Sento-Sé: Recadastramento de servidores municipais prosseguirá até dia 9 de fevereiro

Em Sento-Sé, no norte da Bahia, a atual gestão está realizando o recadastramento de todos os servidores concursados do município. A ação começou no último dia 11 de janeiro e vai até 9 de fevereiro deste ano.

Segundo a assessoria, o novo cadastramento é um levantamento da quantidade de servidores para corrigir possíveis abusos – a exemplo daqueles que estão morando em outros municípios e continuam na folha de pagamento, ou de servidores transferidos do seu local de trabalho de forma indevida.

A prefeita Ana Passos argumenta que essa medida está sendo tomada visando à atualização e organização da máquina administrativa. “É uma espécie de censo dos servidores. Quantos são, quem são e onde estão lotados, visando a melhorar o atendimento à população”, afirma.

O decreto nº 004, do dia 2 de janeiro de 2017, foi publicado no Diário Oficial do Município informando todos os detalhes, como público-alvo, prazo e todos a documentação necessária que deve ser apresentada pelos servidores recadastrados.

Prefeitura de Salgueiro garante que quitará pagamentos pendentes de servidores municipais

Em Salgueiro (PE), o prefeito recém empossado Clebel Cordeiro (PMDB) é mais um às voltas com a rearrumação da máquina administrativa, o que vem deixando apreensivos principalmente os servidores da saúde e educação, cujos pagamentos encontram-se pendentes desde o final do governo passado.

Mas a Secretaria de Finanças informou que está regularizando a situação das contas da prefeitura municipal junto aos Bancos do Brasil, Caixa Econômica e Santander, para que possa efetuar esses pagamentos.

“À medida que os bancos homologarem toda a documentação apresentada aos novos gestores, daremos início aos pagamentos”, disse Miriam, referindo-se a alguns fornecedores e à folha complementar, que ficou pendente pela gestão anterior. Ela explicou, ainda, que o recurso para pagamento dessas folhas é proveniente do repatriamento – um repasse do governo federal relativo a tributos de brasileiros residentes no exterior, e que só entrou na conta no dia 31 de dezembro último, quando não havia mais expediente bancário.

Todo esse processo de regularização, segundo a secretária, tem como objetivo organizar o sistema e conhecer a real situação contábil da prefeitura, o que é natural em início de gestão. “Mas o principal objetivo é garantir o pagamento da folha complementar que a gestão passada não pagou. Portanto, fiquem tranquilos esses servidores, pois a orientação do prefeito Clebel é cumprir com todos os compromissos o mais urgente possível“, finalizou Miriam. (Fonte/foto: Ascom PMS)

Servidores municipais de Dormentes e Santa Filomena ficam sem salário de dezembro

Os servidores municipais de Dormentes (PE), Sertão do São Francisco, e de Santa Filomena (PE), Sertão do Araripe, encerraram 2016 com um aborrecimento e tanto. Simplesmente eles não receberam o salário referente ao mês de dezembro.

Este Blog obteve a informação que a Prefeitura de Dormentes recebeu do Governo Federal aproximadamente o valor de R$ 4.940.650,23, enquanto a de Santa Filomena teve algo em torno de R$ 4.179.148,93.

Esses valores estão disponíveis no Portal da Transparência do Banco do Brasil. Mesmo com tanto dinheiro para as duas prefeituras, destinado ao pagamento das contas e, em especial, à folha dos servidores, os prefeitos Roniere Reis (Dormentes) e Pedro Gildevan (Santa Filomena), que já encerraram seus respectivos mandatos, estão deixando essa conta para seus sucessores.

Justiça bloqueia contas da prefeitura de Curaçá para pagar servidores

prefeitura-curacaServidores públicos do município de Curaçá, no norte da Bahia, deverão receber os valores correspondentes a remunerações em atraso devidos pela prefeitura, conforme determinação da Justiça proferida ontem (31/10). A decisão atendeu pedido liminar feito em ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público estadual, por meio do promotor de Justiça Márcio Henrique Pereira de Oliveira.

O juiz Adrianno Espíndola Sandes estipulou um prazo de 72 horas, a partir da intimação, para que o pagamento seja feito. O magistrado determinou ainda que sejam bloqueados 60% dos recursos de todas as contas do município, para serem usados no pagamento integral dos servidores, caso o prazo para regularização das folhas de pagamento em atraso não seja cumprido. Segundo a ação, os valores devidos correspondem a pelo menos três meses de remuneração atrasada.

O promotor Márcio Henrique destacou que o Poder Executivo vem atrasando salários, apesar de receber regularmente os repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), dos fundos de Saúde e Educação (FUS e Fundeb), e os recursos da cobrança de impostos como ITR, ICMS e IPVA. Na decisão, o magistrado ressaltou que os atrasos de pagamento “têm motivado constantes paralisações e protestos promovidos por servidores públicos do município” e que a situação, se perdurar por mais tempo, pode comprometer ainda mais a prestação de serviços essenciais. (foto/arquivo divulgação)

Sem receber salários, servidores de Belém do São Francisco fazem protesto em frente à prefeitura

protesto servidores belém

Servidores municipais de Belém de São Francisco, no Sertão de Itaparica, realizaram um protesto na tarde de hoje (25) em frente ao prédio da prefeitura. A intenção foi pressionar o prefeito Gustavo Caribé (PSB) a pagar os salários atrasados da categoria. (mais…)

Servidores municipais voltam a pressionar por reajuste salarial e ameaçam paralisar atividades

reunião sindsemp

Em mais uma missão na garantia dos direitos dos trabalhadores, o Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp) reuniu ontem (22), em assembleia extraordinária com  a categoria para discutir propostas como reajuste salarial e os planos de saúde.  Um dos pontos altos da reunião foram as reclamações dos servidores em relação à falta de compromisso do governo municipal em não cumprir o acordo de reajuste. Por isso, foi acordado o calendário de paradas sistemáticas do funcionalismo como forma de pressionar a administração a cumprir o reajuste dos servidores. A primeira parada ficou definida para a próxima terça-feira (30). Caso o salário não seja reajustado, será realizada uma nova assembleia no dia 16, quando será definido o estado de greve.

