Vereador Professor Gilmar Santos lança plenária popular ‘Coletivo na Rua’

Como parte do Mandato Coletivo, como denomina sua atuação na Câmara de Petrolina, o vereador professor Gilmar Santos (PT) promoveu no sábado, 18, a I Plenária Popular “Coletivo Na Rua”. A ação reuniu lideranças comunitárias e moradores engajados na luta por melhoria na qualidade de vida da população dos bairros Terra do Sul, Mandacaru, Santa Luzia, São Jorge, José e Maria e comunidades adjacentes.

O encontro aconteceu em frente à Igreja do bairro, ao lado de um terreno em que a comunidade sonha que sejam construídas uma quadra poliesportiva e uma escola pública. Atualmente, o terreno é objeto de disputa com a paróquia do bairro, que já usufrui de uma parte significativa da área, conforme os moradores.

O local foi escolhido  simbolicamente por se tratar de um espaço que congrega a luta e o sonho de lideranças comunitárias para a melhoria do bairro. Os depoimentos dos mais de 50 presentes expressavam, por um lado, a surpresa em ver um político indo à comunidade depois das eleições para ouvir e debater com o povo, e por outro lado, muita disposição das lideranças e dos comunitários em participar das discussões sobre políticas públicas de modo mais amplo, planejado e sistemático.

O morador do Santa Luzia, Francisco Luiz citou a importância de se ter maior participação popular no desenvolvimento e efetivação do Plano Diretor da cidade. Já Pedro Japão, presidente da Associação dos Moradores do Bairro Mandacaru, sugeriu que seria importante haver uma sessão da Câmara na comunidade.

“As sugestões serão encaminhadas aos colegas na Câmara de Vereadores a fim de garantir, de modo cada vez mais profundo, o diálogo entre o legislativo com o povo e por sua vez, que o resultado desse diálogo possa ser ouvido e atendido pelo o prefeito Miguel Coelho”, assegurou Gilmar. Conforme o petista, ele chegou ao Legislativo Municipal para diminuir o caminho entre as comunidades, suas demandas e assim, através do mandado, colocar em prática essas reivindicações.

“São muitas as demandas naquela região e acredito que em muitas partes de nossa cidade. Vamos levantar essas reivindicações e encaminhar também através de indicações para as secretarias e demais órgãos envolvidos. Depois iremos cobrar a execução, com a fiscalização que temos que fazer como representante de um mandato coletivo na Câmara”, disse o Professor Gilmar.

Conselho de Cultura de Juazeiro realiza primeira plenária do ano

Com a presença do superintendente de Cultura, Maurício Dias (Mauriçola), o Conselho Municipal de Cultura de Juazeiro (BA) realizou na sexta-feira (13) a primeira plenária do ano. O presidente da entidade, Elder Ferrari, destacou as ações realizadas em 2016 e disse que houve vários avanços na construção do Plano Municipal de Cultura.

“Esse é nosso maior desafio, pois representa uma etapa para implantação do sistema de cultura juntamente com a criação do fundo de cultura que possibilitará a classe sair do papel de pedinte“, frisou. Ele explicou como funciona os recursos do Fundo de Cultura e pediu a participação e empenho de todos os conselheiros para priorizar a finalização do Plano.

Também solicitou do secretário Sérgio Fernandes a colaboração e agilidade nos processos referentes às leis de criação do fundo, que já foram encaminhados à Procuradoria.

O presidente do Conselho Estadual de Cultura, Márcio Ângelo, também participou da reunião e frisou que é preciso ter política pública para dar sustentabilidade e continuidade aos segmentos. “Nossa preocupação é que com essa crise. A primeira coisa que os governantes fazem é cortar gastos de cultura. Nossa esperança é a municipalidade. Aqui em Juazeiro temos um conselho forte, que já construiu muita coisa e editais de cultura que só aqui, Camaçari e Salvador fazem. Assim se democratiza a cultura e  se usa a ferramenta de política pública. Vamos torcer para que se amplie isso no município e haja um avanço nessa nova gestão”, disse Márcio. (foto/divulgação)

Gestores culturais debatem nova conjuntura política cultural em plenária realizada em Juazeiro

Em plenária do Conselho Estadual de Cultura (CEC) realizada esta semana em Juazeiro (BA), diversos organismos culturais e representações da cultura nacional, do estado e do município debateram a atual conjuntura política da Cultura no país, com reflexos no Estado e nos municípios baianos.

