Microcefalia mata 124 bebês em Pernambuco

A mortalidade nas crianças acometidas pela Síndrome Congênita do Zika (SCZ) – a forma mais grave da microcefalia – em Pernambuco chega a 5,27% quando se considera todos os 2.353 bebês notificados com as possíveis malformações cerebrais. Até agora 124 óbitos foram reportados à Secretaria Estadual de Saúde (SES), número bem superior ao de outras infeções congênitas, como sífilis e HIV. O percentual sobe para quase 30% quando se comparam as mortes com os 417 casos confirmados da infecção em recém-nascidos e pula para 50% quando a razão é feita diante dos 241 casos em investigação.

Diante deste cenário, a SES lançará nas próximas semanas as Diretrizes de Vigilância Epidemiológica das Síndromes Congênitas Relacionadas à Infecção pelo Vírus Zika e Outras Etiologias Infecciosas em Pernambuco.

O documento, inédito no País, vai estabelecer critérios para a padronização da doença, que até então nem tem um Código Internacional da Doença (CID) próprio, e classificação de morte. Com a normatização será possível definir melhor a investigação sobre as mortes suspeitas pela SCZ, que hoje somam 102 óbitos na fila por respostas. “Tivemos que padronizar algumas questões para facilitar esse processo de óbitos que ainda estão em investigação. Dessa seara enorme que está em investigação teremos os que são prováveis, inconclusivos, confirmados e os descartados”, disse a diretora de Informações e Ações Estratégicas em Vigilância Epidemiológica da SES, Patrícia Ismael. Até agora, só 22 bebês que faleceram tiveram a investigação completa depois da confirmação laboratorial do vírus. Desses, 15 positivaram para microcefalia por zika e sete foram descartados.

Outro recorte que chama a atenção na análise da mortalidade de bebês com suspeita do zika é a disparidade com relação a outras doenças de transmissão vertical (da mãe para o feto). Enquanto em 2,5 anos (2015-2017) 124 crianças entraram nas estatísticas de morte por SCZ, a sífilis provocou 42 falecimentos de bebês entre 2012 e 2014 e o HIV foi responsável por oito casos no mesmo período. As mortes por malformações de causas diversas ocupam a 2ª colocação no ranking de falecimentos, com 1,3 mil ocorrências entre 2012 e 2014.

Perfil

No perfil traçado pela SES sobre a mortalidade, a grande maioria dos bebês não alcança o primeiro mês de vida. Os que já nasceram mortos são 50, os neomortos (até 28 dias de vida) são 51. Outros 19 ocorreram depois desse período. Já os óbitos fetais somam quatro. (fonte: Folhade PE/ foto: reprodução)

O que eles disseram…

Violência registra tendência de queda em Pernambuco no mês de junho, diz SDS

O mês de junho comprovou uma tendência de queda nos números da violência em Pernambuco. No período, o Estado registrou um total de 380 Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) – ou homicídios –, 77 a menos em relação ao mês anterior, que havia somado 457 ocorrências. Os dados são da Secretaria de Defesa Social (SDS).

Os Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs), incluindo roubos a veículos, também atingiram o menor registro do ano. No total, foram 9.624 registros no mês de junho, uma queda de mais de 11% em relação a maio, que registrou um total de 10.912 ocorrências. Em relação à média diária, essa redução foi de mais de 8%, já que em junho verificou-se uma média de 320 casos registrados por dia, contra 352 do mês de maio.

No recorte referente a roubos de veículos, a queda se manteve. Foram 1.727 ocorrências no mês de maio, contra 1.614 no mês de junho, uma redução de mais de 6%. Essa redução reflete-se ainda nos indicadores de violência doméstica e estupros, que tiveram queda de 11,8% e 18,2%, respectivamente.

No último mês, foram contabilizados 2.337 casos de violência doméstica e familiar, contra 2.649 no mês de maio (312 ocorrências a menos). Já em relação aos estupros, as queixas caíram de 170, em maio, para 139 em junho, ou seja, 31 casos a menos.

