Paulo Câmara rebate insinuações de executivo da JBS e garante: “Só tenho dois patrimônios, minha família e meu nome”

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), reagiu ontem (22) com indignação às insinuações feitas, em delação premiada, pelo executivo da empresa JBS, Ricardo Saud. “Quero dizer que estou indignado, mas não vou baixar a cabeça. Eu tenho o compromisso de trabalhar por Pernambuco e vou continuar trabalhando. Sou servidor público. Vivo do meu salário e só tenho dois patrimônios: a minha família e meu nome. E ninguém vai manchá-los”, declarou Paulo Câmara, durante cerimônia no Palácio do Campo das Princesas.

O socialista voltou a ressaltar que sua campanha a governador, em 2014, não teve recursos da JBS.”A minha campanha eleitoral de 2014 não recebeu recursos da empresa JBS. Quero dizer isso porque nem minha campanha, nem o PSB estadual recebeu nenhum centavo desta empresa. As doações que a JBS fez foram ao PSB nacional, que registrou. Está tudo registrado nas doações do PSB nacional”, discursou Paulo. “Essa própria pessoa que está fazendo a delação foi muito textual ao dizer que a doação ao PSB nacional ocorreu sem nenhuma contrapartida e sem nenhum benefício”, completou.

Paulo Câmara lembrou que na Petição 7.003 do Ministério Público Federal, assinada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que trata da delação premiada da JBS, não há menção ao nome dele, nem do prefeito Geraldo Julio e nem do ex-governador Eduardo Campos. A petição foi acolhida pelo relator do processo no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Edson Fachin. As informações são da Secretaria Estadual de Imprensa. (Foto/reprodução)

Paulo Câmara rebate acusações de delator da JBS

Por meio de nota da Secretaria Estadual de Imprensa, o governador de Pernambuco Paulo Câmara (PSB) se manifestou, no início da noite de hoje (19), sobre as acusações do diretor da empresa JBS na delação que fez à Lava-Jato. O socialista negou veementemente que tenha recebido propina para sua campanha de 2014, e garante que todas as doações foram feitas “dentro da lei”.

Confiram, na íntegra, a nota de Câmara:

Venho repudiar, veementemente, a exploração política do depoimento do delator Ricardo Saud, que, já antecipo, não corresponde à verdade. Não recebi doação da JBS de nenhuma forma. Nunca solicitei e nem recebi recursos de qualquer empresa em troca de favores. Tenho uma vida dedicada ao serviço público. Sou um homem de classe média, que vivo do meu salário.

Como comprovará quem se der ao trabalho de ler o documento que sintetiza a delação, o próprio delator afirma (no anexo 36, folhas 72 e 73) que nas doações feitas ao PSB Nacional “não houve negociação nem promessa de ato de ofício”, o que significa que jamais houve qualquer compromisso de troca de favores ou benefícios. Desta forma, é completamente descabido o uso de expressões como “propina” ou “pagamento”.

Reafirmo a Pernambuco e ao Brasil que todas as doações para a minha campanha foram feitas na forma da lei, registradas e aprovadas pela Justiça Eleitoral”.

Paulo Câmara/Governador de Pernambuco

Políticos pernambucanos entram na delação da JBS

Depois do áudio gravado pelo proprietário do frigorífico JBS, Joesley Batista, mostrando o presidente da República, Michel Temer (PMDB), dando o aval para que ele ‘comprasse o silêncio’ do ex-deputado federal Eduardo Cunha, agora foi a vez do diretor da empresa, Ricardo Saud, afirmar em delação à força-tarefa da Lava Jato, ter pago propina a três lideranças políticas do PSB de Pernambuco: o governador Paulo Câmara, o senador Fernando Bezerra Coelho e o prefeito do Recife, Geraldo Julio.

Saud revelou que a negociação da propina teria começado no ano de 2014, com um acerto para pagar R$ 15 milhões à campanha do então candidato a presidente da República, Eduardo Campos (morto em acidente aéreo naquele mesmo ano).

