Mobilização contra reformas de Temer e “perseguição” a Lula acontecerá hoje em Petrolina

Mais uma mobilização promovida pela Frente Brasil Popular será realizada em Petrolina. O ato público acontecerá nesta quinta-feira (20), em frente à sede da prefeitura municipal, na Avenida Guararapes, Centro da cidade, a partir das 16h.

Os manifestantes irão reforçar o protesto contra as reformas trabalhista e previdenciária, proposta pelo Governo Temer, e contra o que consideram “perseguição” ao ex-presidente Lula. O ato também pedirá novamente a renúncia de Michel Temer e a realização imediata de eleições diretas no País.

Políticos marcam presença em manifestação contra reformas no Centro de Petrolina

A manhã desta sexta-feira (30) é marcada por protestos em todo o país. Em Petrolina, a mobilização foi iniciada na Praça do Bambuzinho, na área central. O protesto é coordenado pela Frente Brasil Popular com apoio de vários sindicatos, reforçando o pedido de saída do presidente Michel Temer (PMDB), e contra as propostas do seu governo. (mais…)

Juazeiro: Manifestantes bloqueiam trânsito na Ponte Presidente Dutra, mas protesto termina antes do meio-dia

Em Juazeiro (BA), a manifestação contra as propostas do Governo Temer reuniu grande público, segundo os organizadores, mas terminou antes do meio-dia. Sindicalistas e integrantes de movimentos sociais se concentraram em frente ao Banco do Brasil, no Centro da cidade. De lá, eles foram até a Ponte Presidente Dutra, onde interditaram a via. (mais…)

Manifestantes bloqueiam rodovias no Norte da Bahia contra reformas de Temer

Assim como no Sertão de Pernambuco, manifestantes interditaram duas rodovias que cortam o Norte da Bahia em protesto contra as reformas da Previdência e Trabalhista, propostas pelo governo de Michel Temer (PMDB), na manhã desta sexta-feira (30). O movimento é liderado por entidades sindicais e movimentos sociais.

Na  BR-235, os manifestantes interditaram um trecho entre Casa Nova e Remanso. Já na BR-116, o trecho bloqueado fica entre o distrito de Ibó e o município de Abaré.  Segundo informações, as manifestações já causam filas gigantescas de veículos. Não foi informado o horário de término do movimento para a liberação das vias. (foto/reprodução WhatsApp)

Contra Governo Temer: Sindicatos e movimentos sociais promoverão manifestação nesta sexta em Juazeiro

A exemplo de Petrolina e de várias cidades do País, Juazeiro (BA) engrossará nesta sexta-feira (30) a manifestação nacional pedindo a saída do presidente Michel Temer (PMDB). O ato público está marcada para 8h30, em frente ao INSS, na Avenida Adolfo Viana, área central. O movimento é batizado de ‘greve geral’.

Sindicatos de trabalhadores e movimentos sociais vão estar reunidos pela terceira vez este ano para mostrar a insatisfação pelas Medidas Provisórias (MPs) e Propostas de Emendas à Constituição (PECs) promovidas pelo presidente. Os trabalhadores irão paralisar as atividades em todas as partes do país como forma de protesto, principalmente pelas reformas previdenciária e trabalhista.

Entre outras entidades, o Sindicato dos Bancários e o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sinserp) confirmaram presença na mobilização. A APLB/Sindicato informou que realizará uma assembleia geral, para debater com a categoria, que está de recesso. A reunião acontecerá na sede da APLB, Bairro Alagadiço, às 9h.

Entidades sindicais de Petrolina já se mobilizam para greve geral nesta sexta-feira

Diversas entidades sindicais em Petrolina, coordenadas pela Frente Brasil Popular, já começam a se mobilizar para a greve geral em todo o País, nesta sexta-feira (30).

