Encontro para incentivar o conhecimento da sabedoria ancestral de cura será realizado em Exu

Adeptos de práticas e culturas milenares que ainda persistem no interior do Nordeste vão se reunir na cidade de Exu (PE), no Sertão do Araripe, de 20 a 22 de janeiro, para trocar conhecimentos. No Encontro ‘Saberes da Caatinga’, cerca de 150 parteiras, rezadores e raizeiros de Pernambuco, Ceará e Piauí pretendem fortalecer essas práticas de nascimento e cura ligadas à natureza. O evento será realizado na Chácara Paraíso da Serra.

O objetivo do evento é incentivar o conhecimento da sabedoria ancestral de cura. O encontro é realizado pela Rede de Agricultores Experimentadores do Araripe, com apoio de instituições como a Fundação Oswaldo Cruz e o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio).

Embora o encontro não seja aberto ao público em geral, há cem vagas para o curso de aprendiz de raizeiro. A inscrição para quem deseja aprender a manejar e saber mais sobre o uso terapêutico das plantas custa R$ 20 e pode ser feita pelo endereço saberesdacaatinga@gmail.com. Um dos participantes do  evento será o  médico fitoterapeuta Celerino Carriconde.

Bodocó registra primeiro homicídio do ano no Sertão do Araripe

Bodocó (PE), no Sertão do Araripe, registrou ontem (9) o primeiro homicídio do ano naquela região. O suspeito é Francisco Célio Valério da Silva, de 46 anos. Ele foi preso por ter matado o próprio irmão com chutes na cabeça e pisada no pescoço de José Valério de Lima, de 32.

Francisco afirmou que estava bebendo com o irmão, quando os dois se desentenderam e começaram uma briga. Um agente da Polícia Civil prendeu José Valério, que não esboçou reação. Ele foi apresentado à Delegacia de Ouricuri (PE), também na região do Araripe. (com informações da Rádio Jornal)

Ouricuri: Prefeito Ricardo Ramos inicia governo realizando mutirão de limpeza em sistema de esgotamento da cidade

Um mutirão de limpeza nos esgotos que estavam causando transtornos à população de Ouricuri (PE), no Sertão do Araripe, foi realizado pela prefeitura. O atual gestor, Ricardo Ramos (PSDB), autorizou a ação por meio da Secretaria Municipal de Obras.

Estão na lista inicialmente, diversas ruas do bairro Nossa Senhora de Fátima. Conforme o prefeito, o sistema, sem manutenção há alguns anos, tornou-se motivo de transtornos para os moradores. “Esse tem sido um dos principais problemas da cidade nos últimos anos. Uma dor de cabeça para a nossa população, principalmente para os condutores, que sofrem com um sistema que atrapalha o trânsito e a mobilidade”, comentou Ricardo.

Ricardo Ramos solicitou urgência nos serviços na área priorizada e em outros pontos que estejam passando pelo mesmo problema. (Foto: Ascom PMO/divulgação)

Justiça Eleitoral diploma prefeito e vereadores eleitos de Ipubi

prefeito-e-vereadores-eleitos-ipubi

Em Ipubi (PE), no Sertão do Araripe, o prefeito eleito Chico Siqueira (PSB) foi diplomado em solenidade realizada na tarde de ontem (7). Além dele, o vice João Coutinho e os vereadores vitoriosos no último dia 2 de outubro receberam seus diplomas.

Chico conquistou a maioria na Câmara Municipal, que será formada pelos vereadores Leontina Delmondes (DEM), Zé Bolinha (PSB), Afonso Barros (PSC), Venildo (PHS), Barrocha (PSB), Gilson Rodrigues (SD) e Shell (PSC).

Este será o terceiro mandato do empresário, que é conhecido por ser a maior liderança política do Sertão do Araripe. Chico coleciona importantes títulos, como o de 30º Melhor Prefeito do País, pela Revista Carta Capital, e de 3º Melhor Administrador Público do Estado de Pernambuco, pela Fundação Nacional dos Municípios do Norte/Nordeste. (foto/divulgação)

MPT inspeciona 83 empresas do polo gesseiro do Sertão do Araripe e pede a justiça a demolição de duas

empresa-gesso-araripe

De 24 a 28 de outubro o Ministério Público do Trabalho (MPT) realizou uma força-tarefa nacional no polo gesseiro do Sertão do Araripe pernambucano. Ao todo, 83 empresas foram inspecionadas nas cidades de Araripina, Ipubi, Trindade e Ouricuri. Em dois estabelecimentos, o risco de desabamento da estrutura era tão grave que o órgão pediu à justiça que ordenasse a demolição deles. Ao todo, 997 trabalhadores foram beneficiados diretamente com a ação.

