Transporte de universitários de Lagoa Grande é apreendido pela AMMPLA

Um grupo de estudantes universitários do município de Lagoa Grande, sertão do São Francisco, passou por um constrangimento na noite da última quinta-feira, 27. Quando saíam das aulas e retornavam para casa, os ônibus que transportavam o grupo foram impedidos de seguir viagem pelos fiscais da Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA). Os universitários retornariam para Lagoa Grande e Vermelhos, povoado que fica 20 km de distância da sede do município.

Conforme a ocorrência, os veículos estavam com documentação irregular e falta de autorização para realizar esse tipo de transporte. A operação aconteceu no estacionamento externo da Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Petrolina (Facape), na Cidade Universitária, zona leste de Petrolina.

Os estudantes ainda tentaram convencer os fiscais a liberarem pelo menos um dos veículos, pois tinha uma aluna grávida e no horário não havia mais as vans que fazem a linha regular entre as duas cidades, mas os argumentos foram em vão.

 

Sem conseguir viabilizar transporte, grupo de estudantes do Sertão ficam ameaçados de não participar de congresso

As dificuldades em viabilizar transporte para um tradicional congresso da União dos Estudantes de Pernambuco (UEP), que este ano acontecerá em Garanhuns, Agreste do Estado, estão colocando em risco a ida de um grupo de 85 estudantes de Petrolina e cidades sertanejas ao evento.

O congresso já começa neste final de semana – de sexta-feira (21) a domingo (23). No entanto, eles ainda não conseguiram dois ônibus que necessitam para a comitiva de estudantes.

O estudante de Artes Visuais da Universidade do Vale do São Francisco (Univasf), Bruno de Melo, contou ao Blog que o grupo já procurou todas as instituições da cidade. A única que ainda chegou a estudar a possibilidade de alguma ajuda foi o IF Sertão-PE. Representantes do Instituto conversaram com os estudantes (foto), mas como a reitora se encontrava viajando o apoio não foi possível.

Não se deixando abater, Bruno e seus colegas procuraram também o prefeito Miguel Coelho, que os atendeu em seu gabinete na tarde de hoje (19). Após a reunião, o estudante informou que o prefeito se comprometeu em conversar com representantes da Univasf e do IF no sentido de alugar um ônibus para o grupo. Mas nenhuma garantia foi dada.

“Experiência acadêmica”

Sem o ‘patrocínio’ do transporte, Bruno diz que os custos inviabilizam a viagem dos estudantes ao congresso. Caso isso ocorra, ele lamenta porque a UPE existe desde 1944 e, desde então, vem realizando os congressos (que acontecem a cada dois anos). “É onde se discute a qualidade do ensino, mais investimentos e acesso ao ensino superior para se produzir pesquisas científicas. Esses eventos fora da comunidade estudantil nos trazem outra experiência acadêmica. Isso é bom para a própria região, que contará no futuro com profissionais qualificados”, desabafou Bruno. “Estamos fazendo um apelo às autoridades para que os estudantes do Sertão não fiquem de fora”, completou.

AMMPLA marca presença no 1º Seminário de Fiscalização de Transporte e Segurança

A Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA) participou do 1º Seminário de Fiscalização de Transporte e Segurança, que foi realizado entre 23 e 25 de março, no Sest/Senat. Representantes do trânsito da cidade, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar coordenaram o evento que, além de palestras e debates, proporcionou a interação entre as forças policiais que atuam neste segmento em Petrolina.

Na ocasião, o agente Jilmar Barros, gerente de educação no trânsito da AMMPLAa, ministrou palestra sobre a fiscalização na segurança do transporte alternativo de passageiros. “É importante destacar a influência da fiscalização do transporte alternativo. O objetivo maior é sempre que o usuário tenha segurança, conforto e retorne ao seu lar em paz. Por isso, precisamos ficar atentos se os profissionais estão preenchendo os requisitos exigidos por lei para proporcionar essa segurança aos usuários”, explicou.

Lagoa Grande: Prefeito garante que estudantes estão sendo atendidos com transporte

A polêmica sobre o transporte dos estudantes universitários e de cursos técnicos de Lagoa Grande, no sertão do São Francisco, ganha novos capítulos a cada dia. Após um protesto com cerca de 30 alunos em frente à Prefeitura esta semana, alegando que o transporte ainda não está regulamentado, o prefeito Vilmar Cappellaro (PMDB) garante que o município vem atendendo o grupo.

