Petrolândia: Agricultores bloqueiam BR-316 e desativam bombas do Eixo Leste da Transposição

Um protesto de agricultores no início da manhã desta quinta-feira (18), entre os municípios de Floresta (PE) e Petrolândia (PE), ambos no Sertão de Itaparica, bloqueou a BR-316. Os manifestantes também desativaram as bombas da Transposição na Estação de Bombeamento (EBV-01) do Eixo-Norte.

Centenas de agricultores do Distrito Icó-Mandantes, zona rural de Petrolândia, estão  inconformados com a falta de manutenção e as constantes ameaças de desativação das bombas d’água dos perímetros irrigados do Sistema Itaparica por parte da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) e da empresa contratada pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) para fazer o serviço. Eles resolveram, de forma pacífica e com ajuda de tratores, bloquear parte da rodovia de acesso à EBV-01, desativando o sistema operacional da mesma.

Segundo o agricultor e ex-vereador de Petrolândia, Rogério Novaes, a 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf de Petrolina já entrou em contato com a comissão dos agricultores e prometeu de imediato enviar um representante do órgão para tentar uma negociação com os manifestantes.

Ainda segundo Novaes, a negociação só poderá ser feita por documento com assinatura do contrato para delegação de competências de manutenção e operação dos perímetros. Os agricultores não deram previsão do horário em que pretendem encerrar o protesto. (Fonte/foto: Petrolândia Notícias)

Obras do Eixo Norte da transposição devem voltar na próxima semana

O Ministério da Integração Nacional assinou contrato esta semana com o Consórcio Emsa-Siton, para a retomada dos trabalhos nos trechos que antes eram de responsabilidade da empresa Mendes Junior. Com isso, as obras restantes da primeira etapa (1N) do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, transposição –  já podem retomar na próxima semana.

Segundo o Ministério da Integração, a previsão é que as águas do rio corram pela estrutura física de todo o Eixo Norte e cheguem ao Ceará até o fim deste ano. Esse trecho beneficiará mais de 7 milhões de pessoas no Ceará, em Pernambuco, no Rio Grande do Norte e na Paraíba.

O próximo passo será a publicação do Extrato de Contrato entre o ministério e o consórcio no Diário Oficial da União e, após essa formalização, assinatura da Ordem de Serviço para as obras voltarem já na próxima semana. O valor pactuado é de R$ 516,84 milhões. (De Agência/foto arquivo)

Comissão de Agricultura da Alepe promove audiência pública sobre efeitos da transposição em reservatórios de Floresta

Os efeitos do Projeto de Integração do Rio São Francisco (Pisf) na perenização do Riacho do Navio, em Floresta, sertão de Itaparica, foram discutidos em audiência pública, nesta terça (28), na Câmara de Vereadores do município. O encontro foi solicitado pelo presidente da Comissão de Agricultura, deputado Claudiano Martins Filho (PP). O deputado Rodrigo Novaes (PSD), que comandou o debate, destacou a necessidade de revitalização e modernização da barragem Barra do Juá para que seja receptora da barragem Muquém, também em Floresta. Sofrendo com a seca há seis anos, a população local denunciou não estar sendo beneficiada com a transposição do Velho Chico.

Vamos nos unir pra reivindicar que essa água possa ser usada pelo povo florestano. É preciso haver um volume que torne possível, ao menos, a pesca e a subsistência das pessoas da região”, alertou Novaes, que encomendou laudo técnico ao Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), para atestar a capacidade de funcionamento de Barra do Juá. Além de se comprometer a averiguar os reparos necessários para a barragem, o coordenador do Dnocs estadual, Marcos Rueda, sugeriu a ampliação do debate. “Que se convoque também o Ministério da Integração, a Codevasf e a Apac”, frisou.

Maria da Guia, vice-presidente da Associação dos Pescadores, relatou alguns problemas enfrentados por pessoas que só viviam da pesca: “Temos mais de 30 famílias sofrendo muito. Elas não têm condições de sair da Barra do Juá e pescar no São Francisco. Estão perdendo seus benefícios junto à Previdência porque estão há anos sem exercer as atividades”.

Ricardo Souza, coordenador do Conselho dos Usuários do Açude Barra do Juá, condenou a possibilidade de os moradores terem de arcar com a água que antes consumiam gratuitamente. Segundo ele, “90% dos produtores de Riacho do Navio são agricultores familiares. Eles deveriam ter algum tipo de concessão para não pagar nada”, pontuou.

