Afrânio e Lagoa Grande amargam piores colocações do sertão do São Francisco em ranking da transparência no estado

Enquanto Serra Talhada (PE), no Sertão do Pajeú, alcançou o topo da transparência pública em Pernambuco com nota 10 na pontuação, outras cidades sertanejas do Estado tiveram performance nada positiva no levantamento, como Lagoa Grande, no Sertão do São Francisco, que amargou a colocação 1.064 do ranking nacional, com nota  3,05. Já Afrânio nem pontuação teve: foi zero mais uma vez, como na segunda edição da escala.

A ‘capital da uva e do vinho do Nordeste’ e a ‘capital do doce de leite’ ficaram atrás na região das cidades de Santa Maria da Boa Vista, que obteve 5,27 de pontuação; Cabrobó, com 6,30; Dormentes, que teve 3,33; e Petrolina com nota 5.

O levantamento divulgado na última quinta (11) foi feito de junho a dezembro do ano passado pelo Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU). O ranking corresponde a 3ª edição da Escala Brasil Transparente (EBT). A metodologia avaliou o cumprimento da Lei de Acesso à Informação (LAI) em 26 estados, no Distrito Federal e em 2.328 municípios brasileiros e foi conhecido na última quinta, 11.

Além de Serra Talhada, também obtiveram nota 10 no Estado Recife e São Vicente Ferrer. O ranking da EBT em Pernambuco pode ser conferido neste link https://relatorios.cgu.gov.br/Visualizador.aspx?id_relatorio=23. Com a palavra, os representantes das duas prefeituras.

 

Deputada sertaneja vai à tribuna da Alepe reforçar críticas à política de segurança pública do estado

A política de segurança pública de Pernambuco recebeu críticas da deputada Socorro Pimentel (PSL), em discurso no Pequeno Expediente desta segunda (20). A parlamentar, que comparou os números da violência do Estado com os registrados no conflito entre Israel e Palestina, alegou que a situação pernambucana é típica de uma guerra.

Socorro lembrou que Pernambuco registrou, apenas nos dois primeiros meses de 2017, 977 homicídios. Além de superar os 196 mortos verificados em todo o ano de 2015 no conflito internacional, a marca é 47,7 % maior que a registrada pelo Estado no mesmo período do ano passado. “Estamos falando de uma política de segurança falida, destroçada por interesses e falhas de gestão”, apontou.

Segundo a deputada, como resultados, a sociedade vem observando o aumento da violência nas mais diferentes áreas. Ela citou a insegurança sentida por passageiros do transporte público, o aumento nos assaltos a agências bancárias e os índices de estupro verificados no Estado. “O povo está cansado de tantos números negativos e do abandono. As falhas indicam muito mais incompetência do Governo do que insuficiência técnica”, concluiu. (Foto: Alepe-divulgação)

 

Termina nesta sexta inscrições para o programa Faculdade da Terceira Idade da Facape

Encerram nesta sexta-feira (03) as inscrições para o programa Faculdade Aberta da Terceira Idade (FATI) da Faculdade de Ciências Sociais e Aplicadas de Petrolina (Facape). Os candidatos a alunos e estudantes que desejam participar do projeto como monitores, podem se inscrever gratuitamente no horário de 15h às 18h, nas dependências da Pós-graduação da instituição.

Há vagas para oito cursos: Inclusão Digital, Noções de Direito, Administração/empreendedorismo, Inglês 1 e 2, Espanhol, Noções de Saúde, e Formação de escritores – cronistas, contistas e poetas.

O projeto faz parte de uma parceria entre a Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape), Universidade de Pernambuco (UPE), Campus Petrolina com o IF Sertão Pernambucano. Todos os alunos e monitores participantes receberão certificado. Outras informações estão disponíveis no link: http://www.facape.br/novo/noticia.aspx?NoticiaID=1259

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br