PRF divulga balanço da Operação Corpus Christi em Pernambuco

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Pernambuco divulgou o balanço da Operação Corpus Christi, realizada entre a quarta-feira (14) e o domingo (18). Nesse período foram registrados  81 acidentes nas rodovias federais do estado, que deixaram 64 feridos e quatro pessoas mortas. Na operação do ano passado, realizada entre os dias 25 a 29 de maio, foram registrados 69 acidentes, com 38 feridos e oito mortes.

Ao longo de cinco dias a PRF fiscalizou 3.792 veículos e 3.543 pessoas, sendo emitidas 1.813 autuações por diversas irregularidades. Entre elas, destacam-se 126 pelo não uso do cinto de segurança, 32 por ultrapassagens em local proibido, sete por manusear o celular, cinco pela falta da cadeirinha e quatro pela ausência do capacete. Além disso, foram registradas 668 imagens de veículo com excesso de velocidade através do uso de radares.

O combate à alcoolemia contou com o apoio de equipes da Operação Lei Seca e foram realizados 1.390 testes com o bafômetro, que resultaram em 59 autuações e na prisão de seis pessoas que dirigiam sob efeito de álcool.  Neste sentido, diversos comandos foram realizados na Região Metropolitana do Recife, no Agreste e no Sertão. Nesse período, também foram recolhidos 133 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs), 82 veículos e 59 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs). A fiscalização de caminhões registrou 181 toneladas de excesso de peso e emitiu 11 autuações por irregularidades no serviço de escolta de veículos de carga.

Criminalidade

O combate à criminalidade contou com o apoio de grupos especializados, sendo recuperados quatro veículos e presas dez pessoas, por crimes como roubo, porte de drogas, receptação de veículos roubados e com mandados de prisão em aberto por homicídio e tráfico de drogas.

Além de acompanhar toda a operação, a Base de Operações Aéreas e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionados para realizar uma remoção de um menino de 8 anos, do Hospital de Bezerros para o Hospital da Restauração. Ele foi vítima de um capotamento e teve um trauma no tórax. Ainda foram realizadas ações de conscientização nos postos da PRF. (foto/divulgação)

Time dos amigos de Lucas é goleado pelo Iate, mas no final todos saíram vitoriosos

No Jogo da Solidariedade, realizado na tarde de hoje (17) no Iate Clube de Petrolina, o time dos Amigos de Lucas foi derrotado de forma acachapante pelos anfitriões, por 10×5. Mas o placar foi o que menos importou. (mais…)

Mais 53 viaturas reforçarão segurança pública de Pernambuco

A segurança pública de Pernambuco terá o reforço de mais 53 viaturas. Os veículos foram entregues no dia de ontem (15) às Polícias Militar (PMPE) e Científica. Desse total, 36 caminhonetes serão destinadas ao policiamento ordinário da PM no Agreste e Sertão do Estado. Outras 16 atuarão nas gerências de Polícia Científica do Recife e do Interior, e uma reforçará a Polícia Civil.

Os veículos – todos do modelo Hilux 4×2 – já começam a atuar nas ruas a partir desta sexta (16) e fazem parte da renovação de frota, que acontece a cada dois anos. A ação integra o Plano de Segurança de Pernambuco, lançado em abril, que prevê investimentos de cerca de R$ 300 milhões na área.

Para a renovação e ampliação da frota, está previsto um investimento de mais R$ 80 milhões para continuar as entregas de novas viaturas em 2017. Ao todo, serão 320 novas caminhonetes e outros 487 novos veículos do tipo hatch, além de utilitários para todas as regiões do Estado. Também está sendo providenciada a aquisição de 700 novas motocicletas e 3,5 mil kits de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Já o Batalhão de Choque receberá 12 novos veículos, são eles: três micro-ônibus, quatro vans com 16 lugares cada, quatro caminhonetes 4×4 e um ônibus com 40 lugares.