Pagar água onde já se vive castigado com a seca é o pior crime que pode acontecer nesse momento”, completou o presidente da Câmara Municipal, o vereador Beto Souza. Sobre o assunto, o representante da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Sérgio Torres, explicou que o “município não tem água, tem terra”. “Se o rio percorre mais de um Estado, o curso d’água pertence à União. No caso de Pernambuco, a gestão vai ter que definir qual operador estadual fará a mediação entre os usuários e a esfera federal. A Compesa é um deles”, observou.

Rodrigo Novaes apoiou a ideia de criar uma tarifa social de irrigação para terrenos de até um hectare. “Vou levar a proposta ao Governo Federal”, enfatizou.

Ainda foi definido na audiência o prazo médio de oito meses para conclusão dos reparos na barragem, contados a partir de agosto deste ano, quando espera-se iniciar a requalificação da estrutura. Após a audiência pública, o deputado Rodrigo Novaes seguiu em comitiva para vistoriar a barragem Barra do Juá.

Projeto da Transposição 

Considerado o maior empreendimento hídrico do País, o Projeto de Integração do Rio São Francisco pretende beneficiar 12 milhões de brasileiros. A construção, que recebeu o investimento de R$ 9,6 bilhões, terá 477 quilômetros de extensão e vai abastecer 390 cidades de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba.

 

Sertânia tem primeiro caso de afogamento da transposição

Jurandir Silva morreu neste domingo, 26, vítima de afogamento nas águas do canal da transposição do Rio São Francisco, em Sertânia, Sertão do Moxotó. Amigos que estavam com Jurandir no momento do fato, disseram que ele nadava no canal quando mergulhou e não retornou à superfície.

Esse é o primeiro caso de afogamento após a liberação da água do canal em Sertânia, no eixo leste da transposição ocorrido no começo do mês. Os banhos são proibidos nas águas do canal e barragem ligadas à transposição, no entanto mesmo o Ministério da Integração Nacional avisando da proibição, não existe fiscalização para barrar a utilização do equipamento para banhos.

As águas do canal são inconstantes e por isso, perigosas, pois seu nível sobe com velocidade e sem aviso prévio. Na área é constante pessoas se aglomerando para se refrescarem nas águas proibidas do canal.

Parlamentares petistas de Petrolina ressaltam visita de Lula e Dilma à transposição na PB

 

O deputado estadual Odacy Amorim e os vereadores, Cristina Costa e Professor Gilmar Santos, ambos do PT, destacaram nesta terça-feira, 21, a visita dos ex-presidentes Lula e Dilma às obras da transposição do Rio São Francisco, no eixo leste localizado na cidade de Monteiro, cariri paraibano. Odacy usou a tribuna da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) para destacar o evento ocorrido no último domingo, 19, quando uma caravana petrolinense prestigiou a visita dos ex-gestores petistas.

Para Amorim, a data foi marcada “pela alegria e satisfação da população”. “Parabéns ao Brasil e a quem teve a iniciativa de fazer essa obra, que beneficiará a atual e as futuras gerações”, afirmou o parlamentar, que valorizou a decisão política de Lula, em seu segundo mandato como presidente, de dar início ao projeto.

O deputado defendeu, por fim, que as políticas de combate à seca tenham sequência. “A transposição é o projeto macro. Agora, prefeitos e Governo do Estado precisam fazer ações para ramificar os canais, levando essa água a mais vilarejos e cidades”, pontuou. Já Cristina e Gilmar usaram as redes sociais para destacar a passagem de Lula e Dilma por Monteiro.

A cidade de Monteiro- PB parou neste domingo, no ato de inauguração da transposição das águas do Rio São Francisco. Militantes do Partido dos Trabalhadores enfrentaram congestionamentos na rodovia de acesso à cidade. Milhares de pessoas ocuparam as ruas para ver e ouvir os ex presidentes Lula e Dilma. Este domingo vai ficar na história do Nordeste e do povo brasileiro”, postou a petista que é presidente o partido em Petrolina. Já Gilmar Santos, classificou o ato como “emocionante e encorajador”.