Estabilização

Junho registrou uma estabilização em alguns tipos de ocorrências, como roubos a ônibus, agências bancárias, arrombamento de caixas eletrônicos e assaltos a carros fortes. Umas das prioridades da secretaria, o combate aos roubos a ônibus apresenta uma redução de 46%, no período de janeiro a junho. A partir do trabalho integrado realizado pela Operação Transporte Seguro da PMPE e pela força tarefa da Polícia Civil, 89 suspeitos foram presos ou apreendidos em 2017.

Ainda no mês passado, os efetivos das Polícias Militar e Civil apreenderam 233 armas, cumpriram 432 mandados de prisão, apreenderam 453 menores de idade por ato infracional e registraram um total de 392 ocorrências por tráfico de drogas. Os números completos podem ser conferidos no site da SDS ou acessando aqui.

 

Curta nossa página no Facebook

Curta 2

Acesse aqui, depois clique no botão “Curtir”.

 

Pernambuco volta a zerar novamente filas para transplante de córnea

A partir deste mês, todo paciente que tiver indicação para um transplante de córnea, depois de realizar os exames necessários para ser inscrito na fila de espera, fará o transplante em até 30 dias. Isso significa que, novamente, Pernambuco conseguiu atingir o estatus de córnea zero. O Estado já tinha alcançado essa condição em janeiro de 2013, mantendo até 2015.

No primeiro semestre deste ano, Pernambuco realizou 516 transplantes de córnea. O número é 28% maior do que o mesmo período do ano passado, com 404 procedimentos. Durante todo o ano de 2016, foram realizados 793 transplantes de córnea. O quantitativo é 34% maior do que os procedimentos realizados em 2015, que totalizam 594.

“Voltar ao estatus de córnea zero é o resultado de um verdadeiro trabalho de equipe, que envolve diversos personagens: o brilhante trabalho das equipes das Comissões de Transplantes dos hospitais do nosso Estado e das Organizações de Procura de Órgãos, que são os profissionais responsáveis pela busca dos potenciais doadores falecidos nas unidades hospitalares, realizando o acolhimento familiar e possibilitando às famílias doadoras as condições necessárias para o exercício do direito de doar. E à Central de Transplantes do Estado, que tem prestado um serviço público de qualidade à nossa população“, afirma a coordenadora da Central de Transplantes de Pernambuco (CT-PE), Noemy Gomes.

Qualquer paciente que falece em unidade hospitalar, seja por morte encefálica ou por parada cardíaca, pode doar a córnea, que, após a retirada, dura até 14 dias. A Central de Transplantes reforça que são poucos os casos de contraindicação para a doação, como infecção por HIV ou outras infecções virais (rubéola, meningoencefalite). “Pacientes com diagnóstico de câncer não pode doar órgãos, mas podem doar a córnea, a única parte do corpo que tem a chance de não ser comprometida. A única exceção é a leucemia“, diz Noemy. Para que haja a doação, de acordo com a legislação brasileira, um parente de até segundo grau precisa autorizar, “por isso a importância de conversarmos com nossos familiares sobre o assunto e externar nosso desejo de ser doador“, frisa Noemy Gomes.

Unidades

Atualmente, as unidades que fazem o transplante de córnea em Pernambuco são: Imip, Fundação Altino Ventura, Seope, Hospital Santa Luzia, Hope, IOR, Hospital Santo Amaro, Instituto de Olhos de Caruaru, Instituto de Olhos do Vale do São Francisco, Oftalmolaser e HVisão. No momento 1.021 pessoas estão na fila de espera por um órgão ou tecido. O maior quantitativo é para rim (775), seguido de córnea (146), fígado (71), medula óssea (16), coração (9) e rim/pâncreas (4). As informações são do Governo do Estado.

MPF pressiona Oi e Anatel por telefonia pública de qualidade em Pernambuco

O Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco (PE) ajuizou ação civil pública para que a empresa de telefonia Oi (Telemar Norte Leste S/A) e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) garantam serviço de telefonia pública de qualidade aos cidadãos em Pernambuco. A ação é decorrente de inquérito civil público instaurado para apurar o mau funcionamento de telefones de uso público (TUPs) nos municípios de Olinda e Recife. O responsável pelo caso é o procurador da República Alfredo Falcão Jr.

