Sessão da Casa Plínio Amorim é encerrada agora há pouco com quantidade mínima de vereadores

A sessão plenária desta terça-feira (27) na Casa Plínio Amorim terminou neste momento com a quantidade mínima de vereadores necessária para ter quórum.

Apenas oito vereadores ficaram até o final da sessão. O fato já foi motivo de críticas na legislatura passada.

Moção de repúdio, polêmica do beijo gay e as expectativas para próxima sessão da Casa Plínio Amorim

As expectativas geradas em Petrolina pela moção de repúdio do vereador Elias Jardim (PHS) contra uma reportagem da TV Grande Rio referente ao Dia dos Namorados, a qual mostrou o beijo entre dois homens, são grandes. Elias prometeu apresentar a moção na sessão plenária da próxima terça-feira (20) na Casa Plínio Amorim.

Até lá, sobram indagações sobre como se comportará a maioria dos vereadores das duas bancadas. Se sexo e religião, individualmente, continuam sendo assuntos sempre suscetíveis a polêmicas, que dirá então os dois juntos.

Na sessão da última terça (13), já não houve quórum suficiente para votar a moção. E na semana que vem, haverá? Já tem vereador governista se esquivando do debate por acreditar que a opção sexual de todos deve ser respeitada. Uma mobilização da classe LGBT está sendo planejada para acompanhar de perto a votação. Por sua vez, o vereador Professor Gilmar Santos (PT) já prometeu uma moção de aplausos para contrapor à iniciativa de Elias. Esse é o cenário.

Visita de ministro a Petrolina teria antecipado encerramento de sessão desta terça na Casa Plínio Amorim

Sem matérias do Executivo a serem votadas, a sessão plenária da Casa Plínio Amorim acabou abreviada pela presidência da Mesa Diretora.

Nos bastidores, contudo, os comentários davam conta de que a visita do ministro em exercício da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Eumar Novacki a Petrolina, no dia de hoje, teria colaborado para o encerramento mais cedo da sessão.

Miguel Coelho demonstra força e bancada governista aprova veto a projeto que proíbe dupla função de motorista no transporte coletivo de Petrolina

Se nos bastidores políticos de Petrolina os rumores eram de que a bancada do prefeito Miguel Coelho (PSB) não mostrava unidade, essa história foi diferente na sessão plenária de hoje (6) na Casa Plínio Amorim. Numa demonstração de força, Miguel conseguiu emplacar uma vitória acachapante quanto ao seu veto ao projeto de lei que proibia os motoristas de ônibus de exercer também a função de cobradores no transporte coletivo da cidade. A matéria, de autoria do então vereador Geraldo da Acerola (PT), havia sido aprovada na legislatura passada.

Apesar de todo o movimento e pressão da bancada oposicionista, o veto do prefeito foi aprovado por 17 votos a 4.

Houve quem questionasse se o posicionamento de Miguel seria mantido, já que alguns dos atuais vereadores votaram a favor do projeto de Geraldo da Acerola.

“O problema é que nos aprofundamos na discussão e vimos que a matéria é inconstitucional. Não dá para ir contra as regras do país”, disse ao Blog o vereador Elias Jardim (PHS), justificando a opinião da bancada. (Foto/divulgação)

Casa Plínio Amorim pode analisar veto de Miguel Coelho a projeto polêmico

A sessão plenária desta terça-feira (6) na Casa Plínio Amorim promete ser movimentada, com a inclusão de várias matérias do Executivo e do próprio Legislativo. Entre os destaques estão dois vetos do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB).

O mais polêmico deles (020/17) refere-se ao projeto de lei 064/16, que proíbe as empresas de transporte coletivo na cidade atribuírem aos motoristas dos ônibus também a função de cobradores. A matéria, de autoria do ex-vereador Geraldo da Acerola (PT), havia sido aprovada na legislatura passada. A sessão começa a partir das 9h.

