Inscrições para Concurso de Quadrilhas Juninas 2017 já estão abertas em Petrolina

Um dos momentos mais marcantes do período junino de Petrolina, o Concurso de Quadrilhas 2017 já está com inscrições abertas. As concorrentes devem seguir rigorosamente os critérios dispostos no regulamento, que está disponível no site da prefeitura (www.petrolina.pe.gov.br).

Cada agremiação deverá ter, no mínimo, 15 pares e os integrantes menores de 18 anos só podem participar mediante autorização dos pais ou responsáveis.

Haverá premiação para o 1º, 2º e 3º lugar respectivamente: R$ 6 mil; R$ 5 mil e R$ 3 mil. As inscrições podem ser feitas até o dia 25 de maio e os interessados em participar podem se inscrever das 8h às 13h na sede da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, localizada no Centro de Convenções Senador Nilo Coelho.

Entre os critérios avaliados durante o concurso estão o casamento, marcador, coreografia, figurino, música e tema. Também serão premiados com troféus especiais os melhores noivo, noiva, marcador, rei, rainha, figurino, torcida e casal matuto.  A disputa entre as quadrilhas acontecerá no dia 15 de junho no Ginásio do Sesc, a partir das 18h. As informações são da assessoria da PMP. (Foto/arquivo Blog)

Médicos da rede municipal de Petrolina rejeitam contraproposta da prefeitura e aprovam indicativo de greve

Os médicos da rede municipal de saúde em Petrolina recusaram, por unanimidade, o prazo de 3 de julho para receber a contraproposta da Prefeitura de Petrolina e aprovaram indicativo de paralisação de advertência para o dia 13 de junho próximo. A decisão foi deliberada em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) da categoria, realizada na última terça-feira (16).

A reunião, com participação expressiva de profissionais da rede ambulatorial e dos postos de Estratégia de Saúde da Família (ESF), foi comandada pelos diretores executivo e regional do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), respectivamente, Walber Steffano e José Alberto Vieira Rosa. Durante o encontro, foram repassadas as informações da negociação da Campanha Salarial junto às secretárias de Saúde, Magnilde Cavalcanti, e de Gestão Administrativa, Luiza Leão, ocorridas na tarde da segunda (15).

Os médicos aprovaram também a proposta de encaminhamento de um novo ofício às secretárias municipais (Saúde e Administração) informando sobre o indicativo de paralisação, que acontecerá na Praça do Bambuzinho, Centro de Petrolina, caso não haja uma reunião até o dia 12/06. O documento vai frisar que, ocorrendo o encontro entre o Simepe e gestão municipal, a categoria se reúne no dia 13, em nova AGE, no mesmo local para avaliar e deliberar os novos rumos do movimento.

Ainda na plenária, a categoria discutiu questões referentes às condições de trabalho e os impactos das reformas  Trabalhista e da Previdência, em tramitação no Congresso Nacional. “Ressaltamos que na AGE da terça-feira (16/05), os médicos de Petrolina demostraram participação, unidade e engajamento. Os médicos rejeitaram o prazo de 3 de julho por considerar como um tempo extremamente longo para as negociar, uma vez que estamos discutindo com a gestão, desde o início do ano, inclusive com os principais itens de reivindicações entregues aos gestores municipais em abril passado“, comentou Steffano. Segundo ele, foi apresentada uma proposta que inclui a valorização do trabalho médico e melhoramentos nas condições de trabalho e de assistência à população.

Defasagem

Para o diretor regional da entidade, José Alberto, a classe médica de Petrolina está em desvantagem quanto às condições salariais e de trabalho, em relação a outras cidades pernambucanas. “Estamos bastante defasados na assistência, nas condições de trabalho e nos salários dos profissionais de saúde, em relação às outras cidades de Pernambuco. Nosso objetivo é continuar discutindo com a gestão para avançarmos”, ponderou. As informações são do Simepe. Em contato com a assessoria de comunidade da Secretaria Municipal de Saúde, o Blog foi informado que a Pasta deve se pronunciar em breve sobre o assunto.

Pavimentação de rua do Bairro Ouro Preto está incluída no cronograma da prefeitura, diz Secretaria

Em resposta às reclamações de comunitários do Bairro Ouro preto, na Zona Oeste de Petrolina, que cobram melhorias na pavimentação da Rua Ataulfo Alves, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade informou que diante da situação, não é possível realizar a operação tapa-buraco no local. “O ideal para resolver o problema da população é o recapeamento total da via”, diz o órgão municipal, em nota.

Ao mesmo tempo, a Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Mobilidade ressaltou que a Rua Ataulfo Alves está incluída no planejamento de ruas a serem pavimentadas, o que será realizado de acordo com as prioridades e disponibilidade de recursos do município.