Dos três socialistas, apenas o senador FBC se pronunciou por meio de sua assessoria jurídica.  “A defesa do senador, representada pelo advogado André Luiz Callegari, afirma que todas as doações para a campanha de Fernando Bezerra Coelho ao Senado foram devidamente declaradas e aprovadas pela Justiça Eleitoral. A defesa do parlamentar, que não teve acessos aos referidos autos, repudia as declarações unilaterais divulgadas e ratifica que elas não correspondem à verdade”, afirmou, em nota. (Foto: Guga Matos/JC Imagem)

Nova crise política nacional leva Paulo Câmara a cancelar Seminário ‘PE em Ação’

A Secretaria de Imprensa do Governo de Pernambuco comunicou nesta sexta-feira (19) que foi adiada a realização da rodada do Seminário Pernambuco em Ação do Agreste Central, que ocorreria na cidade de Caruaru. Segundo a nota, o governador Paulo Câmara (PSB), devido à grave crise nacional, precisa estar neste sábado (20) em Brasília, como vice-presidente nacional do PSB, para participar da reunião da Executiva Nacional do partido.

A nota informa que a nova data do Pernambuco em Ação do Agreste Central será divulgada em momento oportuno.

Câmara já tinha se pronunciado sobre as denúncias que envolvem o nome do presidente Michel Temer (PMDB) em vídeo postado nesta quinta, 18, nas suas redes sociais, conforme o Blog já divulgou. No vídeo, o governador pede apuração rígida dos fatos, que classifica como “muito graves”. (Foto: SEIGovPE)

 

Sobre novo escândalo político no país, Paulo Câmara afirma que Temer “deve explicações” à nação

Em vídeo gravado, o governador de Pernambuco Paulo Câmara (PSB) também se pronunciou sobre o novo escândalo político que abalou o país. Ele disse, entre outras coisas, que o presidente Michel Temer – envolvido nas denúncias – “deve explicações” à nação.

Confiram a íntegra do vídeo:

Presidente da Câmara Federal surpreende ao afirmar que Paulo Câmara é o melhor governador do Brasil

Apesar de ser ‘bombardeado’ pelos pernambucanos quanto ao desempenho de sua gestão, o governador Paulo Câmara (PSB) teve seu nome citado como o melhor do Brasil. Quem fez o elogio que poderia até soar estranho, e até surpreendente, diante da popularidade nada positiva do socialista foi o presidente da Câmara Federal, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ). Ele fez a avaliação sobre Paulo Câmara durante a Marcha dos Prefeitos 2017, que foi aberta nesta terça (16) em Brasília.

O presidente explicou que tem essa visão de Câmara porque avalia que o governador pernambucano soube manter o Estado, mesmo diante da crise, com equilíbrio financeiro, sem maiores desgastes administrativos por conta de finanças, bem diferente de outros Estados até maiores que Pernambuco.

“Não foi para agradar e sua atuação à frente do governo pernambucano. A atuação de Paulo Câmara deveria servir de modelo”, declarou Maia ao lado do governador, que também estava no ato.

Paulo Câmara, o Estado e o “pior de Pernambuco”

Não bastassem os desafios grandiosos diante do cenário de crise, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara terá de provar não apenas que conseguirá superá-los. Agora, precisa também de lidar com o título de “pior governador da história”, de acordo com um levantamento do Instituto Uninassau, divulgado ontem (14) pelo Blog de Jamildo.

Câmara lidera essa lista, com 42,3% dos entrevistados. Em seguida aparecem Jarbas Vasconcelos (PMDB), com 5,3%; Eduardo Campos (PSB), com 3%; e Roberto Magalhães, com 1%. Os números extremamente negativos na segurança pública certamente colaboraram para esse pessimismo dos pernambucanos com o atual governador.

Opositores revelam ausência do Governo de Pernambuco no Sertão do Araripe

A visita dos deputados da oposição em Pernambuco ao Sertão do Araripe, encerrada na sexta-feira (12), revelou as obras e ações não realizadas pelo Governo Paulo Câmara na região. A principal queixa ouvida pelos parlamentares nesta edição do ‘Pernambuco de Verdade’ foram a falta de investimentos e o abandono de obras pelo Executivo Estadual.

A programação da oposição começou por Ouricuri, na manhã da quinta-feira (11), quando foram visitados o Hospital Regional Fernando Bezerra, a Maternidade Mãe Coruja e a recém-inaugurada UPAE do município. Entre os problemas identificados estão a sobrecarga e falta de equipamentos no HRFB, ausência de UTI Neo-natal na maternidade e a não realização de uma série de exames na na UPAE.

