Valor das parcelas do Seguro Desemprego têm reajuste em 2017

O valor da maior parcela do seguro-desemprego aumentou R$ 101,48 em 2017, passando de R$ 1.542,24 (em 2016) para R$ 1.643,72 este ano. Os novos valores do benefício entraram em vigor nesta semana, com base em circular divulgada pelo Ministério do Trabalho.

A correção dos valores pagos é válida para todos os trabalhadores desempregados sem justa causa, pescadores artesanais em período do defeso, trabalhadores resgatados em condições análogas à de escravo e profissionais com contratos de trabalho suspenso (Lay-off).

O cálculo do seguro-desemprego considera a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), calculado e divulgado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A variação do INPC tem como base os 12 meses de 2016. A nova tabela divulgada segue as recomendações da Resolução do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) Nº 707, de 10 de janeiro de 2013 (o cálculo do valor do salário médio dos últimos três meses anteriores à dispensa pode ser aplicado na fórmula acima). as informações são da assessoria do Ministério.

Tarifa das barquinhas é reajustada para R$ 1,50

Quem costuma fazer a travessia entre as cidades de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) por meio das barquinhas, terá que desembolsar um pouco mais. De R$ 1,30, a passagem passou para R$ 1,50. O reajuste já está em vigor nesta sexta-feira (13).

De acordo com a Associação dos Barqueiros, o aumento foi autorizado pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) em dezembro passado.

As barquinhas fazem a travessia  com um revezamento de 15 minutos de segunda a sexta, de 6h às 23h. Já no domingo o horário de funcionamento é o mesmo, mas com intervalos de meia hora.

Enquanto em Petrolina reajuste da passagem de ônibus segue sem previsão, no Recife já é motivo de protesto

Enquanto em Petrolina o reajuste das tarifas de ônibus aprovado pelo Conselho Municipal de Mobilidade no final do ano passado ainda não tem data para vigorar, na capital Recife (PE) as passagens ficarão 14% mais caras.

Com o reajuste aprovado pelo Governo do Estado, as viagens mais curtas passarão a custar R$ 3,20 e as mais longas, R$ 4,40. Em algumas linhas o preço será intermediário: R$ 3,85. A medida já está provocando manifestações dos usuários do transporte coletivo, que saíram às ruas do Recife para protestar.

O reajuste, no entanto, segue a tendência de outras capitais como Salvador (BA), Teresina (PI) e Belo Horizonte (MG) e entrará em vigor após homologação pela Agência Reguladora de Pernambuco (Arpe).

Belém do São Francisco: Novos vereadores passam a receber salários de R$ 7,8 mil

Em Belém do São Francisco (PE), Sertão de Itaparica, os novos subsídios dos vereadores da próxima legislatura começam a render assunto na cidade. Segundo informações repassadas ao Blog, o projeto que reajustava esses subsídios havia sido aprovado há seis meses (e sem o conhecimento da população).

Os salários dos nobres vereadores, que na legislatura passada eram de 6 mil, serão agora de R$ 7,8 mil – um aumento de 30%. Os novos representantes do povo belemita já começam a receber esse valor a partir de janeiro.

Em nota, presidência da Casa Plínio Amorim explica que reajuste para prefeito, vice e secretários “seguiu trâmites normais”

Os vereadores da Casa Plínio Amorim votaram na sessão plenária desta terça-feira (27), a última do ano, os novos subsídios do prefeito, vice-prefeito e secretários de Petrolina que assumirão Petrolina a partir do dia 1° de janeiro de 2017. Esses vencimentos estavam congelados desde 2013.

O salário do prefeito será de R$ 18 mil, o da vice R$ 14 mil, e os dos secretários R$ 12 mil. O Blog perguntou à presidência Mesa Diretora o porquê do aumento, e recebeu a seguinte nota:

“A Câmara de Vereadores de Petrolina vem a público esclarecer que o projeto de lei para revisão dos subsídios para prefeito, vice-prefeito e secretários seguiu todos os trâmites normais da instituição e foi aprovado por unanimidade. Os subsídios estavam congelados desde 2013 e serão válidos para os próximos quatro anos. As remunerações estão dentro do padrão de outras administrações municipais, sendo, inclusive, valores inferiores aos de municípios como Cabo de Santo Agostinho, Juazeiro, Salgueiro e Caruaru. Além disso, através de informações obtidas junto à equipe de transição da futura gestão, os gastos da Prefeitura terão relevante redução devido à reforma administrativa”.

Vereador de Cabrobó contesta notícia sobre reajuste de subsídio para Câmara Municipal e prefeito

Ramses - vereador Cabrobó1Em contato com este Blog, o vereador de Cabrobó (PE), Ramsés Sobreira (PMDB), contestou a notícia de que houve um reajuste no subsídio dos representantes do Legislativo e também do prefeito, a partir do ano que vem.