Morador do Loteamento Recife encontra cascavel dentro de casa e ‘detona’ terrenos baldios

O professor universitário Rogério Fabiano Gonçalves, morador da Rua Raimunda Lira Neto (antiga Rua 23) do Loteamento Recife, zona norte de Petrolina, encontrou uma cobra cascavel dentro de sua residência. Ao Blog ele conta que é comum a presença de outros tipos de animais peçonhentos como aranhas e escorpiões, por exemplo. Ele afirma que o problema se deve aos terrenos baldios no bairro e põe a culpa no “descaso” de certos proprietários. Gonçalves ainda aproveita para alertar a prefeitura sobre a necessidade de realizar monitoramento regular e tomar medidas cabíveis. (mais…)

Corte de mandacaru em entrada de cidade do Norte da Bahia gera polêmica

Um dos mais importantes símbolos da caatinga, o mandacaru pode ser encontrado em inúmeras localidades nordestinas. Mas em Macururé, no norte da Bahia, uma polêmica em torno dessa planta vem gerando repercussão na cidade.

Um grande pé de mandacaru, localizado numa praça na entrada da cidade, foi cortado no último final de semana, causando a indignação de muitos moradores, que utilizaram as redes sociais para falar sobre o assunto.

Segundo informações, o mandacaru estava no local há mais de uma década. Os motivos pelos quais a planta foi cortada, no entanto, não foram informados. Segundo informações do site Chorrochó Online, mesmo após apelo de moradores, a prefeitura decidiu cortar o símbolo da região e da bandeira do município. (foto: Chorrochó Online/reprodução)

Atraso em pagamento de ‘sementeiras’ gera discussão na Casa Plínio Amorim; prefeitura esclarece

Um dos integrantes da bancada de oposição na Casa Plínio Amorim, o vereador Domingos de Cristália (PSL) criticou ontem (11) um suposto atraso no pagamento dos salários das ‘sementeiras’ – as funcionárias que trabalham nas creches do Nova Semente em Petrolina. Num tom duro, Domingos afirmou que essa “não era a realidade” do programa na gestão passada, do ex-prefeito Julio Lossio (PMDB), que sempre pagou em dia as sementeiras.

Mas o governista Ronaldo Cancão (PTB) não gostou e revidou o comentário. Embora tivesse admitido o atraso, Cancão atribuiu os problemas enfrentados pela atual gestão à “herança maldita” do governo anterior. “Não está sendo fácil ter de pagar mais de R$ 150 milhões de dívidas, e ainda ter de administrar o município”, alfinetou.

A Prefeitura de Petrolina, por sua vez, justificou que o atraso só foi apenas de dois a mais do prazo legal de pagamento. De acordo com a administração, o dinheiro já está na conta e até o final do dia de hoje (12) as sementeiras receberão seus salários. O responsável pelo pagamento das funcionários é o Petrape, a exemplo da gestão passada.

Professor critica “abandono” de praça na Avenida da Integração

O cenário de abandono pelo qual se encontra uma praça localizada na Avenida da Integração, em Petrolina, serviu de desabafo para um morador da área. De acordo com o professor René Cordeiro, há alguns meses a praça não é limpa e o mato começa a tomar conta. Ele diz ainda que leva um regador do prédio onde mora para molhar as plantas no local, e pede uma intervenção da prefeitura para reverter essa realidade.

Confiram:

Prezado Carlos Britto, bom dia!

Faz uns meses que a prefeitura não vem mais limpar a praça próximo onde moro. O mato está tomando conta da praça. Tenho plantado algumas mudas de árvores da caatinga e cuidado delas, junto com outra pessoa que mora ao lado da praça e que me ajuda.

A praça precisa urgentemente de uma boa limpeza e reparos, bem como de um ponto de água. A praça fica localizada na Avenida da Integração, em Petrolina, próximo ao número 870, perto dos Edifícios Torre do Olimpo e Premium e da nova unidade da Unimed/Petrolina.

Na praça existem brinquedos sucateados, equipamentos de exercícios quase todos quebrados. É uma praça muito agradável e que precisa de cuidados.

Estou fazendo minha parte em relação à arborização. Não tem um ponto de água. Carrego um regador do prédio onde moro para molhar as plantas. Peço por favor que divulgue no Blog e nos ajude. Ficaremos muito agradecidos.

René Cordeiro/Professor

Câmara de Juazeiro sedia audiência pública sobre população LGBT

A Prefeitura de Juazeiro/BA realizará, na próxima terça-feira (16), através da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade, a primeira audiência pública voltada para a população LGBT. O evento marcado para a Câmara de Vereadores da vizinha cidade, será realizada das 8h às 13h com o tema “Cidadania para a População LGBT, um Direito Constitucional”. A programação está inserida na 4ª edição do Maio da Diversidade.

