Redução de vazão de Sobradinho já limita negócios no Vale

A redução da vazão do Lago de Sobradinho, na Bahia, já está se tornando um limitador do crescimento de algumas empresas localizadas abaixo do reservatório que precisam da água do São Francisco para as suas atividades, como as situadas em Santa Maria da Boa Vista e Lagoa Grande, no Sertão.

“Deixei de fechar um contrato de um plantio de mandioca pela insegurança na captação da água”, diz o empresário e presidente da Associação dos Produtores do Vale do São Francisco (Valexport), José Gualberto.

Desde a última quarta-feira, 22, a vazão de Sobradinho passou a ser de 650 metros cúbicos por segundo, a mais baixa da história. E não vai parar por aí. A Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) está analisando a possibilidade de reduzir a vazão a 600 metros cúbicos por segundo.

O contrato que Gualberto deixou de fechar era para plantar mandioca numa parte da sua propriedade. “Teremos que fazer uma obra de engenharia para continuar captando a água com a vazão reduzida que começou na semana passada”, resumiu o empresário. Segundo ele, essa adaptação para captar a água num nível mais baixo poderá custar até R$ 1 milhão.

Gualberto é diretor da Fazenda Milano, uma das pioneiras no Vale do São Francisco em Santa Maria da Boa Vista, sertão do São Francisco. Atualmente, a empresa cultiva mil hectares irrigados. “Estou há quase 50 anos na região. Não me lembro de outra estiagem igual a essa. Estamos indo para o 6º ano de chuvas insuficientes”, conta.

Redução

A diminuição da vazão de Sobradinho está sendo analisada pela Chesf porque o lago estava com 15,22% do seu volume útil na última quinta-feira, 23. Há um ano, era 32,80%. “Este ano, as chuvas foram mais fracas. Estamos monitorando e, se tudo tiver normal, a vazão deve ficar em 600 metros cúbicos por segundo. O objetivo é garantir a segurança hídrica dos demais usuários do São Francisco”, conta o diretor de Operação da Chesf, João Henrique Franklin.

O período chuvoso da área que abastece o São Francisco (em Minas Gerais e na Bahia) vai até maio. De junho a novembro, é o período seco. Ou seja, está acabando mais um período chuvoso e o Lago de Sobradinho está com a quantidade de água no mesmo patamar a de 2015, quando tinha 17,92% do seu volume útil no dia 23 de março. Naquele ano, o lago chegou a pouco mais de 1% do seu volume útil em dezembro.

João Henrique diz que não há risco de racionamento de energia, porque as térmicas e eólicas estão produzindo 50% da energia consumida na região. No entanto, a Chesf está gerando menos nas suas hidrelétricas por falta de água. (Com informações do JC Online)

Chesf atende Prefeitura de Petrolina e eclusa da Barragem de Sobradinho volta a atender turistas no domingo

Com a ideia de valorizar e incentivar o turismo na região, a Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Cultura, Turismo e Esporte, entrou em contato com a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), que administra o reservatório de Sobradinho/BA, e solicitou a volta da eclusa da Barragem voltasse a funcionar aos domingos, já que desde fevereiro só estava funcionando até os sábados.

De acordo com a secretária Maria Elena Alencar, o fluxo de turistas é maior aos fins de semana e muitos estavam indo embora sem conhecer uma das belezas de maior destaque da nossa região: “Um dos passeios mais procurados é o de barco pelo Rio São Francisco. O ponto mais alto deste passeio é quando chega a eclusa da barragem de Sobradinho, por isso, para valorizar a nossa região e em respeito ao turista, solicitei o retorno dessa atividade aos domingos também”, explicou.

