Exposição retrata lugares marcantes de cidades da região

Uma exposição que vai retratar àqueles espaços que rementem a lugares marcantes de cidades como Petrolina, Juazeiro-BA, Curaçá-BA, Caboclo, distrito de Afrânio; Serra Talhada, no sertão do Pajeú, entre outros locais que fazem parte do cotidiano dessas localidades retratadas em telas.

Quem mostra esses cantos e encantos em telas de cores e beleza é o artista plástico Alberto Simões.A exposição será aberta nesta sexta, 10, na Tenda, localizada no Centro, de Petrolina. As telas retratadas são todas de lugares por onde Simões passou. (Foto-divulgação)

Blog abre espaço para entrevistas de candidatos a prefeito de toda a região

O Blog vai abrir espaço para que candidatos a prefeito de cidades próximas coloquem suas propostas e suas intenções.

A partir de hoje vamos aceitar agendamentos para entrevistas dos candidatos que desejarem usar o espaço para suas plataformas.

O candidato que desejar nos conceder entrevista pode ligar e marcar com Gabriel (em horário comercial) para o seguinte número: (87) 3862-1224.

Novo gestor da 3ª SR Codevasf fica no discurso convencional ao falar de desafios à frente da Companhia

Aurivalter-Cordeiro-NBR-1O novo titular da 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf em Petrolina, Aurivalter Cordeiro da Silva, não saiu do convencional ao comentar sobre os desafios que terá à frente da Companhia. Em entrevista ao Programa ‘Manhã no Vale’ desta quinta-feira (14), ele falou em “união de todos” em prol do desenvolvimento da região.

“Vamos encontrar os caminhos mãos dadas”, afirmou. Ele ressaltou ainda que irá se reunir com funcionários e gestores da 3ª SR, para só depois elencar prioridades.

Com origens no Sertão pernambucano (é natural de Cabrobó), Aurivalter disse ter consciência da história da Codevasf desde a época em que ainda era a Suvale (Superintendência do Vale do São Francisco). Também afirmou que já reúne experiência da FIAM (Fundação de Desenvolvimento Municipal do Interior de Pernambuco), órgão do governo do estado, e pretende colocar esse conhecimento à frente da Regional da Codevasf em Petrolina. “Nosso desafio são as obras de infraestrutura hídrica”, adiantou. A posse de Aurivalter acontecerá nesta sexta (15), às 9h30, na sede da 3ª SR, Centro da cidade.

Tempo chuvoso prosseguirá em Petrolina e região durante a semana

chuvas juazeiroO tempo chuvoso prosseguirá em boa parte desta semana em Petrolina e região. De acordo com os principais institutos de meteorologia, o clima deve variar entre parcialmente nublado até a possibilidade de novos temporais.

A temperatura mínima deverá variar entre 20°C e 23ºC, enquanto a máxima entre 30°C e 33°C.

Primeira semana de 2016 poderá ter chuvas na região

temporal petrolinaA primeira semana de 2016, apesar de começar abafada, tem grandes possibilidades de chuvas no decorrer dos dias em Petrolina e região.

Segundo os principais institutos de meteorologia do país, as precipitações pluviométricas podem começar a partir desta terça-feira (5). A temperatura deve variar entre 24ºC e 26°C (a mínima) e entre 29°C e 34°C (a máxima).

Última semana de outubro prossegue com muito sol em Petrolina e região

previsao_do_tempoA última semana de outubro será de muito sol e com pouquíssima possibilidade de chuvas em Petrolina e cidades circunvizinhas.

De acordo com os principais institutos de meteorologia, a temperatura deve variar de 23°C a 25ºC (a mínima) e oscilar entre 36ºC e 37°C (a máxima).

Calor deve marcar a semana em Petrolina e região

previsao_do_tempoO calor em Petrolina e região já dá mostras de que chegou para ficar. A semana, de acordo com os principais institutos meteorológicos do país, será de temperaturas elevadas, sem nenhuma previsão de chuvas.

A mínima deverá girar em torno dos 22°C, enquanto a máxima pode atingir até 37°C.

Pelo WhatsApp, servidores do Judiciário na região divulgam esclarecimento sobre reivindicações da categoria

justiça federal/Foto Skyscrapercity/reproduçãoEm greve por tempo indeterminado, os servidores do Judiciário em Petrolina e Juazeiro da Bahia divulgaram  em seu grupo, no WhatsApp, uma nota de esclarecimento do Poder Judiciário da União (PJU), a qual contesta a grande imprensa do país sobre as reivindicações da categoria.

