Depois de denúncia do Blog, Prefeitura de Juazeiro recupera ponto das barquinhas

Depois de noticiado por este Blog o acidente com uma senhora no ponto das barquinhas de Juazeiro (BA), a prefeitura municipal resolveu tomar providências e recuperar a área. Conforme nota da Secretaria de Serviços Públicos (Sesp), “para conforto e segurança aos pedestres que trafegam pelas rampas de acesso às barquinhas na Orla de Juazeiro“, a intervenção começou nesta segunda-feira (16) com a recuperação e a reposição dos paralelos das rampas.

O secretário da Sesp, Celso Leal, explica que a iniciativa vai melhorar a mobilidade dos usuários que andam no local, além de facilitar o deslocamento das pessoas. “Esse é um trabalho primordial para o bom andamento do tráfego e da mobilidade da cidade, pois garante ao cidadão o direito de ir e vir. Por isso a Sesp está recuperando as rampas danificadas para mantê-las em bom estado de conservação, além de assegurar conforto e segurança ao cidadão“, ressaltou.

O secretário destaca que é importante também a colaboração da população em cuidar dos espaços públicos. “As pessoas devem se lembrar de que esses espaços pertencem a elas mesmas, e que por isso também são responsáveis por sua conservação”, finalizou. (Foto: Ascom/PMJ/Divulgação)

Lixo retirado do Velho Chico e exposto na Orla de Petrolina finalmente é recolhido e terá destino certo

Após reclamações, o lixo retirado do Rio São Francisco através de uma campanha ambiental e colocado próximo ao Ponto das Barquinhas, na Orla de Petrolina, foi finalmente recolhido. Os objetos estavam no local há quase dois meses.

A comunidade temia que o lixo voltasse para o rio, mas a atual administração fez o recolhimento dos materiais, em parceria com a Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA) e a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis de Petrolina (Coomarca).

Usuários cobram estrutura do Ponto das Barquinhas e Orla I em Petrolina

escadaria-orla-i-ponto-das-barquinhas

Um dos cartões postais de Petrolina, a Orla I sofre com o problema da falta de acessibilidade, o que atrapalha o dia a dia de quem passa pelo local. A falta de infraestrutura gera muitas reclamações e insatisfação do serviço, além da falta de conforto no local. Para chegar até o ponto onde as embarcações atracam, os usuários precisam descer mais de 15 degraus de uma escadaria. Na volta, o percurso é o mesmo. O problema é antigo e, apesar das reclamações, nenhuma ação foi feita para melhorar o acesso.

A situação é pior para quem tem algum problema de mobilidade ou coordenação motora. Idosos e crianças também sofrem para utilizar o serviço, e a situação se complica no período chuvoso, como este Blog já mostrou em várias matérias.

Não há conforto algum no ponto das barquinhas. Algumas árvores servem de base para as pessoas esperarem as embarcações, se não quiserem ficar debaixo do sol escaldante. “Era preciso uma cobertura e bancos para as pessoas sentarem. Vejo muitos senhores e crianças no sol quente e ninguém faz nada”, conta o estudante Bruno Tavares.

Quem precisa pegar as barquinhas diariamente é a faxineira Maria de Lourdes Santos. “A cidade ainda não está preparada para as pessoas que têm algum tipo de dificuldade de locomoção. Eu tenho 38 anos e já sinto dificuldade em andar nessa areia aqui. Subir na escada também não é fácil, era melhor uma rampa. Aqui também era para ser pavimentado”, diz ela, que mora em Juazeiro (BA), mas trabalha em Petrolina. Sobre as reclamações, a reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura de Petrolina, que ficou de enviar uma resposta.

Lixo retirado do fundo do Rio São Francisco é exposto na Orla de Juazeiro

lixo-orla-juazeiro

Mais uma ação ambiental em favor do Rio São Francisco foi realizada em Juazeiro (BA) neste domingo (27). Durante toda a manhã as equipes de solo e água se uniram novamente para limpar as margens e o leito do Velho Chico. Mergulhadores retiraram vários objetos das águas e, assim como o ocorrido no último dia 13 em Petrolina, o lixo foi empilhado no Ponto das Barquinhas, na cidade baiana.

A quantidade de lixo chamou a atenção das pessoas que passaram pelo local na manhã desta segunda-feira (28). As ações realizadas pelo Movimento ‘#Salve Chico’ são totalmente voluntárias. O intuito é alertar a sociedade para a preservação do rio, que está cada dia mais prejudicado pela ação do homem.

Mobilização pela preservação do Rio São Francisco acontecerá neste domingo na Orla de Petrolina

Uma mobilização pela preservação do Rio São Francisco está marcada para acontecer neste domingo (13), no Ponto das Barquinhas, Orla de Petrolina. O convite está sendo feito via redes sociais.

O objetivo é reunir o máximo de pessoas possível para o ato público.

O movimento, que também servirá como clamor pela conscientização ambiental, está marcado para começar  às 8h. Os organizadores pedem no convite para que as pessoas se dirijam ao local trajadas de luto.

Corpo é encontrado boiando no Rio São Francisco na Orla de Petrolina

O corpo de um homem foi encontrado na manhã desta sexta-feira (4) às margens do Rio São Francisco, próximo ao Ponto das Barquinhas, na Orla de Petrolina.

Ainda sem identificação, o corpo deve ser encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), para exames periciais e identificação das causas da morte. (foto/reprodução WhatsApp)

Moradores da área central de Petrolina reúnem-se com mototaxistas em busca de soluções para demandas

foto

Moradores das imediações da Orla de Petrolina, área central da cidade, reuniram-se com mototaxistas que atuam no local  para discutirem demandas para área. Entre os assuntos debatidos estavam melhorias no acesso das barcas e na segurança da orla, além da implantação de banheiros químicos.

Segundo os moradores, a falta de segurança assusta a população. Outra queixa levantada na reunião, realizada na última segunda-feira (17), foi a falta de higiene de algumas pessoas que urinam naquelas imediações.

O encontro entre os comunitários e os mototaxistas contou com a presença do vereador Edilson Leite, o ‘Edilsão do Trânsito’, o qual se comprometeu a levar as queixas à Casa Plínio Amorim.

Cruzes no ponto das barquinhas chamam a atenção para a preservação do Rio São Francisco

[slider id=”cruzes-rio-sao-francisco”]

Um protesto silencioso chamou a atenção de quem passou pelo ponto das barquinhas, na Orla de Petrolina, nesta terça-feira (1º). Várias cruzes foram fincadas na areia com mensagens de preservação do Rio São Francisco. Nesta sexta-feira (4), o rio completa 512 anos.

Dezenas de cruzes traziam as frases “Cuidar do rio é cuidar de você”, “O Velho Chico não pode morrer”, “O Rio é nossa fonte de vida”, entre outras. Não há informações de quem teria sido a iniciativa e até quando as cruzes ficarão no local.

Corpo de moradora de rua é encontrado no ponto das barquinhas

Orla RioO corpo de uma mulher foi encontrado no início da manhã de hoje (26) na Orla de Petrolina. Segundo informações da Polícia Militar, a vítima era moradora de rua e teria sido assassinada.

O corpo foi visto pelos usuários da barquinha, que acionaram a polícia. A mulher é conhecida como Rosinha e vivia entre as ruas da Orla e do Centro da cidade.

A moradora de rua estava com uma corda amarrada no pescoço e foi retirada da água pelo Corpo de Bombeiros. Segundo o perito criminal da Polícia Civil, Fernando Carvalho, o corpo ainda apresentava várias lesões que teriam sido provocadas por algum instrumento contundente, como pedra.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br