O protesto pedirá a saída do presidente da República, Michel Temer, e a realização imediata de eleições diretas, além de ser contra as reformas trabalhista e previdenciária do governo federal. O horário e local da manifestação ainda não foram oficialmente divulgados. (Foto/arquivo)

Representante da APLB/Sindicato de Uauá entrega a deputados baianos manifesto contra reformas do Governo Temer

O coordenador da APLB-Sindicato Núcleo de Uauá, Francisco-Prolepses, esteve na Assembleia Legislativa da Bahia para entregar um manifesto dos profissionais em Educação do município do norte baiano, o qual foi extraído das greves em defesa dos direitos trabalhistas e contra as reformas impostas pelo Governo Temer.

O documento traz no seu corpo uma nota clara aos parlamentares baianos, informando-os que aqueles que votarem a favor das reformas da Previdência, trabalhista e da terceirização, “não voltarão” ao cargo.

Prolepses deixou o documento com a assessoria da deputada Fabíola Mansur (PSB), presidente da Comissão de Educação na Casa, e teve a garantia de ser lido em plenária. “Nós fizemos dez dias de greve. Um debate intenso. Chegamos à conclusão de que à luta e a nossa mensagem não poderiam ficar restritas só a nossa comunidade, mas chegar aos ouvidos dos principais autores dessa história trágica, que nos remete a um passado de retrocesso. Nós estamos prontos para fazer uma campanha de conscientização na nossa comunidade, para que não vote naqueles deputados que votaram contra os trabalhadores, contra o nosso povo. Cumprimos também uma pauta que foi elencada na greve”, declarou o coordenador. (Foto/divulgação)

Bancários de Juazeiro discutem com outras categorias estratégias para barrar reformas do Governo Temer

Trabalhadores classistas de diversos segmentos, a exemplo dos bancários, se reuniram em Juazeiro (BA), no auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) do município, com o objetivo discutir o cenário político atual do país e pontuar estratégias contra as reformas da Previdência e trabalhista, além da terceirização – todas  propostas do Governo Temer.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários de Juazeiro, Maribaldes da Purificação, o momento é de união entre as categorias na defesa do direito trabalhista.

Estamos vivenciando no país momento de forte ataque aos nossos direitos. Só resta aos trabalhadores a ampla mobilização para continuar nas ruas na defesa do povo, da democracia e dos direitos. Vamos continuar dizendo ‘não’ à terceirização e às reformas trabalhistas e previdenciária. Precisamos lutar por nossos direitos”, apontou.

 

PSB baiano reafirma, em encontro estadual, defesa de ‘Diretas Já’ e não às reformas de Temer

O diretório do Partido Socialista Brasileiro (PSB) da Bahia realizou neste sábado (27) um encontro estadual para defender a realização de eleições diretas para presidente da República. O evento, realizado na sede da União dos Municípios da Bahia (UPB), em Salvador, reuniu representantes do partido em 40 municípios como a senadora Lídice da Mata, os deputados Bebeto Galvão (federal), Ângelo Almeida e Fabiola Mansur (estaduais), alem de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores e líderes comunitários, sindicais e de juventude.

Para a presidente do PSB estadual, senadora Lídice da Mata, há um grande temor na base aliada do presidente Michel Temer, quando se fala em Diretas Já. “O que se vê é a construção de um acordo para eles rirem do Congresso. Um nome de consenso”, alertou a socialista.

Lídice defende que haja um movimento amplo, com grande apoio da sociedade, para viabilização das eleições diretas. “O novo presidente deve retomar o controle da Nação e pacificar o País”, completou. (Foto: Ascom)

Sindicato dos Radialistas de Pernambuco debate reformas de Temer em Ouricuri

Segue até as 22h desta quarta, 17, em Ouricuri (PE), no sertão do Araripe, um seminário promovido pelo Sindicato dos Radialistas de Pernambuco sobre as reformas trabalhista e previdenciária, que tramitam no Congresso Nacional e foram propostas pelo presidente da República Michel Temer (PMDB). Como são mudanças que atingem diretamente os trabalhadores assalariados, a entidade resolveu viajar pelo Estado para esclarecer como ficará a situação dos profissionais da área, caso as reformas sejam aprovadas.

