tomada pela Secretaria de Saúde de Petrolina pode colocar em xeque a permanência de 25 médicos da Rede de Atenção Básica do município. A parceria da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) e a prefeitura, iniciada há mais de seis anos, garante a permanência do Programa de Residência de Medicina de Família e Comunidade (PRMFC) da instituição, considerado atualmente o maior programa de especialização médica para essa área em todo o Nordeste e um dos maiores do país.

Os médicos-residentes e seus preceptores são responsáveis pela assistência à saúde de cerca de 100 mil habitantes em Petrolina. Estima-se que um terço da cobertura da Atenção Básica do município seja feita em parceria com o PRMFC. O programa tem o objetivo de especializar médicos para atuarem na Atenção Primária em Saúde, proporcionando um acompanhamento à população com qualidade, embasamento científico e avanços no atendimento humanizado das pessoas.

Em 2017 o programa acontece em 7 AMEs – Areia Branca, Vila Eduardo, Henrique Leite, Pedra Linda, Antônio Cassimiro, Ouro Preto e Jardim Amazonas – e já vem apresentando resultados com a organização dos serviços.

Ocorre que um acordo firmado em março previu que cada unidade de saúde deve contar com três ou quatro médicos do programa em fase de especialização (a depender da quantidade de equipes de saúde da unidade) e um médico-preceptor especialista, responsável pelas atividades médico-assistenciais e acadêmicas.

Mas no último dia 12 de abril, a Secretaria de Saúde comunicou à Coordenação do Programa sua intenção de enviar parte dos residentes vinculados a essas AMEs para outras unidades de saúde que não contam com essa supervisão médico-assistencial e pedagógica. De acordo com coordenador/supervisor do PRMFC, médico Flávio Arcângelis, o resultado dessa medida seria a manutenção do programa sem a devida supervisão médico-assistencial e acadêmica nas unidades que não fazem parte do programa.

Tal medida é absolutamente condenável pelo Ministério da Educação, Ministério da Saúde e Comissão Nacional de Residência Médica. Ao analisarmos a situação com mais cuidado, percebemos que ao enviar um médico-residente para uma unidade de saúde que não faz parte do programa, a Secretaria de Saúde irá atingir os outros médicos do município, sejam contratados ou concursados, pois não temos informações sobre ‘sobra’ de vagas”, o que poderia significar realocações ou até mesmo demissões. Isso poderá gerar desconforto com os outros trabalhadores médicos e suas representações legais”, lamenta. A Coordenação enfatiza que não está de acordo em atingir os outros médicos do município.

Crítica

Em tom crítico, Arcângelis afirmou que a atual secretária de Saúde Magnilde Albuquerque “possivelmente ainda não compreendeu a dimensão e importância do programa para o município e para o povo de Petrolina”. Ele informou também que mesmo tendo insistido na tentativa do diálogo, a secretária não recebeu a Coordenação do programa em seu gabinete. Com o objetivo de manter o funcionamento do programa, a Reitoria irá se reunir com a secretária nesta quinta-feira (27).

“Desejamos que esse empecilho seja em breve superado, para garantia da continuidade do serviço de atenção em saúde com qualidade para população petrolinense”, finalizou. O prefeito Miguel Coelho esclareceu ao Blog sobre o assunto. A resposta de Miguel será postada daqui a pouco.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br