O sistema de telefonia público está sendo remodelado para que as empresas de telefonia reforcem ações referentes à expansão dos sinais de internet. Entretanto, enquanto os modelos desses contratos não forem finalizados pelo poder público, o MPF entende que as obrigações de manutenção dos TUPs devem ser cumpridas, porque os telefones públicos trazem receitas para as empresas e parte do lucro da exploração do serviço de telefonia deve ser destinado, por força de contrato e de lei, para a manutenção dos TUPs.

De acordo com informações repassadas pela Anatel ao MPF, levantamento realizado pela autarquia, sobre a situação dos TUPs em Pernambuco, atesta a insatisfação dos consumidores devido ao mau funcionamento dos aparelhos. Em novembro de 2014, o MPF recomendou que a Oi providenciasse manutenção e reparo dos TUPs instalados na Região Metropolitana do Recife e no interior, bem como que realizasse trabalho preventivo de reparo (funcionamento, manutenção e higienização) em todos os aparelhos na área de concessão da empresa no estado.

No entanto, mesmo após a recomendação, foi verificado que a disponibilidade dos TUPs continua aquém do determinado pela Anatel e recomendado pelo MPF. A média é de apenas 50% dos terminais individuais em funcionamento. Além disso, a Oi não apresentou relatórios referentes à manutenção e reparo dos aparelhos. Além de a empresa não garantir o funcionamento mínimo dos TUPs, conforme estabelecido pela Anatel, o MPF reforça que a autarquia se omitiu do dever de tomar as medidas cabíveis para resolver o problema.

Medidas

O Ministério Público Federal requer que a Justiça determine a adoção, pela Oi, de medidas para garantir o funcionamento regular dos TUPs instalados em Pernambuco, num prazo de 10 dias, além da reparação dos aparelhos inoperantes e atendimento das futuras solicitações de reparo dentro do prazo regulamentar. O MPF requer ainda determinação judicial para que a Anatel autue administrativamente a Oi, em até 48 horas, em razão de infrações cometidas no bojo de processo instaurado pela autarquia, bem como estipule multa e instaure Procedimento para Apuração de Descumprimento de Obrigações (PADO), dentre outras medidas. Os requerimentos do MPF à Justiça Federal foram feitos em caráter de urgência. As informações são da assessoria.

Lula praticamente descarta chances de aliança do PT com PSB em Pernambuco

O senador Fernando Bezerra Coelho já havia declarado, recentemente, em Petrolina que achava “improvável” uma reaproximação entre seu atual partido, o PSB, e o PT, em Pernambuco. Ao Blog, a vereadora do Recife, Marília Arraes – cotada para disputar o Governo do Estado pela legenda petista – também disse o mesmo.

Só faltava, agora, um principal nome do PT descartar uma aliança nesse sentido. Não falta mais. O ex-presidente Lula demonstrou, numa entrevista à revista regional Nordeste do mês de julho, que as chances que isso aconteça são praticamente remotas, sobretudo após as críticas à Paulo Câmara, que deve disputar a reeleição ao Campo das Princesas pelo PSB. (Foto/Instituto Lula arquivo)

Sileno e o mais do mesmo no PSB

O PSB escolhe este mês os seus novos dirigentes municipais em todo o País, mas em agosto será vez da escolha das mesas diretoras estaduais.

Em Pernambuco, o atual presidente da legenda, Sileno Guedes, pretende ser reconduzido na liderança. Afinado com quem manda, tem o apoio do governador Paulo Câmara e do prefeito do Recife, Geraldo Julio.

Acontece que o PSB é cada vez mais uma sigla metropolitana fechada num círculo vicioso e perigoso por esse isolamento.

