Candidato a presidente da UVP quer regionalizar a entidade e capacitar os vereadores

Vereador de São Bento do Una, agreste do estado, André Valença (PSD), encabeça a chapa de oposição nas eleições para a escolha da nova diretoria da UVP – União dos Vereadores de Pernambuco marcadas para o próximo final de semana. A chapa tem integrantes de Petrolina, como os vereadores Ronaldo Silva (PSDB) e Cícero Freire (PR) que se juntam a colegas de outros municípios sertanejos como Afrânio, Triunfo e de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife.

A intenção de Valença é integrar a UVP do litoral ao sertão, e promover a qualificação dos vereadores no estado.”Formamos uma chapa de oposição forte e que visa integrar a nossa entidade em todo o estado. A UVP antes tinha quase todas as Câmaras associadas e hoje possui pouco mais de 90 contribuindo com o trabalho da entidade”, conta Valença.

Outro ponto é fazer valer a força da UVP como sempre teve ao longo de sua existência. “Nossa entidade tem 42 anos de existência. A gestão atual não cumpriu com os verdadeiros objetivos da UVP e por isso resolvemos disputar essa presidência pela oposição”, pontuou André.

O trabalho do candidato a presidente da UVP visa a regionalização do trabalho que pretende criar para preparar melhor os vereadores. “Nós somos legisladores e fiscalizadores. Precisamos saber mais. Somos os político mais próximo da população, por isso precisamos estar preparados para atender a população, principalmente aquela que exige mais do vereador que é a mais carente”, considerou André.

Sendo eleito, André Valença informou que irá andar por todo o estado para filiar as Câmara à UVP, mostrar a importância da entidade e o que ela tem a oferecer a toda a sociedade do litoral ao sertão.

Presidente do Sindicato dos Bancários de Petrolina é reconduzido à presidência da entidade

Uma cerimônia realizada na noite de ontem (10) no salão de festas do Petrolina Palace Hotel marcou a recondução do presidente do Sindicato dos Bancários da cidade, Augusto Ribeiro, ao cargo. A entidade, que responde também pela categoria no Sertão do São Francisco, conta com 26 membros – incluindo o presidente – e já atua na região há 21 anos. Representantes de entidades de outros Estados, bem como da cidade, também prestigiaram a posse. (mais…)

Prefeito de Sertânia entra na disputa pela presidência de Consórcio nos Sertões do Pajeú e Moxotó

O prefeito de Sertânia (PE), Ângelo Ferreira (PSB), confirmou sua candidatura à presidência do Consórcio de Integração dos Municípios do Pajeú e do Moxotó. A decisão aconteceu durante reunião com o secretário Antônio Figueira (Casa Civil), no Recife.

Ângelo terá como companheiros de chapa o prefeito de Tabira, Sebastião Dias (na vice) e o de Santa Terezinha, Vaninho de Danda, como 1º secretário. Participaram da comitiva para o encontro com Figueira os prefeitos Adelmo Moura (Itapetim), Evandro Valadares (São José do Egito) e os ex-prefeitos José Vanderlei (Brejinho) e José Pretinho (Quixaba).

A primeira chapa formalizada para a disputa do Consórcio tem o gestor de Flores, Marcone Santana, como candidato a presidente. (com informações de Anchieta Santos/para o Blog/foto reprodução arquivo)

Atual prefeito de Afogados da Ingazeira caminha para ser reconduzido à presidência da Amupe

O prefeito de Afogados da Ingazeira (PE), José Patriota (PSB), reeleito no ano passado, caminha firme e forte para também ser reconduzido à presidência da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe).

Pelo menos é o que deixou a entender a assembleia geral realizada pela entidade, que alterou o estatuto como forma de reconhecimento ao trabalho realizado por Patriota.

O pleito da Amupe acontecerá em fevereiro e o atual presidente deve ser candidato único. (com informações de Anchieta Patriota/para o Blog)

Deputada Roberta Arraes almeja presidência da Comissão de Agricultura da Alepe

Roberta Arraes não perde tempo. Recém-chegada à Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), a esposa do ex-prefeito de Araripina, Alexandre Arraes, quer assumir a presidência da Comissão de Agricultura, que ficará vaga após a saída de Miguel Coelho (PSB), prefeito de Petrolina. “Sou uma deputada nova, mas sou ousada”, diz.

Seu foco é aproveitar ao máximo o ano e meio de mandato que ela terá antes de tentar a reeleição. Paraibana, formada em Administração, Roberta disputou a primeira eleição em 2014 a pedido do ex-governador Eduardo Campos. Teve 38 mil votos.

