Cedro: Ex-prefeito continua se movimentando para adquirir recursos para o município

O Ex-prefeito de Cedro (PE), no Sertão Central, Josenildo Leite Soares, o “Neguinho de Zé Arlindo”, continua se movimentando em busca de melhorias para o município. Na última sexta-feira (17), por exemplo, ele esteve em Petrolina, onde manteve contatos com o prefeito Miguel Coelho, senador Fernando Bezerra Coelho e o titular da 6ª Superintendência Regional da Codevasf, Aurivalter Cordeiro.

Na ocasião, o ex-gestor protocolou na Codevasf pedidos para perfuração de poços artesianos e serviço de horas-máquinas para barragens. Neguinho de Zé Arlindo garante que estão assegurados R$ 500 mil que serão utilizados para a compra de tratores e retroescavadeira. Segundo ele, os maquinários serão adquiridos pela Codevasf e doados para associações rurais do município de Cedro.

Secretário aponta “força política” para avanços na Infraestrutura e Habitação de Petrolina

À frente da Secretaria de Infraestrutura e Habitação de Petrolina, o Coronel Heitor Leite, que foi secretário de Educação na gestão passada,  declara ter as diretrizes básicas a serem seguidas: pensar a cidade a partir da perspectiva urbanística, melhorar a infraestrutura e avançar na política habitacional.

É mais um desafio. Na Infraestrutura, eu tenho um grupo menor, mas trabalhando para um grupo muito grande, que é toda a cidade. Na Habitação, da mesma forma. O desafio é que o cidadão seja atendido. Eu vejo esse momento apropriado para novas idéias”, disse, em entrevista a este Blog.

Questionado sobre as obras de duplicação de uma das principais avenidas da cidade, a Cardoso de Sá, que foi promessa da gestão passada, o secretário garantiu que a avenida não tem capacidade para ser duplicada e afirmou que a obra iniciada no local é “praticamente inaproveitável”.

Aquilo é uma obra paralisada e longe de ter uma posição. Pegamos um engenheiro da própria secretaria e aquela obra é praticamente inaproveitada, é praticamente um trabalho perdido. Não tem uma avaliação precisa. Pra Câmara [de Vereadores] foi prestada uma série de esclarecimentos e se fala em R$ 3 milhões, mas ali não tem um projeto licitado. Foram feitas aquisições de material e foi contratado o serviço de ressocialização dos presos, então não se tem um valor licitado pra dizer quanto foi”, afirmou.

De acordo com o Coronel Leite, o projeto da obra não foi encontrado e até o meio-fio feito na Cardoso de Sá está irregular. “Uma fileira de meio-fio está invertida, eles limitam a pista. A gente tem q tirar o meio fio para fazer uma pavimentação decente. Pra gente pavimentar a pista de ciclista, a gente tem que tirar o meio-fio, ou seja, tirar tudo.

Mas nem tudo está perdido. O secretário disse que a prefeitura já tem um projeto e que está buscando recursos. “Já temos um projeto, efetivamente, elaborado pelo engenheiro, desde o Trevo até a Facape, para que a gente possa realizar. O prefeito está buscando duas fontes de dinheiro, sendo uma o recurso do empréstimo da pavimentação – que ainda tem um saldo para receber e nós estamos tentando resolver. Se recebermos, já temos como alocar; se não recebermos, o prefeito esteve em Brasília e o Ministro das Cidades ficou de contemplar a cidade com recurso de mais de um milhão de reais”, explicou.

O Coronel Heitor Leite explicou por que a avenida Cardoso de Sá não pode ser duplicada. “A Cardoso de Sá não cabe duplicação, a idéia é que ela se mantenha naquela espessura, obviamente com recapeamento. Por que não duplicar? A idéia é tirar o trafego de carros pesados da Cardoso de Sá. Está no projeto a duplicação da Avenida Honorato Viana, da Sete de Setembro, com viaduto na Estrada da Banana, de modo que os carros pesados saiam por ali, para que eles não passem pelo Centro de Petrolina”, pontuou.

Requalificação da Orla I

O Secretário também informou que a prefeitura realizará, ainda este mês, um projeto de requalificação da Orla I e o andamento de obras nas Orlas II e III. “O prefeito, em Brasília, recebeu a promessa, e nós temos que preparar este mês o projeto de requalificação da Orla I, que contempla a região dos bares, a Portal do Rio e o terminal das barquinhas. A Orla II está com pisos intertravados e a obra da Orla III está travada por questões ambientais. Mas, nós estamos tentando destravar a obra. Já que vai fazer a Orla III, ai o município tem que recompor em alguma área ambiental para que seja liberado. Esse dinheiro para tantas intervenções, de onde sai? Foi solicitado ao Ministro das Cidades. Os recursos que seriam para o VLT autoriza a mudança de objeto, para que façam obras de mobilidade”, contou.

