Vereador aciona Ministério Público para acompanhar licitação do São João de Petrolina após suspeitas de irregularidade

Ronaldo Cancão na sala de licitações

A exemplo das duas últimas edições anteriores, os festejos juninos de Petrolina não devem fugir da polêmica este ano. O líder da bancada de oposição na Casa Plínio Amorim, vereador Ronaldo Cancão (PSL), foi direto ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE), após sair do setor de licitação da prefeitura ao saber que apenas a empresa ME Produções – a mesma que organizou o São João em 2012 – compareceu novamente para concorrer.

O vereador achou o fato, no mínimo, intrigante, já que o controlador geral do município, Emmanuel Ferro, entrou na sala para suspender o pregão por algumas horas, após admitir que não tinha conhecimento sobre o “curto” espaço de tempo no qual o pregão foi publicado, na última quarta-feira (5). Ele ouviu a notícia de uma emissora de rádio.

“Tem algo estranho aí. De novo a ME Produções? Só tinha ela presente? a mesma empresa de outro São João nunca explicado, que não tinha capital para bancar a festa e com todas as razões apresentadas? E mais, parar o pregão por uma notícia de rádio? Quero voltar para participar do leilão com um promotor ao meu lado. Essa licitação não pode acontecer mais desta forma, e se eles insistirem em fazer com a minha presença ficará comprovado que o problema talvez não tenha sido a notícia do rádio. Vou acompanhar até as últimas consequências”, disse Cancão.

O líder oposicionista justificou que bastava a ele (Ferro) checar a informação com o presidente da Comissão de Licitações, Mário Ferreira, que estava ao lado dele, mas o controlador permaneceu irredutível.

O vereador disse que fazia questão de participar da licitação e a prefeitura se comprometeu em avisar sobre o processo com até 30 minutos de antecedência. Ou seja, a licitaçãoo pode acontecer a qualquer momento.

 O objeto do pregão n° 061/2013 é voltado à contratação de empresa especializada em realização/organização de eventos, que será responsável pela contratação de bandas e artistas para o São João 2013. O valor inicial deste pregão é de R$ 4,773 milhões. Vale lembrar que esse é apenas o valor inicial e não contempla itens como estrutura, divulgação de mídia e outros custos.Isso deve estar em outro pregão.

O mais interessante é que a ME Produções não exercia, até ano passado, atividade para qual foi contratada pela prefeitura. Mesmo assim, em 2012, abocanhou R$ 4,6 milhões. Este ano, se vencer novamente, leva mais de R$ 100 mil a mais.

O Blog está aguardando a ligação telefônica da prefeitura, que se comprometeu a avisar sobre o novo horário do pregão, para que possamos acompanhar todo o procedimento. Confira abaixo a ata de suspensão do pregão que deveria ter acontecido às 8h:30.

[gview file=”http://www.carlosbritto.com/wp-content/uploads/2013/06/doc-cb.pdf”]

Prefeitura de Petrolina suspende pregão que contrataria empresa responsável pelo São João 2013

Prefeitura-de-Petrolina_640x480A Prefeitura de Petrolina acaba de suspender a realização do pregão presencial de n° 061/2013, que deveria contratar uma empresa responsável pelas contratações de artistas para o São João 2013. O Blog está agora na sala de licitações acompanhando o vereador líder da oposição, Ronaldo Luís de Sousa (PSL), o Ronaldo Cancão, que foi ao local acompanhar o processo.

Apenas uma empresa está no local para concorrer: A ‘ME produções’. O pregão foi suspenso devido a uma denúncia de que o anúncio do pregão teria sido publicado num curto espaço de tempo, na última quarta-feira (5). Estranhamente, o controlador geral do município, Emanuel Ferro, afirma que não sabia desta informação, e precisou averiguar somente agora.

Utilidade pública: Família oferece recompensa a quem encontrar gata de estimação perdida no Loteamento Recife

JemimaA família da leitora Deborah Medeiros está vivendo momentos de aflição desde a manhã de ontem (5), quando sua gatinha, chamada Jemima, desapareceu da Rua 35 no bairro Loteamento Recife, em Petrolina.

De acordo com Deborah, Jemima convive com a família há seis anos. “O que me preocupa é que ela não sai de casa, pois passou por ligação de trompa, não tem o costume de andar na rua. Tenho medo que ela seja maltratada ou passe fome por aí”, desabafa.

A família oferece recompensa a quem encontrar a felina. Qualquer informação pode ser repassada através dos telefones (87) 8811-8384 e (87) 9622-9792.

Nota correção

Ao contrário do que o Blog noticiou na matéria “Socorro necessário: Rede de saneamento vai garantir que esgoto de Petrolina não seja mais jogado no Rio São Francisco”, Egídio Raimundo, um dos entrevistados, não é o responsável pela obra que promete integrar toda a rede coletora de esgoto.

Na empresa MRM Empreendimentos, que coordena os serviços, Egídio Raimundo é responsável pelo setor de distribuição das estações elevatórias.

Drama continua: Pipeiros de Petrolina estariam há quatro meses sem receber dinheiro

pipeiro no rio sao franciscoOs pipeiros responsáveis pelo abastecimento d’água em várias comunidades de Petrolina já não sabem a quem recorrer para reclamar do atraso nos salários. De acordo com os profissionais, o dinheiro – que deveria ter sido pago através do Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) – até agora não chegou e a categoria estaria há quatro meses sem receber.

A denúncia chegou ao Blog  por meio de um dos pipeiros, que preferiu não se identificar. Segundo ele, os profissionais estariam sofrendo as consequências do atraso nos salários.

