Descaso: Busto em homenagem a Osvaldo Coelho está abandonado em Rajada

O cenário causa indignação: a imagem do busto do ex-deputado federal Osvaldo Coelho, um dos políticos mais influentes e importantes da história política de Petrolina e de Pernambuco, com mais de 50 anos de vida pública, está literalmente abandonada a sua própria sorte. O busto decorava o que seria o Parque de Exposições de Rajada, que a ex-gestão construiu para movimentar eventos no local. O equipamento foi desfeito e deixaram para trás o busto de Dr. Osvaldo (falecido em novembro de 2015).

Contratada e paga com recursos públicos municipais como forma de homenagem ao político, a imagem –  entregue com festa e muita emoção na abertura do São João Vale do ano passado, pelo ex-prefeito Julio Lossio (PMDB) – contou com a presença de familiares de Osvaldo. Mas hoje foi simplesmente esquecida.

O que pode se ver, além disso tudo, é desrespeito e descaso com a memória do ex-deputado. Segundo informações recebidas pelo Blog, a família de Dr.Osvaldo estaria indignada com o fato. E com toda a razão. Não só a família, mas quem admira e respeita a história política de um homem público no nível de Dr.Osvaldo.

Escultor juazeirense ameaça ‘derreter’ estátua em homenagem a Osvaldo Coelho por conta de calote da gestão anterior

Autor de várias esculturas adquiridas pela Prefeitura de Petrolina na gestão passada – de gosto, inclusive, questionado pelos petrolinenses – e um dos maiores defensores do Governo Julio Lossio (PMDB), o escultor juazeirense Ledo Ivo desabafou nas mídias sociais.

Depois da estátua do Padre Cícero, do relógio na Praça Dom Malan e da Iara no Rio São Francisco, que ficou conhecida como ‘Iemanjá de Julio Lossio’ Ledo disse que uma escultura em bronze, encomendada pela prefeitura em homenagem ao eterno deputado federal Osvaldo Coelho, pode ser dissolvida por falta de pagamento. Em outras palavras, o escultor levou um calote de quem tanto defendia.

O Blog já entrou em contato com o escultor, mas ainda não obteve retorno.

Ex-deputado Osvaldo Coelho será homenageado com missa em comunidade rural do oeste da Bahia

O saudoso ex-deputado de Petrolina, Osvaldo Coelho, receberá mais uma homenagem da comunidade de Gameleira da Lapa, localizada no município de Sítio do Mato, oeste da Bahia.

Nesta sexta-feira (7), às 19h, os moradores do local participarão de uma missa em memória de Dr.Osvaldo, como era carinhosamente chamado pelo povo daquela região. A missa acontecerá na Igreja de São José.

O ex-deputado faleceu no dia 1° de novembro de 2015, aos 84 anos. Até hoje ele é reconhecido na comunidade por ter incentivado os jovens de Gameleira da Lapa a estudar no antigo Cefet (atual IF Sertão-PE) para ter uma profissão digna no mercado de trabalho.

Política na veia: Neto de Osvaldo Coelho se filia ao Democratas

O jovem Arthur Coelho, neto do ex-deputado Osvaldo Coelho e filho de Guilherme, deixou aflorar suas raízes políticas. Nesta quarta-feira (28) ele se filiou ao Partido Democratas (DEM), num ato que contou com a presença da vice-prefeita eleita de Petrolina, Luska Portela, representante do DEM, que abonou a filiação. (mais…)

Guilherme fala do pai Osvaldo Coelho em homenagem na Câmara dos Deputados; confiram vídeo

Osvaldo Coelho: Um ano sem a força do Sertão

Há exatamente um ano o ex-deputado Osvaldo Coelho saía de cena para entrar definitivamente para a história de Petrolina e de Pernambuco.