Participaram da força-tarefa quatro procuradores, oito analistas periciais, cinco motoristas e 16 policiais rodoviários federais. Das 83 empresas fiscalizadas, 66 estavam em pleno funcionamento, 17 estavam fechadas, interditadas ou desativadas.

De acordo com a coordenação da força-tarefa, o objetivo da ação foi inspecionar o maior número possível de empresas na região e propor medidas, o que inclui ações judiciais, para a regularização do meio ambiente de trabalho. Uma das principais preocupações do MPT tem a ver com a necessidade de proteção coletiva diante da poeira gerada na fabricação do gesso.

Segundo Vanessa Patriota, procuradora do Trabalho que coordenou o grupo, as atividades transcorreram dentro da normalidade. No prazo de 15 dias o MPT deve concluir os relatórios de inspeção e dar encaminhamento às medidas necessárias. Entre os principais problemas verificados estão a falta de equipamentos de proteção individual, excesso de poeira, água fornecida para os trabalhadores inadequada ao consumo (foram encontrados diversos bebedouros com insetos, poeira e lodo na água) e falta de proteção contra quedas.

Balanço

Essa é a segunda força-tarefa nacional realizada pelo MPT no polo gesseiro. Em 2015, o órgão realizou, entre 5 e 9 de outubro, uma fiscalização a empresas calcinadoras de gesso situadas no Sertão do Araripe.

Os procuradores do Trabalho e peritos do MPT constataram que, apesar das graves irregularidades ainda encontradas em algumas empresas, o setor como um todo vem se adequando às normas relativas à segurança e à saúde do trabalhador, adotando equipamentos e técnicas que garantam maior proteção aos mesmos. Novas ações judiciais devem ser ajuizadas nos próximos meses com a finalidade de obrigar as empresas encontradas com irregularidades a corrigi-las, sob pena de paralisação judicial de suas atividades e multa. (foto/divulgação)

Empresa do polo gesseiro do Araripe é condenada por descumprir normas trabalhistas

polo gesseiroA Gessovip, empresa do polo gesseiro pernambucano, no Sertão do Araripe, foi condenada pela justiça por descumprir uma série de normas trabalhistas – a maioria delas relacionadas à saúde e segurança no trabalho. Além de estar obrigada judicialmente a regularizar a conduta, sob pena de multa, teve as atividades paralisadas, sendo lacrada por oficiais de justiça. A condenação obtida deve-se a uma ação civil pública movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) no Estado, resultante da força-tarefa realizada pelo órgão em outubro do ano passado.

De acordo com a sentença proferida pela juíza do Trabalho, Carla Janaína Moura Lacerda, a empresa não comprovou nos autos que efetivamente cumpriu as medidas determinadas através da decisão de antecipação de tutela, quando acatou liminarmente os pedidos feitos pelo MPT. A Gessovip também não apresentou qualquer defesa no processo, sendo declarada revel. Foi ainda designada audiência de tentativa de conciliação, mas a empresa não compareceu.

As obrigações liminares foram mantidas na sentença: registrar os contratos de trabalho dos empregados; adquirir, fornecer e exigir o uso de EPI; submeter os trabalhadores, sem ônus, a exame médico admissional, manter em condições seguras de funcionamento as instalações elétricas no local de trabalho; fornecer copos individuais ou bebedouros para o consumo de água potável; manter em estado de conservação, asseio e higiene os banheiros.

A empresa ficou ainda obrigada a utilizar meios técnicos apropriados para facilitar o transporte manual de cargas, evitando sobrepeso capaz de prejudicar a saúde e a integridade física do trabalhador; adotar medida que reduzam, eliminem ou neutralizem os efeitos das poeiras minerais no ambiente de trabalho; realizar a análise ergonômica do trabalho.

