Deputado contempla Lagoa Grande com emenda para investimentos na infraestrutura turística da cidade

Lagoa Grande, no sertão do São Francisco, também tem sido contemplada com recursos de emendas parlamentares da bancada federal de deputados pernambucanos. Esta semana, o prefeito Vilmar Cappellaro (PMDB) e o vice-prefeito, Italo Ferreira (PDT), que voltaram à Brasília em busca de mais recursos para o município, receberam do deputado federal Marinaldo Rosendo (PSB), a notícia de uma emenda de sua autoria para a ‘capital da uva e do vinho do Nordeste’ no valor de R$ 250 mil.

São recursos voltados para serem investidos na infraestrutura turística do município. Uma notícia positiva nesse setor, principalmente após o prefeito anunciar que não realizaria a Feira da Uva e do Vinho deste ano, justamente pelas dificuldades financeiras encontradas ao assumir a gestão.

“Espero com essa destinação de recursos, reafirmar meu compromisso de corresponder à confiança do povo de Lagoa Grande para ser um de seus representantes no Congresso Nacional”, disse o deputado.

Em reunião da Comissão Mista de Mudanças Climáticas, Fernando Bezerra defende retomada de leilões de energias renováveis

Presidente e relator da Comissão Mista sobre Mudanças Climáticas (CMMC) do Congresso Nacional em 2015 e 2016, respectivamente, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) prestigiou, nesta tarde (22), a eleição dos novos dirigentes do colegiado. O senador Jorge Viana (PT-AC) presidirá a comissão e o deputado Sergio Souza (PMDB-PE) será o vice-presidente da CMMC, este ano. Durante a reunião, Fernando Bezerra – membro titular do colegiado – apresentou três sugestões de agendas de trabalho para os próximos meses; entre elas, a discussão da retomada dos leilões de energia solar e eólica pelo governo federal.

“A Comissão pode fazer uma pressão positiva do Parlamento sobre o Executivo, de forma a mostrarmos que o Congresso está atento a esta importante medida ambiental e econômica para o país”, destacou o líder do PSB no Senado e que apoia a ampliação das “energias limpas” (renováveis) na matriz energética nacional. Neste contexto, Bezerra Coelho propôs que a comissão convide o ministro de Minas e Energia (MME), Fernando Filho, para uma audiência pública que esclareça as perspectivas do governo sobre o restabelecimento destes leilões.

Ao lembrar que este ano a Rio 92 (Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, realizada no Rio de Janeiro, em junho de 1992) completa 25 anos, o senador defendeu, como segunda sugestão de agenda de trabalho, que o colegiado afine – com os ministérios do Meio Ambiente e de Relações Exteriores, além do MME – as metas brasileiras que serão apresentadas na 23ª Conferência da ONU sobre Clima, a COP-23.

“O Brasil tem tudo para ser, novamente, protagonista no encontro deste ano das Nações Unidas e liderar a agenda mundial de proteção ao meio ambiente”, ressaltou o socialista. Sob a presidência de Fiji, a COP-23 será realizada na cidade alemã de Bona, antiga capital da Alemanha e sede do Secretariado do Clima da ONU.

A terceira medida proposta hoje à CMMC pelo senador Fernando Bezerra foi uma visita de integrantes do colegiado aos Estados Unidos. O objetivo, segundo explicou o líder do PSB, é aproximar o Brasil de estados norte-americanos contrários à posição do presidente Donald Trump em relação à agenda ambiental. Conforme observou Bezerra Coelho, o orçamento de Trump prevê cortes drásticos dos recursos destinados à Agência de Proteção Ambiental; retira o financiamento de ações vinculadas às mudanças climáticas, eliminado o Plano de Energia Limpa; e reduz investimentos em programas sobre qualidade da água e do ar.  (Foto: Ascom)

PSB emplaca presidência da Comissão de Educação do Senado e líder da sigla comemora

Líder do Partido Socialista Brasileiro no Senado, Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) comemorou, nesta terça-feira (14), a eleição de Lúcia Vânia (PSB-GO) para a presidência da Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) da Casa. O colegiado é um dos mais importantes do Senado e terá Pedro Chaves (PSC-MS) como vice-presidente. Eleitos por unanimidade, Lúcia Vânia e Pedro Chaves vão conduzir a CE no biênio 2017/2018. Também hoje, o senador Fernando Bezerra foi eleito relator da Comissão Mista relativa à Medida Provisória 765/2017.

