Coordenadoras do programa Nova Semente participam de encontro sobre melhor funcionamento das unidades

A secretaria de Educação de Petrolina, através da gestão do programa Nova Semente, reuniu neste sábado dia 25, as coordenadoras do programa e a equipe administrativa para tratarem de questões ligadas ao bom funcionamento das unidades. Os pontos principais do encontro foram a análise das atribuições das Coordenadoras, a atenção redobrada em relação aos cuidados com as crianças, a condução do cardápio para a garantia da qualidade da alimentação oferecida, a higiene das crianças e dos espaços, além de outras questões ligadas ao processo pedagógico do programa.

Conforme a gestora geral do Nova Semente, professora Letícia Leda, o treinamento é importante para que cada vez mais o programa funcione de acordo com a que se propõe, acolhendo e educando as crianças atendidas.

“Nós reconhecemos a necessidade e a importância desses encontros, considerando que no quadro tem muitas coordenadoras novas que precisam conhecer bem suas funções para um bom gerenciamento de suas unidades e que contribuirá também, para minimizar alguns problemas que vêm ocorrendo. O grande empenho meu e da equipe é no sentido de que o Programa tenha a credibilidade da população. E nesse sentido estamos alertas e redobrando a atenção para que as Unidades em funcionamento cumpram com os seus objetivos de acolher, cuidar e educar suas crianças “, esclareceu a gestora.

Casa Bolsa é inaugurada em Petrolina para atender beneficiários do Bolsa Família

Um espaço para garantir mais conforto e dignidade para cerca de 30 mil famílias. Este é o principal objetivo da Casa Bolsa inaugurada nesta sexta-feira (24) pelo prefeito Miguel Coelho. A nova estrutura será destinada exclusivamente ao público contemplado pelo principal programa social do Brasil, o Bolsa Família. No equipamento, os beneficiários terão mais conforto e acessibilidade.

(mais…)

Programa do Incra assegura recursos para assentadas na região

O programa ‘Fomento Mulher’, da Superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) de Pernambuco, irá liberar R$ 3,6 milhões para investir em atividades produtivas de 1,2 mil agricultoras assentadas no Programa Nacional de Reforma Agrária. A medida contempla 25 municípios do estado. O valor total concedido é de R$ 3 mil e a beneficiária deve pagar, em 1 ano, o valor de R$ 600, que corresponde a 20% do integral.

Entre as cidades beneficidas do Sertão de Pernambuco estão Petrolina, Cabrobó, Belém do São Francisco, Afrânio, Dormentes, Granito, Lagoa Grande, Orocó, Ouricuri, Parnamirim, Salgueiro, Santa Cruz, Santa Maria da Boa Vista, Serrita e Terra Nova

De acordo com o superintendente regional do INCRA, Bruno Medrado, o objetivo principal da medida é ampliar o número de famílias beneficiadas pelo ‘Fomento Mulher’. “Até hoje, apenas 10% do nosso público foi atingido. Em 2017, a gente quer dobrar nossa capacidade, para que possamos atender a um número maior”, disse.

A beneficiária deve utilizar o valor do crédito somente para a realização das atividades pré-estabelecidas. O não seguimento desta regra pode ocasionar na perda do vínculo com o instituto. “Infelizmente, quem não cumprir vai ser penalizada. A pessoa perde o desconto e vai ter que pagar o valor integral. Além de entrar na inadimplência no cadastro do INCRA e correr o risco de ser desvinculado”, explica Bruno.

Regras

Para o recebimento do benefício, a assistência técnica do INCRA vai até a casa da assentada. Porém, as agricultoras interessadas também podem comparecer à sede do instituto, em Petrolina, localizada na Avenida da Integração, nº 412, no bairro Jardim Colonial.

A liberação do crédito é feita aliada à um projeto de produtividade feito em conjunto com o INCRA, a depender da atividade escolhida pela agricultora: criação de pequenos animais (aves, suínos, caprinos e ovinos), cultivo de hortaliças e frutas, artesanato e beneficiamento de alimentos, como pão, bolo, polpa de fruta, entre outros.