De acordo com Rogério Rocha, empresário do segmento de turismo, o serviço estava indisponível aos domingos desde fevereiro quando ocorreu um problema nos portões da eclusa do reservatório de Sobradinho. Ele informou ainda que com o retorno do passeio aos fins de semana, o turismo ficará mais aquecido na região. (Foto: Reprodução/Internet)

Proposta por consórcio, Aliança para o Desenvolvimento do Vale do Lago de Sobradinho será lançada na próxima semana

Posposta do Consórcio Sustentável Território do São Francisco (Constesf), o lançamento da ‘Aliança para o Desenvolvimento do Vale do Lago de Sobradinho’ acontecerá no próximo dia 30, às 9h, em solenidade no auditório da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), em Sobradinho, no norte da Bahia. A solenidade vai contar com a participação de autoridades locais e estaduais, como representantes das secretarias estaduais de Desenvolvimento Econômico (SDE) e da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

A Aliança é liderada pelo prefeito de Sobradinho, Luiz Vicente Berti. A proposta consiste na aplicação da estratégia da borda do lago, da ocupação com empreendimentos de produção de frutos para transformar o local num grande polo de fruticultura irrigada da Bahia, inclusive, a condição logística da borda do lago para a instalação de uma central de processamento de frutas para doce, sucos, geleias, frutas desidratadas, frutas in-natura, packhouse, para exportação via terminal alfandegado de Petrolina e também para consumo interno.

Passa também pelo arco da aliança a integração da estratégia de produção de vinhos e criação de pequenos animais, além de dar potencialização da filetagem de tilápia, de toda a estrutura de produção que possa estar integrada, utilizando a irrigação, o ambiente de solarização e aproveitando a logística do lago para o transporte de ligação de pessoas e integração comercial.

Nova ação da Codevasf fortalece piscicultura familiar no Norte baiano

A piscicultura praticada por produtores que vivem em comunidades localizadas no entorno do lago artificial da hidrelétrica de Sobradinho, município situado na região norte da Bahia, está sendo fortalecida pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf).

Por meio da 6ª superintendência regional, sediada em Juazeiro, a Associação dos Produtores de Peixes de Sobradinho (APPS) acaba de ser melhor estruturada com insumos e equipamentos necessários para o desenvolvimento da atividade, uma das vocações produtivas naquela região. Foram mais de 18 mil quilos de ração para peixes, 2.881 m² de tela para uso em tanques-rede, 402 tubos de aço e 74 barras chatas para confecção dos viveiros.

O recurso que viabilizou a ação é oriundo do Orçamento Geral da União, destinado à Codevasf por emenda parlamentar direcionada àquela região para atender a demanda crescente da atividade, que tem transformado Sobradinho num polo de produção piscícola e destacado o município por sua viabilidade econômica nesta área.

A Associação dos Produtores de Peixes de Sobradinho (APPS) registra hoje cerca de 90 associados e contabiliza uma produção semestral de aproximadamente 15 mil quilos de peixe. A comercialização de peixes in natura é feita diretamente ou através do Terminal Pesqueiro de Sobradinho, onde os peixes são eviscerados. Segundo estimativas feitas por técnicos do terminal pesqueiro de Sobradinho, mantido pela Bahia Pesca (empresa vinculada à Secretaria de Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura do Estado), em 2016 foram beneficiadas cerca de 1.216 toneladas de peixes, número 16% maior que em 2015.

Aumento da renda familiar

Cerca de 600 famílias desenvolvem a atividade da piscicultura no lago artificial. Elas contaram com investimentos da Codevasf, até agora, de mais de R$ 1,25 milhão. As ações de incentivo e fortalecimento da piscicultura promovem a inclusão produtiva e reforçam a renda de famílias dos municípios de Sobradinho, Casa Nova, Sento-Sé e Curaçá.

