Secretaria de Defesa Social de PE deflagra Operação ‘Esforço Geral’ em todo o Estado

A Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco deflagrou nesta quarta-feira (11), através da Polícia Civil (PC), a Operação ‘Esforço Geral’. A medida faz parte de outra operação – a ‘Polícia nas Ruas’ –, dentro do Pacto Pela Vida.

Segundo a assessoria da SDS, a ‘Esforço Geral’ consiste em, dentro de um período de 24 horas, dar cumprimento ao maior número de mandados de prisão, bem como realizar prisões em flagrante delito em todo o Estado. A operação o objetivo de combater crimes de homicídio, tráfico de drogas, contra o patrimônio, entre outros delitos.

Nesse prazo em que a operação vai atuar serão empregados, em todo o Estado, 792 Policiais Civis, sendo 152 delegados e 640 agentes e escrivães – todos lotados nas várias Delegacias Circunscricionais e Especializadas da PC.

Afrânio: Prefeito atua para evitar fechamento de agência bancária após novo assalto

O prefeito de Afrânio, sertão do São Francisco, Rafael Cavalcante (PMDB), disse ao Blog que está muito preocupado, uma vez que já tinha recebido informações que se um outro assalto ocorresse, o Banco do Brasil iria encerrar as operações na cidade. E mais um assalto aconteceu na madrugada deste sábado, 7.

Rafael revelou que já entrou em contato com a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco e quer que o governador Paulo Câmara se pronuncie, além de órgãos fiscalizadores e de segurança. “A cidade não pode perder os serviços do Banco do Brasil, que é a única agência bancária a operar no município”, disse o prefeito. Rafael lembra que o problema da segurança não é da Prefeitura nem da população, que não pode sofrer esse prejuízo.

“Esperamos soluções imediatas e estou em defesa da comunidade, que corre o risco de não poder fazer mais suas transações bancárias como saques, depósitos. A população não pode ser penalizada com a perda desse serviço, desse direito”, ressaltou o prefeito.

Professores entre os presos por tentativa de fraude em concurso da Polícia Militar de PE

ConcursoAs provas da primeira etapa do concurso da Polícia Militar de Pernambuco foram marcadas pela prisão de uma quadrilha suspeita de tentativa de fraude. Até professores de cursos preparatórios para a seleção estariam entre os envolvidos, segundo informações da Polícia Civil. No total, 13 pessoas foram presas na manhã deste domingo (29), durante a aplicação das provas.

Os envolvidos no esquema criminoso entregaram pontos eletrônicos aos candidatos para que pouco antes do término do prazo dos testes objetivos os gabaritos com as respostas corretas fossem repassados. Para isso, utilizaram os professores na tentativa de fraude, que estava sob investigação da Polícia Civil há pouco mais de um mês. O Ministério Público de Pernambuco também está acompanhando o caso.

O líder da quadrilha foi preso no Recife. Além de ser responsável por montar todo o esquema, ele é quem iria repassar as respostas para os candidatos que pagaram para ter os gabaritos. O valor pago ainda não foi informado pela polícia. No total, 162 policiais militares e mais 50 civis participarão da operação, denominada ‘Ponto Eletrônico’.

Os detalhes da investigação e o resultado detalhado da Operação serão apresentados nesta segunda-feira (30), às 9h30, no auditório da Secretaria de Defesa Social (SDS), no Recife.  (fonte: JC)

Secretaria de Defesa Social de Pernambuco quer intensificar PROERD em todo o estado

reunião proerd pernambuco

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) deverá ser intensificado em todo o Estado de Pernambuco. Essa foi uma das principais pautas de um encontro entre o diretor da Gerência de Prevenção e Articulação Comunitária (GPAC) da Secretaria de Defesa Social, João Evangelista, e coordenadores do programa, ocorrida no Recife na sala da GPAC.

Na ocasião os coordenadores regionais do PROERD receberam congratulações pelos números expressivos conseguidos no ano passado, quando o programa conseguiu formar quase 144 mil alunos das redes públicas e particulares de ensino na Educação Infantil e Ensino Fundamental I e II. A meta é intensificar ainda mais esse saldo.

