Líder comunitária do Vivendas rebate morador sobre barulho excessivo; Secretaria diz estar atenta a problema

A representante da Associação de Moradores do Residencial Vivendas, Luciana dos Santos Souza, rebateu as críticas feitas por um comunitário em relação a uma festa realizada no último domingo (14). Ele disse ao Blog, reservadamente, que o barulho excessivo do evento incomodou bastante a vizinhança. Luciana, no entanto, disse que os comentários não procedem. Ela justificou que a festa foi em homenagem ao Dia das Mães (foto), e ocorreu dentro da normalidade. “Essa pessoa que criticou com certeza não tem mãe, porque a festa foi dedicada a elas, inclusive com sorteios de brindes. Só tinha mães, crianças, famílias. Não houve badernas nem barulho excessivo. Isso é coisa de gente que não tem o que fazer”, desabafou.

Luciana informou ainda que a banda que tocou no evento é formada por meninos de um projeto social idealizado pela associação. Ela ressaltou ainda que os guardas municipais presentes ao residencial foram solicitados à prefeitura pro meio de um ofício. A líder comunitária frisou também que até encerrou a festa uma hora mais cedo. “Poderíamos ir até à meia-noite, mas decidimos encerrar às 23h”, completou.

Por meio de nota, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs) da Prefeitura de Petrolina informou ao Blog que a demanda sobre poluição sonora no residencial já é de conhecimento da Pasta.

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade de Petrolina informa que já tem conhecimento da demanda do Residencial Vivendas sobre a poluição sonora. Por isso, a Diretoria de Disciplinamento Urbano e Atividades Licenciadas já está articulando com a AMMPLA e a Guarda Municipal a realização da operação Sossego naquela localidade. Por se tratar de uma ação de fiscalização, não é possível antecipar quando o trabalho irá ocorrer. Além disso, a Sedurbs orienta à população que qualquer reclamação pode ser formalizada junto à Ouvidoria Municipal através do telefone 156 ou do site www.petrolina.pe.gov.br. Não é necessário se identificar, mas é importante que o cidadão forneça informações válidas para que os responsáveis possam tomar as providências cabíveis em cada caso”, destacou.

Comunitário do Residencial Vivendas solta o verbo contra barulho excessivo e clama às autoridades

O barulho excessivo de som volta a ser alvo de críticas em Petrolina. O problema, agora, afeta a comunidade do Residencial Vivendas.

Em contato com este Blog, um morador (que prefere o anonimato) relatou os transtornos causados por conta do desrespeito à Lei do Silêncio.

Solicito que as autoridades que combatem o barulho venham no Vivendas, pois o barraco é grande! Neste domingo (14) a noite toda foi barulho de uma banda, com bebedeiras. A Guarda Municipal passou do lado e não fez nada! gostaria de saber se a Lei do Silêncio existe para que, e quem tem direito? E por que estas ‘festas’ são permitidas? aqui é local de residências, e não de farras! o sono é sagrado para o trabalhador”. Haja bronca.

Por venda ilegal, mulher perde definitivamente imóvel do ‘Minha Casa Minha Vida’ em Petrolina

Após investigações acerca de uma denúncia anônima, que duraram quase uma semana, as equipes de fiscalização da Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Mobilidade de Petrolina (SEINFRAHM) constataram que uma mulher vendeu a residência que recebeu do Programa ‘Minha Casa Minha Vida’ (MCMV), do Governo Federal, no Residencial Vivendas I, zona norte da cidade – região que também foi contemplada com o Residencial Vivendas II.

A negociação ocorreu da seguinte forma: a então beneficiária do MCMV pediu R$ 5 mil pelo imóvel. A proposta feita por um homem era de pagar esse valor de forma parcelada, com uma entrada de R$ 1.850,00. O acordo foi aceito e concretizado há aproximadamente três meses. Ao longo deste período, já de posse das chaves, o comprador foi se mudando aos poucos, levando praticamente um pertence de cada vez, a fim de não chamar a atenção.

O problema é que, após a descoberta da fraude, a mulher foi convidada a comparecer à sede da SEINFRAHM para prestar esclarecimentos sobre a denúncia. Acompanhada do esposo, ela logo admitiu a venda do imóvel e que morava numa casa construída num terreno do pai dela, no Bairro João de Deus. Depois de devolver o dinheiro ao comprador da casa, e para não ser processada criminalmente, ela assinou uma Declaração de Desistência Voluntária do programa. Mesmo assim, a mulher perdeu direito ao imóvel e está proibida de participar de quaisquer outros programas sociais.

