Em Lagoa Grande, FBC volta a destacar “esforços” de Dilma para minimizar drama da seca

[slider id=”visita-fbc”]

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra Coelho, está no Sertão de Pernambuco cumprindo uma verdadeira maratona para acompanhar de perto as obras do programa ‘Água para Todos’.

Ontem (26) à tarde, o primeiro compromisso de FBC foi na comunidade Alto da Areia, na zona rural de Petrolina. Acompanhado dos vereadores, o ministro visitou a estação de captação da Adutora de Cristália.

Logo depois, elea foi ao município de Lagoa Grande, no Sertão do São Francisco, onde visitou as obras do barreiro no Assentamento Baixa do Juazeiro, na zona rural. Em uma rápida coletiva de imprensa na cidade, o ministro voltou a enaltecer os “esforços” da presidente da República, Dilma Rousseff, com relação aos investimentos em obras para amenizar os efeitos da seca no Nordeste.

Segundo o vice-prefeito de Lagoa Grande, Roque Cagliari (PSB), a adutora mudará a vida das pessoas que moram na localidade. “Nossos corações batem mais forte. Sabemos da importância desse bem tão preciso que é a água na casa das pessoas, e água de qualidade”, destacou. (Com a colaboração de Fábio Cardoso/para o Blog)

Presença do ator Matheus Natchergaele chama atenção de público no River Shopping

[slider id=”matheus-natchergaele”]

O ator global Matheus Natchergaele causou um pequeno frisson na noite de ontem (27), no River Shopping.

Ele veio prestigiar a sessão especial do longa-metragem “Na Quadrada das Águas”, dirigido pelo matingueiro Wagner Miranda e Marcos Carvalho.

Antes de ir para uma das salas do Orient, onde o filme seria exibido para alguns convidados, Matheus concedeu uma entrevista à TV Grande Rio, na entrada frontal do River.

Algumas dezenas de curiosos fizeram questão de registrar tudo com suas câmeras de celulares. Acompanhado por Wagner e Marcos, o ator seguiu, logo depois, para ver o filme. Mesmo com alguns seguranças, Matheus tentou retribuir o carinho dos petrolinenses.

 

Artigo: Hoje é Dia do Goleiro

No Dia do Goleiro, comemorado nesta sexta-feira (26), o jornalista e colaborador do Blog, Will Carvalho, não poderia deixar de render sua homenagem nesta crônica abaixo.

Boa leitura:

goleiro_finalok1Era manhã de sábado. Acordei, tomei café e sai correndo pra rua. Era dia de jogar bola e eu tinha passado a semana toda ensaiando na minha cabeça os gols que faria.

Quando eu abri o portão, o pessoal já estava todo por lá, os chinelos já formavam as traves e o Luizinho gritava alto: “-Pá o ímpa pa tirá o timê!”

O Juca já se aproximou dele com a mão direita escondida atrás das costas. “Impa”. Eles eram os dois mais velhos, mais rápidos e mais habilidosos da rua. Se jogassem juntos, não tinha graça.

“-Ganhei. Três é impa. Rodrigo!”, escolheu, o Juca.

-Beto! Chamou, o Luizinho.

-Vem, Ricardo.

-Dedé.

-Junior.

-Nico.

Normal. Eu não era tão bom assim. Sabia que não seria escolhido logo de cara.

-Hun… Vem Zé. Mas fica atrás, hein!

– Ricardo! “Ei! O Ricardo é nosso”, reclamou o Juca.

-Foi mal!

Eu, que desanimado, já estava sentado no meio fio, me levantei olhando fixo pro Luizinho. Agora ele me chama! Pensei.

-É… Hun… Diego

Como assim? Só sobramos o Bola e eu? O Bola?

-Vou te chamar, mas é pra correr, viu?! Vamos Bola.

Fiquei por último? Só sabe o quanto é horrível pra uma criança ficar por último na escolha de um time quem já passou por isso.

– Cláudio, você vai pro gol, viu?!

Coloquei os chinelos nas mãos e, de cabeça baixa, caminhei até o gol fazendo uma oração. Decidi evitar a todo custo que aqueles meninos fizessem um gol sequer em mim. Não os deixaria ter a alegria de um gol. Não passaria por aquilo de novo.

Assim o fiz.

Naquela manhã de sábado eu peguei até pensamento. A cada defesa meu time gritava meu nome. “Cláudio!”

Daquele dia em diante, antes de escolherem os times, tirava-se par ou ímpar pra escolher o goleiro.

Mas na verdade, era pra ver quem me teria no gol.

Continuei agarrando tudo que é bola.

Só uma coisa mudou: eu comecei a usar meu segundo nome.

A cada defesa que eu fazia, dava pra ouvir o grito: “Taaaffaaarel! Cláudio Taffarel”.

Will Carvalho/Jornalista

Músico petrolinense quer ganhar concurso promovido pela Yamaha

Músico petrolinenseA Yamaha lançou, por meio de sua fanpage no Facebook, uma campanha para premiar músicos que se utilizam de instrumentos musicais com sua marca.

