Policial do 8ºBPM em Salgueiro se destaca em competição de jiu-jitsu no Ceará

O 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM) em Salgueiro (PE), Sertão Central, se destacou no Campeonato Pan-Americano de Jiu-Jitsu, realizado no último final de semana em Fortaleza (CE). O policial militar Terliano foi o responsável pelo feito.

Ele obteve a segunda colocação na Categoria Master-I e também na Categoria Master-II, além do terceiro lugar na Categoria Master I Absoluto. Incentivado pela tropa, o Terliano conta com o apoio do comandante do 8ºBPM, tenente-coronel Isaac Guerra, que apoia a prática de esportes por parte dos policiais. Prova disso é que o próprio comandante aplica frequentemente instruções esportivas para a tropa do Batalhão Agamenon Magalhães.

Vale lembrar que no último campeonato, que contou com a presença de esportistas de renome em lutas de UFC e outras categorias, o Terliano concorria com mais de mil atletas. (Foto: 8º BPM divulgação)

Motociclista embriagado agride policial e é detido em Senhor do Bonfim

Um homem de 28 anos foi detido na noite de ontem (1), na cidade de Senhor do Bonfim, após agredir um PM. Segundo informações do 6° Batalhão de Polícia Militar (BPM), ele conduzia uma motocicleta Honda Titan 150, cor prata, e estava visivelmente embriagado.

Ao ser abordado, o acusado agrediu o policial e acabou sendo detido. Em seguida, ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil (DPC), onde foi registrada a ocorrência.

Após agressão a policial, Justiça suspende atividades eleitorais em cidade do norte baiano

filadelfia-bahiaA Justiça Eleitoral suspendeu passeatas, carreatas, comícios, carros de som e execução de jingles na cidade de Filadélfia, no norte da Bahia. Segundo a decisão da juíza Rafaele Curvello Guedes dos Anjos, da 149ª Zona Eleitoral, caso a decisão seja descumprida, está autorizada a interrupção do fornecimento de energia elétrica em comícios irregulares. As informações são do site Bahia Notícias.

De acordo com a juíza, a determinação foi motivada após o atual prefeito e candidato à reeleição, Barbosa Júnior (PDT), incitar violência contra o subtenente da Polícia Militar, Adnaldo José dos Santos Júnior, que constatou irregularidade no uso do carro de som de sua campanha.

Ao pedir que o veículo fosse desligado, o PM teve a ordem descumprida pelo motorista, momento em que o prefeito teria afirmado que era ele “quem mandava na cidade”. Ainda de acordo com a peça, o subtenente teve uma pedra de gelo arremessada contra sua cabeça, dando início a uma confusão. “Nesse momento, várias pessoas partiram para cima do mesmo para agredi-lo, incluindo o prefeito e o motorista do veículo”. A chapa que descumprir a decisão terá que pagar multa R$ 20 mil.

O fato

A agressão ao policial aconteceu na última sexta-feira (23), próximo a um hospital, segundo informou o 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Ao ser agredido, o PM efetuou um disparo para cima. “Em seguida, o mesmo tropeçou e caiu, momento em que pegaram sua arma. O PM teve leve escoriações“, explicou o 6º BPM, em nota. Policiais da 5ª Companhia do 6º BPM localizaram a arma do policial, que foi deixada em via pública. Ainda segundo o Batalhão, o policial agredido estava a serviço do Ministério Público da Bahia (MP-BA). (foto/reprodução)

Policial do 6º BPM sagra-se campeão de Jiu-jitsu em Brasília

pm-senhor-do-bonfim-6o-bpm

O soldado PM Edenilton Gracenio, do 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM) em Senhor do Bonfim, no norte da Bahia, sagrou-se campeão da 1ª Copa ‘Faca na Caveira’, realizada em Brasília (DF), nos dias 17 e 18 de setembro. A competição foi promovida pela PM do Distrito Federal, com participação da Federação Brasiliense de Jiu-jitsu, que cedeu os árbitros.

Além da primeira colocação na categoria faixa marrom, peso médio, o soldado Gracenio alcançou o terceiro lugar na categoria de peso absoluto.