São 11 associações e 14 produtores familiares individuais atendidos pela Codevasf, inclusive por meio de capacitações e orientações sobre a produção ambientalmente sustentável. Paralelamente aos investimentos no fortalecimento da piscicultura familiar e artesanal, a Codevasf promove a reposição da fauna aquática do lago de Sobradinho por meio da introdução de peixes juvenis com tamanhos entre sete e dez centímetros, e de espécies como o curimatã, piau, pacamã e até o surubim, espécie ameaçada de extinção. (foto/divulgação)

 

Sobradinho: Ex-presidente da Câmara é denunciado ao MPBA por suposta prática de improbidade administrativa

O Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM-BA), por unanimidade, determinou, na sessão desta quarta-feira (8), a formulação de representação ao Ministério Público Estadual (MPBA) contra o ex-presidente da Câmara de Sobradinho (norte do estado), Cícero Ronaldo de Lima Xavier, para que seja apurada a prática de improbidade administrativa na contratação direta do escritório Carlos Luciano Advogados Associados, em 2016, a um custo de R$95.400,00. O relator do processo, conselheiro Paolo Marconi, também multou o gestor em R$4 mil.

A relatoria apurou que a contratação ocorreu por meio de inexigibilidade de licitação, sem, contudo, preencher os requisitos indispensáveis para sua utilização. “Não foi comprovada a singularidade do objeto contratado já que se tratava de simples assessoria jurídica para atender a demanda da Câmara Municipal. Desta forma, não há qualquer elemento que demonstre uma situação anômala ou incomum ao funcionamento da máquina administrativa, que legitimasse a contratação direta de um escritório de advocacia“, ressaltou o relator.

Além da irregularidade no procedimento, ainda foi constatado que o parecer jurídico emitido para legitimar a contratação foi dado justamente por um dos sócios do referido escritório.

A Constituição Federal, nos arts. 131 e 132, aplicáveis por simetria aos Municípios, reserva a advocacia pública a servidores de carreira aprovados em concurso. Isso, porém, não vem sendo respeitado pelo Legislativo de Sobradinho, já que, segundo o então presidente, “não há, no quadro de efetivos da Câmara, advogado contratado por meio de concurso público“. Ao invés de promovê-lo, o gestor optou pela contratação de um escritório particular de advocacia, numa espécie de terceirização da advocacia pública à iniciativa privada. Cabe recurso da decisão. As informações são do TCM-BA.

Homem e criança tapam buracos com areia na BA-210, entre Juazeiro e Sobradinho

A rodovia BA-210, entre Juazeiro e Sobradinho, no norte da Bahia, continua deteriorada, sendo palco de inúmeros acidentes e alvo de reclamações de motoristas. Leitores do Blog flagraram um homem e uma criança tapando buracos com areia e ganhando uns trocados.

O problema é que o perigo na estrada é constante. Como a rodovia está esburacada, muitos motoristas fazem manobras bruscas e podem causar acidentes. Vale frisar que projetos de melhorias da estrada são muitos, mas até o momento nada foi feito. Uma vergonha.

Atividade em Sobradinho estimula debate sobre Reforma da Previdência entre agricultores

Beneficiamento de frutas, importância da associação, produção e armazenamento de alimento para animais (forragem, silo). Essas foram algumas das temáticas discutidas na atividade coletiva com agricultores do município de Sobradinho, no norte da Bahia, assessoradas pelo projeto de Assessoria Técnica e Extensão Rural Sustentabilidade (Ater). Com o tema “Organização da Produção”, a atividade aconteceu na última terça-feira (21), no Centro Comunitário Antônio Conselheiro, centro da cidade.

O tema central do encontro foi uma demanda apontada pelos agricultores durante a visita de campo, realizada pela colaboradora do Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA), Nadja Oliveira Costa. Uma das vertentes abordadas no debate da organização da produção foi com foco na organização para a comercialização e sua contribuição na permanência dos agricultores no campo.

Durante a discussão, também foi exposta a ameaça contra a aposentadoria especial, destinada ao homem e a mulher do campo. A reforma da previdência, proposta pelo atual governo através da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/16, prevê diversas mudanças que colocam em risco a seguridade social da população. Uma das alterações é em relação à idade mínima para ter direito à aposentadoria. Hoje a idade necessária é de 60 anos para mulheres e 65 anos para homens, da área urbana; já para os trabalhadores do campo é de 55 anos para as mulheres e 60 para os homens. Com a reforma da previdência a idade para os trabalhadores rurais será elevada para 65 anos, para ambos os sexos. Além disso, agricultores serão obrigados a contribuir com a previdência de forma individual e periódica pelo prazo mínimo de 25 anos.

