Ronaldo Silva vai processar Cristina Costa por acusações de “enriquecimento ilícito”

Depois da confusão protagonizada pelos vereadores Ronaldo Silva (PSDB) e Cristina Costa (PT), na última sessão da Câmara de Petrolina, quinta-feira, 11, o tucano foi à tribuna da Casa na sessão desta terça-feira, 16, se defender do que chamou de “inverdades” da colega. Ele antecipou que deve acionar a colega na justiça.

Na sessão passada, Cristina havia respondido a Ronaldo Silva, que tachou o ex-presidente Lula de “ladrão”. Ela devolveu insinuando que o colega também não explicava como tinha adquirido um posto de gasolina na cidade com apenas um salário de R$ 15 mil como vereador.

Eu não sabia que o nome da vereadora Cristina Costa tinha mudado para Luiz Inácio Lula da Silva, que foi quem chamei de ladrão. A senhora não precisa usar desse tipo de expediente para aparecer mais, só porque está pleiteando uma candidatura a deputada estadual. E mais, quem exige respeito deve respeitar também. Eu sempre tive a todos aqui como amigos, mas agora passo a pensar diferente”, disse Ronaldo. “Agora, quem vai ter de responder é a vereadora na justiça”, completou.

Votação de requerimento acirra debate entre os vereadores Gabriel Menezes e Ronaldo Cancão

Mais uma sessão na Câmara de Vereadores de Petrolina, nesta quinta-feira (4), terminou num debate acirrado. Os protagonistas da vez foram os vereadores Gabriel Menezes (PSL), da bancada de oposição, e Ronaldo Cancão (PTB), do grupo governista. Cancão criticou com veemência um requerimento de Menezes, que pedia informações sobre critérios de autorização para a realização de eventos privados em espaços públicos como o Pátio de Eventos Ana das Carrancas, mantido pela prefeitura municipal. (mais…)

Câmara de Petrolina muda mais uma vez dia de sessão ordinária

Pegando carona na pauta das audiência públicas propostas pelos vereadores da atual legislatura de Petrolina, o presidente da Câmara Municipal, vereador Osório Siqueira (PSB), transferiu mais uma vez para sexta, agora no dia 31, a sessão ordinária desta quinta, 30. No ofício encaminhado aos vereadores, população e veículos de comunicação, Osório ressalta que a sessão não sera 9h como nos dias normais de reuniões, mas acontecerá às 19h, dentro da audiência pública sobre segurança proposta pelo vereador Ronaldo Cancão (PTB).

A audiência está marcada para ocorrer no ginásio da Escola José Joaquim André Cavalcante, localizada na Avenida Francisco Coelho de Amorim, S/N. bairro José e Maria, zona norte de Petrolina.

“Na oportunidade será discutido assuntos sobre a Segurança Pública na cidade de Petrolina, no que se refere aos grandes transtornos causado pela falta de segurança”, conclui Osório no ofício sobre a mudança de dia e horário das sessões plenárias da Casa Plínio Amorim.

A primeira mudança das reuniões ordinárias ocorreu no começo do mês quando da realização do debate sobre a reforma da previdência social, pautada pelo vereador Osinaldo Souza (PTB) que também ocorreu numa sexta-feira, tendo junto a reunião ordinária do poder legislativo petrolinense que regimentalmente tem como dias de sessão, terças e quintas-feiras.

Câmara vota doação de terreno para a Compesa

Um dos temas em debate na sessão da Câmara Municipal de Petrolina desta terça-feira, 14, é o projeto de lei de autoria do poder executivo, texto ainda da gestão anterior, que pede a desafetação de terreno para a implantação de uma estação de bombeamento da Companhia Pernambucana de Saneamento (Comepsa). A área em debate está localizada no bairro Pedra Linda, zona oeste da cidade.

