Deputados pernambucanos irão destinar R$ 50 mil para reforçar recompensa do disque-denúncia do Caso Beatriz

Os parlamentares pernambucanos deverão ampliar o valor da recompensa do disque-denúncia para o Caso Beatriz, passando dos atuais R$ 10 mil para mais R$ 50 mil. Esse foi um dos encaminhamentos da audiência conjunta das Comissões de Direitos Humanos e de Cidadania da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), com a presença de Sandro Romilton e Lucinha Mota, pais da menina Beatriz Angélica Mota, 7 anos, assassinada em dezembro de 2015 com mais de 40 facadas dentro das instalações do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, Centro de Petrolina. O crime ocorreu durante uma festa de encerramento do ano letivo.  (mais…)

Odacy e secretário de Saúde de PE discutem liberação de emenda para HU e reativação da rede PEBA

O deputado estadual Odacy Amorim (PT) e o secretário de Saúde de Pernambuco, Iran Costa, discutiram no dia de ontem (22) formas de liberar uma emenda, de autoria do parlamentar, com vistas a garantir o atendimento na área de hemodinâmica no Hospital Universitário (HU) – antigo Hospital de Urgências e Traumas (HUT) – em Petrolina. Os dois também trataram da reativação da Rede PEBA, que presta assistência à saúde nos Estados da Bahia e Pernambuco. O encontro aconteceu no gabinete de Odacy.

“A emenda esbarrou em uma burocracia do Estado, que emperrou a locação dos recursos necessários recebidos pela EBSERH (Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares). Assim como eu, o secretário está empenhado em resolver essa questão até o início do próximo semestre”, explicou o parlamentar. “O deputado já se antecipou liberando uma emenda para ajudar o hospital. A gente precisa reativar a Rede PEBA, dando uma maior atenção aos atendimentos de pacientes na área de traumatologia e ortopedia”, analisou Iran.

Odacy mostra otimismo quanto à garantia do Ministério da Saúde e à palavra do secretário no empenho para aquisição do equipamento de radioterapia do Hospital Dom Tomás (HDT), bem como à retomada dos repasses do Estado para a unidade médica. De acordo com o parlamentar, o Sertão do São Francisco já é referência no tratamento de oncologia, por meio do HDT, que atende a mais de 3 milhões de habitantes da Bahia e Pernambuco, e a expectativa é de que amplie esses números.

O parlamentar agendou com o secretário uma nova reunião com a presença do Colegiado da Rede PEBA, para debater questões referentes à parceria dos serviços de saúde nos dois Estados. A reunião vai acontecer no próximo dia 13 de junho em Petrolina. Odacy é vice-presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). (Foto: assessoria parlamentar/divulgação)

Odacy Amorim cobra de comando da PMPE reforço no policiamento para Zona Rural de Petrolina

Na última segunda-feira (15) a Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) realizou sessão solene para homenagear os 200 anos de atividades da Polícia Civil (PC) no Estado. Mas nem por isso o evento foi só de comemorações.

Aproveitando a ocasião, o deputado estadual Odacy Amorim (PT) cobrou do Comando da Polícia Militar, por meio do Coronel Jonas Barbosa e do Coronel Cavalcante (subcomandante), presentes no evento, para que sejam criadas mais medidas de segurança no interior pernambucano, em especial nos distritos de Rajada, Izacolândia e Nova descoberta, que integram a Zona Rural de Petrolina.

“Recebi informações de que as viaturas têm sido deslocadas no período noturno para cobrir a cidade. Quero apelar ao comandante do 5º BPM, em Petrolina, que possa mandar um reforço com um maior efetivo e mais viaturas, mas que não retire as rondas ostensivas nas comunidades de Rajada, Izacolândia e Nova Descoberta. Tirar esses carros irá deixar o interior descoberto e causará um grande mal aos moradores”, frisou Odacy. (Foto/divulgação)

Ronaldo Silva aumenta o tom e enquadra Odacy: “Já ficou ridículo, aceita que dói menos”

O vereador Ronaldo Silva (PSDB) perdeu a  paciência com a insistência do deputado estadual Odacy Amorim (PT), que não teve êxito nas últimas eleições municipais do ano passado – quando foi candidato a prefeito de Petrolina – em impugnar a chapa vencedora e cassar o mandato do prefeito Miguel Coelho (PSB)

“Odacy tem é que trabalhar mais e falar menos. Aceita a derrota que dói menos, Odacy. Já ficou ridículo isso”, disparou.