 

O projeto foi implantado em 2014 e visa colocar a mulher como responsável pelo processo produtivo, sendo ela a titular do lote de Reforma Agrária, no valor de R$ 3 mil.

Para participar do programa, a agricultura deve se encaixar nos critérios estabelecidos em decreto: não ter recebido o apoio do antigo crédito; ser beneficiária do PNRA; estar com todos os dados da família atualizados junto ao INCRA; estar inscrita no cadastro único para programas sociais do Governo Federal; e contar com assistência técnica. (Foto: reprodução internet)

Programa Mãe Coruja será ampliado em Lagoa Grande

Um termo de cooperação técnica será assinado entre o programa Mãe Coruja e a Prefeitura de Lagoa Grande, visando a ampliação da ação no município  O termo deve ser assinado nos próximos dias. A equipe do Mãe Coruja esteve reunida com o prefeito Vilmar Cappellaro nesta quinta-feira, 8, para apresentar o funcionamento do programa em Lagoa Grande e o alcance da iniciativa para as mães lagoagrandenes.

Na reunião, a equipe aproveitou para apresentar os números do programa em 2016. Conforme o balanço, foram 143 usuárias (gestante/mãe/filho) atendidas e acompanhadas. As mães também receberam o kit pré-natal (Enxoval), cursos de qualificação profissional (geração de renda e segurança alimentar). A meta para este ano é chegar a 195 beneficiadas.

No encontro com o prefeito que contou também com a participação de outros integrantes do governo e da prmeira dama, Claudia Cappellaro, também foram apresentados na íntegra os objetivos, metas e formas de garantir uma gestação de qualidade e um bom período posterior ao parto às mulheres, e às crianças, com o direito a um nascimento e desenvolvimento saudável e harmonioso até 1 ano de idade.

As ações do programa buscam reduzir a morbimortalidade materna e infantil, assim como estimular o fortalecimento dos vínculos afetivos entre mãe, filho e família. Vilmar Cappellaro defendeu uma maior integração de trabalho em rede dos serviços de atendimento à população, com todos os órgãos municipais.

“Nosso desejo é ter em breve um sistema eletrônico, onde tanto os agentes comunitários de saúde, agentes de endemias e dos programas sociais (Educação, Assistência e Saúde), possam atender as famílias em sua plenitude. Com isso, diminuímos o tempo de espera, otimizamos recursos e às famílias serão mais bem atendidas e beneficiadas em suas necessidades” enfatizou o grestor.

O Mãe Coruja atende no escritório do IPA, na Praça dos Estudantes – Centro, no horário de 7h às 13h. (Foto: Ascom)

Programa Leite de Todos será implantado em Trindade

A Prefeitura Municipal de Trindade, sertão do Araripe, através da Secretaria de Desenvolvimento Social, e em parceria com o governo estadual, vai implantar na cidade o Programa Leite de Todos. A iniciativa busca reduzir as deficiências nutricionais das famílias carentes, tendo como prioridade, crianças, gestantes e nutrizes. A distribuição do leite será diária e gratuita para as famílias. A estratégia estabelecida pelo ação espera alcançar a redução da mortalidade infantil e incidência de doenças dos participantes do programa.

O programa visa também promover a melhoria dos padrões de saúde e qualidade de vida das famílias carentes do município, o fortalecimento da cadeia produtiva da bovinocultura e a redução do êxodo rural. O Leite de Todos vai atender de início, 250 famílias, com a distribuição de 1 litro de leite pasteurizado, diariamente, na zona rural e urbana da cidade. A entrega acontecerá duas vezes por semana na sede do programa PE no Batente que fica na Avenida Central Norte, terças e sextas de cada semana.