Estiveram reunidos com o representante da GPAC o tenente-coronel PM Jailton Barros, coordenador executivo estadual do PROERD, e o Major Jairo Freitas, coordenador pedagógico. Também esteve presente o PM Paulo Sérgio Rocha da Silva, coordenador regional do PROERD Sertão II. Ele terá a missão de dar continuidade ao trabalho finalizado de forma exitosa pelo 1º tenente PM Cícero Nunes de Carvalho.

Na região, os instrutores à disposição do programa trabalharão nas cidades de Petrolina, Afrânio, Dormentes, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Orocó, Cabrobó, Santa Filomena, Santa Cruz, Ouricuri, Bodocó, Trindade e Araripina. Atualmente o comandante do 5º BPM, tenente-coronel Ricardo Peres, tem dado total ao apoio ao programa, buscando reduzir e prevenir a criminalidade conforme as metas estabelecidas no Pacto Pela Vida. (foto/divulgação)

Concurso da Polícia Militar de PE tem cerca de 81 candidatos por vaga

Polícia-Militar-de-Pernambuco-2Dois dias após o fim do prazo de inscrições, a Secretaria de Defesa Social (SDS) divulgou ontem (12) o número de candidatos ao concurso da Polícia Militar de Pernambuco. No total, 121.807 pessoas estão disputando uma das 1,5 mil novas vagas na corporação. Isso significa que a concorrência é uma média de 81 candidatos para cada vaga.

As provas do concurso serão aplicadas no Recife e Região Metropolitana e nos municípios de Caruaru, Garanhuns, Nazaré da Mata, Petrolina e Serra Talhada. Com a aprovação nos testes de habilidades e conhecimentos gerais, o candidato ainda será avaliado em aptidão física, psicológica, exames médicos e investigação da vida social.

Durante o período de treinamento, após aprovação em todas as etapas, o aluno do Curso de Formação e Habilitação de Praças receberá Bolsa-Auxílio de Formação Profissional no valor de R$ 970,42. Após nomeação, o soldado da PM receberá salário de R$ 2.319,88.

Para ajudar os concurseiros, o recifense Rogério Silva, de 33 anos, desenvolveu um aplicativo gratuito para smartphones e tablets. O material contempla apostilas com todo o conteúdo que é cobrado no edital do concurso da Polícia Militar, além de dicas de profissionais da área e questões a serem respondidas. O App está disponível na Play Store (pode ser encontrado com a palavra chave: Concurso PMPE). Após baixado, não precisa de internet para usá-lo. Já são mais de 15 mil downloads.  (fonte: JC/foto reprodução)

Homicídios voltam a crescer em Pernambuco no mês de março

Violência

O número de homicídios voltou a crescer em Pernambuco no mês de março, após redução em fevereiro. Foram registrados 395 crimes violentos letais intencionais (CVLI) no período, segundo balanço divulgado pela Secretaria de Defesa Social (SDS). O número é 18% maior que os 335 homicídios que foram registrados no terceiro mês do ano de 2015.

De janeiro a março, o estado registrou 1.056 homicídios, o que representa um aumento de 7% em comparação com o mesmo período do ano passado, quando Pernambuco teve 983 CVLIs registrados. Nos três primeiros meses do ano, o Recife teve 157 homicídios registrados, contra 147 do mesmo período de 20215.

Somente em fevereiro o estado registrou número menor de mortes que o ano anterior, com 6% menos homicídios – índice abaixo da meta de 12%, instituída pelo Pacto pela Vida. Em fevereiro do ano passado, Pernambuco teve 325 mortes por crimes, contra 307 deste ano.