O prefeito comentou que inclusive irá firmar parceria com a Prefeitura de Santa Maria da Boa Vista, também no sertão do São Francisco, para que as duas administrações possam atender os estudantes, já que são transportados poucos alunos de Santa Maria para unidades de ensino em Petrolina, para onde se deslocam a maioria dos alunos das duas cidades sertanejas.

Prefeito Vilmar Cappellaro garante transporte gratuito para universitários de Lagoa Grande

Após muita polêmica, com ameaça até de protesto com mobilização de vereadores da oposição no apoio aos estudantes, a Prefeitura de Lagoa Grande, no sertão do São Francisco, entrou num entendimento com os universitários e voltará a oferecer o transporte gratuito bancado pela administração municipal. A decisão saiu de um reunião nesta segunda-feira, 6, entre os universitários e o prefeito Vilmar Cappellaro (PMDB).

Nesta segunda-feira, 6, os alunos já tiveram de volta o transporte gratuito, bancado pela Prefeitura Municipal, para se deslocarem aos estabelecimento de ensino na região. Vilmar garantiu recurso em caráter emergencial para atender a reivindicação de mais de 120 alunos que fazem uso do serviço. O secretário da educação, Willian César, disse que este era um assunto que estava “tirando o sono” do prefeito, devido às condições precárias dos ônibus e a situação econômica que encontrou o município. Mas enfim, a solução veio.

O representante da Comissão de Estudantes Municipal – CMUA, Felipe Antônio, demonstrou satisfação no atendimento desta demanda. “Ficamos muito felizes e aliviados, pois, através do diálogo com o prefeito, conseguimos êxito na reivindicação do transporte gratuito”, relatou Antônio. (Foto: Ascom)

Estudantes universitários de Lagoa Grande reclamam de suspensão de transporte; atual gestão alega “dívidas herdadas”

Os estudantes universitários de Lagoa Grande (PE), no Sertão do São Francisco, foram surpreendidos esta semana pela suspensão do serviço mantido pela prefeitura para transportá-los até instituições localizadas em sua maioria na cidade de Petrolina, distante cerca de 50 km. A retirada do transporte trouxe dificuldades para os alunos, que alegam não ter condições financeiras de pagar pelo deslocamento diário.

Um grupo se reuniu com o prefeito Vilmar Cappellaro (PMDB), o qual justificou ter suspendido o serviço porque assumiu a gestão com muitas dívidas, inclusive com ônibus do programa ‘Caminho da Escola’ totalmente deteriorados. Outra dívida, informou o gestor, diz respeito à conta de luz, que chega perto de R$ 500 mil herdados da gestão passada.

O prefeito frisou ser sensível à causa dos estudantes, mas alegou que precisa colocar as contas da prefeitura em dia primeiro, para depois discutir o retorno do serviço, “que não é obrigação do município, mas que a administração municipal oferece dentro das condições financeiras adequadas”, destacou.

Aplicativo facilita a vida de alunos que usam transporte estudantil da Univasf

univasf-buddyOs estudantes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) que dependem do transporte da instituição agora têm à disposição um aplicativo que facilita o acesso a informações sobre o itinerário. (baixar aqui)

Desenvolvido por estudantes de Engenharia da Computação, o aplicativo Univasf Buddy serve exclusivamente para os alunos que usam o transporte estudantil oferecido pela universidade nos campi de Juazeiro, Petrolina Sede e Ciências Agrárias (CCA).

O aplicativo nasceu da iniciativa de um grupo de alunos com o objetivo de melhorar a difusão de informações da Univasf. A ideia fundamental é de unificar diversas informações relacionadas à universidade, que são importantes para os alunos. No dispostivo os estudantes também têm acesso às notícias publicadas no site da Univasf.

As funcionalidades do aplicativo são as seguintes:

-Saber os ônibus que estão circulando e os que vão circular;

-Saber o itinerário das rotas;

-Ver a tabela completa de horários de saída das rotas;

-Encontrar as paradas dos ônibus diretamente no mapa;

-Visualizar a rua no local da parada;

-Encontrar todas as rotas que passam em um ponto de parada;

-Acesso offline aos dados das rotas e paradas.