“Estivemos lá. Fomos testemunhas desse momento histórico, junto com a comitiva do Partido dos Trabalhadores de Petrolina e milhares de nordestinos que saudaram e agradeceram o presidente Lula e a presidenta Dilma, na cidade de Monteiro-PB, pela chegada das águas do Rio São Francisco a centenas de cidades e milhões de pessoas tão castigadas pela seca. Foi lindo, encorajador e emocionantes”, destacou Gilmar em sua página no Facebook. (Foto: Ascom)-

Petistas de Petrolina vão à Paraíba participar de ato com Lula e Dilma

Organizada pelo diretório municipal do Partido dos Trabalhadores, em Petrolina, uma caravana com filiados e simpatizantes dos governos dos ex-presidentes petistas, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, acompanha neste domingo, 19, na Paraíba, o ato com os ex-gestores em Monteiro, região do cariri paraibano. Uma van já foi locada e sai por volta das 3h da frente da sede do PT, no Centro.

A programação foi denominada pelos organizadores: “Inauguração Popular da Transposição: A celebração das Águas” e começa por Campina Grande de onde a comitiva de Lula e Dilma segue de carro até Monteiro, chegando no município por volta das 15h. Na entrada da cidade, os ex-presidentes plantam arvores e depois seguem em carreata até o local do ato onde haverá um comício no centro de Monteiro.

Os dirigentes petistas na Paraíba estão surpresos com a quantidade de gente que diz ir à Monteiro e a expectativa é para um público de 50 mil pessoas. Segundo ainda a cúpula do PT paraibano, além do ex-presidente Lula e da ex-presidenta Dilma Rousseff, também participam da programação, os governadores Rui Costa (Bahia), Flávio Dino (Maranhão), Camilo Santana (Ceará), Piauí (Wellington Dias), além do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho.

De acordo com o presidente estadual do PT da Paraíba, Professor Charliton, também estão confirmados, cerca de 25 deputados federais, dezenas de deputados estaduais e vereadores, dez senadores, e aproximadamente cem prefeitos.

Nesta sexta, 17, Lula convocou as pessoas para o ato via sua página no Facebook. “Domingo a gente se vê em Monteiro”, postou.

Superintendente da Codevasf-PE discute ramal de Entremontes da transposição em audiência pública

O Superintendente Regional da Codevasf em Pernambuco, Aurivalter Cordeiro, visitou o município de Parnamirim, no sertão do Araripe, para participar, a convite da Associação Comunitária dos Produtores Rurais do Rio Brígida, da cidade de Orocó-Pe, de Audiência Pública para esclarecimentos sobre o andamento do projeto do Ramal do Entremontes.

Aurivalter fez uma explanação técnica a respeito do canal. “A região, objeto da Audiência Pública, será contemplada através de uma ação denominada Complexo Hidro – agrícola do Sertão de Pernambuco, que abrange três grandes eixos de obras: Canal do Sertão Pernambucano, Adutora de Terra Nova e Ramal de Entremontes. Assim, essa região será atendida por estes dois últimos eixos”, explicou.

A adutora de Terra Nova sairá de Santa Maria da Boa Vista e atenderá: Brejo de Santa Maria, com 5 mil hectares, Barra Bonita, com 5 mil hectares e Garças, com 3 mil hectares. Os projetos relativos ao canal de Entremontes estão sob responsabilidade do Governo do Estado.

Participaram da audiência os prefeitos de Parnamirim, Orocó, Cabrobó e Lagoa Grande, respectivamente Tácio Pontes, George Gueber, Marcílio Cavalcanti e Vilmar Capellaro, além de dezenas de vereadores, presidentes de associações de moradores, produtores e de sindicatos. (Foto-Ascom)

Armando Monteiro comemora a Transposição, mas cobra obras complementares

O senador Armando Monteiro (PTB) ocupou, na terça-feira (14), a tribuna do plenário do Senado para comemorar o início da Transposição do Rio São Francisco na Paraíba e em Pernambuco. No pronunciamento, o petebista também alertou ser essencial executar obras complementares no entorno do empreendimento. “A conclusão das obras da Transposição é uma redenção para os nordestinos“, enfatizou.

Armando assegurou que, junto com os outros dois senadores de Pernambuco e a bancada do estado na Câmara dos Deputados, estará “totalmente comprometido” com a cobrança da liberação dos recursos que tornem possível o término de adutoras, ramais e barragens que darão efetividade à Transposição em Pernambuco.