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS), locais com índices iguais ou superiores a 10 a cada 100 mil habitantes são tidos como zonas endêmicas de violência. Apenas 18 localidades pernambucanas estão abaixo desse índice em março: Afogados da Ingazeira, Alagoinha, Bodocó, Brejinho, Calçado, Carnaíba, Cedro, Fernando de Noronha, Granito, Iguaraci, Ingazeira, Jurema, Manari, Moreilândia, Salgadinho, Santa Terezinha, Tacaratu e Vertente do Lério. (De Agência)

Número de ataques a bancos diminuiu em Pernambuco neste primeiro semestre, informa Secretaria de Defesa Social

IMG-20160409-WA0018

Apesar dos ataques às agências bancárias de Macaparana e Cupira – que assustaram os pernambucanos -, a Secretaria de Defesa Social (SDS) garante que houve redução no número de investidas de criminosos contra bancos de Pernambuco no primeiro trimestre de 2016, em relação ao mesmo período do ano passado.

Em nota enviada à imprensa, a SDS diz entender a apreensão da comunidade, mas garante que esforços têm sido empregados para reduzir a violência. “A SDS compreende que a forma violenta empregada pelos assaltantes nas duas últimas ocorrências, em Macaparana e Cupira, gera apreensão na população pernambucana e esclarece que está empregando  todos os esforços para identificar e prender os responsáveis, inclusive em cooperação com as Polícias e Agências de Inteligência de outros Estados da região Nordeste, em razão da interestadualidade dos grupos criminosos. O objetivo é continuar a reduzir os índices desta modalidade delituosa, como comprovam os gráficos”, diz a nota.

Polícia Civil fecha balanço em Petrolina com aumento no número de homicídios

Sara-Machado (1)A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) fechou o balanço de 2015 em Petrolina com uma estatística que não gostaria de anunciar. O número de homicídios aumentou em relação ao ano anterior, informou a delegada da 26ª Seccional, Sara Machado, ao programa ‘Manhã no Vale’ da Rádio Jornal, nesta quinta-feira (21).

De acordo com a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS), 134 pessoas morreram assassinadas em 2015, contra 85 em 2014 – o que representa um aumento de 57% no número de homicídios.

A delegada explicou, no entanto, que a maioria absoluta dos crimes tem relação direta com o tráfico de drogas, que vem crescendo em todas as regiões do município. Sara também garantiu que, apesar dos dados, a PCPE não se sente pressionada e vem cumprindo seu papel no combate à criminalidade em Petrolina.

Operação ‘Boa Sorte’ fecha cerco a quadrilha que comandava roubos e tráfico de dentro de presídio em Arcoverde

presídio arcoverdeA Secretaria de Defesa Social de Pernambuco deflagrou nas primeiras horas da manhã de hoje (27) a Operação “Boa Sorte”, com o objetivo de identificar e prender uma associação criminosa que comandava, de dentro do Presídio Brito Alves, em Arcoverde, no Sertão do Moxotó, o tráfico de drogas e roubos a estabelecimentos comerciais e a pessoas que iriam movimentar grandes quantias de dinheiro em cidades do interior do estado.

As investigações se iniciaram em abril e chegaram a Francisco de Assis Urbano, de 42 anos, conhecido popularmente por “Pequeno”, e Enoque da Silva Vasconcelos, de 41, o “Júnior”. Ambos estão recolhidos na unidade prisional e são acusados de comandar de dentro de suas celas uma quadrilha que agia nas cidades de Arcoverde, Pesqueira, Venturosa, Lajedo e demais localidades vizinhas,

De acordo com as investigações, os suspeitos sempre desejavam “boa sorte”, uns aos outros, antes das ações criminosas, autorizadas via celular de dentro do presídio (daí o nome da operação).

Mandados

No total estão sendo cumpridos 27 mandados, sendo 15 de prisão, e 12 de busca e apreensão domiciliar, expedidos pelo Juízo de Direito da Vara Criminal da Comarca de Venturosa (PE).

Para execução do trabalho operacional, foi empregado um efetivo de aproximadamente 70 policiais civis e 32 policiais militares. A operação é coordenada pela Diretoria Integrada do Interior – 2 da Polícia Civil de Pernambuco. Com investigações efetuadas pela Delegacia da 156ª Circunscrição Policial de Arcoverde. (com informações da assessoria/foto reprodução)

Organizadores têm até 30 de novembro para pedir apoio da PM para carnaval 2016 em Pernambuco

carnaval 2015 petrolina (3)_640x360Agremiações carnavalescas, prefeituras, entidades e instituições públicas e particulares que pretendem colocar o bloco na rua no Carnaval 2016, em Pernambuco, têm até o dia 30 de novembro para pedir o apoio da Polícia Militar. O prazo foi divulgado em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (15) pela Secretaria de Defesa Social, na sede da instituição, no Recife.

