Em Orocó, Gonzaga Patriota e Odacy Amorim reforçam compromissos com agricultores familiares

Majoritários em Orocó (PE), no Sertão do São Francisco, o deputado estadual Odacy Amorim (PT) e o federal Gonzaga Patriota (PSB) estiveram ontem (11) na cidade, reunidos com os filiados à Associação Comunitária dos Produtores Rurais da Boa Paz (Asprobap).

Os parlamentares debateram com os agricultores familiares do município os problemas relativos ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) em Orocó.  O socialista informou já ter destinado em torno de R$ 3 milhões para o PAA e assegurou que continuará lutando pela categoria.

Odacy também se comprometeu em cobrar do Governo do Estado, na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), um maior incentivo à agricultura familiar em Orocó. (foto/divulgação)

Odacy evita polêmica sobre dívida herdada por Miguel do Governo Lossio

O deputado estadual Odacy Amorim (PT/PE), não quis comentar a polêmica dos números sobre a dívida herdada pelo prefeito Miguel Coelho (PSB) do seu antecessor Julio Lossio (PMDB), que sucedeu Odacy em 2009 na Prefeitura de Petrolina. Perguntado sobre o assunto, o deputado – que governou a cidade entre 2007 e 2008 – se esquivou.

Nessa linha, vou preferir não fazer comentários”, disse Odacy que assumiu a prefeitura por ser o vice do hoje senador Fernando Bezerra Coelho (PSB). O socialista deixou o cargo na época para ocupar a secretaria de Desenvolvimento Econômico  de Pernambuco na gestão do ex-governador Eduardo Campos.

O assunto vem sendo motivo de polêmica entre o ex e o atual governo e a ex-secretária de Finanças de Lossio, Angelina Bernardo, que atualmente ocupa a pasta em Lagoa Grande, no Sertão do São Francisco, e vem sendo escalada para rebater as críticas sobre débitos pendentes da ex-gestão, questionada por Miguel Coelho. Sobre o anúncio da dívida herdada pelo prefeito, Angelina ironiza as queixas da atual administração e frisa. “São números que deveriam ser comemorados por Petrolina, pois Lossio teria assumido com mais do dobro do que alardeou a atual gestão”, afirmou.

Conforme Angelina, Lossio assumiu, em 2009, uma dívida herdada superior a R$ 96 millhões – ou 41% da Receita Corrente realizada em 2008, que era de pouco mais de R$ 233 milhões, conforme Relatório Resumido da Execução Orçamentária, balanço orçamentário divulgado no sítio do Tesouro Nacional). “Se correto estiver o valor da dívida anunciada, de R$ 45 milhões, ela passou a representar apenas 8,5% da Receita Corrente, que é de cerca de R$ 528 milhões, ou metade da dívida herdada”, contabilizou a ex-titular das finanças de Petrolina. Para ela, Lossio não somente pagou as suas dívidas, mas as de seus antecessores. “Se Miguel Coelho fizer o mesmo, Petrolina será uma cidade sem dívidas ao final de sua gestão“, projetou.

“Esse foi um modelo rejeitado”, diz Odacy Amorim sobre distrato da PPP do Pontal

Anunciado na última segunda-feira, 2, pela presidente da Codevasf (Companhia do Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba), Kênia Marcelino, o distrato da concessão que põe fim à Parceria Público-Privada (PPP) do Projeto Pontal, em Petrolina, teve seu processo iniciado, na verdade, há cerca de dois anos. Quem garante é o deputado estadual Odacy Amorim (PT-PE) que foi um dos políticos mais críticos do modelo, juntamente com o ex-deputado Osvaldo Coelho, falecido em 2015.

“Tudo iniciou na presidência de Elmo Vaz na Codevasf, ainda no governo da presidente Dilma Rousseff. Nós também fizemos várias inserções para que essa PPP não perdurasse. Entramos na justiça, realizamos duas audiências públicas pela Assembleia Legislativa com a Codevasf daqui, presente em apenas uma. Esse foi um modelo rejeitado pela Bahia”, avaliou Odacy.

O deputado agora espera que o processo tenha andamento para que os nativos da área do Pontal possam aproveitar o potencial que tanto sonharam quando entregaram suas terras para a implantação do projeto. “A PPP não beneficiou ninguém. Agora é corrigir, correr atrás dos quase R$ 200 milhões para concluir o projeto, fazer uma seleção justa para atender os nativos, e produzir”, concluiu o deputado Odacy.

Odacy Amorim e o futuro Governo Miguel Coelho

O resultado das eleições municipais deste ano em Petrolina, se não foram como o deputado estadual Odacy Amorim (PT) gostaria, de qualquer forma o deixaram como protagonista. Segundo colocado na disputa pela prefeitura, com mais de 39 mil votos, ele deverá ser, em tese, a principal voz de oposição ao futuro governo de Miguel Coelho. (PSB).

O detalhe é que o deputado, que já foi ligado ao grupo do senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) – pai de Miguel – ainda não comentou claramente qual será sua linha de atuação.