O Conselho Estadual de Cultura também discutiu as políticas implantadas no estado, os impactos da extinção do Ministério da Cultura (MinC) e os próximos passos frente ao atual cenário do Brasil. Parte da classe artística de Juazeiro se fez presente, além de movimentos ligados à cultura local e o Conselho Municipal de Cultura (CMC). Diversos temas foram explorados e aprofundados pelos palestrantes, visando uma interação maior com todos os participantes do encontro.

O encontro ainda contou com a presença dos conselheiros de, pelo menos, três territórios baianos (Sertão do São Francisco, Piemonte Norte do Itapicuru e Itaparica), além de artistas e agentes culturais locais e com um debate com o ex-gestor de políticas culturais do MinC, Pedro Vasconcellos.

Vasconcellos contextualizou as políticas culturais executadas no país nos últimos 13 anos, mostrando a importância da descentralização da atual gestão do Conselho, que estabelece um rico diálogo entre a capital e o interior. “Essa energia da diversidade cultural brasileira, as reflexões que foram fortalecidas e tiveram visibilidade se devem ao ciclo econômico e social que o Brasil experimentou nos últimos anos“, pontuou Vasconcellos.

Interiorização

Houve ainda um debate com integrantes do Conselho Estadual, sobre sistemas de cultura no âmbito estadual e municipal sobre a importância de fortalecer as políticas culturais no interior da Bahia. “Foi um dia de intensa mobilização a favor da Cultura em todo o estado, e principalmente em Juazeiro“, avaliou o presidente do Conselho Estadual de Cultura, Márcio Ângelo Ribeiro. (foto/divulgação)

Policiais civis da Bahia realizarão plenária para discutir orçamento estadual e cobrar convocação de aprovados em concurso

policiais civis da Bahia

Escrivães, investigadores e aprovados no concurso público de 2013 realizado pela Polícia Civil baiana vão promover uma grande plenária para debater o orçamento público estadual, sob o tema “Desvendado As Contas do Governo”. O palestrante será o auditor fiscal da Controladoria Geral da União (CGU), Filipe Leão Marques. O evento acontece das 9h às 12h, no auditório da Ordem dos Advogados (OAB), localizada na Piedade, Centro de Salvador.

O objetivo da plenária é discutir as finanças do governo do estado e apontar argumentos sólidos para pressionar e reivindicar ao governador Rui Costa o enquadramento dos escrivães e investigadores na tabela salarial de nível superior, conforme já consta na Lei Orgânica de 2009 (nº 11.370\2009). Eles também querem a nomeação dos 800 aprovados do último concurso público da Polícia Civil, os quais ainda aguardam a convocação há três anos. (foto: assessoria/divulgação)

PSOL de Petrolina fará nova plenária para debater eleições municipais e chapa majoritária

ato. psol[1]2Mobilizando-se para a campanha municipal que se aproxima, o PSOL de Petrolina fará um novo encontro na cidade com seus filiados e simpatizantes.

A plenária da legenda está marcada para esta quarta-feira (17), na Biblioteca Municipal Jornalista Cid Carvalho (próximo ao Centro de Convenções Senador Nilo Coelho), às 19h. Uma das pautas em discussão deverá ser o nome do pré-candidato do partido para disputar a prefeitura nas eleições deste ano. (foto/arquivo)

Plenária em Juazeiro nesta quinta irá definir comissão eleitoral responsável pela escolha do novo Conselho Municipal da Juventude

A Secretaria Municipal de Cultura e Juventude (Secju) de Juazeiro (BA) lançará ainda este mês o edital de convocação para Assembleia de Eleição do Conselho Municipal de Juventude (CMJ). As entidades eleitas da sociedade civil irão integrar o Conselho para o biênio 2016-2018.

A Secju convida as instituições que desenvolvem ações voltadas para o setor a participar de uma plenária que irá compor a comissão eleitoral responsável pela escolha do novo colegiado. O encontro será realizado nesta quinta-feira (4), a partir das 16h, na Casa dos Conselhos, localizada na Praça Imaculada Conceição (Praça da Bandeira), no Centro.

A secretaria lembra ainda que é importante a participação da sociedade civil em todo o processo para a eleição dos novos membros do CMJ. Para mais informações, os interessados devem entrar em contato com a Gerência de Juventude pelo telefone (74) 3614-2652.

Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Salitre promoverá plenária em Juazeiro nesta sexta-feira

rio-salitreO Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Salitre promoverá nesta sexta-feira (7), em Juazeiro, uma reunião plenária na qual serão discutidos temas relacionados à disponibilidade hídrica do Baixo Salitre que envolve os municípios de Juazeiro e Campo Formoso.

De acordo com a assessoria de comunicação, a 15ª Plenária  marca o início do processo eleitoral. Durante o encontro, os participantes tratarão de um estudo referente ao Baixo Salitre, que deve apontar a capacidade de comprometimento hídrico do manancial. A reunião acontecerá a partir das 8h30 no auditório do Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema), no Conjunto Habitacional Juazeiro III.

Na programação também está prevista a apresentação, por parte do secretário estadual de Meio Ambiente da Bahia, Eugênio Spengler, do Plano de Bacia do Salitre. Segundo o presidente do Comitê do rio Salitre, Almacks Luiz Silva, trata-se de um documento iniciado no ano de 2009 e que até hoje não foi concluído.

Conflito

Historicamente, a bacia do rio Salitre é marcada pelo conflito do uso da água. De acordo com o relatório “Águas do Brasil”, um dos motivos está na formação do solo, originário do granito e calcário, com excelente permeabilidade, indicado para atividades agrícolas e pecuárias e, especialmente, à criação de caprinos.

Lagoa Grande: Plano Municipal de Educação é aprovado em plenária e seguirá agora para Câmara de Vereadores

plano educação lagoa grandeEm Lagoa Grande (PE), no Sertão do São Francisco, os educadores da rede municipal viveram um momento marcante para a categoria, na noite de ontem (23).

Uma plenária realizada pela Secretaria de Educação, que contou com a presença de vários professores, resultou na aprovação do Plano Municipal de Educação para os próximos para o decênio 2015-2015. O documento, agora, será enviado para a análise da Câmara de Vereadores. (foto/divulgação)

Penúltima plenária sobre acidentes de moto reúne centenas de participantes no Maria Tereza. Última acontece hoje no Capim

plenária cancão

plenária cancão2Centenas de pessoas se reuniram na última quarta-feira (20), na quadra da Escola José Esmerindo Ribeiro, no Perímetro de Irrigação Maria Tereza (KM-25), zona rural de Petrolina, para a penúltima Plenária sobre Acidentes de Motos.

Promovido pelo vereador Ronaldo Cancão, o evento contou com palestras cujo objetivo é chamar atenção do público para a educação no trânsito e alertar sobre o elevado número de acidentes que ocorrem na região. Cerca de 300 pessoas estiveram presentes.

A plenária contou com a participação de representantes do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), do 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros, da Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (EPTTC), da Polícia Rodoviária Federal (PRF), agentes de Trânsito, vereador Geraldo da Acerola e assessores de parlamentares. A última plenária realizada na zona rural de Petrolina acontecerá nesta sexta-feira (22), na sede da associação de moradores da comunidade do Capim, às 19h. (fotos/divulgação)

Plenária em Rajada sobre acidentes de moto tem recorde de participantes

[slider id=”plenaria-acidentes-de-moto”]

A comunidade de Rajada, na zona rural de Petrolina, foi mais uma a receber a Reunião Plenária sobre Acidentes de Motos. No evento, proposto pelo vereador Ronaldo Cancão e respaldado pelo colega Manoel da Acosap, que é natural do distrito,  foram feitas palestras com o objetivo de chamar atenção do público para a educação no trânsito e alertar sobre o número de acidentes que ocorrem na região. A reunião (a quarta já realizada) aconteceu na Escola José Cícero de Amorim e, até agora, teve número recorde de público: mais de 400 pessoas estiveram presentes.

O evento contou com a participação de representantes do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), do 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros,  da Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (EPTTC), da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Agentes de Trânsito.

Com a facilidade no crédito, o homem do campo cada vez mais vem substituindo o jumento pela motocicleta em suas tarefas diárias, o que consequentemente traz também desvantagens. Segundo Cancão, o número de vítimas de acidentes na zona rural envolvendo esse tipo de veículo aumentou.

Como forma de conscientizar os usuários de moto na região, Manoel da Acosap fez o sorteio de 10 capacetes entre as pessoas presentes ao evento. As palestras feitas pelos convidados alertaram para a prevenção no trânsito, principalmente dos jovens.

A próxima plenária está marcada para acontecer no dia 13 de maio, no povoado de Izacolândia, também na zona rural, às 19h.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br