Associativismo

A importância do associativismo também esteve presente no encontro, enfatizando a necessidade dos associados se envolverem no dia-a-dia da associação comunitária, pensando e decidindo de forma coletiva os benefícios e as soluções de problemas e dessa forma fortalecendo a comunidade. A equipe do IRPAA presente na atividade expôs que “é essa união e organização das comunidades uma forte ferramenta na luta contra as ameaças e as negações de direitos da população, principalmente da zona rural, que é resultado de muita pressão social”. (foto/divulgação)

Estudantes de escolas estaduais de Juazeiro e Sobradinho ganham bolsas de iniciação científica do CNPq

Dez estudantes da rede estadual de colégios de Juazeiro e Sobradinho, no norte baiano, ganharam bolsa de pesquisa do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica (Pibic) – ação do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), realizada em parceria com a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). Os alunos foram selecionados graças à relevância social dos projetos de pesquisas desenvolvidos em sala de aula durante o ano letivo 2016, no âmbito do ‘Ciência na Escola’ – projeto estruturante da Secretaria da Educação da Bahia.

As experimentações científicas terão continuidade a partir do mês de março, quando os bolsistas passarão a frequentar a Univasf, no turno oposto à aula regular. Em contrapartida, os professores da universidade frequentarão às escolas desses estudantes, por meio dos Clubes de Ciências de cada unidade envolvida, com o objetivo de contribuir com o processo de ensino e aprendizagem.

Os estudantes foram selecionados por especialistas da Univasf durante a 1ª Mostra de Iniciação Científica do Sertão do São Francisco, realizada em setembro do ano passado, envolvendo estudantes das escolas estaduais da área do Núcleo Regional de Educação 10 (NRE-10). Além de trabalhos na área de Ciências Humanas, os estudantes apresentaram projetos nas áreas de Ciências Exatas e da Natureza.

Os primeiros colocados por área são os seguintes:

Ciências Humanas: Visão Além do Alcance – Colégio Democrático Estadual Professora Florentina Alves dos Santos (Codefas) – Juazeiro;

Ciência Exatas: Valorização Sustentável do Bioma Caatinga – Colégio Estadual Rui Barbosa – Juazeiro;

Ciências da Natureza: Veículo Lançador de Sementes – Acompanhamento, Mapeamento e Recuperação de Áreas Degradadas – Colégio Estadual Maria José de Lima Silveira – Sobradinho.

Giro de notícias

Homem assassinado no N-4

O corpo de um homem foi encontrado no N-4 do Perímetro Irrigado Senador Nilo Coelho, zona rural de Petrolina. A vítima apresentava perfuração na altura da cabeça e estava com o rosto desfigurado. Ainda sem identificação, o cadáver foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML). A Polícia Civil investiga o crime. (foto/reprodução WhatsApp) (mais…)

Giro de notícias

Assalto a posto de combustíveis termina com dupla presa

Policias da 96ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), em Sobradinho, no norte da Bahia, prenderam um homem de 19 anos e apreenderam um menor de 17 que assaltaram um posto de combustíveis na cidade. O fato aconteceu na noite de ontem (25). Conforme a 96ª CIPM, durante a perseguição, os acusados – que ocupavam uma motocicleta – efetuaram um disparos de arma de fogo contra a guarnição, que revidou e atingiu um dos elementos. Com a dupla, os policiais apreenderam um revólver, R$ 648 (fruto do roubo), um aparelho celular e uma porção de maconha. Os dois são moradores de Casa Nova, também no norte da Bahia. (foto/divulgação) (mais…)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br