Gostaria de agradecer primeiramente a Deus, que permitiu que eu fizesse uma viagem em paz. Depois,  agradecer a toda minha equipe WS, à equipe de jiu-jitsu policial militar Keisatsukan jiu-jitsu do 6º BPM, toda equipe Caatinga Fight, sob o comando de Diego Shynninha, galera que tem me ajudado muito nos treinos. Agradecer pelo apoio do 6º Batalhão de Polícia Militar, sob o comando do tenente-coronel Soares, apoio esse que tornou possível minha participação no evento”, declarou o campeão. (foto/divulgação)

Tentou roubar celular e se deu mal

bandido preso centro de petrolinaUm bandido se deu mal na manhã deste sábado (29) em Petrolina. Segundo informações repassadas ao Blog, o elemento – ainda não identificado – tentou assaltar uma garota com uma faca, no Centro da cidade, chegando inclusive a levar o aparelho celular da vítima.

O que o suspeito não esperava é que no momento do delito um policial passava pelas proximidades e prendeu o suspeito, que foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil (DPC).

Senhor do Bonfim: Policial prende homem armado e apreende dois menores no seu retorno para casa

arma e touca brucutuUm policial da Companhia de Emprego Tático Operacional (Ceto) do 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM), em Senhor do Bonfim, norte da Bahia, prendeu um homem e apreendeu dois adolescentes por porte ilegal de arma de fogo. O fato aconteceu quando ele retornava para casa, ao fim do serviço, na terça-feira (11), nas proximidades da estação de trem de Senhor do Bonfim, Bairro Gamboa.

De acordo com o 6º BPM, o policial caminhava para sua residência, quando avistou três pessoas em atitude suspeita, que, ao notar a presença do militar fardado, tentaram evadir-se. O PM abordou os suspeitos, apreendendo com os envolvidos um revólver calibre 32 com cinco munições e uma touca tipo ‘brucutu’. Policiais de serviço no quartel, que é próximo do local e, posteriormente, uma guarnição do 6º BPM, prestaram apoio para concluir a prisão.

Gilberto Camilo da Silva Filho, de 23 anos, e dois adolescentes de 14 e 17 anos foram apresentados, juntamente com a arma e a touca, na delegacia de Polícia Civil, onde Gilberto foi autuado em flagrante. (foto/divulgação)

Eletricista que teve fiança paga por policial após tentar furtar 7kg de carne se diz arrependido: “Desespero”

eletricista fiançaPreso por tentar furtar 7 kg de carne de um mercado para ter o que comer e ser liberado após uma policial pagar a fiança, o eletricista desempregado Mário Ferreira Lima se disse arrependido do crime e classificou a própria situação como “desespero“. “A pior que coisa existe na vida da gente é não poder alimentar o próprio filho”, disse.

Ele foi preso nesta quarta-feira (13) em um mercado de Santa Maria em Brasília (DF) e sensibilizou os policiais civis, que decidiram dar um final diferente à história. Além de pagar a fiança, eles fizeram compras para Lima, que contou em depoimento ter praticado o crime para alimentar o filho de 12 anos. O homem cria o menino sozinho desde que a mulher se mudou para a casa de um filho mais velho, de outro casamento, para se recuperar das sequelas de um acidente.

O desempregado contou que se confundiu com as datas e achou que já tivesse caído na conta os R$ 70 que recebe mensalmente por meio do Programa Bolsa Família. Ele foi então ao mercado comprar banana, pão e carne.

Na hora de passar as compras no caixa, o homem descobriu que o valor que tinha levado – R$ 7 – era insuficiente e tentou esconder a carne na bolsa. O alimento custava R$ 26. A ação foi flagrada pelas câmeras de segurança, e o dono do estabelecimento não aceitou as desculpas do ladrão e acionou a polícia.

O agente da Polícia Civil Ricardo Machado conta que o desempregado desmaiou pouco depois de chegar à delegacia, quando ouviu que ficaria preso. Questionado se estava bem, o homem respondeu que estava sem comer havia dois dias, porque deixou o filho consumir sozinho o pão que restava em casa, e que estava preocupado porque não havia alguém para cuidar do menino.