A reunião plenária também contará com a presença da Coordenadora do Grupo Raros de Petrolina. Patrícia Bonfim, que irá fazer uma explanação sobre a importância da atuação do coletivo de mães de crianças e adolescentes com doenças raras e a superação das dificuldades encontradas no dia a dia, como o acesso a material específicos e a inclusão da entidade na sociedade.

Ela discutirá ainda a construção de políticas públicas de assistência aos doentes atendidos e a suas famílias. A solicitação de Patrícia para essa explanação na Casa Plínio Amorim foi do vereador Professor Gilmar Santos, do PT.

Câmara de Petrolina volta com votações nas sessões e na pauta projetos do poder executivo

E a pauta de discussões e votações enfim voltou à Câmara de Vereadores de Petrolina na sessão desta terça-feira, 7, aliás a primeira da atual legislatura. E vem com projetos do poder executivo. Um se refere ao veto total do prefeito Miguel Coelho ao projeto que cria o Programa de Enfrentamento da Obesidade Mórbida na saúde municipal. O outro texto regulariza os vencimentos dos médicos do Programa de Saúde da Família (PSF) e do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF)

A Casa também fará uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher com a presença de integrantes da Frente Brasil Popular que farão referência sobre à reforma da previdência e suas consequências para as mulheres, a pedido da vereadora Cristina Costa (PT). Outra participação será na Tribuna Livre com a presença da diretora geral da Faculdade Maurício de Nassau, Ana Cristina Araújo.

A gestora irá divulgar o Curso de Qualificação Profissional de Mototaxistas que através de parcerias com instituições como Prefeitura Municipal por meio da Ammpla e Banco do Nordeste, capacitará gratuitamente os mototaxistas em área como atendimento, educação no trânsito, direção defensiva e ética profissional.

Ronaldo Silva se desculpa por embate com Cristina Costa e Professor Gilmar em sessão da Casa Plínio Amorim

O vereador Ronaldo Silva (PSDB), foi à tribuna da Câmara Municipal de Petrolina, na sessão plenária desta terça-feira, 21, para se desculpar com sua colega Cristina Costa, e por, tabela, com o Professor Gilmar Santos, ambos do PT. Ronaldo e Cristina tiveram um embate acirrado na sessão da última quinta-feira, 16, quando Ronaldo promoveu uma série de críticas ao PT, gerando um duro bate-boca  na Casa Plínio Amorim.

“A senhora me conhece. Conviveu comigo durante três anos e meio. Tenho minhas críticas ao partido da senhora, que deve desculpas ao povo brasileiro, mas sempre lhe respeitei, apesar de cada um defender o seu partido. Tínhamos uma boa convivência. Não sei o que aconteceu para a senhora se manifestar na última quinta-feira, mas espero respeito como sempre lhe respeitei”, afirmou.

Serra Talhada: Vereadores ‘adoecem’ e faltam à sessão que analisaria contas de ex-prefeito

carlosevandroQuem foi à Câmara de Vereadores de Serra Talhada (PE), no Sertão do Pajeú, na segunda-feira (14), acompanhar a votação das contas de 2007 do ex-prefeito Carlos Evandro (foto), saiu frustrado. Isso porque nada mais, nada menos que seis parlamentares faltaram à sessão, inviabilizando a possibilidade de que fossem colocadas em votação. O curioso é que parte dos legisladores alegou problemas de saúde para não aparecer.

Não se sabe se foram apresentados atestados ou outra comprovação. Faltaram à sessão os vereadores Gilson Pereira (PROS), Vera Gama (PHS), Dedinha Inácio (PR), Leirson Magalhães (PSB), Márcio Oliveira (PSD) e Edmundo Gaia (PSD). Parte deles estaria usando a estratégia de dar mais tempo à tentativa de Evandro de evitar uma derrota e conseguir dois terços de votos favoráveis (algo tido como muito difícil) ou, como abstenção, ajudar na conta do ex-gestor.