O vereador comentou, inclusive a última decisão da Justiça Eleitoral de Petrolina, que reprovou as contas eleitorais de Odacy:

Ele primeiro tem que trabalhar direito, fazer uma campanha limpa, honesta, com contas aprovadas e tudo às claras. Procurem ver a decisão do juiz. Se eu fosse Odacy ficaria envergonhado. Já que ele diz que é evangélico, deveria cumprir o que a Palavra de Deus fala em Romanos, capítulo 13 e versículos 1 e 2, para todos cristãos: ‘Todos devem sujeitar-se às autoridades superiores; porquanto, não há autoridade que não venha de Deus, e as que existem foram ordenadas por Ele’. Portanto, quem se recusa a submeter-se à autoridade está se colocando contra o que Deus instituiu, e aqueles que assim procedem trazem condenação sobre si mesmos. Mas acho que esse crente se julga maior que a palavra de Deus”.

Odacy diz que deve recorrer de decisão de juiz sobre ação de cassação de Miguel Coelho

O deputado estadual Odacy Amorim (PT), adiantou nesta sexta-feira, 28, que ainda vai analisar na próxima semana, juntamente com seus advogados, a decisão do juiz Sydnei Alves, de Petrolina, o qual negou ação de sua autoria contra um suposto abuso político e de poder econômico do atual prefeito da cidade, Miguel Coelho (PSB), durante a campanha eleitoral do ano passado. A ação pedia a cassação do mandado do socialista. O Ministério Público Eleitoral havia aceito a denúncia, mas o juiz julgou pelo o arquivamento da ação.

Ainda não vi a decisão. Semana que vem estarei no Recife, analisando com os advogados, mas o caminho natural será recorrer ao TRE”, assinalou Odacy, que foi o segundo colocado no pleito.

Juiz considera “improcedente” suposto abuso de poder na campanha de Miguel e determina que processo seja extinto

O processo movido contra o atual prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), em relação a um suposto abuso de poder econômico e político em relação à campanha municipal do ano passado, foi julgado ontem (27) “improcedente” pelo juiz eleitoral Sydnei Alves Daniel. A ação partiu do então candidato a prefeito, Odacy Amorim (PT), que concorreu ao cargo contra o socialista.

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) chegou a encaminhar na semana passada um parecer que afirmava haver “elementos que desequilibraram o pleito eleitoral”. Além de não acatar a sugestão do MPPE, o juiz determinou que o processo seja extinto.

Sem saber que Odacy e Lucas não foram convidados para audiência pública sobre Compesa, Osinaldo critica ausência de deputados

Um dos vereadores a usar a tribuna da Câmara de Petrolina durante a audiência pública que discutiu serviços de saneamento e atuação da Compesa em Petrolina, realizada ontem, 25, Osinaldo Souza (PTB) não poupou críticas aos deputados estaduais Odacy Amorim (PT) e Lucas Ramos (PSB), representantes do município na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), por estarem ausentes na discussão. Outra reclamação do petebista foi a falta também de um representante da Agência Reguladora do Estado (Arpe) na audiência pública.

“Por ser um órgão estadual, seria interessante estarem presentes. Não vimos interesse por parte dos deputados, nem da Arpe de participar do debate”, frisou o vereador.

A vereadora Cristina Costa (PT), autora do requerimento da audiência pública junto com o vereador Cícero Freire (PR), explicou ao colega que realmente não houve convites aos deputados por entender que eles não poderiam participar, por estarem em dia de reunião legislativa na Alepe. Quanto à Arpe, a vereadora acredita que a Armupe (Agência Reguladora de Petrolina) estava no debate, o que atendia a organização.

“Mas na sessão itinerante da Câmara, que acontece nesta quinta, dia 26,  no bairro Santa Luzia, fizemos questão de convidar todos os deputados, o prefeito Miguel Coelho, secretários, para debater esse assunto que há anos tira o sono dos moradores daquela região de Petrolina”, explicou.

Contrato

Em seu discurso na audiência pública, Osinaldo também sugeriu ao prefeito Miguel Coelho (PSB) rever o contrato do município com a Compesa. “Se tem mistério em rever essa concessão com a Compesa não sei, mas o que vemos é que nenhum prefeito conseguiu mudar essa situação e se conseguisse, Petrolina poderia estar bem melhor no quesito saneamento básico”, avaliou Osinaldo.

PT de Petrolina rebate nota do PSB sobre resultado das urnas

O diretório do Partido do Trabalhadores (PT) em Petrolina, respondeu, por meio de nota, o que denominou de “acusações infundadas “ do Partido Socialista Brasileiro (PSB) local, sobre a sigla petista não querer aceitar o resultado do ano passado nas eleições municipais. A nota socialista foi divulgada na segunda, 17, depois que o Ministério Público Eleitoral de Pernambuco divulgou que havia acatado denúncia impetrada pelo deputado estadual Odacy Amorim, o qual disputou as eleições pelo PT em 2016 contra o prefeito Miguel Coelho, do PSB, acusando o socialista de “abuso de poder econômico” na campanha, pedindo sua cassação.

