Armando Monteiro Neto e seu dilema para 2018

Desenhando-se como virtual nome para disputar novamente o Palácio do Campo das Princesas nas eleições 2018, o senador Armando Monteiro Neto (PTB) cada vez mais vai ratificando essa condição. Na última semana, por exemplo, ele voltou a bater forte no PSB de Pernambuco, ao afirmar ao radialista Geraldo Freire que o Estado “sofre com a falta de liderança”.

Por outro lado, o petebista não só elogiou o trabalho dos ministros Mendonça Filho (Educação) e Bruno Araújo (Cidades), como admitiu uma possível aliança com ambos. Talvez Armando Monteiro já tenha consciência que uma união com o PT, a exemplo do que ocorreu em 2014 – quando concorreu ao governo estadual e foi derrotado por Paulo Câmara (PSB) – dificilmente se repetirá. Até mesmo pelo provável projeto majoritário dos petistas.

Mas Armando terá de estudar muito bem as peças desse xadrez político. Se ele encarar mais uma vez o desafio de se candidatar a governador, terá de abrir mão da reeleição ao Senado. E poderá acabar sem as duas coisas.

Em Garanhuns, FBC defende Paulo Câmara e adverte: “Aqueles que querem antecipar 2018 vão quebrar a cara”

Se nos bastidores políticos de Pernambuco o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) surge como nome forte para a disputa pelo Palácio do Campo das Princesas em 2018, publicamente o líder socialista faz questão de demonstrar o contrário.

Ao participar ontem (6) em Garanhuns, no Agreste do Estado, da abertura da 2ª rodada do Programa ‘Pernambuco em Ação’, FBC ressaltou sua confiança no governador Paulo Câmara. “Vivemos um momento de grave crise e radicalização política e devo dizer que Paulo é o governador certo para este momento. Ele é sereno, sabe ouvir as pessoas e vem conduzindo o Estado com grande responsabilidade e zelo”, frisou o senador.

Para Fernando Bezerra, este não é o momento para politizar debates, como querem setores da oposição. “Tenho muita confiança e muita alegria, porque sei que Paulo passou dois anos equilibrando as contas, para agora voltarmos a crescer. As receitas pouco a pouco vão se recuperando. Aqueles que querem antecipar o calendário eleitoral, vão quebrar a cara. As eleições são apenas em 2018 e nós vamos estar lá”, garantiu. Ele ainda defendeu a necessidade das reformas, especialmente na Previdência, mas deixou claro que as mudanças não podem sacrificar os mais pobres. “Esse partido tem lado. Somos o partido de Miguel Arraes e Eduardo Campos, temos compromisso com os trabalhadores rurais e com os mais vulneráveis”. (foto: Assessoria parlamentar/divulgação)   

Vereador Ronaldo Cancão vai ao Campo das Princesas convidar representante do Estado para audiência pública sobre violência em Petrolina

Quem esteve no Recife (PE) no dia de ontem (16) foi o vereador governista Ronaldo Cancão (PTB). O principal compromisso de Cancão foi no Palácio do Campo das Princesas, onde foi recebido por João Campos, chefe de gabinete do governador Paulo Câmara. (mais…)

Fernando Bezerra Coelho ainda sonha com o Palácio do Campo das Princesas

Considerado um dos políticos mais pragmáticos de Pernambuco e com uma visão privilegiada sobre o jogo político em geral, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) vive um momento ímpar da sua trajetória política, pois além de representar Pernambuco no Senado, seu grupo político comanda Petrolina, a principal cidade do Sertão, com Miguel Coelho, e o Ministério de Minas e Energia através do deputado federal licenciado Fernando Filho.

Nas eleições de 2014 Fernando se elegeu aos 45 do segundo tempo, virando o jogo contra João Paulo (PT), que na véspera dormiu senador e viu seu adversário lhe impor uma fragorosa derrota nas urnas. Eleito na chapa do governador Paulo Câmara (PSB), o mínimo que se esperava era que o governador chamasse Fernando para compor o seu governo indicando aliados para a sua equipe, fato que não se concretizou, o que acabou distanciando o senador do governador, e que só não foi pior porque Paulo foi bastante sereno em Petrolina quando manteve o comando do PSB nas mãos do grupo do senador, mesmo havendo um trabalho de gente do próprio governo no sentido de tomar o partido para dar a Lucas Ramos (PSB).

