Miguel passa responsabilidade do saneamento para Compesa: “Se a população cobrar, a culpa será do presidente”

O presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, que fez parte da comitiva do governador Paulo Câmara em Petrolina no dia de ontem (19), vai passar a carregar uma imensa responsabilidade em suas costas. Ao comentar as tratativas que está fazendo com a empresa de água e esgoto, o prefeito Miguel Coelho (PSB) deixou um recado direto a Tavares.

A partir de agora, o prefeito afirmou que não haverá mais o infame “jogo de empurra” quanto aos problemas de saneamento básico na cidade. “Essa responsabilidade será da Compesa. Portanto, Tavares, quando a população ligar para a prefeitura, a gente vai dizer que a culpa é sua”, disse Miguel, em tom de brincadeira.

Ciente disso, o presidente da Compesa reiterou as críticas feitas em relação à gestão municipal anterior. “Quem acompanha a trajetória da Compesa, sabe que eu não gosto de ficar olhando para o passado. Mas tenho que dizer que Petrolina passou esperando oito anos por melhores dias, porque a gente tentou todas as alternativas para fazer os acordos e trazer os investimentos para essa cidade”, declarou.

Segundo Tavares, não há nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste cidades com população acima dos 250 mil habitantes com a estrutura de Petrolina. “E só não está melhor porque paramos no tempo”, disse Tavares, numa crítica sutil ao Governo Lossio. Ele revelou ainda que novos investimentos serão sendo encaminhados a partir de negociações que ficaram pendentes. “Nenhum banco vai dar dinheiro com a situação de insegurança jurídica que foi gerada na gestão passada”, completou.

Destacando parceria com prefeitura, Paulo Câmara diz que Petrolina será “cidade inspiradora” para saneamento em PE

Depois de ter adiado sua vinda a Petrolina para o Seminário ‘Pernambuco em Ação’, devido às fortes chuvas que atingiram a Zona da Mata Sul e o Agreste do Estado no início de junho, o governador Paulo Câmara (PSB) cumpriu no final da tarde de hoje (19) mais uma agenda administrativa na cidade. O socialista assinou um convênio na ordem de R$ 5 milhões para ampliar o esgotamento sanitário da bacia central de Petrolina. A obra será feita em parceria com a 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf. (mais…)

Paulo Câmara anunciará em Petrolina nesta segunda-feira investimentos de R$ 5 milhões em saneamento

O governador Paulo Câmara confirmou presença nesta segunda feira (19) em Petrolina, para assinar um convênio no valor de R$ 5 milhões com vistas a ampliar o sistema de esgotamento sanitário do município. O serviço será executado em parceria com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do são Francisco e Parnaíba (Codevasf). O titular da 3ª Superintendência Regional (SR), Aurivalter Cordeiro, também assinará o convênio.

Na ocasião será autorizada a abertura do processo licitatório para a execução da obra, que também inclui a urbanização (pavimentação) da nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) no Centro da cidade. O evento ocorrerá às 15h na ETE da Compesa, Pedra do Bode. O prefeito Miguel Coelho, o secretário estadual da Casa Civil Antonio Figueira e o presidente da Compesa, Roberto Tavares – entre outras autoridades – prestigiarão a cerimônia.

As obras da 2ª etapa da ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) do município serão executadas em 18 meses e irão contemplar ações na Bacia do Jatobá, com a implantação de rede coletora de esgoto, beneficiando 5 mil pessoas. Nenhuma cidade do porte de Petrolina no Norte, Nordeste e Centro Oeste, apresenta a estrutura de abastecimento d’água e esgotamento sanitário. Petrolina possui um percentual de 80% de tratamento de esgoto, que está intrinsecamente relacionado à qualidade de vida da população.

Investimentos

Nos últimos 10 anos, o Governo do Estado, através da Compesa, investiu mais de R$ 160 milhões em ações de abastecimento d’água e esgotamento sanitário em Petrolina, utilizando parcerias com os Ministérios da Integração e das Cidades. Apenas na nova estação de tratamento e na nova rede de coleta foram aplicados R$ 65 milhões -uma unidade moderna, que é referência no Nordeste. A nova ETE garantiu um aumento de 60% na produção de água da cidade. A rede de distribuição foi modernizada e automatizada, o que garante à cidade um abastecimento regular, com mil litros de água por segundo. As informações são do Governo do Estado.