O imóvel

De acordo com a legislação do MCMV, em situações como essa o imóvel deve ser redirecionado a uma família que se encontra no cadastro reserva. Todo esse processo é conduzido pela instituição financeira responsável pelo financiamento do residencial, em parceria com a prefeitura, por intermédio da SEINFRAHM. Por isso, um processo já foi aberto junto à Caixa Econômica Federal para que a casa possa, enfim, ser destinada a uma família que realmente necessite.

Denúncias

Toda e qualquer denúncia relacionada à venda, locação, cessão, invasão, empréstimo ou abandono das casas do MCMV em Petrolina pode ser formalizada de forma anônima na sede da SEINFRAHM. O atendimento ao público começa a partir das 7h30 e vai até 13h30, de segunda a sexta-feira. Quem quiser, ainda pode contar com a Ouvidoria do município, através do telefone 156 ou do site www.petrolina.pe.gov.br. Não é preciso se identificar, mas é importante fornecer informações ou provas que ajudem as equipes de fiscalização na apuração de cada caso.

Música promove inclusão social no Residencial Vivendas

Um projeto desenvolvido no Residencial Vivendas, zona norte de Petrolina, já está tendo frutos. E é através da música, com o lançamento da ‘Banda Vivend’, que toca samba de raiz aos ritmos mais modernos.

O grupo iniciou neste sábado, 22, suas apresentações fora do bairro onde foi formado. A Vivend se apresentou no bairro Vila Marcela, zona norte.

A banda é formada por jovens determinados a mudar a realidade simples, levando o som do samba e o ritmo dos instrumentos e da alegria em mostrar que, através da arte, um novo destino pode ser traçado na vida de muitos talentos desconhecidos na periferia de Petrolina.

A Banda Vivend’ surgiu através de um projeto social da associação de moradores do Residencial Vivendas, visando a ocupar os jovens ociosos e incluí-los em algo que os atraísse, ensinando a tocar algum instrumentos. Que mais bons frutos surjam de iniciativas como essa.

5º BPM e Guarda Municipal de Petrolina já reforçam segurança no Vivendas

Após reivindicarem maior segurança no Residencial Vivendas, em Petrolina, moradores do local começam a ter um pouco de tranquilidade com a presença do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e da Guarda Municipal.

Na noite de ontem (14), equipes das duas corporações começaram a reforçar a vigilância no Vivendas, e já tiveram trabalho. Um homem foi detido por embriaguez ao volante. Claudemir Pereira, de 35 anos, conduzia um Volkswagen Polo preto, placa HLL-7698, foi abordado pelos PMs e apresentava sinais visíveis de havia ingerido bebida alcóolica.

Ao ser submetido ao teste do bafômetro, o exame constatou 1,29 mg/l de álcool no sangue, muito acima do permitido. Ele foi conduzido à 1ª Delegacia de Polícia Civil (DPC), onde foi autuado em flagrante.

Assustados com onda de violência, moradores do Residencial Vivendas realizam protesto e conseguem apoio policial

Assustados com a crescente onda de violência no Residencial Vivendas, em Petrolina, os moradores realizaram um protesto na manhã desta terça-feira (14), bloqueando a pista de acesso ao local. O intuito do movimento foi chamar a atenção das autoridades policiais, a fim de direcionar equipes de polícia para atuar dentro do residencial.

As Polícias Militar (PM) e Rodoviária Federal (PRF) fizeram a negociação com os manifestantes, que encerraram o protesto. Segundo informaram os moradores, um trailer do 5º BPM será colocado no Residencial, mas até a instalação do equipamento – que está no Centro de Petrolina – uma viatura da Rocam realizará rondas dentro do Residencial.