Centenas de músicos enviaram suas fotos e 30 foram selecionadas. Uma delas foi a do petrolinense Felipe Evangelista, tocando a sua flauta Yamaha modelo YFL 311, em um culto na Igreja Assembleia de Deus, em Petrolina.

A promoção, que dura até 30 de abril, premiará o participante que tiver sua foto mais compartilhada, com um Dock Station modelo PDX-11. Quem quiser ajudar Felipe, que desde os 13 anos toca sua flauta, é só acessar o Facebook, e compartilhar a foto através do link http://www.facebook.com/photo.php?fbid=510830845640492, com a opção de privacidade como “público”.

EPTTC modifica itinerário no Pedra Linda e cria linha entre Vila Eulália e Antônio Cassimiro

EPTTCO itinerário dos ônibus que passam pelo bairro Pedra Linda, em Petrolina, será modificado a partir do próximo dia 4 de maio. De acordo com a Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (EPTTC), a mudança beneficiará outras comunidades da região.

A linha será dividida entre o Pedra Linda R1 e o Pedra Linda R2, que passará pelas Avenidas das Nações, da Integração, Monsenhor Ângelo Sampaio e River Shopping.

Ainda será criado o itinerário entre os bairros Vila Eulália e Antônio Cassimiro, que circulará pelas Avenidas das Nações e Nilo Coelho, além da Apae, Senac, Sesi, River Shopping e Centro.

Compesa foi notificada 164 vezes pela Armup este ano

CompesaNos quatro primeiros meses deste ano, a Compesa foi notificada 164 vezes pela Agência Reguladora do Município de Petrolina (Armup). Segundo o relatório elaborado pela Ouvidoria da agência, 72% das reclamações foram atendidas pela Companhia pernambucana e 13% ainda não foram resolvidas.

Apenas este mês foram 37 notificações – sendo 19 delas solucionadas dentro do prazo, quatro não atendidas, sete reclamações enviadas pela segunda vez e 14 ainda estão pendentes em virtude do prazo.

De acordo com a assessoria de comunicação da prefeitura, um aspecto que chama a atenção é que 18% das notificações foram realizadas pela segunda vez no mesmo local, significando que o serviço não foi realizado corretamente ou existe algum problema estrutural na rede.

A Ouvidoria da Armup recebe as reclamações e fiscaliza os serviços da Compesa em Petrolina. “Os usuários possuem esse canal, que possibilita a busca de uma solução para problemas como esgoto estourado, qualidade da água, falta d’água e serviços mal realizados pela Companhia”, explica a ouvidora Valdina Vasconcelos.

O contato da Ouvidoria para quem quiser tirar dúvidas, sugerir ou denunciar é o (87) 3861-2479.

Abertas inscrições para concurso de professor da UPE. Há duas vagas para Petrolina

UPE_PETROLINA_PREDIONOVO_2012_2 cópiaEstão abertas, até o dia o dia 6 de junho as inscrições para Concurso Público de Provas e Títulos para professor auxiliar, assistente e adjunto, da Universidade de Pernambuco (UPE). Ao todo, são oferecidas 30 vagas para cargos de professor universitário, sendo cinco para auxiliar, vinte para assistente e cinco para adjunto. A taxa de inscrição é de R$ 180 e o pagamento deverá ser efetuado na Caixa Econômica Federal.

No Campus Petrolina estão sendo oferecidas duas vagas para professor adjunto com formação em nível de doutorado para os cursos de Nutrição e Pedagogia.

O vencimento-base de professor auxiliar é de R$ 2.484; professor assistente, R$ 3.163,31 e professor adjunto, R$ 4.127,82, com a carga horária de 40 horas semanais. O edital completo com todos os detalhes do concurso está disponível na página da universidade (www.upe.br).

Petrolina já tem local onde será instalada primeira usina heliotérmica da América Latina

usina heliotérmica/Foto reproduçãoPetrolina será contemplada, em breve, com uma usina de energia heliotérmica (através da radiação solar) . O assunto foi discutido ontem (25), numa reunião entre o diretor-presidente da Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA), Gleidson Castro, e a equipe do Centro de Pesquisas de Energia Elétrica (Cepel), no prédio da AMMA, Centro da cidade.

A usina será a primeira na América Latina e terá capacidade para gerar 1 megawatt de energia por meio da transformação térmica dos raios solares. O empreendimento, ligado à geração de energia limpa, pretende gerar e realizar pesquisas em energia heliotérmica.

Na ocasião, também foi pautada a obtenção da licença ambiental do projeto. A plataforma experimental será implantada no Projeto de Irrigação Pontal Sul, terreno cedido pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf). A obra terá um custo estimado em R$ 27,5 milhões e contará com tecnologia de cilindros parabólicos que produzem energia elétrica a partir da conversão da energia solar em calor com alta temperatura, utilizando diferentes arranjos de espelhos que concentram a irradiação solar direta.