Os movimentos do Palácio distanciaram o governador do senador a uma conjuntura que é difícil que haja uma reaproximação para as eleições de 2018, sobretudo porque Fernando detém um poder jamais visto por um político não ocupante do Palácio do Campo das Princesas em Pernambuco. Fernando é respeitado pelo meio político porque sabe jogar o jogo como poucos e detém enorme capacidade de se adaptar às circunstâncias.

Cenário

Hoje o cenário que se impõe ao senador é de uma espera sobre os desdobramentos da Operação Lava-Jato, pois há indicativos que ele poderá ser alvejado, porém até agora ele não foi condenado por nenhum processo recente. Se ele continuar livre das garras da Lava-Jato, suas chances de almejar o Palácio do Campo das Princesas aumentam consideravelmente e, para viabilizar isso, poderá inclusive sair do PSB. Os partidos equivalentes ao PSB a nível nacional, o que permite tempo significativo de televisão, são o PSD, o PR e o PP, e todos os três partidos não possuem nenhum nome em Pernambuco com peso significativo para tentar o governo em 2018.

Neste cenário, André de Paula, Sebastião Oliveira e Eduardo da Fonte – presidentes estaduais do PSD, do PR e do PP, respectivamente – não teriam cacife para brigar com o comando nacional das siglas a ponto de vetar a entrada do prefeito de Petrolina, do ministro de Minas e Energia e de um senador com tamanho político e eleitoral para ser governador. Caso Fernando mude de partido e não seja alvejado pela Lava-Jato, é pertinente considerar que ele estará no jogo de 2018 como candidato a governador, e ainda que não venha a se viabilizar para o posto, sem sombra de dúvidas será determinante para a escolha do próximo governador de Pernambuco no ano que vem. (fonte: Portal LeiaJá)

De olho em 2018, Armando Monteiro Neto vai prestigiando campanhas dos seus candidatos nas eleições municipais

armando-e-aliados

O líder do PTB de Pernambuco, senador Armando Monteiro Neto, vem esbanjando fôlego de menino durante a campanha municipal deste ano. Depois da agenda intensa pelo Sertão, o petebista participou de vários atos de campanha de candidatos pelo Agreste do Estado, no último final de semana.

Desde as convenções partidárias até agora, Armando já percorreu 55 municípios – o que dá três por dia, em média. Tamanho esforço também se justifica. Derrotado em 2014 pelo atual governador Paulo Câmara (PTB), que foi eleito muito mais pelo lado emotivo (após a trágica morte do principal líder socialista, Eduardo Campos, durante sua campanha a presidente da República), o senador recomeça a pavimentar sua caminhada rumo ao Palácio do Campo das Princesas, em 2018. Ele sabe que tem muitas chances, sobretudo se seus aliados se derem bem nas eleições municipais. (foto: Assessoria/divulgação)

Afrânio: Vereador mais votado em 2012 vai com Odacy e pré-candidato a prefeito da oposição cobrar demandas junto ao estado

odacy e vereador de afranio com rafael cavalvantiVereador mais votado na última eleição municipal em Afrânio (PE), Sertão do São Francisco, Paulo do Sindicato passou a reforçar o bloco de oposição na cidade.

Paulo acompanhou o cunhado, deputado estadual Odacy Amorim (PT), e o pré-candidato a prefeito Rafael Cavalcanti, em visita ao Palácio do Campo das Princesas, onde reivindicaram algumas ações para Afrânio.

Entre os pedidos está a liberação de emenda de Odacy para aquisição de pasteurizador destinado à Cooperativa de Produtores de Leite de Afrânio (COOAFRA), além do reforço do policiamento por conta da crescente onda de violência registrada no município. Eles foram recebidos por André Campos, secretário executivo de Articulação Política do estado, o qual se comprometeu em defender as demandas junto ao governo.

Em solenidade festiva, filho de Eduardo Campos toma posse como chefe de gabinete de Paulo Câmara

joão campos posse

João Campos, filho do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, tomou posse na chefia de gabinete do atual governador, Paulo Câmara, na tarde desta quinta-feira (18). A cerimônia aconteceu no Palácio do Campo das Princesas, bairro de Santo Antônio, na área central do Recife.

O estudante de engenharia civil disse ter experiência e agradeceu a oportunidade ao próprio governador, ao prefeito Geraldo Julio e, em especial, à mãe e aos irmãos. O jovem disse ainda que Paulo acertou ao pensar em renovação de quadros. O antecessor de João Campos, Ruy Bezerra, disse que deixa a chefia do gabinete em boas mãos: “ele conhece bem o Palácio”.