Sob a presidência do deputado Hiran Gonçalves (PP-RR), a CMMPV 705 vai analisar ajustes na remuneração de oito categorias de servidores públicos federais e de ex-territórios. “Na análise desta MP, vamos buscar o equilíbrio entre o que está sendo demandado e o que é possível ser concedido em momentos como este, de ajustes orçamentários”, explica Bezerra Coelho. A Medida Provisória 705/2016 abrange as carreiras de infraestrutura, de auditor fiscal da Receita Federal e do Trabalho, de perito médico previdenciário, de diplomata e de oficial e assistente de chancelaria, além de policiais civis dos ex-territórios de Rondônia, Acre, Amapá e Roraima.

Nesta terça-feira, o senador Fernando Bezerra também participou da eleição dos presidentes e vice-presidentes das comissões de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) e de Assuntos Econômicos (CAE). Para a CRE, foram eleitos, por unanimidade, Fernando Collor (PTC-AL), que ocupará a presidência do colegiado, e Jorge Viana (PT-AC), que será o vice-presidente da comissão. Para a CAE, foram eleitos, também por unanimidade, os senadores Tasso Jereissati (PSDB-CE), novo presidente da comissão, e Garibaldi Alves Filho (DEM-RN), que ocupará a vice-presidência.

Após a eleição na CAE, Jereissati adiantou que serão criadas duas subcomissões no colegiado: uma para a análise tributária e fiscal e outra direcionada às reformas microeconômicas, incluindo a revisão do chamado “Custo Brasil” (conjunto de dificuldades estruturais, burocráticas e econômicas que encarecem o investimento no país). (Foto: Ascom)

Miguel Coelho reúne filiados do PSB de Petrolina para retomar atividades da sigla e afirmar apoio ao Governo Michel Temer

O prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), deu um tempo nas atividades administrativas e reuniu nesta sexta, 10, filiados do Partido Socialista Brasileiro, do qual ele é presidente municipal, para refirmar entre outros pontos, que o partido em Petrolina é aliado do presidente Michel Temer (PMDB). Miguel é irmão do ministro das Minas e Energia, Fernando Filho, deputado federal do PSB licenciado, e filho do senador Fernando Bezerra Coelho que são da ala socialista pró Temer.

O encontro teve como foco principal, o inicio às atividades do PSB na cidade em 2017 com campanha de recadastramento e novas filiações, além de discutir a retomada da Agenda 40 em Petrolina.

FBC garante que só pensa em disputar Governo de Pernambuco em 2022

O senador Fernando Bezerra Coelho não está interessado em ser o candidato do PSB ao Governo de Pernambuco em 2018. Ele está rouco de dizer que o candidato de sua preferência é o governador Paulo Câmara. Agora, na sucessão de 2022, não abre nem para um trem carregado de dinamite.

O prefeito Geraldo Júlio, que entrou na fila do PSB agora, vai ter que esperar. O senador tem cacife no PSB para se apresentar como candidato em 22. (De Agência)

Fernando Filho grava inserções partidárias para PSB do Mato Grosso

Deu no JC: ex-líder do PSB na Câmara dos Deputados, o ministro Fernando Filho (Minas e Energia) foi convidado por deputados do Mato Grosso para gravar inserções partidárias da legenda socialista naquele Estado.

A Pasta de Fernando Filho tem um peso econômico e político forte em Mato Grosso, daí o motivo do convite. O ministro, inclusive, já gravou as inserções. (foto/arquivo divulgação)

“Debater e votar as reformas é o caminho para a retomada do crescimento”, diz senador FBC

O senador Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) subiu à Tribuna do Senado, na quarta-feira (22), para defender que o Congresso Nacional não adie mais o debate e a votação das reformas tributária, trabalhista e previdenciária. Na avaliação do líder socialista na Casa, a tramitação das reformas – somadas às medidas que vêm sendo tomadas pelo governo para a recuperação da economia – é “condição básica” para a recuperação dos empregos e a volta do crescimento sustentável do país.

Embora haja sinais de recuperação (econômica), não podemos ser tomados por um otimismo exagerado, que nos impeça de ver a necessidade urgente das reformas estruturantes“, afirmou. “A pauta do Congresso Nacional para este ano exigirá de todos nós coragem, espírito público e, sobretudo, disposição para o diálogo“, destacou o senador.

Conforme Fernando Bezerra, a reforma fiscal trará alívio ao peso tributário sobre o setor produtivo, as mudanças na área trabalhista modernizarão as relações de trabalho no país e os ajustes no sistema previdenciário são necessários para se reverter o rombo de R$ 183 bilhões estimados para este ano. “Ainda que tenhamos divergências sobre as origens da crise atual, sabemos todos, senadores e senadoras, que precisamos tomar medidas rápidas e eficazes para a retomada do crescimento“, observou. “As famílias que sofrem com a falta de trabalho não podem mais esperar pelo dia seguinte. Se vacilarmos, a recuperação da economia não acontecerá no ritmo necessário para a garantia do desenvolvimento social“, acrescentou.