 

SAAE amplia saneamento na zona rural de Juazeiro

 

O Serviço de Água e Saneamento Ambiental de Juazeiro (SAAE) está ampliando o esgotamento sanitário para o interior do município, visando a melhorar cada vez mais a qualidade de vida dos juazeirenses. Os benefícios já chegaram a todos os distritos, a exemplo de Juremal (na Rua da Cuba).

A rua, que antes era praticamente intransitável, recebeu uma rede coletora de esgoto com 150 metros de extensão, pontos de visitas e a eliminação de focos de poluição. A moradora Izailde Nascimento agradeceu o serviço, afirmando que os problemas causados pela lama que se formava na rua foram sanados com a rede de esgoto.

Aqui ninguém podia sentar nas portas das casas, pois o mau cheiro era insuportável, sem contar com as doenças que estes esgotos traziam. Agora acabou o lamaçal e nossa rua voltou a ser transitável e boa para se morar”, disse a dona de casa.

A ação, realizada com recursos próprios do SAAE, faz parte do programa de expansão do esgotamento sanitário do governo municipal. (Foto: Ascom)

Tabira passa a integrar Programa Novo Chico para retomar obra de saneamento

Uma reunião ocorrida entre a Prefeitura de Tabira (PE), no Sertão do Pajeú, e engenheiros da 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf, em Petrolina, teve como objetivo destravar as obras de sanamento da cidade, que estão paralisadas. A novidade é que o município passará a integrar o Programa Novo Chico – ação do governo federal para investimentos na revitalização do Rio São Francisco

O prefeito Sebastião Dias (PTB) garantiu que sua gestão não medirá esforços para conclusão da saneamento do município, a fim de que a população possa dispor do serviço o quanto antes. “Esse é nosso compromisso prioritário”, reforçou.

Ainda na reunião, ficou decidido que a prefeitura irá dar andamento às contrapartidas, enquanto a Codevasf vai fazendo paralelamente o que lhe cabe. Em até 60 dias, com o cumprimento das  etapas, será  iniciado o processo de licitação. (Foto/divulgação)

 

Codevasf apresenta ações de saneamento no semiárido em seminário no Recife

A contratação e elaboração de projetos de sistemas de tratamento de esgoto implantados pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em pequenos municípios do Nordeste e Norte de Minas foi tema de palestra proferida pelo diretor de Revitalização de Bacias Hidrográficas da Codevasf, Inaldo Guerra, no Seminário Região Nordeste – Projeto Reúso, que acontece no Recife, na sede da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

“Essa questão da reutilização da água deve ser debatida tanto tecnicamente como conceitualmente porque passa pela mudança na forma de pensar o uso, uma mudança de paradigma. A Codevasf trabalha no nível técnico com grandes contribuições e obras importantes”, explica Guerra.

Em sua apresentação, ele abordou as ações desenvolvidas pela Codevasf na implantação de sistemas de esgotamento sanitário no âmbito do Programa de Revitalização de Bacias Hidrográficas do São Francisco e do Parnaíba, destacando a situação das obras nos estados onde a empresa atua. O chefe do Escritório de Representação da Codevasf em Recife, Marcelo Teixeira, acompanhou os trabalhos.

A Codevasf já investiu cerca de R$ 1,8 bilhão na implantação de sistemas de esgotamento sanitário. Já foram concluídas 103 obras e outras 23 encontram-se em execução. As ações promovem a recuperação e a conservação hidro ambiental da bacia, melhoram as condições sanitárias locais e contribuem para a conservação dos recursos naturais e para eliminação de focos de poluição.

Interáguas

O seminário, que termina nesta sexta-feira (7), visa a apresentar e discutir sobre resultados preliminares das potencialidades de reuso e critérios de qualidade, além de coletar informação específica a cada região, incluindo iniciativas relacionadas ao tema de água de reúso. O projeto foi concebido especificamente para propor um plano de ações voltado à elaboração de uma política de reuso de efluentes sanitários no Brasil.

O evento está inserido no âmbito do Programa de Desenvolvimento do Setor Água (Interáguas), que tem como instituição executora o Ministério das Cidades, por meio da Secretaria Nacional de Saneamento Ambiental (SNSA/MCidades), em parceria com o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA) e financiamento do Banco Mundial. (Foto: Comunicação/Codevasf)

Obra de saneamento no Bairro Dom Avelar será continuada, afirma Compesa

A respeito da obra de saneamento no Bairro Dom Avelar, zona norte de Petrolina, questionada ao Blog nesta segunda-feira (3) por um comunitário, a Compesa enviou uma equipe técnica para realizar uma drenagem no local.

Segundo informações de moradores, funcionários da empresa garantiram que os trabalhos serão continuados.