Confiram:

Os servidores do Poder Judiciário da União (PJU), vêm a público prestar esclarecimentos a respeito das inverdades que têm sido publicadas na imprensa a respeito da aprovação do PLC 28/2015, que repõe parte das perdas salariais dos seus servidores, há 9 (nove) anos sem qualquer tipo de reajuste.

1) Não são R$ 25 bilhões, são R$ 10 bilhões, referentes às perdas dos últimos 9 anos e não vão impactar o orçamento deste ano. A recomposição será paga em parcelas semestrais pelos próximos 3 anos, portanto o impacto não será total no orçamento deste ano, como tem sido noticiado, mas diluído nos orçamentos dos próximos anos, demonstrando nosso compromisso com o ajuste fiscal;

2) Dos servidores são descontados IR e Previdência na fonte, o que reverterá aos cofres públicos cerca de R$ 3 bilhões;

3) O Poder Judiciário é superavitário, contribuindo para a arrecadação mais do que gasta em sua estrutura, em execuções fiscais e extrajudiciais, execução de verbas previdenciárias e custas judiciais;

4) O Judiciário é um poder independente, autônomo (art. 99 da CF/88) e não pode ser tratado como um mero departamento do Poder Executivo;

5) O PLC 28/15 tramita desde de 2009 (sob outras numerações mas o pleito é o mesmo) e passou por todas as comissões pertinentes do Congresso Nacional;

6) As carreiras do judiciário estão defasadas em comparação às suas homólogas do Legislativo e do Executivo, causando grande evasão em seus quadros;

7) Não podemos permitir o sucateamento do Poder Judiciário, é uma questão de preservação da nossa democracia.

8) Em 2006, o salário mínimo era de R$ 350,00 (trezentos e cinquenta reais) e hoje (2015) é R$ 788,00 (setecentos e oitenta e oito reais), representando um aumento de 125%. Neste mesmo período o reajuste nos salários dos servidores do PJU foi de 15,8%. Portanto está clara mais uma vez nossa contribuição para o ajuste fiscal do país e para a diminuição das desigualdades sociais.

9) Neste mesmo período a inflação média acumulada até 2015 (IPCA – dados do BC) foi de 56,03% (dados do IBGE);

10) A remuneração dos servidores do PJU não é por meio de subsídio. É composta por salário base + gratificação e algumas vantagens que não o acompanham na inatividade. Portanto essa taxa de aumento veiculada é enganosa e não reflete a verdade;

11) A este respeito segue anexo tabela com a porcentagem de aumento de cada carreira. O valor de 78% é para os Auxiliares Judiciários, carreira que está em extinção e para a qual não há mais concurso. Essa taxa visa corrigir uma injustiça que se comete com eles pois realizam o mesmo trabalho de técnico ganhando muito menos.

12) Esse aumento vem acompanhado de um aumento equivalente em relação aos valores pagos pelos servidores a título de imposto de renda (IR) e PSS o que fará com que a média de aumento, em dezembro de 2017, esteja entre 28% e 35% do atual salário líquido dos servidores, ou seja, em média um servidor receberá 33% a mais do que recebia em 2006, na época do nosso último aumento. Não precisa ser gênio em matemática para inferir que isso significa em 11 anos, um aumento anual de 3% – o que fica longe de superar a inflação do período que, em seu índice mais baixo, verificado em 2007, foi de 2.998%.

13) Lembre-se que esse planos salariais só existem pela falta de uma data base anual para a correção dos salários da categoria;

14) Usar o argumento de que “o momento não é favorável” não se sustenta. O PL tramita desde 2009. Em 2010 a taxa de crescimento do Brasil foi de 7,6%. Porque não foi concedido o aumento?

15) Neste mesmo período o salário da Presidente da República evoluiu 248% partindo de R$ 8.900,00 em 2006 para R$ 30.900,00 em 2015. Para quem quer que os servidores aceitem neste mesmo período 21,3% de aumento, é no mínimo imoral;

Maiores esclarecimentos podem ser vistos na Nota técnica do Supremo Tribunal Federal, autor do PLC 28/15 -http://www.stf.jus.br/…/noticiaNot…/anexo/RespostaNotaMP.pdf

“Não somos egocêntricos, pois não estamos pedindo aumento, estamos reivindicando apenas reposição inflacionária. Não fomos nós os causadores dos problemas econômicos do País.”