Após suspensão de atendimentos, Miguel Coelho diz que Governo de PE já autorizou pagamento de R$ 4 milhões ao Imip

hospital-dom-malan-hdmDepois de anunciar a suspensão temporária dos internamentos de obstetrícia e pediatria por falta de recursos, o Hospital Dom Malan (HDM/Imip) deve receber um novo aporte do Governo de Pernambuco.

A informação foi confirmada ontem (15) pelo prefeito eleito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), durante coletiva de imprensa na qual anunciou seu secretariado.

Segundo Miguel, o valor autorizado é de R$ 4 milhões. “Agora mesmo o Imip divulgou uma nota dizendo que ia encerrar o atendimento em algumas áreas. Ainda na quarta-feira (14) fui atrás do governador e ele já autorizou o pagamento de R$ 4 milhões para que o Imip não feche e não abandone a população”, disse Miguel.

Vice-presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o deputado estadual veio a Petrolina ainda na noite de quarta-feira (14), com a assessoria especial do secretário estadual de Saúde, Iran Costa, e reforçou que parte dos atrasos destinado ao HDM/Imip seria paga ainda ontem (15), segundo informou a assessoria do deputado. A unidade, que é referência em atendimento materno-infantil em 53 cidades de três Estados suspendeu atendimento na quarta, alegando falta de recursos devido ao atraso dos repasses do governo estadual, que mantém convênio com o Imip para gerir o HDM.

Teresinha Teixeira recebe homenagem da Alepe e se emociona

homenagem-teresinha-teixeira-alepe

Se existe alguém em Petrolina digno de todas as homenagens, esse alguém atende pelo nome de Teresinha Teixeira. Ex-vereadora, ex-diretora de uma das instituições de ensino mais tradicionais da cidade (o Colégio Dom Bosco), a educadora abnegada pelo seu ofício ganhou mais um reconhecimento.

Teresinha Teixeira foi uma das agraciadas na noite de ontem (29) com a Medalha Leão do Norte Mérito Educacional Paulo Freire, concedida pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). O evento aconteceu no Plenário Principal da Casa Joaquim Nabuco.

Autor da proposta, o deputado estadual Odacy Amorim (que chegou a atuar na Câmara de Vereadores de Petrolina na mesma legislatura de Teresinha), destacou a trajetória vitoriosa da educadora. Teresinha agradeceu. “Convivemos muito bem na Câmara e ele sempre valorizou o nosso trabalho na política, na educação, na área social e na área religiosa. É uma história de mais de 46 anos. Recebo a Medalha Mérito Paulo Freire como símbolo de valorização da educação. Por isso, esse gesto de nobreza e de valorização faz com que tenhamos um sentimento de agradecimento ao deputado Odacy Amorim”, assinalou Teresinha, emocionada. Outras autoridades, a exemplo da viúva do ex-governador Eduardo Campos, Renata Campos, e o secretário estadual de Turismo, Felipe Carreras, também receberam a honraria. (foto: Rinaldo Marques/Alepe)

Professor acredita que problema da água salobra poderia ser sanado com projeto de revitalização de rios urbanos de Petrolina

riacho vitória

Após ler um post do Blog publicado na manhã de hoje (28), referente ao alerta feito pelo deputado estadual Odacy Amorim acerca do problema da água salobra, que pode voltar a incomodar os petrolinenses com a chegada das chuvas, o professor André Luiz Queiroz de Andrade decidiu emitir sua opinião sobre o assunto.

Segundo André Luiz, que é ex-vice presidente do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Condema) e conselheiro do ConCidades de Petrolina e de Pernambuco, um projeto de revitalização do Riacho Vitória (onde a água é captada para o tratamento, antes de ser utilizada pela população) e de outros rios urbanos da cidade seria a medida mais adequada.

Confiram:

O Riacho da Vitória é um dos rios urbanos de Petrolina, os quais hoje são utilizados pela Codevasf e pela Compesa como leitos para despejos e trajeto dos sais coletados das áreas irrigadas e dos esgotos domésticos. Por que o deputado não abraça um projeto de revitalização dos rios urbanos de Petrolina? a cidade e suas populações iriam agradecer.

Para tanto, a Codevasf e a Compesa precisariam parar de utilizar estes leitos. A prefeitura teria que reflorestá-los e, em algumas partes, promover o barramento das águas para possibilitar que fiquem perenes.

André Luiz Queiróz de Andrade/Professor Universitário, Ex-Vice Presidente do Condema e Conselheiro do ConCidades de Petrolina e de Pernambuco

Problema da água salobra pode voltar com período de chuvas em Petrolina, alerta Odacy

odacy

A proximidade do período de chuvas em Petrolina pode trazer de volta uma dor de cabeça da população: a água salobra. O alerta é do deputado estadual Odacy Amorim (PT). Ele afirma que a solução já é conhecida e deveria ter sido colocada em prática pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

No começo do ano, Odacy já havia feito um alerta em relação ao assunto. O problema se localiza no Riacho Vitória, principal estação de tratamento da cidade.