Para a secretária Rosilene Miranda, é uma conquista grande na gestão, sabendo que os municípios passam por momentos de crise. “As famílias trindadenses vão ter um alimento saudável em suas mesas, podendo melhorar sua renda, pois o dinheiro que era utilizado para o leite, agora irá servir para suprir uma outra necessidade da família”, frisou. (Foto: Ascom)

Termina nesta sexta inscrições para o programa Faculdade da Terceira Idade da Facape

Encerram nesta sexta-feira (03) as inscrições para o programa Faculdade Aberta da Terceira Idade (FATI) da Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Petrolina (Facape). Os candidatos a alunos e estudantes que desejam participar do projeto como monitores, podem se inscrever gratuitamente no horário de 15h às 18h, nas dependências da Pós-graduação da instituição.

Há vagas para oito cursos: Inclusão Digital, Noções de Direito, Administração/empreendedorismo, Inglês 1 e 2, Espanhol, Noções de Saúde, e Formação de escritores – cronistas, contistas e poetas.

O projeto faz parte de uma parceria entre a Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape), Universidade de Pernambuco (UPE), Campus Petrolina com o IF Sertão Pernambucano. Todos os alunos e monitores participantes receberão certificado. Outras informações estão disponíveis no link: http://www.facape.br/novo/noticia.aspx?NoticiaID=1259

Itep participa de programa nacional para avaliação de alimentos orgânicos

O Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep), através do Laboratório de Análise de Resíduos de Agrotóxicos e de Bebidas Alcoólicas (LabTox), será uma das instituições responsáveis pela realização de análises de resíduos de agrotóxicos em produtos orgânicos oferecidos em diferentes cidades do país. O trabalho será realizado dentro do programa de avaliação e monitoramento da qualidade de produtos orgânicos colocados no mercado brasileiro, cujas amostras serão coletadas por fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) em feiras e supermercados.

A ideia do programa é contribuir para o controle dos orgânicos em circulação no mercado nacional. Os alimentos coletados passarão por análises para monitorar a presença de 200 compostos distintos. Coordenado pelo Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste (Cetene), o programa foi elaborado pelos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Novação e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em parceria com o Itep. O LabTox – ligado ao Núcleo Alimento Seguro e Sustentável do Itep – receberá, inicialmente, 320 amostras para avaliação.

Com uma legislação recente, regulamentada em 2011, os alimentos orgânicos no Brasil seguem o chamado “controle social para a venda direta sem certificação”, ou seja, se baseiam na confiança do produtor e não exigem a certificação do produto. “Esperamos que o programa tenha sucesso, pois a atuação na área de controle dos alimentos orgânicos ainda é muito tímida. Também é importante a continuidade da ação para assegurar os benefícios alcançados”, aponta Adelia Araújo, gerente do Núcleo de Alimento Seguro e Sustentável do Itep.

As primeiras amostras chegarão ao Itep na próxima semana, provenientes do Estado da Paraíba. Também integram o programa o Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS/Fiocruz-RJ), o Laboratório de Toxicologia da Universidade de Brasília (UnB), o Laboratório de Análises de Resíduos de Pesticidas da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), o Instituto Biológico de São Paulo (IB) e o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar).

Consumo orgânicos

O consumo de alimentos orgânicos no Brasil vem ganhando cada vez mais adeptos interessados em manter uma alimentação mais saudável e livre de agrotóxicos. Segundo dados da Organics Brasil, ligada à Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), o mercado vem crescendo a uma taxa de 25% ao ano desde 2009.  (Foto: Reprodução Internet)

Chapéu de Palha da Fruticulura abre inscrições segunda-feira em ato que contará com a presença do governador Paulo Câmara em Petrolina

Como este Blog já tinha antecipado, o governador Paulo Câmara (PSB) confirmou sua nova visita a Petrolina nesta segunda-feira, 23, para a solenidade que marca o início das atividades do programa Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada. O evento  acontecerá no Centro de Convenções Nilo Coelho, a partir das 8h. O programa que estará em sua 11ª edição neste ano de 2017.

O Governo de Pernambuco começa a cadastrar  os trabalhadores da fruticultura irrigada do Vale do São Francisco para serem beneficiários na edição 2017 do Chapéu de Palha. Além de Câmara, o secretário estadual de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni, também estará na cidade – além de outras autoridades.