Em seu discurso, João fez diversas referências ao pai, Eduardo Campos. A posse de João Campos foi marcada por aplausos e gritos de guerra. Participaram da cerimônia boa parte da bancada estadual aliada de Paulo (PSB).

Câmara disse que aposta em João porque ele é jovem e tem “sensibilidade política”. (foto: André Nery/JC Imagem)

FBC e marqueteiro Duda Mendonça discutem 2018

FBC_640x427Deu na coluna de Humberto Costa: o baiano Duda Mendonça, um dos marqueteiros mais admirados do País, reuniu-se na sexta-feira (5) em Porto de Galinhas com seu colega André Gustavo e o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB). Na pauta, as eleições de 2018 em Pernambuco.

FBC, no entanto, vem rechaçando categoricamente os rumores de que suas andanças por mais de 30 municípios pernambucanos, durante o recesso parlamentar de janeiro, tenha a ver com uma articulação para tentar disputar o Palácio do Campo das Princesas.

A agenda de FBC e as pretensões futuras

FBC pelo Sertão

Enquanto Lucas Ramos e Gonzaga Patriota reclamam da condução do PSB em Petrolina, a agenda de Fernando Bezerra Coelho, juntamente com Miguel Coelho e Fernando Filho, foi enorme nos últimos dias pelo Sertão pernambucano.

FBC não perdeu tempo. Andou por várias cidades – incluindo Petrolina, sua maior base eleitoral – consolidando sua liderança e levando a reboque os dois filhos deputados. Assim, o senador vai conquistando (ou reconquistando) antigos simpatizantes. Após o Carnaval, o líder socialista deverá fazer nova agenda, desta vez por outras regiões do estado. Perguntar não ofende: estará FBC pavimentando um caminho futuro, que tem como foco o Palácio do Campo das Princesas? (foto/divulgação)

Paulo Câmara receberá prefeitos pernambucanos no próximo dia 9/11

Paulo Camara1

O governador Paulo Câmara vai receber os prefeitos dos municípios pernambucanos no próximo dia 9 (segunda-feira), no Palácio do Campo das Princesas. Nesta data os gestores municipais planejam um grande ato na capital. Em pauta, os desafios e as ações estratégicas de cooperação para o enfrentamento da crise.

A reunião foi acertada por Câmara com o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota, na última sexta-feira (30/10). A reunião com os prefeitos será realizada após encontro do grupo com os deputados estaduais, na Assembleia Legislativa (Alepe).

Até as taças?

Uchoa Folha PEAinda repercute nas redes sociais a ‘saia justa’ pela qual o deputado Guilherme Uchoa (PDT/foto) passou na última semana, enquanto esteve à frente do Governo de Pernambuco por cinco dias.

Segundo o jornalista Josué Nogueira, da coluna Diário Político, do jornal Diário de Pernambuco, durante um jantar oferecido a deputados no Palácio do Campo das Princesas, Uchoa teria autorizado os colegas a levarem taças do acervo do local.

No entanto, um garçom se apressou e, educadamente, desfez a cortesia explicando que as taças do palácio são de patrimônio público. O deputado/governador foi literalmente salvo pelo garçom. Lamentável.

FBC recebe prefeitos em seu gabinete de olho no Campo das Princesas

FBC e luciano duqueO senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) teve uma agenda cheia no início da semana, quando recebeu em seu gabinete mais de 10 gestores municipais, a exemplo do prefeito de Serra Talhada, Luciano Duque (PT/foto), e Palmares, João Bezerra (PSB).

Nas reuniões a pauta girou em torno de assuntos administrativos, mas nos bastidores políticos o que se comenta é que FBC estaria começando a pavimentar seu projeto político de 2018: o Palácio do Campo das Princesas. E para isso deixará as portas do gabinete em Brasília sempre abertas. (com a colaboração de Anchieta Santos/para o Blog/foto: Assessoria/divulgação)

Cancão faz visita de cortesia a Câmara e faz reivindicações para Petrolina

camara e cancão_640x360Aliado do governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), o vereador Ronaldo Cancão (PSL) esteve no início da semana no Palácio do Campo das Princesas, onde foi recebido pelo gestor.

Durante um bom tempo de conversa, Cancão abordou vários assuntos com Câmara, incluindo aí reivindicações sobre investimentos do estado no município em áreas como saúde e infraestrutura. Ao Blog, o vereador se mostrou empolgado com o resultado do encontro.