Comunitário questiona obra de saneamento no Dom Avelar

Clamor dos moradores do Bairro Dom Avelar, zona norte de Petrolina, A obra de saneamento na comunidade está sendo alvo de questionamentos. O motivo é que a obra foi iniciada, mas por enquanto só aconteceu isso mesmo.

“Começaram a fazer a obra do saneamento do Bairro Dom Avelar e acho que já esqueceram. Fizeram um buraco enorme na avenida, até então, e já tem um bom tempo que não aparece mais ninguém para concluir”, desabafou um comunitário ao Blog, por meio do WhatsApp. Com a palavra, as autoridades.

Miguel Coelho afirma que Compesa deverá investir este ano R$ 20 milhões em ações de saneamento em Petrolina

Um dos três entrevistados no final da manhã desta quinta-feira, 30, do Programa Debate, da Rádio Jornal, no Recife, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), afirmou que sua gestão está focada em fazer a cidade recuperar o título de uma das mais saneadas do Brasil. Para isso já acertou com a Compesa, empresa estatal do estado que gerencia os serviços der água e esgoto na maior cidade do sertão pernambucano, investimento de cerca de R$ 20 milhões ou para implantação de saneamento ou recuperação dos sistemas deficitários no município.

“O petrolinense cobra uma melhor gestão da Compesa nessa área. Por isso tive como primeiro ato de governo, um ato com a presença da Compesa para mostrar que nosso foco será fazer Petrolina voltar a ser referência em saneamento. Nós retrocedemos 25% de nossa cobertura que já superou 80% anos atrás, por isso o nosso compromisso é que este ano a Compesa já invista cerca de R$ 20 milhões ou já implantando novas redes ou recuperando equipamentos para oferecer um serviço melhor a nossa cidade”, ressaltou Miguel.

Outro ponto destacado pelo prefeito e que focando o saneamento contribui diretamente para atuar forte no segmento é a revitalização do Rio São Francisco. Miguel contou que já iniciou um programa de georreferenciamento para orientar sobre a ação de recuperação do rio.

“Já iniciamos o trabalho de retiradas das baronesas que é conhecida como planta lixo e seu grau de incidência no rio demonstra como anda a poluição na área. Iremos depois fazer um processo de reoxigenação do São Francisco e após esse trabalho, em parceria com a Codevasf, vamos realizar a colocação de alevinos como parte dessa ação de revitalização”, listou o prefeito de Petrolina.

Além de Miguel Coelho, participaram também do programa apresentado pelo comunicador Geraldo Freire e que debateu o desafio da gestão municipal, os prefeitos de Olinda, Professor Lupércio Nascimento (SD) e de Igarassu, Mário Ricardo (PTB). (Foto: Reprodução Site Rádio Jornal)

Presidente da associação de moradores do Fernando Idalino faz elogios ao carnaval de Petrolina e frisa que saneamento é pauta prioritária para o bairro

O presidente da associação de moradores do bairro Fernando Idalino Bezerra, na zona leste de Petrolina, Gilvan Vicente, que também integra a diretoria da Central Única dos Bairros (Cubape), veio ao Blog para falar sobre o sucesso do carnaval da cidade e das prioridades de sua comunidade já de conhecimento do prefeito Miguel Coelho (PSB). Sobre a folia momesca, Gilvan frisa que foi um evento ordeiro, tranquilo e que ainda trouxe aquecimento para a economia local.

“Foi um carnaval tranquilo, segundo a própria polícia e os especialistas em economia dizem que onde tem carnaval, existe um aquecimento na economia. Então o prefeito Miguel Coelho está de parabéns. São poucos mais de 50 dias e ele apesar de jovem, tem mostrado que sabe trabalhar e a prova disso é o sucesso do carnaval”, avaliou o comunitário.

Gilvan elogiou também o resgate dos blocos e troças que voltaram a participar da festa. “A secretária de Cultura, Maria Elena e o prefeito Miguel Coelho foram felizes nesse resgate e com parcerias, podemos esperar uma maior descentralização para que outras manifestações culturais possam aparecer durante o evento”, acrescentou Gilvan.

Sobre as demandas levadas ao prefeito para o Fernando Idalino, Gilvan destacou a obra de saneamento tão reclamada pela comunidade. Ele citou sobre o convênio já assinado com a Compesa e a Codevasf para a  realização da intervenção. A companhia estadual está concluindo o projeto e em breve será licitada a obra avaliada em R$ 5 milhões.