“Busquei ajuda na Codevasf, que me acompanhou na solicitação que fiz no começo do ano. Também alertei a Compesa, provoquei o Ministério Público, que determinou a resolução do problema. Enviei ainda ofício à prefeitura, solicitando alguma medida. Mas não vi nada ainda ser feito, por isso fui à Compesa no final da última semana conversar sobre a questão da água tratada para o povoado do Capim, na zona rural, e provoquei a gerência sobre essa situação do Riacho Vitória. Estou realmente preocupado com a falta de uma solução já orientada pelo Ministério Público”, reclamou Odacy.

Conforme o parlamentar, ficou acertado que a 3ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf e a Compesa iriam trabalhar juntas nesta questão, com a utilização de um flutuante no Riacho Vitória para transportar a captação da água e, assim, manter a qualidade do líquido, mesmo com as chuvas. O acesso às chácaras e roças situadas na área provocou o fechamento da passagem do Riacho e nada foi feito para romper essas paredes.

Audiência

“Alertei na reunião que essas paredes que fecharam o Riacho poderão causar danos na qualidade da água que consumimos aqui na cidade. Se não for feita a abertura do Riacho, que se coloque o flutuante o quanto antes. Estou pedindo uma audiência na Codevasf e vou levar a ata da reunião ao Ministério Público, porque é simples a solução fazendo a captação da água mais dentro do rio com o flutuante e assim, evitando que a contaminação volte. As chuvas podem chegar, sem que nada tenha sido feito. Isso é preocupante”, concluiu Odacy Amorim. As informações são da assessoria do deputado.

Ex-vereadora Teresinha Teixeira será homenageada pela Alepe com Medalha Leão do Norte

teresinha teixeiraEx-vereadora de Petrolina e ex-diretora do Colégio Dom Bosco, a professora Teresinha Teixeira receberá na próxima semana uma homenagem da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Teresinha será agraciada com a Medalha Leão do Norte, no Mérito Educacional Paulo Freire. A honraria é concedida a personalidades que se destacaram pelo trabalho em prol do desenvolvimento de Pernambuco. O autor da indicação foi o deputado estadual Odacy Amorim.

Figura das mais conhecidas e queridas em Petrolina, Teresinha já teve sua trajetória de vida contada em livro do saudoso jornalista Carlos Cavalcante, intitulado “Uma história de Fé, Educação e Trabalho”, e sempre foi uma incansável batalhadora por melhorias na área.

Como diretora do Dom Bosco, onde atuou por quase 40 anos, ajudou no reconhecimento nacional da instituição como uma das melhores do país. Vereadora por três mandatos na Casa Plínio Amorim, defendeu projetos em favor da mulher, do meio ambiente e de crianças e jovens. “Educar sempre foi a minha missão e que eu sempre cumpri com o coração. Agradeço realizada ao reconhecimento do meu trabalho e também à sociedade petrolinense por tudo, às famílias que me deram tanto apoio, aos alunos espalhados pelo Brasil e no mundo”, disse, emocionada, Terezinha, que já foi homenageada por diversas vezes.

A solenidade de entrega da Medalha Leão do Norte será no próximo dia 2911, no Recife. Entre os que receberão a honraria também estão a viúva do ex-governador Eduardo Campos, Renata Campos, e o secretário de Turismo de Pernambuco, Felipe Carreras.

Deputados Lucas Ramos e Odacy Amorim manifestam pesar pela morte de secretária de Acessibilidade de Petrolina

ROSE ANDRADE NOBREOs deputados estaduais Lucas Ramos (PSB) e Odacy Amorim (PT) manifestaram seu pesar na tarde desta segunda-feira (21) pela morte da secretaria de Acessibilidade da Prefeitura de Petrolina, Rose Andrade.

Pelas redes sociais, Lucas Ramos lembrou a militância de Rose em prol dos direitos das pessoas com deficiência. “Recebemos com muita tristeza a notícia do falecimento precoce de Rose Andrade, secretária de Acessibilidade de Petrolina. A cidade sente a perda de uma incansável militante dos direitos das pessoas com deficiência, uma pessoa que lutou uma vida por inclusão e oportunidades para todos. Rose era de uma força incomparável. Seu legado permanecerá e certamente servirá de inspiração para muitas gerações. Meus sentimentos à família. Vá iluminada e em paz”, escreveu.

Assim que tomou conhecimento do fato, Odacy usou a tribuna da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) para enaltecer a secretária. O deputado também citou “o trabalho, profissionalismo e dedicação” de Rose na defesa das pessoas com deficiência. Ele lembrou ter se reunido com ela algumas vezes para conversar sobre a questão da acessibilidade em Petrolina e disse que a conhecia desde pequena, pelo fato de ter também raízes no distrito de Rajada, terra-natal de Odacy.

“Quando a gente houve falar do falecimento de uma pessoa como ela, a gente tem muito a lamentar. Me solidarizo com a prefeitura, com o prefeito Julio Lossio, com toda a equipe de servidores e da Secretaria de Acessibilidade. Todas as pessoas com deficiência física tinham em Rose um grande apoio, uma grande amiga. Quero me solidarizar com a família. Que Deus conforte a todos e fica aí o legado da Rose”, finalizou o parlamentar. Rose faleceu aos 45 anos. Ela deixa esposo e dois filhos. (foto/arquivo)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br