Últimas ocorrências

Como este Blog adiantou hoje (14), uma equipe de Saúde Bucal da Secretaria de Saúde de Petrolina foi assaltada na manhã de ontem (13). Durante o assalto a equipe estava atendendo um paciente da comunidade e outros aguardavam ser atendidos, mas ninguém foi ferido. Na noite passada, a violência foi ao extremo e um homem foi assassinado a tiros. A motivação e autoria ainda são desconhecidas. (foto/divulgação)

Equipe de Saúde Bucal de Petrolina é vítima de assalto

Uma equipe de Saúde Bucal que trabalha na unidade móvel da Prefeitura de Petrolina foi vítima de um assalto na manhã desta segunda-feira (13), no Residencial Vivendas, enquanto realizava atendimento odontológico aos comunitários. Segundo informações de moradores que presenciaram o ocorrido, um assaltante aproximou-se com um revólver calibre 38 e apontou a arma ao motorista da unidade móvel, pedindo o celular.

Durante o assalto a equipe estava atendendo um paciente da comunidade e outros aguardavam serem atendidos, mas ninguém foi ferido. O assaltante evadiu-se do local caminhando, como se nada tivesse acontecido.

Uma equipe do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) foi acionada e chegou ao local logo em seguida, porém pouco pôde fazer, pois o elemento provavelmente deve ter se escondido em alguma residência da própria comunidade.

Giro de notícias

Assalto a ônibus no residencial Vivendas

A Polícia Civil em Petrolina continua investigando um assalto ocorrido a um ônibus da empresa Joalina, no início da tarde do último sábado (14), no Residencial Vivendas. Segundo o boletim, dois elementos aparentando ter idades entre 17 e 19 anos surpreenderam o motorista e anunciaram o assalto. Um deles estava armado com um revólver que parecia calibre 32. Foi descrito pela vítima como sendo moreno, baixo, magro e tinha dentes estragados. Agitado, o suspeito pediu o dinheiro do caixa do ônibus e depois o do bolso do condutor, que foi recolhido pelo outro comparsa, que era claro e também baixo e magro. Câmeras internas do ônibus filmaram toda a ação. O condutor disse ter acionado o 5° Batalhão de Polícia Militar (PBM), mas foi informado que o atendimento não poderia ser feito naquele momento.

Acidente entre dois veículos

Um acidente envolvendo dois veículos foi registrado na BR-116, em Salgueiro (PE), no Sertão Central. Segundo informações do site SG 10, em um dos carros estava um casal. Duas pessoas estavam no outro veículo.

Testemunhas disseram que não houve vítimas fatais, mas uma das pessoas chegou a ser arremessada para fora de um dos veículos. As vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e por uma ambulância do município para o hospital da cidade. (foto/SG 10)

Mais um duplo homicídio em Petrolina

Depois de um duplo homicídio ocorrido no último sábado (14) em Petrolina, um novo fato parecido foi registrado em menos de 48 horas. Dois jovens – um de 15 anos e outro de 25 – foram executados a tiros no Bairro São Jorge, zona norte da cidade. Segundo testemunhas, os autores do crime seriam dois homens que chegaram em uma motocicleta. Eles fugiram em seguida. A Polícia Civil deverá investigar a motivação de mais esse duplo homicídio.

 

Rixa entre jovens termina com menor assassinado no Residencial Vivendas

vivendas petroUm jovem de 17 anos foi assassinado nesta quinta-feira (8) no Residencial Vivendas I do ‘Minha Casa, Minha Vida’, em Petrolina. Segundo as informações do 5º Batalhão da Polícia Militar (BPM), o crime aconteceu no Bloco Manari. A vítima foi alvejada com três disparos de arma de fogo que atingiram suas costas.

Testemunhas teriam informado que os disparos foram efetuados por um outro jovem com o qual a vítima já tinha uma rixa antiga. A vítima chegou a ser encaminhada ao Hospital Universitário (HU), mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. O suspeito fugiu do local. Ninguém foi preso.

 

Incêndio em vegetação assusta moradores do Residencial Vivendas

incendio-residencial-vivendasMoradores do Residencial Vivendas, em Petrolina, tomaram um susto na tarde desta terça-feira (6) após um incêndio atingir a vegetação ao lado dos blocos condominiais. Segundo informações, vários focos de incêndio já foram registrados na área.

A comunidade estão assustada com o problema, pois as casas ficam próximas ao matagal. Além disso, a fiação da rede elétrica pode ser atingida pelo fogo. Na tarde de hoje, a fumaça tomou conta do local e deixou muita gente aborrecida. Ainda não se sabe o que (ou quem) provocou o incêndio desta tarde. (foto/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br