“Meu esposo foi candidato a vice. E depois de 2,5 anos ele passou a ser prefeito, após um probleminha que o ex-prefeito Lula Sampaio foi cassado. Nossa vida política começa aí. A de Alexandre e Roberta. Eu como coadjuvante do processo“. A intervenção no município ocorreu em 2012. Com experiência na iniciativa privada – a família é dona de concessionárias – Roberta assumiu o primeiro cargo público após a eleição. Terceira suplente, foi nomeada para a assessoria especial do governador Paulo Câmara (PSB). No cargo, a função era levar demandas do Sertão do Araripe para o governo do Estado. “A gente sabe das dificuldades enfrentadas, mas Paulo tem feito pelo Sertão. E tenho certeza que nesses dois anos ele vai fazer muito mais”, projeta. (Fonte: JC Online/foto reprodução)

Esquenta disputa pela Mesa Diretora da Câmara dos Deputados

Enquanto os pré-candidatos à presidência da Câmara dos Deputados se movimentam durante o recesso em busca dos votos dos colegas, os partidos que ocupam cadeiras na Casa abriram uma disputa que envolve outros cargos da Mesa Diretora considerados estratégicos para as atividades e para o jogo de poder legislativo.

No próximo dia 2 de fevereiro, os parlamentares se reunirão no plenário para definir a nova composição da Mesa Diretora. Além da presidência da Câmara, estão em jogo os cargos de primeiro e segundo vice-presidentes, além do comando de quatro secretarias e quatro vagas de suplentes de secretários.

As primeiras movimentações das bancadas da Câmara em torno desses postos de direção indicam que a definição dos novos integrantes da Mesa Diretora não será fácil. Parte dos cargos são cobiçados por mais de uma sigla. (Fonte: G1 Brasília/foto reprodução)

Belém do São Francisco: Discurso positivista do prefeito e ‘zebra’ na disputa pela presidência da Câmara Municipal marcam dia de posse

Com um discurso de enfrentamento à crise e de recuperação do município, o prefeito de Belém do São Francisco (PE), no Sertão de Itaparica, Licínio Lustosa (PSD/foto) foi empossado ontem (1), juntamente com seu vice, Rômulo Roriz, e os demais vereadores da próxima legislatura. O evento aconteceu no auditório da Faculdade de Ciências Humanas e Exatas do Sertão do São Francisco (Facesf).

Mas o fato inusitado ficou por conta da eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal. Franco favorito para ganhar a presidência, o vereador Vavá do Bode acabou derrotado pelo estreante Joase de Vozinho, que teve o apoio de cinco dos 11 vereadores de oposição.  (foto: Blog Didi Galvão/reprodução)

Em Afrânio, mãe do prefeito Rafael Cavalcanti é eleita por unanimidade presidente da Câmara Municipal

O prefeito empossado de Afrânio (PE), Rafael Cavalcanti (PMDB), está rindo à toa. Depois de derrotar nas eleições municipais do ano passado o grupo do deputado federal Adalberto Cavalcanti (PTB), ele agora terá céu de brigadeiro na Câmara de Vereadores.

Isso porque, além de obter maioria no Legislativo local, o prefeito também viu sua mãe, a vereadora Marlene de Peron (PMDB), garantir a presidência da Câmara com os votos dos 11 vereadores. Ou seja, venceu por unanimidade.

Além de Marlene, a Mesa Diretora tem Zé de Albertina (PSB) como vice-presidente e Cirineu (PMDB) como secretário. O resultado, segundo comentários nas rodas políticas da cidade, deixou Adalberto ainda mais enfraquecido. (foto/reprodução)

Lagoa Grande: Filha de ex-vereador surpreende e será primeira mulher a comandar Câmara Municipal

Em Lagoa Grande, no Sertão do São Francisco, a posse do prefeito eleito Vilmar Cappellaro (PMDB) não deu tanto o que falar quanto à eleição da presidência da Câmara Municipal.

Tudo porque a nova chefe do Legislativo para o biênio 2017/18 será a vereadora Iara Evangelista (de vestido azul). Filha do ex-vereador Joaquim da Rocinha, Iara foi considerada “uma surpresa” por ter conseguido a façanha, sobretudo pelo fato de ser a primeira mulher a comandar a Câmara de Vereadores do município.

Dormentes: Cerimônia concorrida marca posse do prefeito Geomarco, da vice Josimara e dos vereadores

Numa cerimônia concorrida, o novo prefeito de Dormentes (PE), Geomarco Coelho (PSB) e sua vice Josimara Cavalcanti (PTB), tomaram posse em seus respectivos cargos no final da tarde de ontem (1). O evento foi realizado na Câmara Municipal.

