Termina nesta sexta inscrições para o programa Faculdade da Terceira Idade da Facape

Encerram nesta sexta-feira (03) as inscrições para o programa Faculdade Aberta da Terceira Idade (FATI) da Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Petrolina (Facape). Os candidatos a alunos e estudantes que desejam participar do projeto como monitores, podem se inscrever gratuitamente no horário de 15h às 18h, nas dependências da Pós-graduação da instituição.

Há vagas para oito cursos: Inclusão Digital, Noções de Direito, Administração/empreendedorismo, Inglês 1 e 2, Espanhol, Noções de Saúde, e Formação de escritores – cronistas, contistas e poetas.

O projeto faz parte de uma parceria entre a Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape), Universidade de Pernambuco (UPE), Campus Petrolina com o IF Sertão Pernambucano. Todos os alunos e monitores participantes receberão certificado. Outras informações estão disponíveis no link: http://www.facape.br/novo/noticia.aspx?NoticiaID=1259

Itep participa de programa nacional para avaliação de alimentos orgânicos

O Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), através do Laboratório de Análise de Resíduos de Agrotóxicos e de Bebidas Alcoólicas (LabTox), será uma das instituições responsáveis pela realização de análises de resíduos de agrotóxicos em produtos orgânicos oferecidos em diferentes cidades do país. O trabalho será realizado dentro do programa de avaliação e monitoramento da qualidade de produtos orgânicos colocados no mercado brasileiro, cujas amostras serão coletadas por fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em feiras e supermercados.

A ideia do programa é contribuir para o controle dos orgânicos em circulação no mercado nacional. Os alimentos coletados passarão por análises para monitorar a presença de 200 compostos distintos. Coordenado pelo Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste (Cetene), o programa foi elaborado pelos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Novação e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em parceria com o Itep. O LabTox – ligado ao Núcleo Alimento Seguro e Sustentável do Itep – receberá, inicialmente, 320 amostras para avaliação.

Com uma legislação recente, regulamentada em 2011, os alimentos orgânicos no Brasil seguem o chamado “controle social para a venda direta sem certificação”, ou seja, se baseiam na confiança do produtor e não exigem a certificação do produto. “Esperamos que o programa tenha sucesso, pois a atuação na área de controle dos alimentos orgânicos ainda é muito tímida. Também é importante a continuidade da ação para assegurar os benefícios alcançados”, aponta Adelia Araújo, gerente do Núcleo de Alimento Seguro e Sustentável do Itep.

As primeiras amostras chegarão ao Itep na próxima semana, provenientes do Estado da Paraíba. Também integram o programa o Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS/Fiocruz-RJ), o Laboratório de Toxicologia da Universidade de Brasília (UnB), o Laboratório de Análises de Resíduos de Pesticidas da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), o Instituto Biológico de São Paulo (IB) e o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar).

Consumo orgânicos

O consumo de alimentos orgânicos no Brasil vem ganhando cada vez mais adeptos interessados em manter uma alimentação mais saudável e livre de agrotóxicos. Segundo dados da Organics Brasil, ligada à Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), o mercado vem crescendo a uma taxa de 25% ao ano desde 2009.  (Foto: Reprodução Internet)

Chapéu de Palha da Fruticulura abre inscrições segunda-feira em ato que contará com a presença do governador Paulo Câmara em Petrolina

Como este Blog já tinha antecipado, o governador Paulo Câmara (PSB) confirmou sua nova visita a Petrolina nesta segunda-feira, 23, para a solenidade que marca o início das atividades do programa Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada. O evento  acontecerá no Centro de Convenções Nilo Coelho, a partir das 8h. O programa que estará em sua 11ª edição neste ano de 2017.

O Governo de Pernambuco começa a cadastrar  os trabalhadores da fruticultura irrigada do Vale do São Francisco para serem beneficiários na edição 2017 do Chapéu de Palha. Além de Câmara, o secretário estadual de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni, também estará na cidade – além de outras autoridades.