As inscrições para a edição 2017 do Chapéu de Palha da Fruticultura Irrigada seguem até o dia 27 deste mês e poderão ser realizadas em 14 polos distribuídos nos municípios de Belém do São Francisco, Cabrobó, Lagoa Grande, Orocó, Petrolândia, Petrolina e Santa Maria da Boa Vista. Podem se inscrever trabalhadores rurais, auxiliares de câmara fria e de casa de embalagem, embaladores ou tratoristas, maiores de 18 anos, que tenham trabalhado com registro em carteira pelo período mínimo de 30 dias corridos entre 1º de junho e 31 de dezembro de 2016.

Também é preciso ser morador de um dos sete municípios contemplados no programa, não sendo aceitos trabalhadores residentes em outras cidades. Nos dias de cadastramento, os trabalhadores precisam levar os originais e cópias dos seguintes documentos: CPF, carteira de identidade, comprovante de residência, número do PIS ou NIS (cartão cidadão ou Bolsa Família), Carteira de Trabalho e contrato de trabalho rescindido.

Dr.Pérsio alerta Betão sobre suposta “manobra eleitoreira” em programa da prefeitura, mas governista minimiza

Dr.PérsioO vereador oposicionista Dr.Pérsio Antunes (PV) fez um alerta ao líder de governo Adalberto Filho ‘Betão’ (PMDB), sobre uma denúncia que recebeu quanto ao Programa ‘Anjo da Guarda’, aprovado pela Casa Plínio Amorim, o qual permite à prefeitura doar cestas básicas para gestantes no pré-natal. Segundo Pérsio, algumas beneficiárias lhe informaram ter recebido um tíquete, em junho deste ano, mas somente na semana passada a administração municipal as convocou para uma reunião, pela qual entregaria as cestas.

Para o oposicionista, a prefeitura estaria se utilizando de uma “manobra eleitoreira” para beneficiar o candidato governista Edinaldo Lima (PMDB). “Desde maio era para entregar essas cestas, mas seguraram até agora para fazer campanha eleitoral”, lamentou, acrescentando que vai estar atento ao fato.

Betão, no entanto, minimizou a denúncia. O líder justificou que o mandato do prefeito Julio Lossio (PMDB) vai até 31 de dezembro, e até lá ele precisa exercer seu papel. “Não é por conta de política que o prefeito tem de parar ou de fazer qualquer benefício para a população”, rebateu.

Ações para revitalizar São Francisco podem chegar a R$ 7 bilhões, diz ministro

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, disse ontem (15) que o programa de revitalização do Rio São Francisco, também chamado de Plano ‘Novo Chico’, lançado na semana passada, poderá ter investimentos de R$ 7 bilhões entre 2017 e 2026, quando serão realizadas ações da segunda fase do programa, desde à proteção e recuperação de nascentes, à contenção de erosões e o replantio de encostas.

As ações de médio prazo serão elaboradas pela Câmara Técnica do programa, que se reuniu ontem pela primeira vez, em Brasília. O grupo, formado por representantes de seis ministérios, terá 90 dias para elaborar as ações prioritárias para a revitalização do São Francisco.

Com isto, estamos subsidiando o Comitê Gestor para que as deliberações que ocorrerão no prazo de 90 dias possam acontecer da maneira mais correta, subsidiada e consistente, de maneira que o conteúdo do plano Novo Chico possa representar efetivamente políticas e ações que permitam que o Rio São Francisco possa viver um novo tempo”, disse o ministro.

Para a primeira etapa do programa, que prevê a conclusão de obras de esgotamento sanitário e abastecimento de água para 217 municípios até 2019, será aplicado um total de R$ 1,16 bilhão. A meta é atender às 505 cidades da bacia, onde vivem 16,5 milhões de pessoas.

Transposição

Barbalho disse que a revitalização do São Francisco é fundamental porque o rio precisa estar em plenas condições de volume e de qualidade de água até a conclusão de sua transposição, prevista para dezembro. Outra frente do Plano de Revitalização será a modernização do processo de irrigação na região do São Francisco. Segundo o ministro, a atividade representa hoje o maior percentual de utilização de água do rio. (fonte: Agência Brasil)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br