Esse é o segundo projeto de energia limpa elaborado para Petrolina. No final de 2012 a prefeitura entregou a licença prévia de instalação da usina de energia solar para a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), que gerará 3 megawatts e realizará pesquisas na área. A cidade foi escolhida para essas modalidades de energia devido à grande incidência de radiação solar, a baixa precipitação e a posição estratégica que favorece a infraestrutura científica e tecnológicas das usinas. As informações são da assessoria da prefeitura.

Equipe da Petrolina FM se prepara para cobrir jogo de Zico em Petrolina

Petrolina FM2

Petrolina FM1A equipe de Esportes da Petrolina FM já está pronta para cobrir o jogo que traz Zico e o seu timaço para jogar em nossa cidade. Hoje pela manhã, fizemos o aquecimento nos estúdios da emissora e vestimos o nosso “uniforme oficial”.

A equipe vai entrar em campo com a seguinte formação: Winston Monteclaro (narrador) Samuel Freitas (comentarista) Carlos Britto e Edenevaldo Alves (repórteres de pista) e César do Lau e Charlys Douglas (repórteres da Galera).

Nossa transmissão começa às 15 horas deste sábado. Acompanhem.

Descontraído, Zico afirma que seu projeto social pode abrir portas para garotada da região, mas meta é a escola

Zico em PetrolinaAos 60 anos o eterno ídolo do Flamengo, Arthur Nunes Coimbra, ou simplesmente Zico, continua a protagonizar grandes lances no futebol. Mas agora, fora de campo. Idealizador de um projeto social que mescla educação e esporte, o “Galinho de Quintino” – como também é conhecido – concedeu ontem (25), em Petrolina, uma entrevista coletiva para falar sobre a iniciativa.

Em clima de descontração e esbanjando simpatia, Zico lembrou que esta é a segunda vez que vem à região. A primeira aconteceu no início dos anos 90, quando era secretário de Esportes da Presidência da República. O ex-craque do Fla começou falando sobre a boa receptividade que o projeto “Golaço Social” tem recebido pelas cidades por onde já passou.

O projeto, que vem implantando escolinhas de futebol “Zico 10”, contemplará também Petrolina e Juazeiro. “Nossa preocupação sempre foi com a educação, e não em revelar jogadores”, ressaltou o craque.

Ele lembrou que sua iniciativa nasceu entre 2007 e 2008. Na época ele trabalhava fora do Brasil e, numa de suas vindas ao Rio de Janeiro, deparou-se com uma triste notícia divulgada por um grande jornal da cidade, na qual destacava que mais de 3 milhões de crianças abandonavam a escola ainda no antigo primário (hoje, ensino fundamental). “Eu, que tive a oportunidade de fazer todo o primário, ginasial, me formar e chegar à universidade, fiquei preocupado porque o estudo nunca me atrapalhou no futebol. Então, por que não dá uma pequena contribuição? Sei que é muito pouco, pelo que o país precisa, mas cada um contribuindo um pouquinho, a gente chega num número grande”, ressaltou.

Ele aproveitou para lembrar outros ex-jogadores que também desenvolvem projetos parecidos, a exemplo de Cafu, Raí, Leonardo, Marcelinho e Deco. Zico informou que o Golaço Social já passou por 22 estados, beneficiando mais de 40 mil crianças. “Eu quero, realmente, ter uma escola Zico 10 em todo o País”, disse o Galinho, destacando que faltam poucos estados para atingir seu objetivo.

Talentos

Perguntado se, apesar do cunho social do projeto, as escolinhas Zico 10 podem servir também para abrir espaços a jovens talentos na região, que não encontram espaços para seguir o caminho trilhado pelo juazeirense Daniel Alves (hoje uma das estrelas do Barcelona), o ex-craque explicou que pode dar um ‘empurrãozinho’, mas sem deixar de focar a meta principal.

Para formar jogador a gente já tem muitos clubes por aí, então a gente não precisa estar preocupado com isso. O máximo que a gente pode fazer é, se alguém se destacar e quiser nosso apoio para aconselhar e encaminhar (a algum clube), a gente faz numa boa. Mas a preocupação é que as crianças realmente frequentem a escola. Para isso eu procuro pressionar meus coordenadores, meus professores, para que acompanhem de perto como está a situação de cada criança na escola”, enfatizou. Presente à entrevista, o juiz da Vara da Infância e Juventude, Marcos Bacelar – que já tinha sido elogiado pelo Galinho por seu trabalho na educação em Petrolina – devolveu os elogios ao destacar que o ídolo do Fla abraça uma grande causa social, após tudo o que fez pelo futebol.

O compromisso de Zico em Petrolina inclui uma palestra motivacional, ao custo de R$ 100, às 19h de hoje (26) no Centro de Cultura Dom Bosco, além de um jantar na Chácara Bougainville, em Juazeiro, cujo convite custa R$ 250 e um jogo entre a Seleção de Zico, formada por ex-jogadores de nível nacional e internacional, e a seleção do Sertão. O evento acontecerá a partir das 14h no Estádio Paulo de Souza Coelho, em Petrolina. O ingresso custa R$ 30.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br