As inscrições para a edição 2017 do Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada seguem até o dia 27 deste mês e poderão ser realizadas em 14 polos distribuídos nos municípios de Belém do São Francisco, Cabrobó, Lagoa Grande, Orocó, Petrolândia, Petrolina e Santa Maria da Boa Vista. Podem se inscrever trabalhadores rurais, auxiliares de câmara fria e de casa de embalagem, embaladores ou tratoristas, maiores de 18 anos, que tenham trabalhado com registro em carteira pelo período mínimo de 30 dias corridos entre 1º de junho e 31 de dezembro de 2016.

Também é preciso ser morador de um dos sete municípios contemplados no programa, não sendo aceitos trabalhadores residentes em outras cidades. Nos dias de cadastramento, os trabalhadores precisam levar os originais e cópias dos seguintes documentos: CPF, carteira de identidade, comprovante de residência, número do PIS ou NIS (cartão cidadão ou Bolsa Família), Carteira de Trabalho e contrato de trabalho rescindido.

Dr.Pérsio alerta Betão sobre suposta “manobra eleitoreira” em programa da prefeitura, mas governista minimiza

Dr.PérsioO vereador oposicionista Dr.Pérsio Antunes (PV) fez um alerta ao líder de governo Adalberto Filho ‘Betão’ (PMDB), sobre uma denúncia que recebeu quanto ao Programa ‘Anjo da Guarda’, aprovado pela Casa Plínio Amorim, o qual permite à prefeitura doar cestas básicas para gestantes no pré-natal. Segundo Pérsio, algumas beneficiárias lhe informaram ter recebido um tíquete, em junho deste ano, mas somente na semana passada a administração municipal as convocou para uma reunião, pela qual entregaria as cestas.

Para o oposicionista, a prefeitura estaria se utilizando de uma “manobra eleitoreira” para beneficiar o candidato governista Edinaldo Lima (PMDB). “Desde maio era para entregar essas cestas, mas seguraram até agora para fazer campanha eleitoral”, lamentou, acrescentando que vai estar atento ao fato.

Betão, no entanto, minimizou a denúncia. O líder justificou que o mandato do prefeito Julio Lossio (PMDB) vai até 31 de dezembro, e até lá ele precisa exercer seu papel. “Não é por conta de política que o prefeito tem de parar ou de fazer qualquer benefício para a população”, rebateu.

Ações para revitalizar São Francisco podem chegar a R$ 7 bilhões, diz ministro

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, disse ontem (15) que o programa de revitalização do Rio São Francisco, também chamado de Plano ‘Novo Chico’, lançado na semana passada, poderá ter investimentos de R$ 7 bilhões entre 2017 e 2026, quando serão realizadas ações da segunda fase do programa, desde à proteção e recuperação de nascentes, à contenção de erosões e o replantio de encostas.

As ações de médio prazo serão elaboradas pela Câmara Técnica do programa, que se reuniu ontem pela primeira vez, em Brasília. O grupo, formado por representantes de seis ministérios, terá 90 dias para elaborar as ações prioritárias para a revitalização do São Francisco.

Com isto, estamos subsidiando o Comitê Gestor para que as deliberações que ocorrerão no prazo de 90 dias possam acontecer da maneira mais correta, subsidiada e consistente, de maneira que o conteúdo do plano Novo Chico possa representar efetivamente políticas e ações que permitam que o Rio São Francisco possa viver um novo tempo”, disse o ministro.

Para a primeira etapa do programa, que prevê a conclusão de obras de esgotamento sanitário e abastecimento de água para 217 municípios até 2019, será aplicado um total de R$ 1,16 bilhão. A meta é atender às 505 cidades da bacia, onde vivem 16,5 milhões de pessoas.