Os horários são estimados.

Agenda 40: Buracos e transporte público precário são principais demandas apresentadas por moradores da Cohab Massangano

Miguel na cohab massangano

Em mais uma Agenda 40, os integrantes do PSB de Petrolina foram até a Cohab Massangano, zona oeste da cidade, na noite de ontem (2), ouvir de perto as queixas da comunidade. Buracos nas ruas, calçadas deterioradas e transporte público de baixa qualidade são as principais demandas. O encontro teve a presença do presidente da comissão provisória, estadual Miguel Coelho, além de vereador do partido e lideranças comunitárias da região.

Além da carência de infraestrutura e dificuldades no transporte os moradores também relataram transtornos na saúde pública, principalmente em relação à falta de remédios, filas e outros problemas nas unidades de Atendimento Multiprofissional Especializado.

“Existem diversas carências em nossa cidade e este é o momento para discutir soluções. Hoje, para andar nas calçadas é uma dificuldade, principalmente para quem tem uma idade mais avançada. São muitas ruas e estradas com buracos ou com total falta de pavimentação e o transporte é precário. A cidade precisa de mais investimentos nessas áreas e um modelo mais eficiente de transporte público“, defendeu Miguel, durante o debate.

As críticas apresentadas foram reunidas pelo PSB para serem rediscutidas pelo partido. O material somado ao de outras agendas tem sido base para a elaboração das propostas que os socialistas pretendem apresentar neste ano, durante a campanha municipal. (fonte/foto: Assessoria)

Estudantes da Univasf reúnem-se, neste momento, com reitor para discutir melhorias em transporte

IMG-20150505-WA0003O protesto realizado na manhã deste terça-feira (5) pelos estudantes do Campus Ciências Agrárias, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina, já surtiu efeito. Eles conseguiram levar às demandas à reitoria da universidade.

Em nota enviada ao Blog, a assessoria de comunicação da Univasf informou que, neste momento, os alunos estão reunidos com o reitor  Julianeli Tolentino, o vice-reitor Télio Nobre Leite e a pró-reitora de assistência estudantil , Isabel Angelin.

O encontro acontece na sala do Conselho Universitário, na reitoria da Univasf, onde estão sendo discutidos os encaminhamentos da pauta de reivindicações dos alunos.

Alunos da Univasf bloqueiam entrada do Campus para cobrar melhorias em transporte

IMG-20150505-WA0000IMG-20150505-WA0003 IMG-20150505-WA0001Os estudantes do Campus Ciências Agrárias (CCA), da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), em Petrolina, bloquearam as duas entradas do campus na manhã de hoje (5) em protesto pela melhoria no transporte disponibilizado aos alunos.

Os estudantes reclamam que há poucos ônibus disponíveis aos discente que precisam sair do Campus com destino ao Centro de Petrolina, principalmente no período noturno. Com faixas e cartazes em mãos, os alunos cobraram ‘transporte digno’ e reclamaram da insegurança.

 O estudante Railanderson Silva disse que a reivindicação é bastante antiga e até mesmo  um abaixo-assinado já teria sido enviado à Pró-Reitoria de Assistência Estudantil (Proae) da universidade para alertar para o problema.

Depois de doze anos de “guerra” Justiça decidirá preço das passagens de ônibus em Petrolina

onibus joalina_640x480Um antigo problema em Petrolina parece que vai sair do improviso e entrar  em um novo tempo. Após doze anos de quebra-de-braço entre a Prefeitura de Petrolina e empresas de ônibus – pelo menos cinco passaram pela cidade desde então – a caixa-preta das passagens pode enfim ser aberta.

Sem acordo entre prefeitura e empresas, a discussão sobre o transporte coletivo vinha se arrastando nos tribunais, numa “guerra de liminares” que fazia o preço do transporte ora subir, ora descer. Apenas nos últimos 18 meses a passagem subiu duas vezes e baixou duas vezes, sem que, efetivamente, fosse conhecido o verdadeiro custo do serviço.

Agora, finalmente, a novela parece perto de acabar. É que a justiça determinou, a pedido do Ministério Público, que fossem periciadas as contas das empresas e da EPTTC para saber, afinal, quanto deve custar a passagem de ônibus em Petrolina. Os últimos reajustes consideravam apenas a inflação medida pelo IPCA – o que era contestado pela prefeitura, que defendia valores menores, e pelas empresas, que queriam, lógico, valores mais altos.