O secretário ainda comentou sobre o planejamento para melhorar o acesso dos ônibus nos bairros e afirmou que a manutenção de todo esse sistema de esgotamento sanitário de Petrolina é da Compesa, que tem uma parceria da prefeitura. Ele ainda disse que foi criada a Diretoria de Saneamento, “porque a prefeitura não tinha expertise nessa área. Estamos fazendo esse trabalho de integração.

Habitação

Destacando força política, através do senador Fernando Bezerra Coelho, do ministro Fernando Filho e o alinhamento com o governo federal, o Coronel Leite  contou algumas novidades, a exemplo de um programa de habitação que contemplará o homem do campo.

Mais uma vez, eu destaco essa intervenção política que está sendo feita, através do senador e do ministro. Teremos o Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), que contempla o homem do campo. E mais um incremento aqui na cidade, para contemplar. Nós acreditamos que não o lançamento não deve demorar. Quando o governo federal disser com quantas unidades seremos contemplados, nós saberemos quanto será investido. A idéia é você fazer núcleos habitacionais nos projetos e também atingir comunidades mais afastadas”, destacou.

Sobre as unidades habitacionais já entregues em Petrolina, o secretário ainda disse haver irregularidades nos contemplados. Mas é preciso que a população denuncie, para que a prefeitura faça o trabalho de retomar os imóveis e repassar para as pessoas que estão na fila de espera. “Nós devemos receber, agora, 95 unidades retomadas. Os 95 da fila de espera, avançam. É necessário que a população denuncie. Não há como a gente descobrir quem está ilegal. Procura a própria Secretaria de Habitação ou liga para a Ouvidoria da Prefeitura no número 196”, reforçou.

Obras do contorno viário de Sertânia perto de serem concluídas

 

Além de participar da cerimônia de abertura das comportas do reservatório de Campos – que integra o projeto de Transposição das águas do Rio São Francisco – ao lado do presidente da República, Michel Temer, o governador Paulo Câmara aproveitou a ida ao Sertão, nesta sexta-feira (10.03), para fazer vistoria às obras do Contorno Viário de Sertânia. A intervenção está muito próxima de ser finalizada, apresentando 85% de execução.

O Contorno é uma reivindicação antiga da população da região, que deseja que o tráfego de veículos pesados não passe por dentro da cidade. Para atender essa demanda, o governador Paulo Câmara autorizou o início do trabalho em junho de 2015. Ele tem uma extensão de 7,5 quilômetros e representa um investimento de R$ 16,5 milhões do Estado, por meio do Fundo Rodoviário de Pernambuco (Furpe).

“Nossa expectativa é de que possamos concluir essa obra fundamental para a região ainda neste semestre. O Contorno vai aumentar a segurança das pessoas e permitir que os veículos de carga tenham mais agilidade no deslocamento em para o Pajeú e também para a Paraíba, o que dinamiza a economia da região”, disse o governador Paulo Câmara.

Realizada pela Secretaria Estadual de Transportes, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), a nova via evitará que dois mil caminhões circulem mensalmente pelo centro urbano de Sertânia. Ao todo, serão beneficiados diretamente mais de 35 mil pessoas. A obra, que segue em ritmo acelerado, tem conclusão prevista para o próximo mês de maio.

“A população vai ganhar mais fluidez e segurança no trânsito, a partir da conclusão desse importante equipamento. A obra evitará, também, os transtornos causados pelo tráfego pesado de caminhões no Centro da cidade, principalmente em dias de feira, e vai oferecer, com certeza, mais conforto e segurança aos usuários, além de impulsionar o desenvolvimento local”, afirmou o secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira.

Para o prefeito Ângelo Ferreira, a nova infraestrutura também será um importante impulsor da economia local, com a atração de novos polos comerciais para a região. “Esse é um sonho antigo, não só do povo de Sertânia, mas de toda essa região do Moxotó. Essa via vai possibilitar que novos empreendimentos comerciais queiram se instalar na região do contorno, gerando mais emprego e renda para a população. Eu conheço várias cidades que tiveram um impulso no desenvolvimento a partir de vias como essa, e aqui não vai ser diferente”, registrou. (Fotos: Aluisio Moreira/SEI/Divulgação)

Em Brasília, prefeita de Sento-Sé busca recursos para finalização de obras e realização de novos projetos

Em busca de recursos para finalização de obras e também para realizar novos projetos em Sento-Sé, no norte da Bahia, a prefeita Ana Passos (PSD) foi até Brasilia (DF), onde se reuniu com a presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Kênia Marcelino, e com o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Silvio Pinheiro.