Todos os prefeitos, vereadores e lideranças do interior reclamam dessa redoma litorânea, e Sileno só vem ao interior em algum evento de maior vulto, o que raramente acontece. Por isso é um ‘ilustre desconhecido’ com trânsito apenas entre os amigos do poder.

É o mais do mesmo.

Ministério libera quase R$ 20 milhões para instituições federais de ensino de Pernambuco

O Ministério da Educação (MEC) liberou R$ 19,6 milhões em recursos financeiros às instituições federais de ensino vinculadas à pasta em Pernambuco. Os recursos, liberados ontem (4), serão aplicados na manutenção, custeio e pagamento de assistência estudantil, entre outros. Somado ao montante liberado ontem, o MEC já repassou R$ 186,48 milhões para as instituições federais pernambucanas.

O MEC ainda aumentou o limite de empenho para as universidades e institutos federais em 10 pontos percentuais. A liberação do orçamento de custeio, que é utilizado para a manutenção das instituições de ensino, passou de 60% para 70%. Já o orçamento de capital, utilizado para adquirir equipamentos e fazer investimentos, passou de 30% para 40%.

Os recursos estão previstos na Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017. Essa liberação cobrirá as despesas de custeio e investimento das unidades de modo a não comprometer o funcionamento de nossas instituições. Essa elevação aumentará o limite de empenho em mais R$ 900 milhões para as universidades e os institutos federias em todo o país.

No total, foram destinados R$ 349,86 milhões em recursos financeiros para as instituições de todo o País no dia de ontem. Desde o início do ano, o MEC repassou R$ 3,76 bilhões para as instituições federais vinculadas à pasta, incluindo o que foi destinado ao pagamento de despesas das universidades e institutos federais, do Instituto Nacional de Surdos, do Instituto Benjamin Constant e da Fundação Joaquim Nabuco.

Abertas inscrições para exame Supletivo em Pernambuco

Quem deseja concluir os ensinos fundamental e médio através do Exame Supletivo da Secretaria de Educação de Pernambuco deve se inscrever até o próximo dia 10 de agosto, no site da Secretaria de Educação. Podem se inscrever jovens e adultos, nos níveis fundamental e médio. O exame também será aplicado para as pessoas privadas de liberdade nas cadeias públicas, além das Fundações de Atendimento Socioeducativo (Cases) e das Casas de Semiliberdade.

O cartão de inscrição estará disponível a partir do dia 11 de setembro, também no site da SEE. As provas objetivas serão aplicadas no dia 15 de outubro, para os candidatos definidos no edital; e no dia 16 de outubro, para os candidatos privados de liberdade.

Já o gabarito e os cadernos de questões serão disponibilizados no site da SEE e nas Gerências Regionais de Educação (GREs) no dia 18 de outubro. A divulgação do resultado final está prevista para o dia 1° de novembro, no site da Secretaria. O edital completo poderá ser conferido no site da Secretaria Estadual de Educação.

Petrolina colabora para aumento em 26% nos transplantes de órgãos em Pernambuco, de janeiro a maio

O número de órgãos transplantados em Pernambuco cresceu 26% nos cinco primeiros meses deste ano, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde. Os dados levantados pela pasta mostram que Petrolina foi uma das cidades que mais contribuiu para o aumento. Até final de maio, a Organização de Procura de Órgãos (OPO), do Hospital Dom Malan (HDM)/Imip, ofertou 63 órgãos para pacientes em fila de espera.

Segundo a coordenadora da OPO, Samyra Moraes, foram 20 doadores efetivos de janeiro a maio de 2017, contra 22 no mesmo período do ano passado. “Em 2016, tivemos dois doadores a mais, porém a quantidade de protocolos para chegarmos neles foi maior do que neste ano. Até hoje nós identificamos 30 pacientes com morte encefálica, aptos a serem doadores, sendo que 10 famílias não autorizaram o procedimento“, ressalta. Ela lembra que apenas um doador pode salvar várias vidas. No final de 2016, a OPO de Petrolina diagnosticou 113 potenciais doadores de órgãos, embora 55 tenham doado.