Entre outras ações já anunciadas e que também integram o Plano de Segurança de Pernambuco estão a mudança da Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE) para a criação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), composto por 300 profissionais especializados; a sanção da Lei que cria o 1º Batalhão Integrado Especializado de Policiamento (Biesp), em Caruaru (Agreste); a promoção de oficiais, subtenentes e sargentos da PMPE; e a criação da 9ª Companhia Independente da PM em Araripina (Sertão do Araripe), que atuará no policiamento ostensivo do município. (Fonte: SEI-PE/foto: Wagner Ramos/divulgação)

Campanha de Vacinação contra Influenza em PE tem saldo positivo sobre meta, mas postos continuarão com doses restantes

Após o encerramento da Campanha de Vacinação contra a Influenza, na última sexta-feira (9), o Estado de Pernambuco registrou 2.270.896 pessoas (97,4%) imunizadas. Dos grupos prioritários, apenas as crianças (84,4%) e gestantes (85,4%) não atingiram a meta mínima de vacinar, no mínimo, 90%. Desses dois grupos, ainda faltam ser vacinados 97.658 meninos e meninas e 15.630 gestantes.

“A campanha acabou, mas os postos de saúde que ainda têm doses da vacina continuarão recebendo o público prioritário para imunizar“, reforça a coordenadora do Programa Estadual de Imunização da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Ana Catarina de Melo.

Em Petrolina, a campanha conseguiu superar a meta estipulada pelo Ministério da Saúde.

Podem ser vacinados idosos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, professores dos ensinos básico e superior de escolas públicas e privadas e profissionais de saúde. Importante ressaltar que quem tomou no ano passado e continua dentro dos grupos prioritários também deve ser imunizado.

Boletim

Até o último dia 3, Pernambuco registrou 950 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 59 casos com resultado laboratorial positivo para influenza A (H3N2), sendo 29 (49,2%) em crianças menores de 4 anos e 17 (28,8%) em idosos, grupos contemplados pela vacina. Também foram confirmados 15 casos para influenza B. O total de casos de SRAG deste ano representa um aumento de 8,2% em relação a 2016, com 878 registros. Em 2016, foram confirmados 63 para influenza A (H1N1) e três para influenza B. Até o momento, foram confirmados dois óbitos para influenza A (H3N2). As informações são da Superintendência de Comunicação da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Curta nossa página no Facebook

Curta 2

Acesse aqui, depois clique no botão “Curtir”.

 

Pernambuco atinge meta mínima de campanha contra Influenza

Até o início da tarde desta quarta-feira (7), Pernambuco vacinou 2.106.496 pessoas contra a influenza. Isso significa 90,4% do público prioritário – atingindo, assim, a meta mínima da campanha. Apesar disso, 223 mil pernambucanos ainda precisam ser imunizados, principalmente as crianças entre 6 meses e menores de 5 anos, que estão com uma cobertura de 75%. A campanha, que continua exclusiva para os grupos prioritários, termina sexta-feira (9).

Além das crianças na faixa etária exigida, também devem ser vacinados os idosos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, professores dos ensinos básico e superior de escolas públicas e privadas e profissionais de saúde. Vale ressaltar que quem tomou no ano passado e continua dentro dos grupos prioritários também deve ser imunizado.

Até o dia 20, A Secretaria de Saúde do Estado registrou 782 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), com 55 casos com resultado laboratorial positivo para influenza A (H3N2), sendo 27 (49,2%) em crianças menores de 4 anos e 15 (27,3%) em idosos, grupos contemplados pela vacina. Também foram confirmados 15 casos para influenza B.

 Óbito

O total de casos de SRAG deste ano representa um aumento de 6,5% em relação a 2016, com 734 registros. Em 2016, foram confirmados 63 para influenza A (H1N1) e 2 para influenza B. Até o momento, foi confirmado apenas um óbito para influenza A (H3N2). As informações são da Superintendência de Comunicação.

Abertas inscrições de concurso para agentes penitenciários de Pernambuco

Estão abertas as inscrições do concurso público para agente de segurança penitenciária em Pernambuco. O certame visa ao preenchimento de 85 vagas. Os interessados devem se inscrever até o dia 3 de julho, através do site http://www.cespe.unb.br/concursos/SERES_PE_17/. A taxa é de R$ 120. Para concorrer, é necessário possuir diploma de conclusão de curso superior em qualquer área de formação, reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e Carteira Nacional de Habilitação, na Categoria “B”. Os Agentes receberão remuneração total de R$ 3.872,82, referentes ao vencimento e aos valores de Risco Penitenciário, vale-refeição e ajuda de transporte. A jornada de trabalho é de plantão de 24 horas trabalhadas, com 72 horas de descanso.Também há a opção de oito horas diárias em serviços administrativos.