A ‘Força do Sertão’ era apenas uma das alcunhas que traduzia muito bem o que Osvaldo fez pela sua terra, sobretudo ao empunhar as bandeiras da educação e da irrigação. O Blog relembra um pouco, nesta entrevista, a figura inesquecível que foi este grande guerreiro.

Vale a pena reviver Osvaldo:

 

Missa nesta terça-feira lembrará 1 ano da morte de Osvaldo Coelho

missa-osvaldo-coelhoPara lembrar um ano da morte de Osvaldo Coelho, familiares do ex-deputado realizarão uma missa nesta terça-feira (1º/11), na Igreja Matriz, Centro de Petrolina, às 17h. Osvaldo Coelho morreu no dia 1° de novembro de 2015, vítima de infarto, aos 84 anos de idade, em sua residência no Recife (PE).

Debilitado, ele lutava há bastante tempo contra problemas de saúde. A missa é aberta à comunidade.

Osvaldo foi fundamental para o desenvolvimento de Petrolina e de todo o Sertão pernambucano. Atuou como deputado federal por oito mandatos; foi também deputado estadual por três mandatos e, ainda, secretário estadual da Fazenda no governo do seu irmão, Nilo Coelho (1967-71). Carinhosamente conhecido por ‘Dr.Osvaldo’, lutou bravamente pela sua “aldeia”, como se referia a Petrolina. Ele dedicou  uma longa vida de 52 anos à vida pública de Pernambuco, incluindo os oito anos como militante.

Artigo do leitor: “Osvaldo Coelho, um visionário nordestino”

Num artigo enviado a este Blog, o titular da 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf em Petrolina, Aurivalter Cordeiro, destaca o legado deixado pelo ex-deputado Osvaldo Coelho, falecido no dia 1º de novembro de 2015. Aurivalter ressalta, entre outras coisas, que Osvaldo foi “um sertanejo visionário, preconizador, idealizador e implantador das obras de infraestrutura hídrica e da redenção do semiárido via agricultura irrigada”.

Acompanhem:

Um tributo ao empreendedor e visionário Osvaldo de Souza Coelho, no ano do seu 85º aniversário de nascimento. Filho de Clementino de Souza Coelho, conhecido como o lendário coronel “Quelê”, e de dona Josepha, Osvaldo de Souza Coelho nasceu em 24 de agosto de 1931, numa família de 17 filhos. O coronel Quelê foi o criador de um império econômico e pioneiro na industrialização do Sertão nas primeiras décadas do século passado. Foi de seu pai que ele herdou o espírito de empreendedor.

O doutor Osvaldo Coelho iniciou na vida pública em 1954, eleito deputado estadual pelo antigo PSD, cumprindo três mandatos consecutivos. Em 1966, foi eleito deputado federal pela antiga Arena, exerceu 8 mandatos de deputado federal.

Em 1967, licenciou-se do mandato para ocupar o cargo de secretário da Fazenda no Governo Nilo Coelho, até 1971. Esta pode ser considerada uma fase marcante na implantação dos projetos de agricultura irrigada, como por exemplo, ainda neste ano o pioneiro em Pernambuco, Projeto Bebedouro; expansão da eletrificação rural e urbana; interligação rodoviária do litoral ao sertão; interiorização do desenvolvimento; e enfoque no rio São Francisco como fonte propulsora da prosperidade no vale sertanejo.

Após o falecimento de Nilo Coelho, em 1983, então na presidência do Senado, o deputado Osvaldo Coelho tornou-se o principal líder político do Sertão do São Francisco. Deixou sua marca quando, graças a sua constante articulação, em 13 de dezembro de 1984 inaugurou a conclusão das obras de implantação do Projeto de Irrigação Senador Nilo Coelho.

Constituinte em 1988, será lembrado como o autor do artigo 60 das Disposições Transitórias, ao estabelecer que 50% dos recursos destinados à educação nos Estados e Municípios sejam aplicados no ensino fundamental. Ficou conhecida como “Lei Osvaldo Coelho”. Foi dela que se deu origem ao Fundef.