Em todo o Estado, foram realizados 749 transplantes nos cinco primeiros meses de 2017; no ano anterior o número foi de 594. De acordo com a secretaria de Saúde, atualmente 1.116 pessoas estão na fila de espera, sendo 803 por rim, 202 por córnea, 701 por fígado, 25 por medula óssea, 9 por coração e 6 por pâncreas. Samyra Moraes diz que o Estado faz acompanhamento das famílias dos possíveis doadores e capacita os funcionários para o procedimento de captação.

A doação só acontece quando a família autoriza, então fazemos acompanhamento, damos suporte e orientamos os familiares durante todo o processo, seja antes, durante ou depois de efetivado“, afirma ela.

Autorização

Depois de coletado, a OPO envia os órgãos para Recife, que realiza os transplantes de acordo com o cadastro de pacientes. A OPO lembra que qualquer pessoa pode ser doadora de órgãos, ainda que não manifeste em vida a vontade ou deixe documentada a intenção. Nesse caso a decisão cabe à família. “Pernambuco é referência nacional nesse procedimento porque buscamos dar todo o apoio possível aos familiares, esclarecendo qualquer dúvida que venha a existir”, conclui a coordenadora. (Fonte/foto: CLAS Comunicação)

Ângelo Gioia deixa Secretaria de Defesa Social de Pernambuco

Ângelo Gioia não é mais o secretário de Defesa Social de Pernambuco. Depois de assumir o cargo em outubro do ano passado, o delegado federal do Rio de Janeiro pediu para deixar o comando da pasta de segurança alegando motivos pessoais. Em seu lugar, segundo o Governo do Estado, assume o atual corregedor-geral da SDS, Antônio de Pádua Cavalcanti.

Ângelo está deixando o cargo a pedido, por questões pessoais, mas no seu lugar ficará um profissional da equipe que ele montou nos últimos meses. Pádua dará continuidade ao trabalho incansável das nossas polícias, em sintonia com as diretrizes do Pacto pela Vida”, disse o governador Paulo Câmara. Pádua é delegado da Polícia Federal.

A posse do novo secretário de Defesa Social será nesta sexta-feira, no Palácio do Campo das Princesas. Ainda nesta quinta-feira, Ângelo Gioia e Antônio de Pádua, participam com o governador Paulo Câmara, da reunião semanal do comitê gestor do programa Pacto pela Vida. Gioia deixa o cargo em meio ao descontentamento da população com os números da violência no estado. Ele assumiu o lugar que era do também delegado federal Alessandro Carvalho.

Gioia disse que deixa o cargo com a sensação de dever cumprido. “Saio por motivos pessoais, do meu desejo de estar com a família, e com a absoluta tranquilidade e satisfação do dever cumprido. Fizemos mudanças importantes que ajudarão Pernambuco a reduzir a violência, restabelecendo princípios básicos de disciplina e hierarquia nas policias, sem os quais não se faz segurança. Excluímos maus servidores e fortalecemos os comandos”, afirmou.

Números

Somente em maio deste ano, foram registrados mais 457 homicídios em Pernambuco. Além dos assassinatos, ainda houve mais de 10 mil casos de roubos e furtos contra o patrimônio, entre roubos a bancos, ônibus, carros-fortes, comércios e transeuntes, sendo 105 assaltos a ônibus. Nos 31 dias do mês, foram registrados mais de 2,6 mil casos de violência contra a mulher e 147 crimes de estupro. Considerando os dados de janeiro a maio, já foram contabilizadas, oficialmente, 2.495 mortes violentas em todo o Estado. (Fonte: Diário de PE/foto: Wagner Oliveira)

PRF divulga balanço da Operação Corpus Christi em Pernambuco

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Pernambuco divulgou o balanço da Operação Corpus Christi, realizada entre a quarta-feira (14) e o domingo (18). Nesse período foram registrados  81 acidentes nas rodovias federais do estado, que deixaram 64 feridos e quatro pessoas mortas. Na operação do ano passado, realizada entre os dias 25 a 29 de maio, foram registrados 69 acidentes, com 38 feridos e oito mortes.