Abaixo o índice de reajuste por cargo e nível:

58,05% – A1 Analista;

58,60% – A2 Analista;

59,15% – A3 Analista;

55,62% – A4 Analista;

56,15% – A5 Analista;

56,69% – B6 Analista;

57,24% – B7 Analista;

57,78% – B8 Analista;

54,28% – B9 Analista;

54,81% – B10 Analista;

55,35% – C11 Analista;

55,89% – C12 Analista;

56,42% – C13 Analista;

54,52% – A1 Técnico;

55,35% – A2 Técnico;

56,18% – A3 Técnico;

53,00% – A4 Técnico;

53,82% – A5 Técnico;

54,64% – B6 Técnico;

55,47% – B7 Técnico;

56,30% – B8 Técnico;

53,12% – B9 Técnico;

53,94% – B10 Técnico;

54,76% – C11 Técnico;

55,59% – C12 Técnico;

56,42% – C13 Técnico;

78,56% – A1 Auxiliar;

76,94% – A2 Auxiliar;

75,33% – A3 Auxiliar;

71,76% – A4 Auxiliar;

70,20% – A5 Auxiliar;

68,66% – B6 Auxiliar;

67,12% – B7 Auxiliar;

65,61% – B8 Auxiliar;

62,24% – B9 Auxiliar;

60,77% – B10 Auxiliar;

59,30% – C11 Auxiliar;

57,86% – C12 Auxiliar;

56,42% – C13 Auxiliar.

STF/Supremo Tribunal Federal (STF.JUS.BR)

Casos de câncer de mama e de próstata aumentam na região, segundo Ceonco/Apami

apamiSegundo dados divulgados pelo Centro de Oncologia Dr. Muccini (Ceonco) da Associação Petrolinense de Amparo à Maternidade e à Infância (Apami), os casos de câncer de mama e de próstata tiveram um aumento no último ano na região.

O Ceonco, que atua há 17 anos em Petrolina, atende pacientes de mais de 50 municípios no entorno da cidade. Conforme o Centro, os casos mais diagnosticados em 2014 foram câncer de mama com 150 novos atendimentos. Próstata vem em seguida, com 136 atendimentos. Outros 40 casos da doença são na esfera hematológica (leucemia, linfoma, entre outros),  e 160 casos foram computados das demais apresentações da doença.

Apesar desses números, o Centro conseguiu aumentar em 10% o atendimento. Isso significa que em 2014, o Ceonco realizou 14.634 atendimentos.

Mediante os resultados, o Ceonco/Apami elaborou o plano de ação 2015 com as metas a serem atingidas, entre elas, estão concluir e inaugurar a primeira etapa das obras de construção do Hospital Dom Tomás; manter a gratuidade nos procedimentos oncológicos em 100%; constituir grupo gestor de Planejamento Estratégico e atualizar o plano para os próximos cinco anos; capacitar e atualizar todos os colaboradores em qualidade de atendimento, buscando excelência e padronização em todos os serviços e aumentar a oferta geral de serviços em saúde em 5%, destacando exames laboratoriais e de auxílio ao diagnóstico e terapia em oncologia.

Primeiro Semestre de 2015

Já neste ano, até o encerramento do mês de maio foram realizados 6.125 tratamentos na abrangência dos 53 municípios atendidos dos estados de Pernambuco, Bahia e Piauí. Ao todo, 13.254 pacientes são tendidos no geral. Destes, 243 são novos pacientes.

Fiscalização da ANP a combustíveis e gás de cozinha na região resulta em mais de 100 estabelecimentos visitados e seis interdições

FT Petrolina e JuazeiroA Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou o balanço de uma força-tarefa realizada durante três dias – de terça (9) a quinta-feira (11) – no Vale do São Francisco, com vistas a combater irregularidades na comercialização de combustíveis nas cidades de Petrolina, em Pernambuco; e Juazeiro, Curaçá, Casa Nova, Sento Sé, Sobradinho e Remanso, na Bahia.

Segundo a ANP, no total foram fiscalizados 104 estabelecimentos (44 na Bahia e 60 em Pernambuco), incluindo revendas de combustíveis e de GLP (gás de cozinha). Destes, foram realizadas seis interdições e lavrados 31 autos de infração.