Coronel Gilmar de Araújo Oliveira, presidente do Grupo de Trabalho Operacional do Carnaval (GTOp Carnaval), informa que os pedidos devem ser protocolados nos batalhões de cada região, em todo o Estado, nas áreas onde há focos de folia. (de Agência)

Operação ‘Fronteiras’ vai cumprir mandados de prisão no Sertão de Pernambuco e em mais 3 estados

Polícia Civil de PEUma operação deflagrada pela Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS) na manhã desta quarta-feira (17) vai cumprir mandados contra acusados por homicídios, tráfico de drogas, associação para o tráfico e organização criminosa no Sertão do estado.

Batizada de ‘Fronteiras’, a operação é realizada pela Polícia Civil e conta com apoio operacional da Polícia Militar.

Segundo a Polícia Civil, no total são 25 mandados de prisão e 14 de busca e apreensão nas cidades de Araripina, Verdejante, Petrolina Salgueiro e Trindade (em Pernambuco). A operação também vai chegar a Juazeiro da Bahia; Paulistana e Caridade (no Piauí); e Juazeiro do Norte, Salitre e Crato (no Ceará).

Coordenada pela Chefia da Polícia Civil de Pernambuco, a operação conta com 182 policiais dos quatro estados – entre delegados, agentes e escrivães – e 72 policiais militares de Pernambuco, Ceará e Piauí, totalizando 254 profissionais.

Investigações

As investigações tiveram início no dia 8 de janeiro deste ano e foram efetuadas com a coordenação da delegada Katyanna Muniz Leite (de Araripina), do delegado Humberto Lima (26ª Desec), do delegado Marceone Ferreira. A coordenação geral foi dos delegados Lamartine Fontes (GCOI) e Sérgio Ricardo (Dinter 2).

Policiais militares são presos em operação contra homicídios em Serra Talhada

Cadeia Serra Talhada 1Três policiais militares foram presos nesta quinta-feira (7) em operação da Polícia Civil para reprimir homicídios em Serra Talhada e outras cidades do Sertão de Pernambuco, além de cidades da Paraíba. A “Paz no Sertão” prendeu, dois PMs de Pernambuco e um da Paraíba. Ainda serão cumpridos 25 mandados de busca e apreensão em solo pernambucano.

Na ação, foram empregados 193 policiais civis e 56 policiais militares. O balanço da operação deverá ser divulgado à imprensa em data a ser definida. Moradores de Serra Talhada estavam assustados com a onda de homicídios na região, uma vez que, desde janeiro até o fim de abril, nove assassinatos já haviam sido registrados na cidade.

A Secretaria de Defesa Social (SDS) chegou a enviar reforço policial para conter o clima de insegurança gerado na cidade. A sequência de crimes, inclusive, gerou especulações de que haveria uma lista de pessoas “marcadas para morrer” em Serra Talhada, o que foi negado pela polícia. (fonte: Ne10)

Policiais militares de PE receberão capacitação sobre direitos dos animais a partir de abril

Direitos dos animaisA partir de abril, 1.100 alunos do curso de formação de soldados da Polícia Militar (PM) receberão capacitação em direitos dos animais. A disciplina abordará a legislação vigente, além de ensinar aos profissionais como prevenir e identificar sinais de maus-tratos, os deveres do tutor responsável e como agir e orientar o cidadão em relação aos direitos dos animais. A novidade foi anunciada nesta sexta (6).

A iniciativa será fruto de uma parceria inédita entre a Secretaria-Executiva de Direitos dos Animais (Seda) do Recife e a Secretaria Estadual de Defesa Social (SDS). As aulas serão ministradas no campus de Ensino Metropolitano I da Academia Integrada de Defesa Social (Acides), localizado no bairro do Curado, na Zona Oeste da Capital.