Transposição

Barbalho disse que a revitalização do São Francisco é fundamental porque o rio precisa estar em plenas condições de volume e de qualidade de água até a conclusão de sua transposição, prevista para dezembro. Outra frente do Plano de Revitalização será a modernização do processo de irrigação na região do São Francisco. Segundo o ministro, a atividade representa hoje o maior percentual de utilização de água do rio. (fonte: Agência Brasil)

Humberto critica cortes do Governo Temer nos recursos do Programa de Revitalização e Transposição do São Francisco

humberto

Marcando presença em Petrolina ontem (28), quando participou da convenção que homologou as candidaturas de Odacy Amorim a prefeito e de Léia Araújo a vice, o senador Humberto Costa (PT) criticou os cortes anunciados pelo presidente interino Michel Temer nos recursos do Programa de Transposição e Revitalização do Rio São Francisco. Conhecido como o maior programa de infraestrutura hídrica do país, a transposição – cujo prazo de conclusão seria o final deste ano – deve deixar de receber investimentos da ordem de R$7,5 bilhões. Os recursos serviriam para ações de recuperação de nascentes e áreas degradadas, gestão e fiscalização ambiental, entre outros.

Inicialmente orçado em R$ 10 bilhões, o programa que daria continuidade à transposição só terá 25% do valor previsto para atender ações de saneamento e esgoto. Segundo o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), o qual é relator da comissão especial do Senado que fiscaliza os trabalhos, isso mostra a falta de prioridade com a obra.

Quando o presidente Lula encampou esse projeto, era para mudar uma história que ele mesmo viveu como pernambucano. Uma história de seca e de governos que vivam desta indústria. A transposição veio para mudar essa realidade e é de importância vital para o desenvolvimento de todo o Nordeste. Cortar investimentos na obra é de uma insensibilidade não só com Pernambuco, mas com toda a nossa região. Não vamos deixar que um governo provisório atrapalhe o andamento deste projeto”, disse.

A obra de transposição já está com mais de 80% concluída. A transposição vai beneficiar 12 milhões de pessoas em 390 municípios de quatro estados nordestinos: Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará.

Programa contra o crack nunca saiu do papel e equipamentos estão abandonados, denunciam Guardas Municipais de Petrolina

Guarda Municipal

Implantado em Petrolina há cerca de três anos, o programa ‘Crack, é possível vencer’, jamais saiu do papel. Isso é o que denuncia o subinspetor da Guarda Municipal da cidade, Adroaldo Sérgio. O programa é coordenado a nível nacional pelo Ministério da Justiça e recebeu, em março de 2015, alguns veículos que deveriam ser utilizados nas ações de combate às drogas. Contudo, segundo Adroaldo, alguns veículos até agora não foram sequer emplacados e continuam parados. (mais…)

Bailarina-revelação e dois artistas de renome marcarão 17º programa do ‘Abertura Cultural’ em Juazeiro

abertura cultural juazeiro - alan cleber - coelhao - vitoria almeida

Nesta quinta feira (9) três ilustres convidados vão emocionar com suas histórias o público que comparecer ao Centro de Cultura João Gilberto, em Juazeiro (BA).

Antonio Coelho de Assis, ‘Coelhão’, é um dos artistas plásticos mais conhecidos da cidade, com décadas de trabalhos e uma trajetória vitoriosa; Vitória Almeida é filha da terra, mora em Fortaleza (CE), é bailarina, bacharel em dança com dezenas de cursos no Brasil e fora do país e embarcará para Nova York (EUA) no próximo dia 23, onde passará dois meses trabalhando e fazendo cursos; Alan Cléber, o irreverente e criativo cantor, ator e diretor fechará a programação com música e alegria.

Este o Projeto ‘Abertura Cultural’, que entra no seu 17º programa de auditório tendo como objetivo levar informações e alegria para o público presente.

A iniciativa começou em fevereiro e vem fazendo com que o público conheça os artistas e gestores culturais da cidade, através de histórias jamais imagináveis, mostrando talentos muitas vezes desconhecidos, emocionando convidados e entrevistados numa mescla de risos e choros. O programa tem a apresentação de Gisa Ramos e a direção do artista visual Alex Moreira, e começa a partir das 19h30. A entrada é gratruita.