Ainda em Ouricuri, os deputados visitaram o 7º Batalhão da Polícia Militar (BPM), que hoje conta com um efetivo de 265 homens nas ruas, quando, segundo os opositores, seriam necessários cerca de 450 para o policiamento da região.

Em Trindade, o roteiro incluiu visita ao “improvisado” terminal de ônibus e ao abatedouro público do município, que teria sido prometido desde setembro de 2015 e até hoje não foi entregue. “O que vimos nesta visita foi a completa ausência do Governo no Araripe. Não há um único projeto iniciado por este governo na região, o que revela o abandono da região pelo Estado“, destacou o líder da oposição, Silvio Costa Filho.

Em Araripina, a agenda incluiu visitas à estrada que liga o município ao Salitre (CE), importante via entre os Estados de Pernambuco e Ceará, que só conta com pavimentação no trecho cearense; o Hospital e Maternidade Santa Maria, que conta com uma unidade de hemodiálise equipada e pronta para funcionar desde o governo Eduardo Campos; além da visita ao prefeito Raimundo Pimentel. Também participaram da agenda os deputados José Humberto (PTB), Júlio Cavalcanti (PTB) e Odacy Amorim (PT).

No período da noite, a Bancada de Oposição realizou a plenária do Pernambuco de Verdade, com lideranças políticas, estudantes, sindicalistas, empresários e população em geral. Convidado, o prefeito Raimundo Pimentel compareceu ao evento, onde fez um relato dramático da situação do Araripe. Ao todo, pouco mais de 600 pessoas lotaram o plenário e a área externa da Câmara Municipal.

Salgueiro

Na manhã de sexta, os deputados participaram de encontro com o prefeito de Salgueiro, no Sertão Central, Clebel Cordeiro, e com dez vereadores da base de apoio do governo municipal. No encontro ficou decidida a criação de um grupo de trabalho para a realização do Pernambuco de Verdade na cidade, por solicitação do próprio prefeito. “Devemos voltar a Salgueiro em junho. Cada vez mais a população tem entendido o papel social do Pernambuco de Verdade como instrumento de contraponto à propaganda do governo, e uma oportunidade de conversar sobre os problemas enfrentados no dia a dia“, destacou Sílvio Costa Filho. Com a palavra, o Governo do Estado. (foto/divulgação)

Aliado de Miguel Coelho sobe o tom das críticas a Paulo Câmara: “Muito ruim”

O vereador de Petrolina, Gaturiano Cigano (PRB), ‘detonou’ o governador Paulo Câmara (PSB) na última sessão da Câmara Municipal, ocorrida nesta quinta, 11. Mesmo sendo do grupo liderado pelo prefeito Miguel Coelho, companheiro de partido de Câmara, o vereador não mede as críticas quando o assunto é o governador. Ele subiu o tom e o foco foi a política de saúde e segurança pública de Câmara, que para Cigano, não disse a que veio até hoje como governador.

Posso até votar numa possível reeleição dele, se ele fizer alguma coisa nesses últimos dois anos de governo. Mas nesse momento, ele é muito ruim“, declarou Cigano, sem nenhum constrangimento em criticar uma aliado do prefeito que apoia.

Sou aliado de Miguel, não ‘enlinhado’. Até agora não escutei nada de Miguel e esse é meu comportamento. Não estou mentindo. Temos aqui viaturas sucateadas, a saúde também deixa a desejar. Ainda estou avaliando se irei comparecer na programação dele aqui. Meu comportamento é assim e o mandato é meu. Essa é minha forma de agir“, antecipou Gaturiano Cigano, referindo-se à vinda este mês de Câmara e sua equipe à cidade no seminário ‘Pernambuco em Ação’.

Paulo Câmara recebe demandas de prefeitos sertanejos

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), recebeu no dia de ontem (11), no Palácio do Campo das Princesas, alguns prefeitos que integram o Consórcio Intermunicipal do Sertão do Araripe.

Fizeram parte da visita os prefeitos Rafael Cavalcante (Afrânio), Túlio Alves (Bodocó), Tácio Pontes (Parnamirim) e Dr.Éverton (Trindade), que entregaram ao socialista algumas demandas da região. Segundo Rafael, Câmara se comprometeu em retornar a Afrânio, brevemente, para inaugurar a Escola Rural Cláudio Galindo, no distrito de Cachoeira do Roberto, zona rural do município.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br