Os pipeiros de todo o estado não recebem pela água distribuída nestas comunidades há mais de quatro meses. Os postos de gasolina não querem mais abastecer nossos caminhões, e nossas famílias estão passando dificuldades”, disse o profissional.

O Blog já entrou em contato com o IPA, mas não obteve resposta. Reservamos espaço para que o representante do órgão possa se pronunciar sobre o caso.

Ex-candidato a vereador de Petrolina é preso acusado de integrar grupo suspeito de praticar assaltos na cidade

Polícia Civil PernambucoA Polícia Civil (PC) prendeu, agora há pouco, quatro pessoas suspeitas de praticarem assaltos em Petrolina.

De acordo com as primeiras informações, entre os presos há um ex-candidato a vereador da cidade.

Antônio Milton de Castro Silva, mais conhecido como ‘Miltinho da Paz’, foi candidato em 2012 pelo PMDB. Com o grupo, os policiais apreenderam armas e toucas-ninja. Os quatro estão na 1ª Delegacia de PC, no bairro Ouro Preto.

Comissão de alunos da Facape faz proposta para aumento da mensalidade: 6,84%

DSC_1346-640x350

A comissão de estudantes da Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Petrolina (Facape) se reuniu na noite de ontem (5) para uma conversa sobre o aumento das mensalidades. A direção da faculdade havia solicitado uma contraproposta do alunado em relação ao reajuste.

“Como não foi possível ainda a realização de uma assembleia com todos os alunos, a comissão decidiu apresentar à Facape uma proposta. Assim que a faculdade nos responder, apresentaremos em assembleia”, informou Adão Souza, um dos líderes do movimento.

A proposta dos alunos é de 6,84% de aumento, baseado no IPCA mais 1%.

Os alunos consideram que a Facape, ao contrário do que informa a diretoria, passa por uma situação financeira confortável, com superávit de mais de R$ 500 mil em 2012.

“Nós não consideramos que deveria ter aumento nenhum, mas fizemos a proposta para a Facape sentir nossa boa vontade. O que pedimos de transparência, no entanto, ainda não apareceu”, cobrou Adão.

Frequentadores do Bodódromo continuam sendo obrigados a conviver com o esgoto

DSC01673Mesmo após várias reclamações dos visitantes, o Bodódromo de Petrolina continua sofrendo com o excesso de esgoto estourado, principalmente nas proximidades do estacionamento.

Por várias vezes, aqui neste Blog, a população chamou atenção para o problema, que parece não ter solução. Mas, como é possível perceber na foto acima, a situação permanece a mesma. E a reclamação também.

Projeto que autoriza repasse do PMAQ a servidores da saúde em Petrolina gera controvérsia na Casa Plínio Amorim

sessão casa plinio amorimA votação do projeto de lei de autoria do prefeito Júlio Lóssio (PMDB), que autoriza o repasse do Programa de Melhoria de Acesso e Qualidade (PMAQ) da Atenção Básica aos servidores de saúde, gera mais uma controvérsia na Casa Plínio Amorim.

A discussão, que ainda está acontecendo, encontra dificuldades de consenso porque a categoria dos enfermeiros deve ficar com um percentual maior dos recursos do PMAQ (25%), em relação às demais categorias do setor.

Por sua vez o Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp) reivindica um repasse igual para todas as categorias, até porque esse benefício é verba ‘carimbada’ do governo federal e não se trata de remuneração, mas de uma gratificação – portanto, não será incorporado aos salários dos funcionários.

No plenário da Câmara estão presentes representantes dos enfermeiros e do Sindsemp, que divergem sobre o tema. Mais detalhes pelas próximas horas. O presidente da Casa, Osório Siqueira, argumentou a necessidade de agilizar a votação porque o projeto é de ‘urgência urgentíssima. O projeto contém algumas emendas. Mais detalhes pelas próximas horas.

Após reclamação de moradores do Caminho do Sol, Compesa garante que obras de saneamento já estão sendo executadas

[slider id=”caminho-do-sol-esgoto”]

Os transtornos provocados pelo excesso de esgoto nas ruas do bairro Caminho do Sol, Zona Leste de Petrolina, parecem estar perto do fim. Pelo menos é isso o que garante a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa). Em nota enviada ao Blog, por meio de sua assessoria de comunicação, a Compesa garante que as obras de melhorias já estão sendo executadas no bairro.

Confiram:

Com relação à obra de esgoto no bairro Caminho do Sol, a Compesa informa que ela está em andamento. Os trabalhos fazem parte da obra de ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário da cidade, em que estão sendo investidos R$ 65 milhões.

Na Rua Manoel Félix Borges, foi realizada uma intervenção para reforma de um coletor. Esta etapa da obra, que também foram implantadas novas tubulações de esgoto foi iniciada no dia 22 de fevereiro e concluída no dia 22 de março.

Entre os dias 3 de abril e 21 de maio foram executados ainda no local, os trabalhos de reposição do paralelo. Vale destacar que após esta etapa é preciso que o espaço fique interditado por 28 dias, para que o material possa assentar no solo. Logo, o que os moradores estão vendo na rua são restos de materiais da obra, deixados pela Compesa para impedir que os motoristas passem pela área, que deve ficar interditada até a cura do cimento. Caso contrário o pavimento poderá a vir a ser danificado, causando um dano maior para a comunidade e o trabalho tendo que ser refeito. Passado o tempo de cura do local, previsto para o dia 19 de junho, será realizada toda a limpeza no local.

Com relação ao mau cheiro, relatado pelo morador, a Compesa informa ainda que a reposição do paralelo não está relacionada ao mau cheiro existente. No bairro foi realizada a implantação de um novo coletor mas ele ainda não está em funcionamento.

Compesa/Assessoria de Comunicação

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br