Ao longo de cinco dias a PRF fiscalizou 3.792 veículos e 3.543 pessoas, sendo emitidas 1.813 autuações por diversas irregularidades. Entre elas, destacam-se 126 pelo não uso do cinto de segurança, 32 por ultrapassagens em local proibido, sete por manusear o celular, cinco pela falta da cadeirinha e quatro pela ausência do capacete. Além disso, foram registradas 668 imagens de veículo com excesso de velocidade através do uso de radares.

O combate à alcoolemia contou com o apoio de equipes da Operação Lei Seca e foram realizados 1.390 testes com o bafômetro, que resultaram em 59 autuações e na prisão de seis pessoas que dirigiam sob efeito de álcool.  Neste sentido, diversos comandos foram realizados na Região Metropolitana do Recife, no Agreste e no Sertão. Nesse período, também foram recolhidos 133 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs), 82 veículos e 59 Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs). A fiscalização de caminhões registrou 181 toneladas de excesso de peso e emitiu 11 autuações por irregularidades no serviço de escolta de veículos de carga.

Criminalidade

O combate à criminalidade contou com o apoio de grupos especializados, sendo recuperados quatro veículos e presas dez pessoas, por crimes como roubo, porte de drogas, receptação de veículos roubados e com mandados de prisão em aberto por homicídio e tráfico de drogas.

Além de acompanhar toda a operação, a Base de Operações Aéreas e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foram acionados para realizar uma remoção de um menino de 8 anos, do Hospital de Bezerros para o Hospital da Restauração. Ele foi vítima de um capotamento e teve um trauma no tórax. Ainda foram realizadas ações de conscientização nos postos da PRF. (foto/divulgação)

Time dos amigos de Lucas é goleado pelo Iate, mas no final todos saíram vitoriosos

No Jogo da Solidariedade, realizado na tarde de hoje (17) no Iate Clube de Petrolina, o time dos Amigos de Lucas foi derrotado de forma acachapante pelos anfitriões, por 10×5. Mas o placar foi o que menos importou. (mais…)

Mais 53 viaturas reforçarão segurança pública de Pernambuco

A segurança pública de Pernambuco terá o reforço de mais 53 viaturas. Os veículos foram entregues no dia de ontem (15) às Polícias Militar (PMPE) e Científica. Desse total, 36 caminhonetes serão destinadas ao policiamento ordinário da PM no Agreste e Sertão do Estado. Outras 16 atuarão nas gerências de Polícia Científica do Recife e do Interior, e uma reforçará a Polícia Civil.

Os veículos – todos do modelo Hilux 4×2 – já começam a atuar nas ruas a partir desta sexta (16) e fazem parte da renovação de frota, que acontece a cada dois anos. A ação integra o Plano de Segurança de Pernambuco, lançado em abril, que prevê investimentos de cerca de R$ 300 milhões na área.

Para a renovação e ampliação da frota, está previsto um investimento de mais R$ 80 milhões para continuar as entregas de novas viaturas em 2017. Ao todo, serão 320 novas caminhonetes e outros 487 novos veículos do tipo hatch, além de utilitários para todas as regiões do Estado. Também está sendo providenciada a aquisição de 700 novas motocicletas e 3,5 mil kits de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Já o Batalhão de Choque receberá 12 novos veículos, são eles: três micro-ônibus, quatro vans com 16 lugares cada, quatro caminhonetes 4×4 e um ônibus com 40 lugares.

Entre outras ações já anunciadas e que também integram o Plano de Segurança de Pernambuco estão a mudança da Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE) para a criação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), composto por 300 profissionais especializados; a sanção da Lei que cria o 1º Batalhão Integrado Especializado de Policiamento (Biesp), em Caruaru (Agreste); a promoção de oficiais, subtenentes e sargentos da PMPE; e a criação da 9ª Companhia Independente da PM em Araripina (Sertão do Araripe), que atuará no policiamento ostensivo do município. (Fonte: SEI-PE/foto: Wagner Ramos/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por agencialaguz.com.br