O cronograma do concurso contará com duas etapas. A primeira será de prova objetiva, prova discursiva, exames médicos, avaliação de capacidade física, avaliação psicológica e investigação social. A segunda etapa compreenderá o Curso de Formação do concurso.

As provas objetiva e discursiva, previstas para 20 de agosto, serão aplicadas no Recife, Caruaru e Petrolina. As demais fases e o Curso de Formação ocorrerão somente na capital pernambucana. (foto/arquivo Blog)

Pernambuco é sexto Estado nordestino onde itens e serviços da construção civil são os mais baratos

Os nove Estados Nordestinos ficaram entre os 12 mais baratos do Brasil no setor da construção civil, em abril. Sergipe manteve o menor custo do país (R$ 910,36), seguido por Rio Grande do Norte (R$ 924,37) e Bahia (R$ 949,83), enquanto a Paraíba registrou o valor mais caro (R$ 1.021,43).

Pernambuco ocupou a sexta posição no ranking de custos totais (R$ 957,11) mais baratos do país e foi o sétimo estado em relação aos materiais (R$ 510,53) e o sexto com menor custo de mão de obra (R$ 446,58). As informações foram repassadas pelo Banco do Nordeste (BNB).

A participação dos componentes nos custos totais da construção civil se dividiu em 51,4% para os materiais e 48,6% em mão de obra, que teve elevação de 0,28% em abril, enquanto o custo dos materiais aumentou apenas 0,04%. Em nível regional, tanto a mão de obra (R$ 445,41) quanto o preço dos materiais (R$ 519,36), no Nordeste, foram os menores do Brasil.

Além dos Estados do Nordeste, Espírito Santo (R$ 951,82) e Minas Gerais (R$ 989,27) – onde o BNB também atua -, estão inclusos na lista dos 12 mais baratos e ocupam o quinto e o oitavo postos, respectivamente.

Otimismo

No âmbito nacional, houve melhora nos indicadores que medem as expectativas no ramo da construção. Os índices nível de atividades; novos empreendimentos e serviços; compras de insumos e matérias-primas; e número de empregados tiveram resultados otimistas para os próximos meses. (Foto/reprodução)

Senador FBC volta a cobrar do governo federal liberação de recursos para conclusão de barragens em Pernambuco

Fernando Bezerra Coelho (PSB-PE) voltou a cobrar, em discurso da tribuna do Senado, na tarde desta segunda-feira (5), a liberação de recursos federais para a conclusão das barragens de prevenção e contenção de enchentes em Pernambuco. Ainda ontem o senador, que é o líder do PSB e vice-líder do governo no Senado, será recebido pelo ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira.

O apelo também foi feito ao ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho – com quem FBC reuniu-se nesta manhã e na última terça-feira (30) – e ao presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, a quem o senador solicitou a liberação de R$ 600 milhões. O investimento foi garantido a Pernambuco pelo presidente Michel Temer, que visitou o Estado no dia 28.

Esse financiamento já está aprovado pela Secretaria do Tesouro Nacional (ligada ao Ministério da Fazenda)”, destacou. “Precisamos, agora, vencer a burocracia para que, com estes recursos, o governo estadual possa retomar importantes obras de prevenção (às enchentes) e de reconstrução, que serão necessárias em quase 30 municípios pernambucanos atingidos pelas chuvas”, explicou o líder.

À frente do Ministério Integração Nacional entre janeiro de 2011 e outubro de 2013, Bezerra Coelho foi responsável pela liberação de aproximadamente 80% dos recursos do governo federal investidos na Barragem de Serro Azul. Localizada na região pernambucana de Mata Sul, esta é a única barragem concluída (ano passado) dentro do Sistema Integrado de Controle de Enchentes da Bacia do Una. As informações são da assessoria. (Foto/arquivo reprodução)

Ministério da Saúde reforça estoque de vacina contra a gripe em PE e AL

Para reforçar a assistência prestada à população de 57 municípios afetados pelas enchentes em Pernambuco e Alagoas, o Ministério da Saúde enviou 13 toneladas de medicamentos e insumos, que chegaram nesta semana nos estados.  Ao todo foram enviados 51 kits, que serão distribuídos entre as cidades que sofreram com as fortes chuvas, beneficiando cerca de 76,5 mil pessoas moradoras nos municípios atingidos.