Foi o principal articulador para instalação da Escola Agrotécnica Federal Dom Avelar Brandão Vilela em Petrolina, criada pelo presidente José Sarney em 25 de agosto de 1988.

Ainda como principal articulador, Osvaldo Coelho participou da implantação do Projeto Maria Tereza, adicional ao Nilo Coelho, inaugurado em 26 de setembro de 1997.

Conseguiu recursos necessários para garantir a implantação da infraestrutura (55 km do canal, 03 estações de bombeamento, estrada) do Projeto Pontal Sul, hoje com 98% das obras concluídas.

Também é fruto do seu esforço recursos para a Codevasf promover a recuperação do solo agrícola de 13 ilhas do Rio São Francisco, entre Petrolina e Belém do São Francisco, com a implantação de drenos coletores, drenagem subterrânea e sistematização de solos.

Deverá ser lembrado como o principal impulsionador, em sua atuação como deputado federal, para a implantação da Universidade Federal do São Francisco Univasf, criada pela Lei 10.473 de 27 de junho 2002.

Em 2006, depois de obter expressiva votação de 72.109 sufrágios ao disputar um novo mandato de deputado federal, agradeceu em carta aos leitores e concluiu: “Espero que as pessoas se lembrem de mim como aquele que fez tudo para fortalecer os mais fracos”. Bem lembrado.

Faleceu em 1º de novembro de 2015, aos 84 anos. Osvaldo Coelho nasceu, cresceu, viveu e lutou como um brasileiro, um nordestino, um sertanejo visionário – preconizador, idealizador e implantador das obras de infraestrutura hídrica e da redenção do semiárido via agricultura irrigada. Este é o seu grande legado. Osvaldo Coelho o braço forte do sertão.

Aurivalter Cordeiro/Titular da 3ª SR Codevasf

Câmara Federal realizará homenagem póstuma ao ex-deputado Osvaldo Coelho

O ex-deputado Osvaldo Coelho, falecido no dia 1º de novembro de 2015, será homenageado pela Câmara Federal em sessão solene a ser realizada no dia 10 de novembro, às 9h, no Plenário Ulysses Guimarães, em Brasília.

A sessão de homenagem póstuma foi proposta pelos deputados Daniel Coelho, Fernando Monteiro, Mendonça Filho (atual ministro da Educação) e Kaio Maniçoba.

Ex-presidente da Codevasf morre aos 80 anos

airson locioMorreu na noite de ontem (18), no Recife, o ex-presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) no Governo FHC, Airson Bezerra Lócio. Ele tinha 80 anos e era natural de Bodocó (PE), no Sertão do Araripe.

Grande parceiro do ex-deputado Osvaldo Coelho, Lócio realizou várias ações para o homem do campo, enquanto comandou o órgão federal, a exemplo da construção poços e barragens. Também idealizou, juntamente com Osvaldo, o sonho de irrigar a região do Araripe através do Canal do Sertão. A obra, no entanto, ainda continua no papel. Lócio também chegou a ser secretário de Agricultura do estado.

O ex-presidente da Codevasf será velado no Cemitério Morada da Paz, a partir das 8h desta terça (19). O corpo de Lócio será cremado em cerimônia marcada para as 15h. (foto: Lusimar Lima/reprodução)

O que será da residência de Osvaldo Coelho?

casa osvaldo coelho

Três meses após a morte do ex-deputado federal Osvaldo Coelho, sua residência localizada na Petrolina Antiga, Centro da cidade, pode ter destino incerto. Na semana passada, as últimas empregadas da casa de Osvaldo estavam fazendo a última faxina no espaço, que durante décadas foi uma referência na cidade.