Os resultados da perícia devem ser conhecidos nos próximos dias. Informações obtidas pelo Blog revelam que o trabalho foi bastante minucioso e que até a quantidade de combustível abastecida em cada ônibus foi verificada.

Operação ‘Pau de Arara’ autua mais de 300 empresas por transporte de produtos perigosos em rodovias pernambucanas

operação pau de araraA Polícia Rodoviária Federal (PRF) detectou, no segundo dia da Operação ‘Pau de Arara’, nesta sexta-feira (30), diversas irregularidades em rodovias que cortam a Região Metropolitana do Recife (RMR), o que resultou num total de 314 autuações contra empresas que transportam produtos perigosos. A ação, que conta com a parceria do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), também vem sendo realizada no interior de Pernambuco.

Entre as infrações constatadas, estavam produtos sem nota fiscal, ausência de equipamentos de proteção, simbologia em desacordo com a legislação, falta de escolta e um total de 46 toneladas de excesso de peso. Muitos veículos precisaram ficar retidos nos pátios de estacionamento até sanar as irregularidades.

O rigor da fiscalização se deve à característica das substâncias transportadas, como combustíveis, botijões de gás e ácidos, que possuem um elevado potencial de destruição em caso de acidentes ou vazamentos. Até um caminhão que transportava lixo foi autuado por transportar cinco toneladas acima do permitido pela lei.

A operação tem como principal objetivo fiscalizar o excesso de peso, produtos perigosos e transporte de passageiros. As informações são da PRF. (foto/divulgação)

Universitários de Tabira que estudam em Serra Talhada não querem mais o apoio da Prefeitura

TabiraOs universitários de Tabira (PE) que estudam em faculdades de Serra Talhada (PE), no Sertão do Pajeú, estão em busca de uma solução para o problema no transporte dos mesmos.

A insatisfação é com o prefeito de Tabira, Sebastião Dias, que segundo os alunos, não estaria cumprindo promessas feitas aos alunos.

Quando assumiu a prefeitura o gestor teria se comprometido em arcar com o transporte, mas logo depois admitiu que só poderia pagar metade das despesas. Por conta disso, motoristas do transporte dos Universitários cruzaram os braços. Os estudantes tiveram que assumir o prejuízo e a maioria já sinaliza que em 2015 não vai querer mais a ajuda do gestor. (Com informações de Anchieta Santos/para o Blog).

Prefeitura de Casa Nova suspende transporte escolar e alunos do IF Sertão-PE/Zona Rural ficam no prejuízo

casa novaCerca de 50 alunos de Casa Nova (BA), no norte do estado, que dependem do transporte escolar para chegar ao Campus do IF Sertão-PE/Zona Rural em Petrolina estariam sendo prejudicados depois que o serviço foi suspenso.

Segundo denúncias de alunos feitas ao Blog, o deslocamento era feito pela Prefeitura de Casa Nova e os estudantes pagavam um valor mensal de R$ 50,00. Com a suspensão do transporte, alunos de cursos técnicos ficaram no prejuízo.

O Blog tentou, várias vezes, contato com a prefeitura de Casa Nova através dos números disponíveis no site oficial da prefeitura (www.casanova.ba.gov.br), mas não obteve êxito. O espaço fica aberto para quaisquer esclarecimentos por parte da administração municipal.

Prefeitura de Juazeiro cadastra portadores de necessidades especiais para direito ao passe livre

O setor de transporte da Companhia de Segurança, Trânsito e Transportes (CSTT) de Juazeiro iniciou nesta terça-feira (19) o processo de cadastramento de portadores de necessidades especiais com o objetivo de renovar as carteiras de passe livre.

O atendimento acontece no prédio da CSTT, localizado na Rua Oscar Ribeiro, Centro, no setor de transporte, das 8h às 12h e das 13h às 17h. É necessário a presença do portador juntamente com os documentos em mãos – Xerox do RG, CPF, 1 foto 3×4, comprovante de residência, laudo médico com número do CID, além da Xerox do RG e CPF do acompanhante. O cadastramento terá a duração de duas semanas, portanto será realizado até a próxima sexta-feira (29). (Com informações da ascom)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br