“Em momento algum foi apreciada na Câmara Municipal matéria com tal conteúdo”, assegurou Ramsés.

 

Cabrobó: Câmara Municipal tem reajuste de mais de 70% para vereadores, e de 33% para prefeito

camara cabrobóEm Cabrobó (PE), no Sertão do São Francisco, o reajuste salarial do futuro prefeito Marcílio Cavalcanti (PMDB) e dos vereadores que farão parte da próxima legislatura (2017/20) rendeu assunto na cidade. E não poderia ser diferente.

O vencimento dos atuais vereadores, que era de R$ 6 mil, vai passar para R$ 10 mil. Já o de prefeito, que era de R$ 15 mil, será de R$ 20 mil.

Presidente da Cubape afirma que reajuste de tarifa de ônibus em Petrolina não está ligado a projeto de Geraldo da Acerola

pedro caldasApós a informação divulgada pelo Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do Vale do São Francisco (Setranvasf) de que a passagem de ônibus em Petrolina poderá passar dos R$ 4,00, caso o prefeito Julio Lossio sancione o projeto de lei, de autoria do vereador Geraldo da Acerola, obrigando a permanência da figura do cobrador, o presidente da Central Única de Bairros de Petrolina (Cubape), Pedro Caldas, decidiu se pronunciar. Ele contesta que uma coisa esteja ligada a outra, até porque já houve reajustes na passagem de ônibus na cidade, ainda com a presença dos cobradores. (mais…)

Petrobras anuncia novo aumento dos preços dos combustíveis

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (5) o reajuste dos preços da gasolina e do diesel nas refinarias. Os aumentos foram de 8,1% e 9,5%, em média, segundo a estatal, e passam a valer nesta terça-feira (6). Se o reajuste for integralmente repassado pelos outros integrantes da cadeia do petróleo, sem alteração das demais parcelas que compõem o preço ao consumidor final, o diesel pode subir 5,5%, ou cerca de 17 centavos de real por litro, e a gasolina, 3,4%, ou 12 centavos de real por litro.

As principais razões para o aumento, segundo a Petrobras, são a alta nos preços do petróleo e derivados e a desvalorização da taxa de câmbio no período recente. “A Petrobras reafirma sua política de revisão de preços pelos menos uma vez a cada 30 dias, o que lhe dá a flexibilidade necessária para lidar com variáveis cuja volatilidade vem aumentando recentemente”, diz comunicado da companhia.

O reajuste nos preços dos combustíveis era considerado certo por muitos analistas, desde o acordo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) para diminuir o volume de produção da extração de petróleo. O acordo puxou fortes altas na cotação da commodity desde a semana passada. (fonte: Veja)

 

Tabira: MPPE recomenda à Câmara Municipal revogar lei que prevê reajuste de salários dos vereadores

Camara_municipal tabiraO Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao presidente da Câmara de Tabira, Marcos Antônio da Silva, e aos demais vereadores que, no prazo de cinco dias, revoguem a Lei Municipal nº 829/16, que prevê o reajuste do salário dos representantes da casa legislativa. De acordo com o Blog PE Notícias, a recomendação foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (30/11).

A promotora de Justiça, Manoela Eleutério, disse que o MPPE recebeu notícia de fato dando conta de que a realização de sessões para a votação e aprovação da referida lei não teve a divulgação adequada, ferindo o princípio da publicidade. Além disso, Manoela Eleutério explica que, ao fixar os subsídios dos vereadores em termos percentuais aos valores recebidos pelos deputados do Estado de Pernambuco, a Lei nº 829/16 não atendeu o que está prescrito na Lei Orgânica Municipal de Tabira, a qual estabelece que a remuneração do prefeito, do vice-prefeito e dos vereadores será fixada determinando-se o valor em moeda corrente no País.

Também no prazo de cinco dias os legisladores deverão elaborar um Projeto de Lei Modificativo, em caráter de urgência, fixando os subsídios dos vereadores para o mandato de 2017 a 2020, em moeda corrente do país, não utilizando qualquer vinculação. O projeto deverá ser deliberado e votado até o dia 15 de dezembro. No prazo de seis dias, o presidente da Câmara Legislativa de Tabira deverá responder ao MPPE se acata a recomendação. Na hipótese de acolhimento, deverá ser enviado, junto à minuta do projeto, o cronograma das atividades para tramitação. Em caso de negativa, deverá ser encaminhada justificativa para o descumprimento. (Com informações de Anchieta Santos/para o Blog/foto reprodução)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br