Caso a empresa venha a ser encontrada funcionando sem antes comprovar o ajuste da conduta, será aplicada multa de R$ 18 mil, além de multa diária de R$ 10 mil até que paralise as atividades.

Dano moral coletivo

A sentença ainda tratou da condenação por dano moral coletivo da Gessovip, que deve indenização no valor de R$ 90 mil, a ser revertida ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).

Força-tarefa

O MPT realizou, entre 5 e 9 de outubro do ano passado, uma força-tarefa nacional para fiscalizar as empresas calcinadoras de gesso situadas no Sertão do Araripe. A ação verificou as condições de trabalho no polo gesseiro do Estado, responsável pela produção de cerca de 95% do gesso do país, visando a estabelecer novas estratégias de atuação frente à continuidade das irregularidades trabalhistas do setor.

Foram visitadas 78 empresas localizadas de Araripina, Ipubi e Trindade. Ao todo, 1.164 trabalhadores foram diretamente beneficiados com a ação, que teve foco a verificação do registro de vínculo empregatício e o meio ambiente de trabalho das calcinadoras. O MPT expediu 18 recomendações de adequação para os empregadores e assinou um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) relativo a trabalho infantil, constatado no município de Ipubi. Até o momento, foram movidas 67 ações judiciais. As informações são do MPT. (foto/arquivo)

PMDB ‘naufraga’ em Ouricuri

marcello cavalcati - jarba e raul henryCom sete candidatos a prefeito, as eleições municipais de Ouricuri (PE), realizadas no domingo (2), representaram um retumbante fracasso para o PMDB do vice-governador de Pernambuco, Raul Henry, e do deputado federal Jarbas Vasconcelos.

Marcello Cavalcanti, o candidato apoiado pelas duas lideranças estaduais, teve uma votação pífia: apenas 447 votos.

Trindade: Dr.Éverton lidera intenções de votos para majoritária, diz pesquisa

eleições 2016A um dia das eleições municipais, o clima político-eleitoral em Trindade (PE), no Sertão do São Francisco, é de euforia para os correligionários do atual prefeito Dr.Éverton (PSB).

Candidato à reeleição, ele lidera a corrida majoritária com 51,23% das intenções de voto, contra 38.99% de Helbe Rodrigues Nascimento (PSL), a ‘Helbinha’. O levantamento é do Instituto Majoritário de Pesquisas e Estatísticas (Imape) e foi registrado na Justiça Eleitoral sob o n° PE-06153/2016 (TSE/TRE-PE).

Parnamirim: Candidato a vice-prefeito sofre atentado durante visita a residencial

nivaldo e tácioO candidato a vice-prefeito Nivaldo Mendes (PSD), do município de Parnamirim (PE), no Sertão do Araripe, sofreu um atentado no dia de ontem (28), quando participava de mais um ato de sua campanha eleitoral.

Ele estava visitando um bairro da cidade ao lado do candidato a prefeito, Tácio Pontes (PSB). Após a visita, ele foi até o Residencial Angico, zona rural de Parnamirim, local onde teria acontecido uma emboscada a bala contra o candidato. A informação é do Blog do Didi Galvão.

Nininho estava num veículo na companhia do médico Franklin Carvalho, que é irmão do vice e tio de Tácio. Na entrada do residencial, eles foram recebidos a bala, mas felizmente saíram ilesos. O autor dos disparos ainda não foi identificado, nem há detalhes sobre a motivação do atentado. Os candidatos prestaram queixa na Delegacia de Polícia Civil (DPC) local. (foto/arquivo)

Chuvas chegam a Santa Filomena

chuvas_640x480O restante da campanha eleitoral em Santa Filomena (PE), no Sertão do Araripe, pode acontecer debaixo de chuva. O tempo começou a mudar ainda ontem (27) na cidade, por volta das 14h, quando começou a chover em pouca quantidade – como já apontava o Instituto de Meteorologia Climatempo.

À noite, mais pancadas de chuva aliviaram um pouco o calor que começa a se intensificar na região. Mas a previsão é de que, pelos próximos meses, a região receba muitas chuvas. Os sertanejos torcem para que isso ocorra.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br