O senador citou, entre as obras complementares essenciais em Pernambuco, a Adutora do Moxotó, com três estações elevatórias; a Adutora do Agreste, que atenderá a mais de dois milhões de habitantes em 68 municípios da região, e o Ramal do Agreste, que irá interligar o Rio Ipojuca à Adutora do Agreste.

Armando Monteiro assinalou, no discurso, que sem querer “politizar” o início do funcionamento da Transposição, deve ser atribuído aos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff o mérito da obra. Frisou, contudo, que não pode deixar de se congratular com o presidente Michel Temer, por não haver contingenciado as verbas para o projeto nos últimos dez meses e por ter ampliado em 23% o volume dos repasses para o Eixo Leste, “garantindo a entrega dos trechos dentro do cronograma“. (foto: Assessoria/divulgação)

Lula, Dilma e Ciro Gomes agendam ‘reinauguração’ do Eixo Leste da transposição

O trecho leste da transposição do Rio São Francisco será inaugurado pela segunda vez em dez dias. Os ex-presidentes Lula e Dilma vão ao município de Monteiro (PB), no próximo domingo (19), para repetir o ato oficial protagonizado pelo presidente Michel Temer na última sexta-feira (10). O objetivo dos petistas é rebater o discurso do atual governo sobre a “paternidade” da obra. O palanque terá ainda o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), que, assim como Lula, é pré-candidato à Presidência em 2018.

O palanque é organizado pelo governador Ricardo Coutinho (PSB), que na semana passada, mesmo na presença de Temer, agradeceu aos dois ex-presidentes e a Ciro Gomes pela realização das obras. “Não poderia deixar de me reportar ao governo que Vossa Excelência (Michel Temer) fez parte, o governo da presidenta Dilma Rousseff. A presidenta foi responsável pelo pagamento de 70% dessa obra. É preciso relembrar as coisas a quem deixar de lembrar do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, presidente que iniciou essa obra”, disse em seu discurso.

A inauguração foi marcada por protestos contra Temer. Também presente ao evento, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) saiu em defesa do peemedebista. O senador disse que Lula deu início às obras, mas que sua conclusão dependeu da “determinação” do atual presidente. O tucano afirmou, ainda, que aqueles que contestavam a ida de Temer à Paraíba “são os mesmos que, cumprindo o papel de inocentes úteis, se colocam contra a obra, contra a conquista do povo do Nordeste”. (Com informações da Agência Brasil)

De acordo com informações de bastidores obtidas pelo Congresso em Foco, Cássio Cunha Lima tentou falar três vezes por telefone com Lula para tentar amenizar o tom de seu discurso. Mas o ex-presidente não atendeu nem retornou as ligações. A assessoria do petista não confirma a informação. Já a do tucano ainda não respondeu à reportagem.

A nova inauguração do trecho leste contará com a presença do militantes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), de sindicatos e pastorais. O ato será realizado em data especial para os moradores da região: Dia de São José. Na crença dos sertanejos, quando chove nessa data, renovam-se as esperanças por dias mais chuvosos na região do semiárido nordestino.

Além dos políticos, o evento terá um ato religioso com o padre Djacy Brasileiro – defensor do projeto e organizador de diversos protestos pela transposição ao longo dos últimos anos. A última visita de Lula no estado foi em 2012. Na ocasião, o petista foi pedir votos para o atual prefeito, Luciano Cartaxo (PSD), que na época era do PT, mas atualmente se opõe ao partido.

Na sexta, em sua passagem por Campina Grande, Temer afirmou que ninguém poderia requerer o papel de “pai” da transposição. “Eu não quero a paternidade desta obra. Ninguém pode tê-la. A paternidade é do povo brasileiro e do povo nordestino. Vocês é que pagaram impostos ao longo do tempo, vocês é que permitiram que pudéssemos fazer grandes investimentos nessa obra, que cada vez mais está sendo festejada”, afirmou.

O trecho inaugurado tem 217 quilômetros de tubulações e seis estações de bombeamento e também beneficia o estado de Pernambuco. As obras do Eixo Leste prometem levar água a 168 municípios dos dois estados, beneficiando 4,5 milhões de pessoas. Após a conclusão do Eixo Norte, que já tem 94,5% das obras concluídas, 12 milhões de nordestinos deverão ser alcançados pela transposição do São Francisco.