Cada kit pesa cerca de 250 quilos e tem capacidade para atender até 1.500 pessoas ao mês. São 30 tipos de medicamentos e 18 tipos de insumos, incluindo antibióticos, anti-inflamatórios, ataduras, entre outros.

O Ministério da Saúde também enviou, como procedimento de rotina, 375 mil frascos de hipoclorito – utilizado como suporte no tratamento de água para o estado de Pernambuco. Caso seja solicitada uma cota extra, poderão ser encaminhadas novas quantidades como parte do estoque estratégico do composto químico mantido pela pasta.

Nesta semana, está previsto o envio de 100 mil doses de vacina dT, 100 frascos de soro antiofídico, 200 frascos de soro crotálico. Um laboratório móvel da Funasa também está apoiando o estado na análise da qualidade da água para consumo humano, garantindo assim que a água distribuída a população seja segura.

Força SUS

Além do envio de medicamentos e insumos estratégicos, a pasta enviou representantes da Força Nacional do SUS para apoiar na avaliação dos danos em saúde e outras medidas de vigilância. A Força foi criada em novembro de 2011, para agir no atendimento às vítimas de desastres naturais, calamidades públicas, situações de risco epidemiológico e desassistência, quando for superada a capacidade de resposta do estado ou município.

Desde a sua criação, a Força participou de 28 missões de apoio em caso de desastres naturais, na gestão de grandes eventos e desassistência provocada por tragédias.

O Ministério da Saúde possui, ainda, laboratórios móveis para análise da qualidade da água, telefones satelitais, equipamentos e nove unidades móveis de Posto de Atendimento Avançado (PAA), em caso de necessidade. Possui também estoque adicional de ampolas de soro para uso em acidentes com animais peçonhentos e kits de diagnóstico para leptospirose.

Para que a Força Nacional do SUS seja acionada, o município ou o estado deve decretar situação de emergência, calamidade ou desassistência, solicitando o apoio do Ministério da Saúde. Com isso, é deslocada uma equipe para a chamada missão exploratória, quando profissionais vão até o local para fazer um diagnóstico da rede de saúde e verificar a necessidade de apoio em relação a equipamentos, insumos e profissionais de saúde.

 

Ação lançada em Petrolina une entidades na ajuda às vítimas de enchentes em PE

Com o intuito de ajudar as famílias que estão desabrigadas ou passando por necessidades após as fortes chuvas que caíram na Zona da Mata, Agreste e Litoral Sul pernambucano, o Sindicato do Comércio Varejista de Petrolina (Sindilojas), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Serviço Social do Comércio (Sesc) e Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) coordenam, de maneira conjunta, uma campanha de arrecadação de donativos.

A prioridade é arrecadar material de higiene pessoal, material de limpeza e alimentos não perecíveis (principalmente aqueles que não precisam de muita estrutura para o preparo, a exemplo de leite instantâneo, achocolatados, biscoitos e enlatados).

A campanha será desenvolvida a partir da próxima segunda (5) e se estenderá até o dia 12 de junho. Para ajudar, basta se dirigir até a unidade do Sesc Petrolina (Rua Dr.Pacífico da Luz, Centro ) e fazer a entrega da doação no período das 8h às 17h. Em Pernambuco, mais de 30 municípios estão em emergência por conta das fortes chuvas.

Mais informações no Sindilojas ( 87 3861-2333), CDL ( 87 3862-1322), Sesc (87 3866-7474) e Senac (87 3983-7600).