A gestora solicitou da Codevasf ajuda para finalização do saneamento básico do município. A obra do saneamento foi executada pela Codevasf, porém nunca foi concluinda. Ana informou que Kênia Marcelino garantiu o recurso de quase R$ 5 milhões para finalizar o esgotamento do município, faltando, agora, a licitação do restante da obra.

Outro problema do município discutido em reunião foi o Programa ‘Água para Todos’. “A obra foi concluída pela Codevasf, mas a gestão anterior sumiu com alguns equipamentos fundamentais para o abastecimento, agora vamos entrar na justiça para cobrar juridicamente uma solução”, informou o secretário de Administração de Sento-Sé, Juvenilson Passos, que acompanhou a prefeita na capital federal. Ana Passos ainda requereu apoio da Codevasf para construir, juntos, um projeto para o futuro abastecimento d’água na cidade.

A reunião com o presidente do FNDE teve como finalidade, solicitar verba para o termino das obras inacabadas deixadas pela gestão passada. O município ficou com duas creches, quatro quadras e uma escola por finalizar. A prefeita afirmou que recebeu o sistema travado, por falta de atualização da gestão anterior. “Todas as obras têm recurso, agora vamos negociar com a empresa do contrato para concluir as obras”, afirmou Ana. (foto/divulgação)

Ministério da Integração Nacional anuncia R$ 12 mi para obras de reforço hídrico no sertão pernambucano

O Ministério da Integração Nacional liberou na terça-feira (7) R$ 12 milhões para que o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCs) contrate a obra do ramal de Triunfo e Santa Cruz da Baixa Verde, a partir da Adutora do Pajeú, em Pernambuco. A novidade foi confirmada após audiência, em Brasília, do ministro Helder Barbalho com representantes da Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE), o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE) e o presidente da Compesa, Roberto Tavares.

Depois de pronto, o ramal levará alívio aos milhares de sertanejos que convivem com o racionamento de água na região. Barbalho também se comprometeu agilizar a construção de uma adutora a partir da quinta elevatória (EBV-5) do Eixo Leste da Transposição, localizada em Sertânia/PE, em direção ao município de Afogados da Ingazeira/PE.

“Após o término dessa obra, reforçaremos o abastecimento em Tabira, Solidão, São José do Egito, Tuparetama, Itapetim, Brejinho, Santa Terezinha e mais 6 municípios da Paraíba”, contou o deputado Gonzaga Patriota (PSB). (Foto: Ascom)

Lucas Ramos anuncia recursos do FEM em aniversário de Ipubi

 

Ao completar 55 anos de emancipação política nesta quinta-feira (02), o município de Ipubi, no Sertão do Araripe, foi presenteado com o anúncio de R$ 300 mil para investimentos na melhoria da infraestrutura do município em áreas estratégicas. Os recursos foram garantidos pelo deputado estadual Lucas Ramos (PSB), por meio de emendas parlamentares à Lei Orçamentária Anual.

O montante será aplicado no município através do FEM (Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Municipal) e em ações de infraestrutura hídrica sob responsabilidade da prefeitura. “Estamos contribuindo com o prefeito Chico Siqueira para que o município possa oferecer melhores serviços e realizar obras que vão mudar a realidade na zona urbana e também na área rural”, enfatizou Lucas.

Lucas acrescentou que as ações em infraestrutura hídrica, por exemplo, terão um reforço com a liberação de horas máquina para limpeza e recuperação de barreiros e barragens. Além de acompanhar o prefeito Chico Siqueira, Lucas Ramos participou das comemorações pelo aniversário de Ipubi ao lado do deputado federal Fernando Monteiro (PP), de vereadores e lideranças políticas.

Na ocasião, foram entregues pela prefeitura uma ambulância semi-UTI e três veículos 0Km para as ações em saúde, além da nova Sala de Estabilização do Hospital Municipal Marcelino da Silva Mudo, que leva o nome de Paulo José Sarmento, o ex-vereador Zé Bolinha, falecido em janeiro passado.