Senador FBC comemora chegada das águas do São Francisco à Paraíba

O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE), que integrou ontem (10) a comitiva presidencial nas solenidades de inauguração de estruturas do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco (Pisf), comemorou, no início desta tarde, a chegada das águas do “Velho Chico” ao município de Monteiro (PB). “É mais que a concretização de um grande projeto. É a chegada de esperança ao povo nordestino”, destacou Fernando Bezerra, que foi ministro da Integração Nacional e um dos gestores do Pisf.

Juntamente com o presidente Michel Temer, o líder do PSB no Senado participou, ainda ontem, da visita ao Complexo Multimodal Aluízio Campos e da assinatura de ordem de serviço para a adequação da capacidade da BR-230 – trecho Cabedelo-Oitizeiro – em Campina Grande (PB). Na sequência, eles estiverem em Sertânia (PE) para a abertura da comporta do Reservatório de Campos.

Também participaram da comitiva presidencial, os ministros da Integração Nacional, Helder Barbalho, e dos Transportes, Maurício Quintella; e os ministros pernambucanos de Minas e Energia, Fernando Filho; da Educação, Mendonça Filho; e das Cidades, Bruno Araújo, além de outras autoridades do Executivo e do Legislativo. (foto/divulgação)

Temer vai inaugurar amanhã Eixo Leste de Transposição do São Francisco

O presidente Michel Temer (PMDB) realizará, amanhã (10), a inauguração do Eixo Leste do projeto da Transposição do Rio São Francisco que vai levar água encanada do Velho Chico à Paraíba. De acordo com o Palácio do Planalto, a solenidade, que estava marcada para o sábado, foi antecipada por causa da aceleração da vazão da água.

A agenda de Temer na Paraíba começa cedo em Campina Grande, onde deve assinar uma Ordem de Serviço liberando recursos para melhorias na BR 230 e visitará o Complexo Habitacional Multimodal Aluízio Campos. Na sequência, o presidente irá visitar cidade de Sertânia, no interior de Pernambuco e segue para Monteiro, na microrregião do Cariri paraibano. Os horários das visitas ainda não foram divulgados pelo Palácio do Planalto.

Essa é a quarta visita do chefe de estado ao Nordeste, sendo a primeira enquanto presidente interino, em menos de um ano de mandato. O senador Fernando Bezerra Coelho integra a Comitiva Presidencial para a inauguração de estruturas do Eixo Leste da Transposição. (com informações do JC Online/foto: Beto Barata/PR)

Ministério inicia nova fase de teste da barragem de Barreiro em Sertânia

Equipes técnicas do Ministério da Integração Nacional conseguiram vedar totalmente o vazamento no reservatório Barreiro, em Sertânia (PE). “As obras de reforço da estrutura da barragem foram realizadas com sucesso ao longo dos dois últimos dias e contaram com a colocação de rochas, com mais de 1 tonelada para selar qualquer possibilidade de vazamento”, diz a nota. Segundo o secretário de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional, Antônio de Pádua, a estrutura da barragem se mostrou integra durante todo o trabalho de reforço.

Não está previsto enchimento total da unidade, que tem capacidade máxima para 2,6 milhões de m³. O teste será útil para a elaboração do laudo técnico recomendado pelo Ministério Público Federal de Monteiro (PB). Pádua reforça o compromisso de enviar as informações solicitadas pelo MPF ainda esta semana, conforme recomendação, recebida na última sexta-feira.

O secretário destacou que antes mesmo de concluir o laudo, os técnicos que trabalham nas obras de recuperação do vazamento já estão adotando algumas das medidas definidas pelo MPF. A Barragem de Barreiro teve um rompimento na sexta-feira, 3, e trouxe pro ocupações para os moradores do entorno, mas não houve danos a quem mora próximo ao reservatório.

O rompimento também gerou dúvidas quanto à qualidade da obra prioritária para amenizar a falta d’água no Nordeste. (Com apoio do Blog Anchieta Patriota)

 

Líder da oposição no senado quer caravana de Lula pela Transposição

Ao visitar, neste sábado (4), um trecho da Transposição do, Rio São Francisco, no município de Sertânia, sertão do Moxotó, o líder da oposição no Senado, senador Humberto Costa (PT), disse que deve se reunir com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e propor que ele encabece “uma grande caravana pela Transposição”. Segundo o senador, a ideia é que o ex-presidente mobilize a militância e percorra a obra reafirmando a contribuição dos governos do PT para o Nordeste e para todo o Brasil.