FBC destacou ainda que a legenda socialista “não abrirá mão dos valores” que norteiam o partido: a defesa das políticas sociais e dos direitos da parcela menos favorecida da nossa sociedade. “O PSB tem a convicção de que as reformas são necessárias, mas trabalhará para que elas favoreçam a todos os brasileiros“, disse. E ressaltou que continuará buscando o consenso: “O que desejo e me proponho a fazer é garantir um debate em que todos os pontos de vista sejam considerados. Vamos dialogar com a sociedade para conhecer de perto as demandas de cada segmento e compreender as transformações necessárias”. (foto: Assessoria/divulgação)

Lideranças do PSB de Pernambuco se reunirão neste sábado na primeira Agenda 40 em 2017

O senador Fernando Bezerra Coelho estará novamente ao lado do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e do ministro de Minas e Energia, Fernando Filho, neste sábado (11). A convite do presidente regional do PSB, Sileno Guedes, eles participarão da abertura do ‘Agenda 40 – Ano Eduardo Campos de Formação Política 2017’. O encontro será às 9h, no Recife Praia Hotel (Pina), e reunirá diretórios e comissões provisórias da legenda socialista dos 14 municípios da Região Metropolitana de Recife.

Este será o primeiro Agenda 40 do ano. Realizado periodicamente pelo PSB, o Agenda é um momento de congregação do partido, quando a direção e os filiados reúnem-se para discutir temas locais, regionais e nacionais. Durante estes encontros, a legenda também analisa a conjuntura política e define as diretrizes de atuação do partido.

Ontem (9) o líder do PSB no Senado foi recebido pelo ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, a quem FBC pediu atenção para a fruticultura irrigada no Vale do São Francisco, dentro do novo programa de investimentos que o governo federal pretende lançar no próximo mês de março. Ao citar como exemplos de sucesso os Perímetros Irrigados Nilo Coelho e Maria Tereza, o senador falou também sobre o potencial do Projeto Pontal, em Petrolina. Atento às informações do senador, Dyogo Oliveira comprometeu-se a analisar meios possíveis para dar mais velocidade à implementação definitiva do Pontal Sul e do Pontal Norte.

Lideranças do PSB têm encontro com Michel Temer e reforçam apoio ao governo

Seis lideranças nacionais do Partido Socialista Brasileiro (PSB) foram recebidas, nesta quarta-feira (8), pelo presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto. O encontro foi articulado pelo atual líder da legenda socialista no Senado, Fernando Bezerra Coelho, e serviu para reforçar o apoio do partido às diretrizes do governo, especialmente na área econômica.

“Viemos manifestar ao presidente Temer a colaboração do PSB com a intensa agenda de trabalho no Legislativo e no Executivo. Estamos comprometidos com a prioridade do povo brasileiro: a Agenda do Emprego”, destacou o senador, ao final da audiência. “No Legislativo, o partido vai contribuir também com as reformas que o país precisa para recuperar os 12 milhões de postos de trabalho perdidos, colocar a economia nos trilhos e retomar o crescimento”, completou FBC.

Além do senador, participaram da audiência com Temer a deputada Tereza Cristina (MS), nova líder do partido na Câmara Federal; Carlos Siqueira, presidente nacional da legenda; Márcio França (SP), vice-governador de São Paulo; e os governadores Paulo Câmara (PE) e Rodrigo Rollemberg (DF).

Também no Palácio do Planalto, Fernando Bezerra participou, nesta manhã, do lançamento da Política Nacional de Alimentação Escolar. A cerimônia, conduzida por Temer e pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, foi prestigiada por lideranças políticas, autoridades do governo, profissionais de ensino e convidados. (foto: Beto Barata/divulgação)

Bancada do PSB no Senado reúne-se para analisar prioridades em 2017

O novo líder do PSB no Senado, Fernando Bezerra Coelho (PE), reuniu a bancada socialista nesta terça-feira (7), durante almoço oferecido no seu gabinete. No encontro, FBC transmitiu aos seis colegas da legenda os principais destaques da reunião do Colégio de Líderes com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), também realizada hoje: as prioridades da Casa e do Congresso Nacional para este ano.

O almoço – do qual participaram os senadores Lúcia Vânia (GO), Lídice da Mata (BA), João Capiberibe (AP), Antônio Carlos Valadares (SE), Romário (RJ) e Roberto Rocha (MA) – também contou com a presença do presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br