O objetivo é discutir questões de saúde, educação, segurança, assistência social e nome social. “São políticas fundamentais para a garantia da cidadania para a população LGBT. O governo municipal vem estruturando as políticas públicas dos direitos humanos para esta parcela da população, fortalecendo instrumentos importantes para a promoção e o acesso desta aos diversos setores. Este evento é mais uma forma de mostrar a preocupação da administração com as questões que envolvem este público“, destacou a diretora da Diversidade, Luana Rodrigues.

Dentre as ações já realizadas no município, voltadas para o público LGBT estão: a criação da Diretoria de Diversidade na estrutura administrativa da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade; a reativação do Conselho Municipal de Direitos Humanos; a campanha municipal “Juazeiro Sem Homofobia” – que agora em seu quarto ano amplia-se e torna-se “Juazeiro Sem LGBTFOBIA”-; o Fórum Municipal Juazeiro sem HOMOFOBIA (edições realizadas entre 2014 e 2016), a realização da I Conferência Regional LGBT (2016), a participação de delegação municipal na Conferência Estadual e Nacional, além da participação nas edições do Maio da Diversidade do Estado da Bahia.

“Essas ações reafirmam a seriedade deste governo para com a política de direitos humanos e coloca Juazeiro como cenário importante no estado e no Território Sertão do Francisco”, completou Luana. (Ilustração: Ascom)

 

 

 

Ministério da Integração exclui Curaçá da Operação Carro-pipa, mas prefeitura corrige situação

A Prefeitura de Curaçá, no norte da Bahia, por meio de sua assessoria, emitiu uma nota para esclarecer sobre a interrupção do abastecimento d’água pela Operação Carro-pipa, do governo federal. Conforme a prefeitura, houve um equívoco do Ministério da Integração, que pediu a exclusão do serviço na ‘Terra do Vaqueiro’.

Acompanhem:

O Governo Municipal de Curaçá vem a público esclarecer o mal entendido com relação à interrupção do abastecimento d’água pela operação Carro-pipa. Esse governo conhece a realidade do município, o sofrimento que a estiagem prolongada vem causando a toda população.

Dessa forma, não há qualquer possibilidade de solicitar que a operação em questão fosse interrompida, mas sim solicitar que medidas para melhorar a qualidade do serviço, que atende muitas famílias de Curaçá, fossem adotadas.

Esclarecemos que, por equívoco, o Ministério da Integração pediu a exclusão do Município de Curaçá da Operação Carro-pipa Federal, situação que, logo constatada, foi imediatamente corrigida, conforme segue na comunicação anexa (veja aqui).

PMC/Ascom

Após celeuma, coordenador de programa de médicos residentes confirma acordo mantido entre prefeitura e Univasf

Após a recente celeuma provocada pela divulgação de uma nota da coordenação do Programa de Residência de Medicina de Família e Comunidade (PRMFC), idealizado pela Universidade Federal do Vale do São Francisco, a qual afirmava que a Prefeitura de Petrolina iria retirar alguns médicos residentes de unidades da AME, o coordenador do PRMFC, Flávio Arcângelis, veio a público confirmar que o acordo foi cumprido. A secretária de Saúde, Magnilde Albuquerque, já havia adiantado ao Blog que esse acordo seria mantido.

Confiram a nota do coordenador, na íntegra:

É com grande satisfação que anunciamos o cumprimento do acordo por parte da Prefeitura de Petrolina no que tange às necessidades do Programa de Residência Médica de Medicina de Família e Comunidade (PRMFC-UNIVASF). Após o impasse inicial entre as instituições, tanto o Prefeito Miguel Coelho quanto a Secretária de Saúde Magnilde Albuquerque anunciaram que resolveriam o problema, e assim o fizeram. Os médicos-preceptores que são responsáveis pela especialização dos médicos-residentes nas sete unidades de saúde participantes do programa foram devidamente contratados e remunerados. Com a medida, firmou-se o compromisso de manutenção do modelo técnico-assistencial e pedagógico do Programa.

Agradecemos a Prefeitura/SMS de Petrolina pela sensibilidade de manter esse importante programa. Atualmente o programa é responsável pela especialização de 25 médicos nas AMES dos seguintes bairros: Areia Branca, Antônio Cassimiro, Ouro Preto, Vila Eduardo, Jardim Amazonas, Henrique Leite e Pedra Linda. Ao todo, a ação garantiu a manutenção do atendimento médico de cerca de 100 mil pessoas em nossa cidade.

Aproveitamos a oportunidade para agradecer ao reitor da Univasf, o Prof. Julianeli Tolentino e o vice-reitor, Prof. Télio Nobre, ambos fundamentais no processo de negociação.

Seguimos buscando melhorar as condições de vida e de saúde do nosso querido povo de Petrolina. Contem conosco.

Flávio Arcângelis/Coordenação do PRMFC

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br