“O projeto de Transposição foi construído ao longo dos anos com a má vontade da oposição. Aqueles que estão hoje no governo, que assumiram por intermédio do golpe parlamentar, sempre se colocaram contra essa obra. Mas, agora que ela se tornou uma realidade, todos eles querem tirar uma casquinha”, disse Humberto, se referindo, por exemplo, ao governador Geraldo Alckmin (PSDB), que deixou São Paulo sem água por mais de um ano, mas veio ao sertão nordestino falar da Transposição como se fosse ele que a tivesse feito.

“Por isso é fundamental desmontar essa tentativa de iludir o povo. O nordestino sabe que este é um projeto de Lula e de Dilma e nós queremos no espaço mais curto possível fazer uma grande agenda pela transposição com Lula para reafirmar o nosso compromisso com Pernambuco e com o Nordeste”, afirmou Humberto.

Humberto aproveitou a visita, também, para criticar o atraso no projeto. “Dilma deixou Transposição com mais de 90% da obra concluída e com a previsão de finalizar todos os trechos já agora, em 2017. Mas o governo de Michel Temer (PMDB), disse que só termina em 2018, castigando ainda mais o Nordeste que sofre com a pior seca dos últimos 100 anos”, lembrou o senador.(Foto: Ascom)

Ministério da Integração atesta segurança em barragem que se rompeu em Sertânia

Equipes técnicas do Ministério da Integração Nacional que trabalharam a noite inteira para conter o vazamento no reservatório Barreiro, em Sertânia (PE), no Sertão do Moxotó, atestaram as condições de segurança da barragem. A estrutura fica localizada entre as estações de bombeamento 5 e 6 (EBV-5 e EBV-6) do Eixo Leste do Projeto da Transposição do Rio São Francisco. O vazamento ocorreu na sexta-feira (3) e foi contido durante a madrugada de sábado (4). O Ministério afirmou, através de nota,  que a segurança está mantida.

O secretário de Infraestrutura Hídrica do Ministério da Integração Nacional,Antônio de Pádua, também confirmou que o Ministério e o Consórcio seguirão integralmente as recomendações do Ministério Público Federal de Monteiro (PB), na Paraíba. Pádua destacou, ainda, que algumas medidas já estão sendo tomadas, a exemplo das ações emergenciais. As demais recomendações serão adotadas ao longo desta semana.

O Ministério da Integração destacou o comprometimento do governo federal com a segurança das obras do Projeto São Francisco e reforçou que os serviços de vistoria e de monitoramento em todos os trechos do empreendimento são feitos de forma contínua. De forma preventiva, as equipes do Ministério ofereceram a remoção de cerca de 60 famílias de 10 localidades para áreas seguras. Um ginásio, uma escola municipal, um salão paroquial e o canteiro de obras do Projeto São Francisco, todos na comunidade Rio da Barra, estiveram disponíveis para abrigar temporariamente a população que poderia ter sido impactada. Como as casas não foram afetadas, apenas uma família foi removida, mas já retornou à residência.

O reservatório

As obras do reservatório Barreiro foram iniciadas em março de 2014 e finalizadas em setembro de 2015. O início do enchimento se deu em 25 de fevereiro deste ano e a saída das águas pela estrutura de controle aconteceu no dia 27 do mesmo mês, totalizando dois dias de enchimento. O reservatório, que tem comprimento de 1,91 km e 14,39 metros de profundidade, possui capacidade de 2.612.000 m³. (foto/divulgação)

Sobre rompimento de barragem da Transposição em Sertânia, Governo Federal diz estar tomando as medidas cabíveis

Através de nota, o Ministério da Integração Nacional se manifestou sobre o rompimento de uma barragem da Transposição do São Francisco em Sertânia (PE), no Sertão do Moxotó, ontem (3). O ministério informou estar tomando as providências cabíveis para fazer a contenção da água e que removeu 60 famílias para áreas seguras. Disse, também, que as obras emergenciais e mitigatórias para conter o vazamento deverão ser concluídas neste sábado (4).

Acompanhe a nota, na íntegra: (mais…)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br