Homenagem a enfermeiros na Casa Plínio Amorim reforça cobrança por cumprimento de jornada

 

Na sessão solene ocorrida nesta quinta-feira, 18, na Câmara de Vereadores de Petrolina em homenagem ao Dia do Enfermeiro (ocorrido dia 12), a principal fala dos representantes da categoria e dos próprios profissionais de enfermagem do município foi o cumprimento da jornada de 30 horas da categoria. A lei foi aprovada no ano passado, mas ainda não foi colocada em prática.

Segundo a presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Estado de Pernambucano (SEEPE), Berenice Garcês, outra pauta que ela pretende discutir junto com o presidente Edson Freitas, da subsede da entidade em Petrolina, é uma resposta da Secretaria Municipal de Saúde sobre a proposta de reajuste dos enfermeiros do município, que estão sem aumento de salário há quase três anos. (mais…)

Enfermeiros concursados de PE ganham ação na justiça contra o governo

Uma ação Civil Pública apresentada pelo SEEPE (Sindicatos do Enfermeiros do Estado de Pernambuco), através de sua assessoria jurídica, foi julgada procedente e determina ao Governo do Estado que “uma vez recuperado o equilíbrio orçamentário ameaçado com o excesso de despesa de pessoal dentro do prazo de validade do concurso, proceda com a nomeação dos candidatos aprovados dentro das vagas ofertadas no edital, assim como daqueles que estejam no cadastro reserva, até a posição equivalente ao quantitativo de contratados de forma precária que se encontram no desempenho das atividades típicas do cargo efetivo disputado, sem levar em consideração os ocupantes de cargos comissionados “ .

O juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública Estadual, Évio Marques da Silva, entendeu que a contratação precária de enfermeiros através de contratos temporários não impede de reconhecer o efeito de preterição dos candidatos aprovados no concurso da Secretaria Estadual de Saúde(SES), mas que não poderia declarar a nulidade dos contratos temporários neste momento, e apenas se permitiu a concessão do direito subjetivo dos aprovados à nomeação.

Segundo ficou estabelecida na sentença, a nomeação imediata vem se demonstrando impossível, diante da situação financeira difícil em que se encontram as contas da administração estadual, por haver incorrido em excesso de despesa com pessoal. Mas o SEEPE defende que as nomeações devem ser imediatas e que o Estado deve iniciar as convocações dos aprovados a partir desta decisão.

Ainda cabe recurso para o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). “O Jurídico do SEEPE está estudando a sentença para garantir a mais rápida efetividade do que foi decidido. Este foi o primeiro passo para concretizar a nomeação de todos os aprovados no concurso”, salientou o advogado do sindicato, Murilo Braz. (Foto: Ascom)

Enfermeiros de Petrolina participam de primeira assembleia do ano para discutir demandas da categoria

O Sindicato do Enfermeiros do Estado de Pernambuco (SEEPE), subsede de Petrolina, reúne nesta sexta-feira, 24, a partir das 9h, na sede da entidade localizada no bairro Gercino Coelho, a categoria para a primeira assembleia da entidade do ano. Segundo o diretor do SEEPE Petrolina, Edson Freitas, o encontro desta sexta servirá para que sejam passadas informes de como anda também a discussão de reajuste dos enfermeiros do município.

Entregamos a nossa proposta à secretária de Saúde e estamos no aguardo do retorno por parte do município. Nossa proposta é para um reajuste de 15%, já que as enfermeiras do quadro do município não têm reajuste há dois anos. Também iremos discutir o reconhecimento de uma lei municipal que foi aprovada na Câmara, implantando a jornada de 30 horas“, comentou Edson, frisando que a categoria também é contraria à reforma da previdência..

Para mais informações sobre a campanha salarial e outras informações sobre a categoria, é só procurar o SEEPE. O atendimento aos profissionais é feito na parte da manhã e o sindicato disponibiliza às terças-feira assessoria jurídica com atendimento na parte da tarde. O profissional pode também ligar ou mandar mensagem via Whatsapp para o 087 9 9610-0212 e tirar dúvidas sobre a atuação do SEEPE na região. A subsede da entidade sindical em Petrolina foi inaugurada em julho do ano passado.

Importante que os colegas procure o sindicato para que possamos atuar cada vez mais próximo da categoria“, concluiu Edson.

Secretária Lúcia Giesta deve enviar projeto de reajuste salarial dos enfermeiros à Casa Plínio Amorim ainda neste mês

lucia giestaOs enfermeiros da rede municipal de Petrolina deverão ser informados, ainda nesta quinta-feira, sobre a decisão da secretária municipal de Saúde, Lúcia Giesta, acerca das reivindicações salariais da categoria.

Numa nota enviada ao Blog por meio da assessoria de comunicação, a Diretoria de Atenção Básica ressaltou que Lúcia reuniu-se com os membros do Sindicato dos Enfermeiros (SEEPE) e informou que em fevereiro encaminhará à Câmara de Vereadores um projeto de lei de autoria do Executivo Municipal com os percentuais de reajuste salarial.

