Vídeo Blog: Reitor manifesta apoio a projeto de extensão da Univasf para Salgueiro

Projeto ‘Miradas Enredadas’ promoverá segunda exposição virtual de arte

Miradas Enredadas“Mostre-nos qual é o teu olhar sobre a arte”. Esse é o tema da segunda exposição do projeto de extensão “Miradas Enredadas”, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). A exposição é coletiva, virtual e itinerante e propõe a artistas educadores de todo o mundo uma reflexão sobre a arte apresentando trabalhos inscritos pela internet, estabelecendo uma rede de conexões que tem a arte como foco principal.

As inscrições estão abertas até o dia 30 de abril. Podem participar professores de qualquer área do conhecimento e de qualquer lugar do mundo. Os trabalhos devem ser enviados para o e-mail fabiane.pianowski@gmail.com, obedecendo ao seguinte formato: tamanho A3, com resolução mínima de 150ppp, preferencialmente com modo de cor CMYK e em arquivo TIFF ou JPG.

O participante também deve enviar um breve texto falando sobre o trabalho apresentado e um currículo resumido. A obra poderá ser feita diretamente em meio digital ou ser digitalizada de um original – seja ele desenho, pintura, gravura, escultura ou de outros tipos de manifestação artística. Os trabalhos serão expostos no site do projeto “Miradas Enredadas 2014” e alguns serão selecionados para compor uma exposição física, prevista para acontecer na Univasf, em local e data ainda a serem definidos.

A exposição é organizada pela professora Fabiane Pianowski, do Colegiado de Artes Visuais da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), uma iniciativa que conta com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão (Proex). (Fonte: Ascom Univasf)

Projeto extensionista da Univasf recebe menção honrosa em evento internacional

DSC_0223O projeto de extensão ‘Arte e Bioquímica nas escolas públicas da região do Vale do São Francisco’, coordenado pelo professor Wagner Félix, do colegiado de Zootecnia da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), foi contemplado com menção honrosa no 2° Encontro Internacional de Divulgação Científica. O evento aconteceu na última semana de setembro, no Espaço Ciência, na Tijuca, Rio de Janeiro. O projeto concorreu com mais 40 participantes na categoria “Ciência e Arte”.

A ação extensionista tem o objetivo de abordar os conteúdos de química e bioquímica de maneira lúdica, através da linguagem do teatro nas escolas públicas e privadas da região. De acordo com o coordenador do projeto, a peça apresentada pelo grupo mostra que todos os tecidos do organismo humano possuem características bioquímicas especiais que os diferenciam uns dos outros.

A peça, intitulada ‘Bioquímica em Cena’, de autoria do professor da Universidade Federal do Ceará (UFC) Marcus Vale, conta com oito atores – todos estudantes do Campus Ciências Agrárias da Univasf. Eles representam órgãos do corpo humano, que discutem entre si qual deles é o mais importante.

O projeto já tem quase dois anos e mais de 50 apresentações.É patrocinado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), como parte integrante das comemorações do Ano Internacional da Química, e faz parte do Projeto ‘Novos Talentos’, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). As escolas que tiverem interesse em contar com uma apresentação do grupo podem entrar em contato com o coordenador, pelo e-mail: wagner.felix@univasf.edu.br. (Foto: Ascom Univasf/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br