Dr.Pérsio ataca programa de laqueaduras da Prefeitura de Petrolina: “É politiqueiro”

dr.persio

O vereador oposicionista Dr.Pérsio Antunes (PV) voltou a atacar a administração do prefeito de Petrolina, Julio Lossio (PMDB). Desta vez o alvo das críticas foi um programa de laqueaduras tubárias, pelo qual o gestor comprometia-se em oferecer 2 mil procedimentos desse tipo em um ano, dentro do Programa ‘Aniversário Saudável’, idealizado pelo município.

Dr.Pérsio levantou a questão, na sessão plenária de ontem (12), após comentário do líder governista Ednaldo Lima (PMDB), o qual afirmou que o vereador “é contra” o programa. O ex-aliado de Lossio não gostou e partiu para o revide, tachando o programa de “politiqueiro”.

De acordo com Dr.Pérsio, o programa de laqueaduras existe desde 1996 durante o Governo FHC. Em Petrolina, ele apresentou um projeto de lei para regulamentar a iniciativa, colocando R$ 5 milhões no Orçamento Municipal. Após lançar o programa, Lossio prometeu as 2 mil laqueaduras para este ano, mas em quatro meses só conseguiu realizar 170 procedimentos. “Vocês acham que em oito meses a prefeitura chegará a 2 mil laqueaduras?”, indagou à imprensa, durante a sessão de ontem.

Sobre o ‘Aniversário Saudável’, o vereador alfinetou o líder ao afirmar que o programa “é mentiroso” porque tem fins meramente eleitorais. Ele disse que a ex-secretária de Saúde, Lúcia Giesta, uma das prefeituráveis, vem andando de casa em casa, tirando fotos com os comunitários petrolinenses e oferecendo um kit preventivo no dia do aniversário de cada um deles, com base em informações repassadas pelos agentes comunitários. “A população de Petrolina tem 320 mil habitantes. Eles vão ter condições de dar um kit todo mês, no aniversário destes 320 mil habitantes, durante o ano? Os exames de colo de útero passam três meses para chegar aos postos de saúde, as ultrassons passam um ano para fazer, as cirurgias ginecológicas levam dois anos, e o governo não dá solução. Isso (‘Aniversário Saudável) é uma enganação”, desabafou.

Outras obras

Dr.Pérsio disse ainda que o governo municipal “tem muita propaganda e pouca ação”, citando como exemplo o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), o Centro Administrativo, o Canal da Integração, o call center, os dois shopping centers e a regularização fundiária.

Petrolinense é responsável pela criação de sistema de gestão de laudos periciais utilizado no Carnaval da Bahia

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) da Bahia utilizou no Carnaval deste ano um novo sistema para gerenciamento dos laudos: o DPT SIS. O programa – desenvolvido por um petrolinense – tem por objetivo controlar o fluxo interno das perícias, desde o cadastramento das requisições até a liberação dos resultados.

Informatizar a gestão do laudo era uma demanda antiga do DPT. Agora nós teremos um ganho de tempo enorme na busca destas informações”, pontuou Elson Jeffeson, diretor da Polícia Técnica.

O sistema é dividido por módulos, e cada um deles representa um Instituto do Departamento. Até agora foram criados os módulos do Laboratório Central e do Instituto Médico Legal Instituto Médico Legal Nina Rodrigues, na capital baiana.

Começamos pelo LCPT e depois o IML porque havia a necessidade de utilização do programa nos postos integrados do Carnaval para os exames de drogas e lesões”, explicou o petrolinense Márcio Diniz, perito técnico responsável pela criação do sistema.

Além de dar mais rapidez na busca dos dados, o programa gera estatísticas automáticas e permite sua utilização fora da sede do DPT, fazendo com que seja possível a entrega dos laudos de lesões logo após a realização do exame, ainda no circuito da festa.

Futuro

O cronograma prevê até o final do ano a criação dos módulos do Instituto de Criminalística (IC) Afrânio Peixoto e do Instituto de Identificação Pedro Mello, em Salvador. Em 2017 será a vez da integração do sistema da capital com o do interior do Estado. (foto/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br