“Paulo Câmara mentiu e fez o prefeito Miguel Coelho mentir também”, alfineta Ronaldo Silva

O vereador Ronaldo Silva (PSDB) foi à tribuna da Câmara de Petrolina na sessão plenária desta terça, 30, e abriu o verbo. Ele estava na bronca com o governador Paulo Câmara (PSB). O tucano não poupou o socialista e cobrou veementemente a verdade sobre a conclusão da obra da Praça da Juventude do Bairro João de Deus, na zona oeste, que se arrasta há oito anos.

Ronaldo acusou o governador de “mentir” sobre a intervenção, que é uma das mais aguardadas da cidade. E mais: ele disse que o prefeito Miguel Coelho (PSB) também foi induzido a mentir, diante da promessa não cumprida do chefe do Poder Executivo estadual.

“O senhor governador mentiu para a população do Bairro João de Deus, para o prefeito Miguel Coelho, e fez o prefeito também mentir para a população. Disse que entregaria a Praça da Juventude em março. Que março? Uma obra que é uma vergonha para o senhor, que não tem coragem ou vontade política de andar com ela, deixando o povo do João de Deus cada vez mais revoltado”, disparou o vereador.

Troca de farpas entre Cristina Costa e Ronaldo Silva tem acusação grave

A troca de farpas entre os vereadores Cristina Costa (PT) e Ronaldo Silva (PSDB), na manhã de ontem (11) na Casa Plínio Amorim, teve uma grave acusação. Depois de enaltecer o depoimento do ex-presidente Lula ao juiz Sérgio Moro, na última quarta-feira (10), ao afirmar – entre outras coisas – que Lula provou que as acusações contra ele na Operação Lava Jato não têm fundamento jurídico porque não existem provas materiais, Cristina ouviu de Ronaldo, aos gritos, o ex-presidente ser chamado de “ladrão e vagabundo”.

Cristina devolveu no mesmo tom. “Quero dizer que o gato disso usa, disso cuida. Quem está abrindo posto aqui em Petrolina é vossa excelência, que está acostumado a isso”, disparou a vereadora. Ronaldo indagou de bate-pronto. “Acostumado a que? a roubar? a senhora quer me comparar com um vagabundo e ladrão daquele?”, devolveu o vereador.

Depois disso Ronaldo partiu para cima de Cristina e precisou ser acalmado por alguns colegas. Osório chegou a ameaçar encerrar a sessão plenária, que teve continuidade após alguns minutos interrompida por causa da discussão.

Casa Plínio Amorim não terá sessão de terça devido a audiência pública no São Gonçalo sobre segurança

A Casa Plínio Amorim não realizará a sessão plenária desta terça-feira (2/05), em virtude de uma audiência no Bairro São Gonçalo, zona oeste de Petrolina, que debaterá a problemática da segurança pública na cidade. O evento está marcado para as 19h, na Escola Municipal Paulo Freire (Rua 54, n°80).

Além do atual prefeito Miguel Coelho, também foram convidados para a audiência representantes do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Polícias Civil e Rodoviária Federal, do Judiciário, da Igreja Católica e do Governo do Estado – entre outros. A proposta da audiência é do vereador Ronaldo Cancão (PTB).

Sessão plenária na Casa Plínio Amorim retorna somente na próxima semana

A sessão plenária de ontem (11) foi a última desta semana na Casa Plínio Amorim. O presidente da Mesa Diretora, Osório Siqueira (PSB), já adiantou que amanhã (13), véspera de Semana Santa, não haverá sessão.

Os trabalhos plenários na Câmara Municipal retornarão normalmente na próxima terça-feira (18).

Depois de algumas ausências, Osório Siqueira é elogiado por conduzir sessão da Casa Plínio Amorim até o fim

O presidente da Câmara de Petrolina, vereador Osório Siqueira (PSB), conduziu a sessão plenária desta terça-feira, 21, até o fim, após algumas ausências do comando da Mesa Diretora. Diante da confusão ocorrida na sessão de quinta, 16, protagonizado por colegas da Mesa e do plenário, o presidente pelo jeito achou melhor não se ausentar antes do final da reunião, como vinha ocorrendo.