Vereadores como Sinézio Rodrigues, Manoel Enfermeiro, Zé Raimundo e Pinheiro do São Miguel foram enfáticos ao questionar a manobra e cobrar uma posição dos pares na votação do parecer. As contas têm indicação de rejeição por conta de vários problemas. (Com informações de Anchieta Santos/para o Blog/foto arquivo reprodução)

Medalha Dom Malan a secretário da Receita Municipal e desafetação de terreno do CRELPS na pauta da Casa Plínio Amorim

camara-petrolina-08112016

A Casa Plínio Amorim realiza, neste momento, mais uma sessão. Apenas um projeto – de decreto legislativo – estava em pauta: a concessão da Medalha de Honra ao Mérito ao secretário da Receita Municipal da Prefeitura de Petrolina, Allan Maux. O projeto, aprovado ainda em 2015, é de autoria do ex-vereador Alvorlande Cruz (PSL).

Um projeto de lei, de autoria do Executivo Municipal, acabou entrando de última hora. Trata-se da desafetação de uma área localizada no Loteamento Jardim Brasília/Alto do Cocar, zona oeste da cidade, onde funciona o Centro de Recuperação Evangélico Livres Para Servir (CRELPS).

Mais detalhes pelas próximas horas.

Sessão sem projetos

sessão casa plinio amorim quórumComo já era esperado, a campanha eleitoral deste ano em Petrolina vem fazendo com que as sessões plenárias da Casa Plínio Amorim prossigam em ‘banho-maria’, a exemplo desta quinta-feira (25).

Nenhum projeto de lei foi colocado na pauta – e mesmo os que já foram analisados, tiveram uma votação rápida. Além disso tem sido comum as sessões terminarem bem antes do tempo regimental, o que provavelmente também acontecerá hoje. A sessão plenária começa daqui a pouco, a partir das 9h.

Sessão desta terça-feira na Casa Plínio Amorim será realizada à noite

sessão casa plinio amorim quórumA sessão plenária desta terça-feira (16) na Casa Plínio Amorim, que deveria começar às 9h, foi transferida para a noite.

O motivo é que haverá uma sessão solene em homenagem aos pastores evangélicos de Petrolina, marcada para começar às 19h30.

Casa Plínio Amorim: Sessão sem projetos nesta quinta

sessão encerrada casa plinio amorimOs vereadores da Casa Plínio Amorim vão para a segunda sessão plenária deste semestre, que começa daqui a pouco, a partir das 9h, sem pautas a serem analisadas.

Ou seja, em pleno período eleitoral, se não há projetos para se discutir, os debates caminham para descambar onde todo mundo já sabe. E o pior é que, antes das eleições do dia 2 de outubro, esse cenário pouco – ou nada – mude.

Casa Plínio Amorim e o ingrediente eleitoral que faltava

sessão casa plinio amorim

Nos bastidores políticos de Petrolina, já se comenta que o anúncio do prefeito Julio Lossio pelo nome do líder governista Ednaldo Lima (PMDB) para disputar sua sucessão era o ingrediente eleitoral que faltava para politizar de vez a Casa Plínio Amorim.

Na sessão de ontem (14), por exemplo, não havia nenhum projeto a ser votado, e a ordem do dia – como não seria diferente – transformou-se em discursos de palanque. Isso é só o começo.

Mais uma vez sessão da Casa Plínio Amorim acaba mais cedo por falta de quórum

sessão casa plinio amorim 020616

A sessão plenária desta quinta (2) na Casa Plínio Amorim acabou agora há pouco, por falta de quórum. Dessa forma, o projeto de lei enviado pelo prefeito Julio Lossio (PMDB), que institui o Programa de Regularização de Débitos Fiscais (Prorefis) referente ao ISS dos prestadores de serviço em Petrolina, foi adiado.

A vereadora da bancada de oposição, Maria Elena (PSB), já havia sugerido a retirada da matéria para uma discussão mais ponderada, após a inclusão de emendas ao projeto. A bancada governista acatou a ideia e decidiu retirar o projeto, que deverá voltar à pauta da Casa na próxima semana.