“Interessante lembrar que essa é uma obra que vai gerar empregos para a nossa cidade e nossa comunidade. O importante é acabar com o sofrimento da falta de saneamento. Uma obra que vai beneficiar por volta de 35 mil pessoas entre as bacias do Jatobá até a bacia do bairro Henrique Leite, isso vai proporcionar que menos pessoas fiquem doentes e uma maior qualidade de vida para a nossa população. Saneamento é saúde e o prefeito Miguel Coelho foi feliz em priorizar uma ação tão necessária e importante”, finalizou Gilvan Vicente.

 

 

Presidente da Codevasf garante retomar obras do saneamento de Tabira e Araripina até o final do ano

A presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Kênia Marcelino, informou que as obras de saneamento de Tabira e Araripina, respectivamente nos Sertões do Pajeú e do Araripe, devem ser retomadas até o final do ano. Conforme a presidente, a obra está inserida no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal e foi paralisada em 2012, quando 80% dos serviços já estavam executados.

Para ser concluída, a obra necessita de R$ 7 milhões. “A licitação para o restante deverá ser feita até o próximo mês de junho”, garantiu Kênia Marcelino. A gestora repassou a informação também ao senador Armando Monteiro Neto (PTB-PE) e aos prefeitos de Tabira, Sebastião Dias (PTB), e de Araripina Raimundo Pimentel (PSL), durante audiência que tiveram  semana passada com a presidente em Brasília (DF). (foto/divulgação Codevasf)

Miguel Coelho e comitiva vistoriam obras de saneamento em bairros da cidade

O prefeito Miguel Coelho (PSB) visitou nesta sexta-feira, 20, o andamento das intervenções para melhorar o saneamento das bacias dos Bairros Dom Avelar (zona norte) e São Gonçalo (zona oeste), que atingem também comunidades próximas. A vistoria acontece quinze dias após o início dos serviços. O trabalho já percorreu seis ruas e avenidas consideradas como pontos críticos das duas comunidades. (mais…)

Prefeito de Ouricuri e superitendente da Codevasf discutem estratégias para repassar saneamento à Compesa

As obras da Codevasf em Pernambuco destinadas ao município de Ouricuri, no Sertão do Araripe, a exemplo do saneamento, foram pauta de reunião entre o prefeito Ricardo Ramos (PSDB) e o superintendente da 3ª Regional em Petrolina, Aurivalter Cordeiro, que esteve em Ouricuri nesta quinta-feira, 12. Na reunião, os dois gestores traçaram estratégias de recebimento da obra de esgotamento sanitário da sede do município, e de como agilizar o repasse para a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), que deverá operar o sistema.

“Conseguimos acertar alguns detalhes a respeito do esgotamento sanitário de Ouricuri e também discutimos outras ações que estamos realizando em parceria com o município. Essa conversa terá continuidade na próxima segunda feira (16), com a presença da empresa que executou a obra”, disse Aurivalter.

A Codevasf tem entregado diversos sistemas de abastecimento d’água e de esgotamento em municípios do sertão pernambucano. Recentemente Aurivalter esteve em Cabrobó para supervisionar testes em sistema de esgotamento, que vai beneficiar mais de 27 mil pessoas, e inaugurou o sistema de abastecimento da comunidade de Pedrinhas, em Petrolina.

Mutirão pretende melhorar saneamento de cinco bairros de Petrolina

Cinco bairros de Petrolina passarão por manutenção da rede e desobstrução de esgotos em pontos críticos. O trabalho já começa nesta semana e vai beneficiar os bairros do São Gonçalo, Dom Avelar, Jatobá, Pedro Raimundo e Vale do Grande Rio.

A ação contará com apoio técnico da Prefeitura de Petrolina e mão de obra da Compesa. Os dois primeiros bairros beneficiados serão o São Gonçalo e Dom Avelar. Os demais receberão o mutirão durante os próximos 30 dias.

O mutirão é a primeira fase de uma série de intervenções para melhorar o saneamento de Petrolina. Ainda este mês, segundo o prefeito Miguel Coelho, o Governo do Estado irá anunciar uma licitação para obras estruturantes de saneamento na zona norte da cidade. (foto/arquivo Blog)

Miguel Coelho assegura investimentos para saneamento no São Gonçalo, Dom Avelar e Jatobá

O ano de 2017 começará com uma boa notícia para milhares de petrolinenses que sofrem com a falta de saneamento na cidade. O prefeito eleito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), anunciou que a manutenção da rede de esgoto dos Bairros São Gonçalo, Dom Avelar e Jatobá será prioridade já nos primeiros 100 dias de seu governo.

(mais…)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br