“A gestão valoriza seus servidores com a oferta de cursos de qualificação, disponibilização de espaços adequados para o desenvolvimento de suas funções, bem como em relação à questão salarial, já que em 2014, com a adesão ao Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ-AB) houve ampliação no salário com a gratificação de várias categorias, inclusive, dos enfermeiros”, diz a nota.

Enfermeiros da rede municipal aguardam posicionamento da Prefeitura de Petrolina até dia 12/02

berenice seepeOs enfermeiros da rede pública de Petrolina decidiram estender um pouco mais o prazo de tolerância dado à prefeitura para que atenda à pauta de reivindicações da categoria, sem a necessidade de uma paralisação geral. Esse foi o resultado da última assembleia geral dos profissionais de enfermagem, realizada na noite de ontem (2) no auditório da Secretaria Municipal de Saúde, Centro da cidade.

Em estado de greve desde o último dia 15, os enfermeiros estão usando o preto nas Unidades de Saúde da Família, em protesto contra a falta de posicionamento da administração municipal, que recebeu as propostas da categoria em março do ano passado e até o momento se manteve em silêncio. A iniciativa também tem o objetivo de atrair o apoio da população à causa dos profissionais.

Segundo a presidente do Sindicato dos Enfermeiros no Estado de Pernambuco (SEEPE) e diretora da Federação Nacional dos Enfermeiros, Berenice Garcês (foto), a questão não é apenas salarial. “Queremos mostrar à população a precariedade de não prestar uma assistência correta porque os enfermeiros trabalham sem as condições adequadas”, declarou.

A categoria pede – entre outros itens – reajuste salarial de 25%, incorporação de 70% da Gratificação de Desempenho do Programa Saúde da Família (PSF) ao salário-base, além de melhoria nas condições de trabalho nos aspectos estruturais, técnicos e de segurança, provisão e abastecimento de insumos, medicamentos e Equipamentos de Proteção Individuais (EPIs).

Na Assembleia de ontem, a secretária de Saúde, Lúcia Giesta, conversou rapidamente com os representantes do Sindicato e se comprometeu em analisar o orçamento da pasta para se posicionar em relação às reivindicações dos enfermeiros, numa provável reunião a ser marcada. “Como a folha de fevereiro fecha dia 12, então acreditamos que até lá ela faça um resumo e coloque os percentuais, além de propor as melhorias na saúde para os enfermeiros”, ponderou.

Defasagem

Berenice ressaltou que os 75 profissionais da área na Saúde da Família estão há três anos sem receber um centavo de reajuste. “Eles estão praticamente pagando para trabalhar, sobretudo os da zona rural, que mesmo recebendo uma ajuda para se deslocar, estão em dificuldades”, diz.

A presidente citou também outra questão que considera grave: o vínculo “precário” de 32 enfermeiros contratados pelo município, que não têm direito a férias, nem 13º salário. “A secretária justifica que é um contrato de interesse público, mas eles têm direito que precisam ser respeitados”, afirmou. Dois delegados sindicais – um na zona urbana e outro na rural, além de um diretor sindical – acompanharão em Petrolina o decorrer desse desfecho até a próxima semana, quando a categoria poderá ou não cruzar os braços.

Os representantes do Sindicato também devem ir à Casa Plínio Amorim solicitar o apoio dos vereadores no sentido de intermediar o impasse. Eles pretendem ainda fazer uma carta aberta à população explicando a situação pela qual passam os enfermeiros da rede pública.

Sindicato dos Enfermeiros de PE fará assembleia em Petrolina para discutir piso salarial

assembleia enfermeiros_640x468O Sindicato dos Enfermeiros no Estado de Pernambuco (Seepe) fará uma assembleia com os profissionais da rede privada em Petrolina, na próxima segunda-feira (5). O encontro está marcado para as 19h, no auditório do Costa do Rio Hotel.

Após formatar a pauta de reivindicações com os enfermeiros do setor privado no Recife, o Seepe pretende debater também na cidade os principais itens que entrarão na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) dos enfermeiros para 2013/2014. A categoria cobra, sobretudo, um piso salarial mais justo.

 

Profissionais de enfermagem de Petrolina promovem encontro para discutir melhorias

Os profissionais de enfermagem (enfermeiros, técnicos e auxiliares) vinculados à rede municipal de saúde de Petrolina participam, nesta terça-feira (16), de atividades com o Sindicato dos Enfermeiros de Pernambuco (SEEPE), Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco (Coren-PE) e Sindicato Profissional dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem de Pernambuco (Satenpe). De acordo com a categoria, o objetivo do encontro é tratar de assuntos de interesse da classe na cidade.

Antes da reunião conjunta, a primeira atividade dos enfermeiros será uma assembleia com a direção do SEEPE, a partir das 13h, no auditório do Costa do Rio Hotel (no Recife). Na ocasião, serão retomadas as questões relativas às negociações salariais junto à gestão municipal e repassadas todas as informações e esclarecimentos acerca do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade na Atenção Básica (PMAQ). Já em Petrolina, a reunião acontece no Senac, a partir das 19h.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br