Acompanhe a nota:

O diretório municipal do Partido dos Trabalhadores de Petrolina foi surpreendido pela enganosa e agressiva nota do PSB que afirma, em resposta a opinião do Ministério Público Eleitoral pela procedência de ação movida pelo Deputado Estadual Odacy Amorim, que o processo foi “movido pelo PT em torno da campanha eleitoral 2016 [pois]o Partido dos Trabalhadores de Petrolina ainda não aceitou a derrota.

Cabe pontuar que a Ação de Investigação Judicial Eleitoral não foi movida pelo PT, mas sim, acertadamente, pelo candidato do Partido à Prefeitura, sendo a nota do PSB um mero engodo para atacar covardemente o Partido dos Trabalhadores.

Nos causa profunda estranheza serem justamente os representantes do PSB de Petrolina a contestar a Ação de Investigação, afirmando que se trata de tentativa de “deturpar o resultado das eleições”, logo quem em 2012 ajuizou ação contra o então Prefeito Julio Lossio para impedir sua eleição. Pior: logo o conjunto de dirigentes do PSB que foram apoiadores e entusiastas do Golpe que retirou uma Presidenta legitimamente eleita com mais de 54 milhões de votos e que compõe o Governo ilegítimo de Michel Temer com Fernando Filho sendo seu Ministro, falar em “idoneidade do processo democrático”.

Respeitamos imensamente a história do Partido Socialista Brasileiro e a trajetória de pessoas de honra como Miguel Arraes e João Mangabeira, e justamente por isso exigimos uma retratação por parte do PSB, para que não carregue mais uma mácula em sua história, já tão agredida pelos seus próprios membros neste último período.

Partido dos Trabalhadores – Diretório Petrolina

Promotor acata pedido de Odacy para cassar chapa de Miguel; PSB contesta: “Não respeita vontade do povo”

O promotor de justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Lauriney Lopes (foto), acatou ação movida na Justiça Eleitoral, de autoria do deputado estadual Odacy Amorim (PT), que concorreu nas eleições de 2016 a prefeito de Petrolina. O petista pede a cassação da chapa encabeçada por Miguel Coelho (PSB), que se saiu vencedora no pleito.

Na ação, Odacy acusa o socialista por abuso de poder econômico e de ter se beneficiado nas inserções de televisão durante a última campanha eleitoral.

O PSB, partido do prefeito, enviou nota lamentando a postura de Odacy. A legenda socialista lembra de suas contas, recentemente reprovadas, e diz que confia no rápido esclarecimento.

Confiram:

Sobre a decisão do Ministério Público em dar continuidade a um processo movido pelo PT em torno da campanha eleitoral 2016, o Partido Socialista Brasileiro respeita o posicionamento da instituição do Judiciário e tem plena confiança de que o caso será arquivado. O PSB lamenta que a chapa petista, que teve as contas reprovadas recentemente, insista na tentativa de não respeitar a vontade do povo de Petrolina. O PSB lembra que todas as contas da campanha liderada pelo prefeito Miguel Coelho foram aprovadas. Ainda assim, temos plena convicção de que será frustrada a tentativa do grupo oposicionista de deturpar o resultado das eleições. O PSB reforça o respeito que nutre pelo Ministério Público, que está realizando seu trabalho com lisura e independência. O Partido Socialista, portanto, aguarda o rápido esclarecimento do Poder Judiciário sobre o  caso para que não restem mais dúvidas sobre a idoneidade do processo democrático e que se faça valer a vontade do povo petrolinense em fazer a cidade voltar a se desenvolver.

Trabalhadores rurais lotam Alepe em audiência pública sobre reforma da Previdência

Dentro do 6º Grito da Terra PE, a audiência pública sobre a reforma da Previdência e as consequências para o homem e a mulher do campo debateu a questão no plenário principal da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), nesta segunda-feira, 17. O evento foi proposto pela Comissão Especial da Reforma da Previdência no poder legislativo estadual.

Presente ao debate, o presidente da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura de Pernambuco (Fetape), Doriel Barros, disse que a pauta da audiência integrou esse ato do Grito da Terra PE, tanto na discussão no plenário da Casa Joaquim Nabuco como no evento de rua que levou grande número de participantes até o Palácio do Campos das Princesas, sede do governo estadual. (mais…)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br