Durante posse, Câmara fala de expectativas de seu mandato e relembra personalidades pernambucanas  

posse paulo câmaraO novo governador de Pernambuco, Paulo Câmara, tomou posse nesta quinta-feira (1º) em cerimônia realizada na Assembleia Legislativa do Estado (Alepe). Em seu discurso de posse, que durou cerca de 25 minutos, Paulo falou sobre as expectativas do seu mandato, das relações com o Governo Federal e homenageou às memórias de Eduardo Campos, Miguel Arraes, Gilvan Sâmico e Ariano Suassuna. Em seguida ele se dirigiu a pé ao Palácio do Campo das Princesas e atravessou os portões às 16h11, indo ao encontro de João Lyra, seu antecessor na gestão estadual.

Durante a caminhada, Paulo foi acompanhado por sua esposa, Ana Luiza, pelo prefeito do Recife, Geraldo Julio, secretários e deputados. A ex-primeira-dama, Renata Campos, também acompanhou a solenidade, bem como os ex-governadores Jarbas Vasconcelos e Roberto Magalhães.

Ainda na Assembleia o governador foi saudado pelo presidente da casa, Guilherme Uchôa. Segundo Uchôa, Paulo representa a continuação do governo exitoso de Eduardo Campos. O presidente ainda prometeu apoio ao governo e disse que a Assembleia vai estar ao lado dele durante todo o mandato.

Devido à chuva o público na área externa do Palácio ficou reduzido em aproximadamente 300 pessoas. Cenário diferente do que foi visto na Alepe, que ficou lotada durante o discurso do governador.

Em sua fala, Paulo prometeu dar apoio aos programas de combate à inflação, e afirmou que vai trabalhar dialogando com o Governo Federal na tentativa de atrair mais obras de desenvolvimento para Pernambuco. (fonte/foto: JC Online)

Posse de Câmara terá cerimônia discreta em homenagem a Eduardo

paulo câmaraO governador eleito de Pernambuco Paulo Câmara (PSB) tomará posse nesta quinta-feira (1º) em uma cerimônia discreta em homenagem à memória do padrinho político Eduardo Campos, que faleceu em agosto em plena campanha presidencial. Neste ano, por exemplo, o PSB não organizará caravanas para atrair a militância até o Recife. “Vamos fazer uma posse simples, mais para cumprir o rito”, já declarou Câmara. O futuro governador seguirá a pé até o Palácio do Campo das Princesas.

Paulo Câmara sairá de casa às 14h30, acompanhado da futura primeira-dama Ana Luiza Câmara, do vice Raul Henry (PMDB) e da esposa deste, Luiza Nogueira Feitosa. A comitiva será conduzida pelo chefe da Casa Militar, coronel Mário Cavalcanti.

O futuro governador chegará a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) por volta das 15h. Ele será recebido por uma comissão suprapartidária de deputados estaduais que o conduzirá para compor a Mesa ao lado do presidente da Casa, o deputado Guilherme Uhoca (PDT), e do presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), desembargador Frederico Neves.

Após a execução do Hino Nacional, Câmara presta compromisso às Constituições do Brasil e de Pernambuco e assina o Termo de Posse lido pelo primeiro-secretário da Alepe, João Fernando Coutinho (PSB). Após um breve pronunciamento de Guilherme Uchoa, Paulo fará seu primeiro discurso como governador de Pernambuco no plenário do Legislativo.

Por volta das 16h15, seguirá a pé pela Ponte Princesa Isabel, reproduzindo o gesto realizado por Eduardo Campos em 2010 e por João Lyra Neto (PSB) ao tomar posse. Já na Praça da República, ele passa em revista a Segunda Guarda-de-Honra, que reúne integrantes da Polícia Militar do Estado.

Transmissão de cargo

No Palácio do Campo das Princesas, Câmara será recebido por João Lyra Neto e pela esposa Leila Queiroz no gabinete do governador. Os dois farão a cerimônia de Transmissão de Cargo na frente da sede do Executivo Estadual.

Como não tem vice, Lyra Neto assinará os Termos de Transmissão de Cargo de Paulo Câmara e de Raul Henry. Depois, o novo governador acompanha o caruaruense até o seu carro, retorna ao palco e profere o segundo discurso, agora para a população que acompanhará o evento. Câmara receberá os cumprimentos pela posse nos jardins do Palácio após a cerimônia. As informações são da Secretaria Estadual de Imprensa.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por agencialaguz.com.br