“A minha presença parece que serviu para acalmar os ânimos. Quem estiver à frente dos trabalhos na Mesa Diretora da Casa, tem que fazer o melhor. Isso é regimental, conduzir para que os trabalhos seja o melhor para todos”, declarou.

Osorio aproveitou para agradecer a colega, vereadora Cristina Costa (PT), que no uso da palavra na tribuna elogiou a condução da sessão, que nas palavras dela foi conduzida “com capacidade e tranquilidade”.

“Sempre é bom ver as pessoas reconhecerem nosso trabalho. Agradeço a vereadora Cristina. Temos buscado conduzir os trabalhos para todos, sendo firmes nas horas dos embates mais duros“, concluiu o presidente.

Câmara de Petrolina realiza nesta quinta-feira primeira sessão ordinária do ano

Na primeira sessão legislativa do ano, marcada para esta quinta-feira, 2, a partir das 9h, a pauta da Câmara de Petrolina será praticamente igual a dos últimos dias da legislatura passada. Sem projetos e com apenas os debates dos vereadores previstos no plenário.

A expectativa é para a atuação da nova formação da Casa Plínio Amorim, que chega com vereadores de primeiro mandato, alguns integrando inclusive a Mesa Diretora que também não mudou. Osório Siqueira (PSB), o mais votado nas eleições proporcionais do ano passado, também chega para assumir os trabalhos em seu quarto mandato à frente do comando da Casa.

Após recesso parlamentar, Casa Plínio Amorim deve retomar trabalhos legislativos nesta semana

Após o recesso parlamentar, as casas legislativas em todo o país retomarão as atividades no primeiro semestre a partir desta semana.

Em Petrolina, a primeira sessão plenária deverá acontecer nesta quinta-feira, 2 de fevereiro, já com a definição das novas bancadas.

Sessão que votará LOA e PPA na Casa Plínio Amorim é antecipada para hoje

casa plinio amorim (2)Apesar de dizer, na semana passada, que não haveria problemas em relação ao fato de a Lei Orçamentária Anual (LOA) de Petrolina ser votada na próxima sessão plenária da Casa Plinio Amorim, terça-feira (6), o presidente Osório Siqueira (PSB), pelo visto, voltou atrás.

A sessão acontecerá nesta segunda (5), a partir das 9h. O motivo é que o prazo para analisar a LOA e também o Plano Plurianual (PPA) encerra-se justamente hoje. Na última quinta (1), o projeto acabou adiado por conta de um pedido de vistas do vereador Dr.Pérsio Antunes (PV), que considerou insuficiente a previsão de recursos, no valor de R$ 308 mil, para a área irrigada. Depois de alguma polêmica, o pedido foi aprovado por 12 votos contra cinco.

Corpo da secretária Rose Andrade será velado até amanhã na Casa Plínio Amorim

casa-plinio-amorimO presidente da Casa Plínio Amorim, vereador Osório Siqueira, decidiu cancelar a sessão plenária desta terça-feira (21), para que o corpo da secretária de Acessibilidade de Petrolina, Rose Andrade, seja velado no local.

O pedido foi feito a Osório por secretários e amigos de Rose. Por não haver nenhum projeto de maior relevância na pauta, o presidente atendeu ao pedido de imediato. O velório de Rose acontece até amanhã. O horário e local do sepultamento ainda não foram informados.

Casa Plínio Amorim segue em ritmo de recesso parlamentar

sessão casa plinio amorim quórumMais uma sessão plenária será realizada nesta quinta-feira (17) na Casa Plínio Amorim. Mas por enquanto, o ritmo da Câmara Municipal de Petrolina é praticamente de recesso parlamentar.

Nenhum projeto de lei de autoria do Executivo foi colocado em pauta. Os que serão analisados, são de autoria dos vereadores e se referem a denominações de logradouros públicos, além de projetos de Decretos Legislativos concedendo títulos de Cidadão Petrolinense.

Por falar neste último, acontecerá hoje a entrega de título a Joselito Ramos Brandão Agra, em solenidade marcada para as 10h. A homenagem foi proposta pelos vereadores Elismar Gonçalves (PMDB) e Maria Elena (PSB).

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br