Conforme o secretário-executivo de Direitos dos Animais, Rodrigo Vidal, o objetivo é criar uma nova visão de respeito ao animal e respeito à vida.

“A pacificação social, missão das polícias, inclui os direitos dos animais. Crimes cometidos contra outras espécies não são menores, pois a violência é progressiva”, afirmou, acrescentando que esse tipo de capacitação deve ser estendido a outros cursos de formação, como o de delegado. A previsão é de que os novos soldados comecem a atuar em agosto. As informações são da Folha de Pernambuco.

SDS mobilizará mais de 6.400 homens para Copa em Pernambuco

A Secretaria de Defesa Social (SDS) de Pernambuco detalhou a quantidade de efetivo que está sendo mobilizado para a segurança do Recife e Região Metropolitana no período da Copa do Mundo. Ao todo, serão 6.421 homens, sendo: 5 mil policiais militares, 1.029 policiais civis (250 delegados, 156 escrivães e 623 agentes), 350 bombeiros e 42 policiais científicos. Estes atuarão principalmente dentro e no entorno da Arena Pernambuco, além de pontos onde há mais movimentação de turistas, como o Terminal Integrado de Passageiros (TIP), o Aeroporto Internacional dos Guararapes, a Estação Cosme e Damião (onde os torcedores que irão ao estádio de metrô devem passar), entre outros.

A SDS garantiu que os serviços normais de segurança pública não serão afetados. “Teremos uma Copa melhor e mais segura do que a Copa das Confederações. Nós não a enxergávamos como um treino, mas com certeza o evento serviu como experiência“, explicou o secretário de Defesa Social, Alessandro Carvalho.

Dentro da Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, estarão presentes 50 bombeiros, sendo 20 parte de uma equipe especializada e 30 de viaturas operacionais posicionadas no subsolo do estádio. Os outros estarão no entorno, no hospital montado pelo Exército e outros pontos da cidade. Já a Polícia Militar terá cerca de 140 homens no local.

Equipes do Corpo de Bombeiros serão reforçadas na praia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, próximo aos hotéis onde ficará hospedada a equipe da Fifa, que inclui dirigentes e seleções. Em frente ao Atlantic Plaza e o Golden Tulip Palace, estarão de plantão quatro salva-vidas na areia e dois em motos aquáticas.

Na segunda-feira (26), a SDS apresentou o Centro Integrado de Comando e Controle Regional de Pernambuco (CICCR), responsável por monitorar a segurança do Estado em grandes eventos. A unidade iniciou as atividades na última sexta-feira (23), e deverá ser desativada cinco dias após a última partida do Mundial, no dia 18 de julho. Nela, trabalharão de 67 a 86 profissionais por dia. (fonte: Ne-10)

Aprovados em concurso da Polícia Civil de Pernambuco acionam MPPE contra SDS e TCE

bandeira Policia CivilCerca de 800 aprovados no concurso público da Polícia Civil de Pernambuco decidiram acionar o Ministério Público Estadual para garantir a participação na segunda etapa do certame.

Os aprovados contestam a Secretaria de Defesa Social (SDS) e o Tribunal de Contas do Estado (TCE) por terem seus direitos cerceados.

Em relação à SDS, eles alegam que o órgão negou-lhes o direito de fazer a segunda etapa do concurso para obter a nota final – que é a academia. Já em relação ao TCE, a questão é o que consideram “dois pesos e duas medidas”.

Segundo informações repassadas ao Blog, os candidatos justificam que os conselheiros Teresa Duere e Romário Dias desejavam estender o mesmo critério adotado para os delegados a escrivães, legistas, agentes, peritos e datiloscopistas, com o que não concordaram outros dois conselheiros: Marcos Loreto e Valdecir Pascoal. Com a votação empatada, coube ao presidente da sessão, Fernando Correia, dar o voto de minerva, e ele seguiu com Loreto e Pascoal. “Dois pesos e duas medidas em um estado democrático de direito”, protestam.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por agencialaguz.com.br