Temas como a conjuntura política atual também integram a discussão. Advogados especialistas nas duas áreas principais em debate estarão tirando dúvidas dos profissionais. O evento acontece na sede do Sindserp de Ouricuri. Radialistas de toda a região estão presentes, conforme os organizadores do evento. (Foto: Divulgação)

Representante do Dieese vem à região debater reformas trabalhista e da Previdência

O coordenador de relações sindicais do Diesse (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos), José Silvestre Prado de Oliveira, participará de encontros em Petrolina(PE) e Juazeiro (BA) nesta quinta-feira, 11, sobre as reformas trabalhista e da Previdência, propostas pelo Governo Temer. Silvestre participa, às 9h, na Câmara de Juazeiro, de um debate sobre o tema.

Também na quinta, à 14h30, o coordenador se reúne com o movimento sindical da região no auditório do Sindicato das Trabalhadores Rurais (STR) e da Agricultura Familiar de (STTAR) de Petrolina.

A programação integra a 13ª Jornada Nacional de Debates promovida promovida pelo Dieese com apoio das centrais sindicais em todo o País, e as reformas do Governo Temer são o tema principal. “Será um momento importante para que em números a tese do governo federal seja desmontada para justificar mudanças tão prejudiciais para nós, trabalhadores”, disse o presidente do STR de Petrolina, Francisco Pascoal (Chicou).

APLB/Sindicato de Uauá faz alerta a deputados da região favoráveis às reformas de Temer: “Quem vota, não volta”

Em Uauá (norte da Bahia), a direção da APLB-Sindicato local enviou à imprensa uma nota Pública, elaborada pelos profissionais da educação, pela qual repudia as reformas impostas pelo Governo Temer. E não só isso.

A entidade também fez um alerta aos deputados que têm votos na cidade de que, se ajudarem a aprovar as reformas que consideram nocivas aos trabalhadores, receberão o troco nas urnas em 2018. “Quem vota, não volta”, diz a APLB, reforçando a temática contra as propostas do governo federal.

A direção ressaltou que a classe vai “resistir e reagir até onde puder”. Disse ainda estar enviando a nota para o e-mail de alguns parlamentares no Congresso e vai entregar, pessoalmente o documento a cada um deles, na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA). Uma prova de que a APLB não está brincando aconteceu recentemente no Festival do Umbu. O deputado Zé Nunes, que foi favorável à terceirização, recebeu uma sonora vaia.

Mobilização que ficou apenas no campo democrático

Independente de quem foi a favor ou contra, a mobilização em Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) que engrossou a greve geral contra as reformas propostas pelo Governo Temer, realizada no dia de ontem (28), ocorreu sem incidentes. Pelo menos nada foi divulgado nesse sentido.

Ao contrário de outras cidades, em que foram registros conflitos e até mortes, por aqui prevaleceu a democracia nas ruas. Protestar faz parte do jogo, desde que não saia do campo das ideias.

E é assim que sempre deve ser. Ou deveria. Nossa região deu um belo exemplo. (Foto/divulgação)

Confiram mais imagens da mobilização em Petrolina e Juazeiro contra reformas de Temer

Milhares de pessoas e representantes sindicais, além de autoridades políticas, participaram em Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), da greve geral em todo o País contra as reformas propostas pelo Governo Temer. (mais…)

Afrânio: Servidores de educação protestam nas ruas contra reformas de Temer

Afrânio (PE), no Sertão do São Francisco, seguiu o exemplo de outras cidades país afora. Servidores das redes municipal e privada da educação pararam as atividades nesta sexta-feira (28) e foram às ruas sensibilizar os demais trabalhadores da cidade e a população, para dizer ‘não’ às reformas trabalhista e da Previdência, que segundo eles “ferem leis e direitos” das categorias. (mais…)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por agencialaguz.com.br