As chaves foram entregues a Dr.Augusto de Souza Coelho, um dos poucos irmãos vivos de Osvaldo. O que acontecerá, a partir de agora, com a casa que também foi da matriarca da família, Dona Josepha Coelho? o local que recebeu de caixeiros viajantes a presidentes da República será preservado, ou pode dar espaço a esses modernos e suntuosos prédios que dominam a cidade, nos tempos atuais? Quem viver, verá.

O tempo de Guilherme

Guilherme2 (2)O vice prefeito de Petrolina, Guilherme Coelho (PSDB), fará, na noite desta quinta-feira (10), sua primeira aparição pública depois que perdeu seu pai e mentor, Osvaldo Coelho. Ele estará ao lado do seu fiel escudeiro, o vereador Ronaldo Silva (PSDB).

Guilherme e Ronaldo, como todos os anos, se confraternizarão com a imprensa e, como é de praxe, uma entrevista coletiva vai selar o evento. E as perguntas sobre a perda de Dr. Osvaldo serão inevitáveis.

Se entre Osvaldo e Guilherme pairou um certo “hiato político”, na relação pessoal eram inseparáveis. Mais que isso, dois amigos que confidenciavam estratégias, segredos e amenidades de pai e filho.

Guilherme me disse que, no que foi possível, intermediou para que os seus filhos convivessem ao máximo com o avô:

“Dentro da agenda de papai, do tempo dos meninos entre os estudos, eles conviveram, conversaram e se divertiram muito também. Eu quis que experimentassem e absolvessem o melhor de papai”.

Hoje, pela primeira vez, a imprensa vai perguntar que Guilherme estará entrevistando: O político renovado e com a faca nos dentes para continuar a saga política de Osvaldo Coelho ou o empresário bem sucedido da fruticultura irrigada com foco no agronegócio. Amanhã a gente conta o final desse episódio.

Para onde vão os fieis seguidores de Dr.Osvaldo?

Osvaldo Coelho Foto3

Um mês após a morte do ex-deputado Osvaldo Coelho, as especulações de bastidores começam permear o atual cenário político-eleitoral de Petrolina. E a pergunta que não quer calar é a seguinte: para onde vão os fieis seguidores do líder sertanejo na campanha municipal de 2016?

Já é notório que o vice-prefeito Guilherme Coelho (PSDB), filho de Dr.Osvaldo, mostra um alinhamento cada vez mais forte com o primo, senador Fernando Bezerra Coelho (PSB). Isso só não aconteceu antes porque o ex-deputado, enquanto era vivo, preferia se manter adversário de Fernando Bezerra.

Também é sabido que os cargos comissionados indicados por Guilherme devem seguir com o candidato indicado pelo atual prefeito Julio Lossio (PMDB), que ainda ninguém sabe quem é. Mas e aqueles que demonstravam uma fidelidade canina ao líder sertanejo? Vão acompanhar o filho dele, se Guilherme não tomar a decisão que o pai gostaria? As cenas desse enredo não devem mais demorar a ser reveladas.

Missa pelo 30° dia de falecimento de Osvaldo Coelho será realizada nesta terça na Igreja Matriz

osvaldo coelho2

Será realizada nesta terça-feira (1), às 17h na Igreja Matriz, Centro de Petrolina, a missa pelo 30° dia do falecimento do ex-deputado Osvaldo Coelho.

Além dos familiares e amigos, a cerimônia também deverá reunir muitos admiradores do líder sertanejo.

Comunidade rural do oeste da Bahia lembrará um mês de falecimento do ex-deputado Osvaldo Coelho

osvaldo coelho2A comunidade de Gameleira da Lapa, distrito da cidade de Sítio do Mato, no oeste da Bahia, lembrará um mês do falecimento do ex-deputado Osvaldo Coelho, no próximo dia 1º de dezembro, com uma missa que acontecerá neste sábado (28).

Segundo informações repassadas a este Blog, Dr.Osvaldo (como era carinhosamente chamado) é reconhecido pelos moradores de Gameleira da Lapa por ter ajudado muito a comunidade.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br