Pernambuco não ampliará público da campanha de vacinação contra a gripe

Em nota, a Secretaria de Saúde de Pernambuco esclareceu que não ampliará o público-alvo da campanha de vacinação conta a gripe. Na nota, a Secretaria informa que, neste momento, a campanha continua voltada apenas para o púbico alvo já definido – crianças entre seis meses a quatro anos, gestantes, mulheres que tenham realizado parto há menos de 45 dias, idosos maiores de 60 anos, doentes crônicos (mediante prescrição médica), profissionais de saúde , indígenas e professores dos ensinos básico e superior em atividade. A medida vem sendo adotada, inclusive, por outros Estados do País.

A ampliação da oferta da vacina contra a gripe para a população em geral dependerá do envio de novas doses pelo Ministério da Saúde, já que o quantitativo disponível no momento não é suficiente para atender toda a população pernambucana. Até a manhã deste sábado, 3, Pernambuco tinha um balanço de 1.999.494 pessoas imunizadas contra a influenza.

Esse quantitativo representa 85,8% do total de 2.329.874 de pessoas inclusas nos grupos prioritários. A meta é imunizar, no mínimo, 90% dessa população. A campanha segue até sexta, 9.

Paulo Câmara reúne parlamentares e apresenta prioridades para enfrentar enchentes do estado

O governador Paulo Câmara (PSB) reuniu, nesta sexta-feira (2), no Palácio do Campo das Princesas, representantes de Pernambuco no Congresso Nacional e integrantes da Assembleia Legislativa (Alepe) para discutir medidas que possam, a curto e média prazo, reduzir o impacto das fortes chuvas do último fim de semana na Mata Sul e em parte do Agreste. Na ocasião, Paulo também apresentou um balanço com as ações de assistência realizadas pelo Estado e pediu a união de todos para que a população atingida possa voltar à normalidade.

“Independente da posição política, todos estão unidos em favor de Pernambuco. Isso é fundamental neste momento. Tenho certeza que, independente do momento que passa o Brasil, nosso estado terá condições de superação, de alocação de recursos de forma a garantir efetivamente que vamos construir as soluções adequadas para ajudar à população”, pontuou.

O papel que o poder público terá no processo de reestruturação das regiões atingidas também foi registrada pelo governador Paulo Câmara. “Estou ciente da nossa responsabilidade nesse momento difícil, da seriedade que o momento exige. Não irei desviar em nenhum momento dessa seriedade. Continuarei a trabalhar com muito afinco com objetivo de recuperar e proporcionar dignidade aos desabrigados e desalojados do nosso Estado“, completou.

Membro da bancada pernambucana no Congresso, o deputado federal Danilo Cabral frisou que a estruturação das ações do Governo, desde a gestão passada, no combate às tragédias naturais, possibilitou uma rápida resposta à crise instalada por conta das chuvas . “É preciso valorizar o esforço do Governo de Pernambuco em agir rapidamente para devolver às pessoas afetadas a normalidade de suas vidas. Caso o governo de Pernambuco não tivesse adotado as medidas que fez, em 2010, nós teríamos muito mais vítimas“, registrou.

A iniciativa do Governo de Pernambuco de ampliar a discussão, com a participação de integrantes do Parlamento, sobre as ações necessárias para a recuperação das áreas afetadas pelas chuvas foi elogiada pelo deputado federal Tadeu Alencar. “Pernambuco sempre dá sinais da sua largueza e sua grandeza quando precisar enfrentar estes problemas sérios em uma conjuntura desafiadora como essa. Digo ao senhor, governador Paulo Câmara, que nós temos confiança na sua missão à frente do Governo de Pernambuco, conseguindo imprimir um dinamismo possível em uma realidade como essa”, finalizou.

Prazo ICMS

Paulo também reforçou o anúncio de medidas que ajudarão o comércio das áreas afetadas pelas chuvas, como exemplo, a prorrogação do prazo de pagamento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS), permitindo que os comerciantes locais tenham mais condições de restabelecer suas atividades. O decreto, que deve ser publicado no Diário Oficial na próxima segunda-feira (05), proporcionará uma tranqüilidade maior para que precisa recuperar seus negócios. O crédito do programa social Chapéu de Palha também será antecipado aos agricultores atingidos pelas chuvas, e linhas de créditos especiais serão criadas com objetivo fornecer uma base para que, aos poucos, a população possa voltar à sua rotina normal.