Um posto revendedor de combustíveis sofreu interdição por comercialização e armazenamento de gasolina fora da especificação da ANP, três por bomba baixa (quando a quantidade de combustível que o consumidor recebe é inferior à mostrada na bomba) e um por bomba de abastecimento com vazamento. Já uma revenda de GLP foi interditada por não atender os requisitos mínimos de segurança.

Foram ainda coletadas 116 amostras de combustíveis (gasolina, óleo diesel e etanol) para análise em laboratório. Além da ANP, fizeram parte da força-tarefa o Ibametro da Bahia, as Secretarias de Fazenda da Bahia e de Pernambuco e o Ministério Público Estadual da Bahia.

Ações

A ANP tem intensificado suas ações de fiscalização, atuando inclusive a partir de denúncias recebidas pelo Centro de Relações com o Consumidor (CRC) e de resultados obtidos pelo Programa de Monitoramento da Qualidade dos Combustíveis (PMQC), além de informações repassadas por outros órgãos públicos e pela área de inteligência a ANP.

Desde 2013, a Agência se empenha em criar parcerias com órgãos de diferentes esferas da administração pública, o que resultou na instituição de forças-tarefa. As ações conjuntas entre órgãos públicos fortalecem a participação do Estado na fiscalização do setor e restringem o emprego de práticas irregulares pelos agentes econômicos.  Em 2014, foram realizadas 67 forças-tarefa em todo o país. As denúncias dos consumidores podem ser feitas pelo telefone 0800 970 0267 ou pelo site www.anp.gov.br/faleconosco. (foto/divulgação)

Possibilidade de chuvas em Petrolina e região prossegue até sábado

chuvaA população de bairros períféricos de Petrolina atingidos pelas chuvas desta semana tem com que se preocupar.

O tempo continuará instável, com possibilidade de chuvas em Petrolina e região, até este sábado (11).

Segundo os principais institutos de meteorologia, a temperatura deve oscilar entre 24°C (a mínima) e 33°C (a máxima).

Chuvas podem cair em Petrolina e região até este fim de semana

previsao_do_tempoDepois das expectativas pelas chuvas que não se confirmaram até o Carnaval, a previsão dos principais institutos meteorológicos aponta para tempo parcialmente nublado desta quinta-feira (19) até o domingo (22), com grandes possibilidades de precipitações pluviométricas em Petrolina e região.

A variação da temperatura deve ser de 23ºC (a mínima)  e 35°C (a máxima).

Juazeiro: Empreendimento promete gerar 2.500 empregos diretos

call centerRepresentantes da empresa Tel Telemática, de Call center estiveram reunidos na manhã de hoje (27) com o prefeito Isaac Carvalho para confirmar a instalação da empresa de Call Center em Juazeiro.

Bartolomeu Brito (sócio-presidente) e Gabriel Drummond (diretor-financeiro), estavam acompanhados pelo superintendente da Secretaria de Industria, Comércio e Mineração da Bahia, Marcos Costa.

O Call Center vai gerar 2.500 empregos diretos e será instalado nas proximidades do Assaí. Ainda segundo os representantes da TEL, a previsão é que a obra seja iniciada até o fim do primeiro semestre de 2015.

Participaram da reunião, o secretário de Desenvolvimento Econômico Carlos Neiva, o gerente comercial da Coelba/Juazeiro, Jezer Pacheco, os secretários Raimundo Francisco Filho (Fazenda), Agenor Souza (Meio Ambiente e Ordem Pública), Joaquim Neto (SAAE) e Paulo Bonfim (Governo).

“É a concretização de todo um processo efetivo de atração de novos investimentos que temos feito nos últimos anos. Ficamos muito felizes por ver nosso município despertando a atenção de grandes empresas do país devido a trabalho árduo da gestão em alavancar o nosso desenvolvimento”, enfatizou Carlos Neiva.

A empresa atua desde 1989 na área de Call Center e conta com 07 sites, localizados nos estados de São Paulo, Bahia, Tocantins e Distrito Federal, com 4.000 posições e 12.000 colaboradores.

A empresa atua no mercado com diversos produtos que oferece, tais como SAC, Retenção, Rentabilização e Fidelização de Clientes, Vendas, Cobrança e Recuperação de Créditos, Backoffice, Monitoria da Qualidade, Auditoria, Pesquisa, dentre outros. (fonte: Ascom PMJ)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br