Na ocasião os vereadores eleitos e reeleitos também foram empossados. Após a cerimônia, a chapa única para a presidência da Mesa Diretoria foi confirmada com a vereadora Maria do Rosário, a Rosarinha (PSB), que vai comandar o Legislativo local para o biênio 2017/18. O evento foi encerrado com atrações musicais no ginásio de esportes da cidade, na noite de ontem.

Cancão diz que apoiará nova gestão de Osório, mas garante não ter sido ouvido em “entendimento partidário” da Mesa Diretora

Um dos nomes que sonhavam em disputar a presidência da Mesa Diretora da Casa Amorim, o vereador Ronaldo Cancão (PTB) mostrou-se resignado durante a votação da chapa única encabeçada pelo atual presidente, Osório Siqueira (PSB), na noite de ontem (1). Mas foi o único a se abster de votar.

Em sua justificativa, Cancão disse não guardar nenhuma mágoa ou ressentimento e que respeitava “o estado democrático de direito”, referindo-se à chapa de Osório. Declarou também que sua decisão não era por problema pessoal com nenhum companheiro da Casa, mas pelo fato como o processo foi conduzido. “Sou do PTB, Osinaldo é do PTB, mas não fomos ouvidos em momento algum nesse entendimento partidário (da Mesa Diretora)”, desabafou. Apesar disso, Cancão disse que Osório poderá contar com seu apoio, porém vai estar atento para fiscalizar o dinheiro público do Legislativo de Petrolina.

É tetra: Osório obtém maioria esmagadora de votos e vai comandar Casa Plínio Amorim mais uma vez

Duas vezes prefeito interino de Petrolina, campeão absoluto de votos nas eleições municipais do ano passado e detentor de três mandatos como presidente da Câmara Municipal de Petrolina. O vereador Osório Siqueira (PSB) completou essa lista de feitos na noite de ontem (1), ao garantir pela quarta vez a presidência da Casa Plínio Amorim para o biênio 2017/18.

A chapa de Osório tinha ainda Major Enfermeiro (PMDB) como 1º vice-presidente, Gilberto Melo (PR) como 2° vice-presidente, Manoel da Acosap (PTB) como 1º secretário e Gaturiano Pires (PRP) como 2°vice-secretário, e foi a única apresentada.

Como este Blog já havia divulgado, o atual presidente vinha costurando nos bastidores um consenso com seus pares em torno do seu nome, e que acabou se confirmando na prática. Dos 23 vereadores que farão parte da próxima legislatura, Osório conquistou os votos de 20.

Apenas os dois representantes do PT na Casa, Cristina Costa e Professor Gilmar Santos, votaram contra a chapa – além de Ronaldo Cancão (PTB), que se absteve de votar. A eleição levou um grande número de pessoas, que lotaram o plenário da Câmara Municipal.

Osório Siqueira caminha para o tetra na Casa Plínio Amorim

Como este Blog já tinha publicado ontem (30), o atual presidente da Casa Plínio Amorim, vereador Osório Siqueira (PSB), foi o primeiro a oficializar sua chapa na disputa pela presidência da Mesa Diretora. E, pelo visto, será o único.

Tudo caminha para que a chapa de Osório – que ainda tem Major Enfermeiro (PMDB), 1º vice-presidente; Gilberto de Sá Melo (PR), 2° vice-presidente; Manoel Antonio Coelho Neto (PTB), 1º secretário; e Gaturiano Pires da Silva (PRP), 2°vice-secretário – não tenha concorrentes. Uma fonte contou ao Blog que Osório já teria 20 dos 23 votos dos vereadores da próxima legislatura.

Caso isso se confirme, o atual presidente emplacará o quarto mandato à frente da Câmara de Vereadores. Um feito inédito na história da Casa.

Confirmada chapa de Osório Siqueira para disputa pela presidência da Casa Plínio Amorim

A disputa pela presidência da Mesa Diretora da Casa Plínio Amorim já tem uma chapa definida: a do atual presidente, Osório Siqueira (PSB), que tenta o quarto mandato à frente do Legislativo de Petrolina. (mais…)

Miguel diz estar isento sobre presidência da Câmara, mas se mostra confiante na vitória de Osório

Apesar de afirmar que está isento sobre a eleição da presidência da Câmara Municipal de Petrolina, o prefeito eleito Miguel Coelho (PSB) mostra-se confiante na reeleição do colega socialista, Osório Siqueira (PSB).

Durante confraternização com a imprensa local na noite de ontem (29), o futuro gestor disse que sempre pregou a unidade, mas admitiu que o nome de Osório já desponta como colocado.

Desde o começo tenho me colocado muito isento. Eu não acho apropriado um poder interferir no outro. Sempre preguei a unidade, mas pelo que vejo um entendimento já está surgindo, porque o nome que está colocado é o de Osório, e eu vejo que pode sair uma unidade”, disse.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br