Estiveram presentes na reunião o vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, Raul Henry; secretários estaduais; os deputados federais André de Paula, Augusto Coutinho, Carlos Eduardo Cadoca, Danilo Cabral, Fernando Monteiro, Tadeu Alencar, Zeca Cavalcanti, Kaio Maniçoba, Ricardo Teobaldo, Severino Ninho e Silvio Costa.

Pela Alepe estiveram presentes os deputados estaduais Guilherme Uchoa (presidente), Álvaro Porto, Clodoaldo Magalhães, Henrique Queiroz, Joel da Harpa, Aluísio Lessa, José Humberto Cavalcanti, Zé Maurício, Júlio Cavalcanti, Lucas Ramos, Socorro Pimentel, Priscila Krause, Ricardo Costa, Sílvio Costa Filho, Simone Santana, Waldemar Borges, Edilson Silva, além do senador Armando Monteiro Neto. (Foto: Veja Online)

Instituições de Petrolina recebem donativos para famílias atingidas pelas chuvas em Pernambuco

O 4º Grupamento de Bombeiros (GB) em Petrolina começou a receber doações para ajudar as vítimas das chuvas na Zona da Mata Sul, Agreste e Litoral Sul de Pernambuco. Vários donativos já foram entregues no Quartel do Corpo de Bombeiros, que fica ao lado da Rodoviária da cidade. Responsável pela corporação no Sertão, o Coronel Luiz Cláudio ressaltou a importância da campanha.

Esses donativos serão de grande importância para as famílias que estão precisando de nosso apoio, mesmo de longe, daqui do sertão, esse povo hospitaleiro tem se mostrado sensível à necessidade de nossos irmãos, e o Corpo de Bombeiros mais uma vez se coloca à disposição da sociedade para levar socorro e ajuda a quem precisa. Continuemos com esse espírito de ajuda humanitária, e onde houver um pernambucano que necessite de algum suporte, nós do sertão poderemos estender nossas mãos para levar esse confronto. Continuemos com as doações. Deus abençoe a todos”, ressaltou.

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) também se solidarizou com o sofrimento dos desabrigados e reforço a campanha por doações. A entidade está recolhendo donativos como roupas, alimentos não perecíveis, água mineral, lençóis e kits de higiene. A entrega acontecerá até o dia 12 de junho.

A CDL Petrolina fica na Rua dos Industriários, 12, Bairro Atrás da Banca. O telefone é o (87) 3862-1322.

Petrolina receberá neste sábado mais uma edição do Programa Governo Presente

Moradores dos Bairros São Gonçalo, Jardim Petrópolis e entorno, na zona oeste de Petrolina, poderão acessar gratuitamente diversos serviços neste sábado (3). A ação será realizada das 8h às 12h, na Escola Estadual João Batista dos Santos, no São Gonçalo.

Haverá emissão de CPF e da segunda via de certidão de casamento e nascimento, além de Certidão de divórcio, habilitação para casamento, pensão alimentícia, investigação de paternidade, mediação de conflitos, atendimento do Conselho Tutelar, orientação previdenciária, atendimento jurídico, atendimento psicossocial e emissão da carteira do idoso e da carteira ID Jovem, Cartão SUS e Bolsa Família, Cadastro na tarifa social da Compesa, orientação e Cadastro de Pessoa com Deficiência para transporte gratuito, atendimento médico, psicológico e nutricional, aferição de pressão, distribuição de preservativos, exames de HIV e sífilis; teste de glicemia, vacinação, orientação de plantas medicinais, orientação de prevenção de acidentes domésticos e primeiros socorros, blitz educativa de trânsito, palestras, exposição e atividades culturais.

 A ação é realizada pelo Programa Governo Presente, coordenada pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) de Pernambuco, em parceria com a Prefeitura de Petrolina, secretarias estaduais e municipais, instituições federais e empresas privadas.  Também conta com a participação da Defensoria Pública, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Samu, INSS, Univasf, Conselho Tutelar, Secretaria Estadual de Educação, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Secretaria da Mulher, AMMPLA, Guarda Municipal, PE Conduz, Patronato, Compesa, Embelleze, Escritório de Advocacia Cordeiro Alves – entre outros.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br