Com quatro vereadores em plenário – dois da bancada oposicionista e dois da governista –, o presidente em exercício Ibamar Fernandes (PRTB), que assumiu os trabalhos após Osório Siqueira (PSB) se ausentar, encerrou a sessão. O governista Aílton Guimarães (PMDB) ainda tentou fazer um protesto velado, mas prevaleceu a decisão de Ibamar.

Cancão se aborrece com “desrespeito” de colegas durante sessão e se retira do plenário da Casa Plínio Amorim

ronaldo cancao

Visivelmente chateado pela baixa presença de vereadores em plenário na sessão de ontem (12) da Casa Plínio Amorim, Ronaldo Cancão (PTB) decidiu se retirar da sessão, apesar dos apelos dos demais colegas e dos integrantes da Mesa Diretora. Resultado: sem Cancão não havia quórum suficiente, o que levou o presidente interino da Casa, vereador Ibamar Fernandes (PRTB), a encerrar os trabalhos antes do previsto, mais uma vez.

À imprensa, Cancão comentou o fato em tom de desabafo. Ele disse que por inúmeras vezes chamou a atenção da presidência da Mesa para as sessões vazias da Câmara de Petrolina encerrando-se com quatro ou cinco vereadores, no máximo.

“Não quero fazer juízo de nenhum companheiro, mas não estou aqui para desrespeitar a sociedade. É meu trabalho. Tenho de respeitar, o tempo, as diretrizes (da Casa) a e a todos. Tem vereador que fica passeando, desaparece e aí chega para aprovar projeto, e a gente falando sozinho. Isso é um desrespeito, e decidi não participar em protesto para que a Câmara possa fazer uma reflexão em relação ao comportamento de cada vereador”, criticou.

Cancão também não economizou palavras para alfinetar certos colegas que, mesmo estando em plenário, se ocupam com seus smartphones, acessando as redes sociais. O detalhe é que existe uma lei, fruto de um projeto de Dr.Pérsio Antunes (PV), proibindo o uso de celulares no plenário. “Conheço a lei, e quando preciso saio do plenário para atender o celular, respeitando o povo. Mas aqui é um descumprimento generalizado”, disparou o vereador.

Sento-Sé: Sem receber subsídios de abril, vereadores não comparecem a sessão. Até presidente faltou

vereadores sento sé

Em Sento-Sé, no norte da Bahia, parece que até os vereadores da cidade estão fazendo greve por não receber seus salários. Segundo informações repassadas ao Blog, até o final da manhã desta quinta-feira (28), os 13 representantes da Casa Legislativa não tinham recebido o subsídio referente ao mês de abril. Não se sabe se por essa, ou por outra razão ainda desconhecida, não houve sessão plenária hoje.

A primeira falta já começa pelo presidente da Mesa Diretora, Moacir Martins dos Santos. Os demais integrantes da mesa – o vice-presidente Euemisson, o primeiro secretário, Rudival Caetano Damasceno Silva, e o segundo secretário Hilton Muniz de Oliveira – também não deram as caras na sessão desta quinta.

Faltaram também os vereadores Rodolfo Café, Jamerson Pescador, Darle e João Borge, o que inviabilizou a sessão.

O duodécimo, repasse que o município deve fazer, por lei, até o dia 20 de cada mês, em abril foi de R$ 215. 716,13 (R$ 60.000,00 no dia 11 e R$ 155.716,13 no dia 20).

Apenas os vereadores Denis Almeida, Julliano Afonso, José Benedito, José Pereira Ribeiro e Cida Pesqueira compareceram à Casa (foto). A situação contraria, inclusive, a uma parte dos vereadores da base governista, que se queixam de estarem com os seus compromissos do dia-a-dia afetados por conta do atraso. Durma-se com essa. (foto/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br