Machado terminou de ouvir a história do suspeito – que narrou ter perdido o emprego com carteira assinada por ter precisado acompanhar a mulher nos oito meses em que ela ficou internada em coma no hospital – e procurou os colegas. “Dei a ele R$ 30 para pagar a carne e depois fui contar aos colegas o que estava acontecendo no plantão. Ficou todo mundo comovido, e logo um tirou R$ 5, outro R$ 10, outro R$ 20 do bolso”, lembra.

A ocorrência foi registrada na delegacia do Gama Oeste, e a fiança foi estipulada em R$ 270. Sensibilizada, uma agente pagou sozinha o valor, enquanto os colegas arrecadavam mais dinheiro para comprar mantimentos para o ladrão. Quatro policiais acompanharam o eletricista desempregado até o supermercado, onde compraram arroz, feijão, macarrão, biscoito e itens de higiene.

“Estado de Necessidade”

O eletricista disse esperar nunca mais passar por isso e afirmou que deseja conseguir um emprego e restituir a família. A agente da Polícia Civil Kelen Lemos, que também colaborou na vaquinha, conta que nada justifica o crime. “Em nenhum momento a intenção é de fomentar o crime [mas não tem como não se comover e não tentar ajudar]“.

O presidente da Comissão de Ciências Criminais e Segurança Pública da Ordem dos Advogados do Brasil, Alexandre Queiroz, disse que a defesa pode buscar enquadrar o caso do eletricista como “estado de necessidade”, se ficar comprovado que ele não tinha mesmo outras condições de conseguir alimento.

O advogado disse, no entanto, ser importante que as autoridades fiquem alertas às mazelas sociais e que casos como esse não sejam estimulados.

“A meu ver os policiais agiram acertadamente, até porque eles cumpriram com as formalidades. E é importante deixar isso claro, eles cumpriram com as formalidades. Como cidadãos foi que eles se sensibilizaram e pagaram a fiança, e o policial, pelo tipo de trabalho que exerce, tem essa sensibilidade de enxergar as pessoas. Mas não se pode esquecer que houve um crime“, declarou. (fonte/foto: G1-DF)

Vídeo Blog: Mãe do PM Edjemmy fala de sua dor

Homem é encontrado morto com mãos amarradas no Distrito Industrial de Petrolina

ViolênciaO corpo de um homem – ainda não identificado – foi encontrado com vários disparos de arma de fogo no Distrito Industrial de Petrolina, na manhã de hoje (23).

De acordo com informações do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), a vítima estava com as mãos amarradas e os disparos foram efetuados na altura da cabeça.

O corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), para os procedimentos cadavéricos. A Polícia Civil deve investigar o caso.

Polícia frustra tentativa de assalto em rodovia de acesso a Rajada e fere um dos bandidos

arma apreendida/Foto: 5° BPMPoliciais militares em Petrolina conseguiram frustrar nesta sexta-feira (3) uma tentativa de assalto na BR-407, próximo ao distrito de Rajada, Zona Rural da cidade.

Segundo boletim do 5° BPM, a polícia foi informada que dois elementos armados haviam feito um bloqueio na rodovia utilizando paus e pedras, e atiravam contra os veículos que conseguiam furar o bloqueio.

Assim que tomou conhecimento do fato, o batalhão acionou para o local as viaturas localizadas nas cidades de Afrânio e Dormentes, além das do polígono Pedro Baiano e Rajada.

Os bandidos ainda conseguiram fazer de refém um motorista de uma carreta. Ao avistarem os policiais, eles atiraram contra os mesmos e houve revide. A dupla, no entanto, conseguiu fugir pela caatinga, levando o dinheiro do motorista.

Um dos acusados, Tadeu de Sá Santos, 19 anos, residente no bairro Jardim Amazonas, foi localizado e detido com um revólver calibre 38, de numeração raspada. Ele usada uma touca ninja para não ser reconhecido nos assaltos e foi ferido com um tiro na cabeça, sendo socorrido para o hospital de Afrânio. Em seguida foi conduzido para o Hospital de Urgências e Traumas (HUT), em Petrolina, onde se encontra custodiado. Os policiais continuam do encalço do outro assaltante, inclusive com uma guarnição da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Até agora o que se sabe é que o primeiro nome dele é Fabiano.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br