O presidente Walber Lins confirmou que houve o compromisso do secretário de Orçamento Planejamento e Gestão, Geraldo Júnior, em assumir o pagamento retroativo na folha suplementar até o dia 15 de setembro deste ano. “Houve um compromisso oficialmente pelo secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, que seria pago inicialmente esse retroativo até o dia 15 de setembro, não além de 15 de setembro“, disse. “Em caso de não cumprimento desse pagamento retroativo até o dia 15 de setembro em folha suplementar, estabeleceremos, na assembleia ordinária do dia 16 de setembro, o estado de greve, devidamente aprovado em assembleia e com respectiva condução até a prefeitura, informando mobilização”, completou.

O segundo ponto de pauta foi em relação aos planos de saúde dos servidores. De acordo com as diretorias dos planos, a tabela será reajustada com base na autorização da Agência Nacional de Saúde (ANS), de 13,57%. Os gestores dos planos alegam que as despesas estão superiores às receitas faturadas.  Na assembleia também foi realizado sorteio de brindes para os servidores presentes. (foto: Ascom Sindsemp/divulgação)

Campanha Salarial: Servidores decidem em assembleia ratificar proposta do Sindsemp

Os servidores municipais de Petrolina estiveram reunidos em assembleia na segunda-feira (21), para debater os encaminhamentos da campanha salarial. No encontro, a diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindsemp) apresentou a proposta enviada pelo executivo com o índice de reajuste salarial.

No texto, a gestão pública concede o reajuste de 10,67% + 0,49% para os servidores da educação e 5% para as demais categorias. Em votação, os servidores decidiram seguir com a proposta apresentada pelo Sindsemp desde de dezembro que aponta um aumento nos vencimentos de 12,67% – 10,67% de restituição geral da inflação e 2% de reajuste.

Na decisão da assembleia, ficou definido que a categoria aprova a proposta do executivo para a educação, mas rejeita o percentual apresentado para as demais categorias. De acordo com Walber Lins, presidente do Sindsemp, a luta iniciada há três meses pela entidade vai continuar. “A assembleia foi bastante produtiva. Deliberamos que não vamos aceitar o índice de 5% para todas as categorias, mesmo com os avanços eu tivemos na educação. Continuaremos na luta pelo valor da restituição geral”, pondera. Novas mobilizações ações serão feitas pela entidade. (fonte/foto: Ascom Sindsemp)

Sindsemp realiza assembleia geral para debater campanha salarial daqui a pouco

Para continuar o debate a cerca da campanha salarial e deliberar ações, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Petrolina (Sindsemp) realiza nesta segunda-feira (21), mais uma Assembleia Geral. O encontro acontecerá no auditório do Hotel do Grande Rio, área central a cidade, a partir das 8h.

O presidente da entidade, Walber Lins, convida todos servidores para este encontro. “Vamos debater nossos posicionamentos e como a categoria vai seguir lutando por melhorias, por isso a participação de todos é fundamental”, finaliza.

Prefeitura de Juazeiro e APLB/Sindicato fecham proposta do Plano de Carreira, mas categoria ainda fará avaliação

reunião sindicatos e prefeitura

As negociações do Plano de Cargos, Carreiras e Remunerações (PCCR) dos servidores do município de Juazeiro (BA), representados pelos sindicatos – Sinserp, Sintrab, Sindae, Sintase, AGMJ, Assogestran e APLB -, estão bem avançadas. A informação foi repassada hoje (10) pela assessoria de comunicação da prefeitura.

Nesta quinta-feira, em reunião com o prefeito Isaac Carvalho, os secretários de Administração, Maéve Melo; da Educação, Clériston Andrade, da CSTT, Vilmar Ferreira, o procurador do município, Eduardo Fernandes, Plínio Amorim, Assessor de Apoio a Gestão, e a direção da APLB/ Sindicato, Gilmar Nery e Expedito Vasconcelos, após uma serie de negociações fecharam a proposta.

O novo plano organiza a carreira docente, oferece uma perspectiva real de avanço e assegura critérios de promoção com ênfase no desempenho profissional e valorização dos resultados de trabalho promovidos pelos professores. O estimulo por titulação, um dos grandes anseios da categoria, está contemplado na proposta. Um modelo foi encontrado para reconhecer os profissionais com especialização, mestrado e doutorado.

Campanha salarial será pauta de assembleia do Sindsemp nesta sexta

A segunda assembleia do ano dos servidores públicos municipais de Petrolina será realizada nesta sexta-feira (11). O encontro terá como principal ponto de pauta a campanha salarial.

A diretoria do Sindsemp, sindicato que representa a classe, divulgou edital de convocação nesta semana para o encontro que vai se realizar no Hotel do Grande Rio, a partir das 8h.

Na assembleia, a diretoria do sindicato deve apresentar os avanços das questões tratadas com o Executivo. De lá, os funcionários devem deliberar as próximas ações do movimento.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br