Lucas Ramos aproveitou para verificar a nova rodovia PE-590, construída para ligar o centro de Ipubi aos distritos de Serra Branca e Serrolândia. Com um investimento de R$ 32 milhões, a estrada de 25 km recebeu asfalto, guardrail nas margens, sinalização vertical e horizontal. (Foto: Ascom)

Presidente da associação de moradores do Fernando Idalino faz elogios ao carnaval de Petrolina e frisa que saneamento é pauta prioritária para o bairro

O presidente da associação de moradores do bairro Fernando Idalino Bezerra, na zona leste de Petrolina, Gilvan Vicente, que também integra a diretoria da Central Única dos Bairros (Cubape), veio ao Blog para falar sobre o sucesso do carnaval da cidade e das prioridades de sua comunidade já de conhecimento do prefeito Miguel Coelho (PSB). Sobre a folia momesca, Gilvan frisa que foi um evento ordeiro, tranquilo e que ainda trouxe aquecimento para a economia local.

“Foi um carnaval tranquilo, segundo a própria polícia e os especialistas em economia dizem que onde tem carnaval, existe um aquecimento na economia. Então o prefeito Miguel Coelho está de parabéns. São poucos mais de 50 dias e ele apesar de jovem, tem mostrado que sabe trabalhar e a prova disso é o sucesso do carnaval”, avaliou o comunitário.

Gilvan elogiou também o resgate dos blocos e troças que voltaram a participar da festa. “A secretária de Cultura, Maria Elena e o prefeito Miguel Coelho foram felizes nesse resgate e com parcerias, podemos esperar uma maior descentralização para que outras manifestações culturais possam aparecer durante o evento”, acrescentou Gilvan.

Sobre as demandas levadas ao prefeito para o Fernando Idalino, Gilvan destacou a obra de saneamento tão reclamada pela comunidade. Ele citou sobre o convênio já assinado com a Compesa e a Codevasf para a  realização da intervenção. A companhia estadual está concluindo o projeto e em breve será licitada a obra avaliada em R$ 5 milhões.

“Interessante lembrar que essa é uma obra que vai gerar empregos para a nossa cidade e nossa comunidade. O importante é acabar com o sofrimento da falta de saneamento. Uma obra que vai beneficiar por volta de 35 mil pessoas entre as bacias do Jatobá até a bacia do bairro Henrique Leite, isso vai proporcionar que menos pessoas fiquem doentes e uma maior qualidade de vida para a nossa população. Saneamento é saúde e o prefeito Miguel Coelho foi feliz em priorizar uma ação tão necessária e importante”, finalizou Gilvan Vicente.

 

 

Codevasf volta a entregar obras em municípios pernambucanos

Passada a fase mais crítica da crise econômica que promoveu a diminuição no ritmo das atividades de órgãos públicos no País, a exemplo da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Paranaíba (Codevasf), a 3ª Superintendência Regional (SR) da companhia em Petrolina tem retomado as ações na sua área de atuação, que corresponde a 69 municípios penambucanos. A Codevasf promoveu recentemente a entrega de equipamentos e obras nos municípios de Tabira e Solidão, Sertão do Pajeú.

O superintendente regional, Aurivalter Cordeiro, tem visitado os municípios com o objetivo de discutir ações, acompanhar obras e entregar equipamentos para o fortalecimento da agricultura familiar e melhorar a estrutura e o acesso a benefícios como a água, tão importante para o semiárido nordestino. Aurivalter esteve em Tabira para promover a entrega de um trator agrícola à Associação de Moradores do Sítio Boa Vista.

Na cidade de Solidão, o superintendente regional fez a entrega que conquistou de seis poços artesianos, articulados via emendas parlamentares. Os poços atenderão a comunidades de Caldeirão Grande, São Francisco, Pelo Sinal, Fabrício, Barra e Macambira, todas na zona rural. (foto/divulgação)

Governadores nordestinos e ministros de Temer pressionam TCU por retomada da Transnordestina

Os governadores Paulo Câmara (Pernambuco), Camilo Santana (Ceará) e Wellington Dias (Piauí) e os ministros Maurício Quintella (Transportes) e Dyogo Oliveira (Planejamento) reuniram-se na noite de ontem (15) com o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Walton Alencar Rodrigues, para buscar a retomada das obras da Ferrovia Transnordestina. O ministro bloqueou repasse de recursos federais para o projeto. O TCU apontou descompasso entre os valores dos investimentos já realizados e o andamento da ferrovia.

A reunião contou também com a participação do vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Raul Henry, e do presidente da Transnordestina, Sergio Leite.

No encontro de hoje, ficou definido que serão enviadas as informações exigidas pelo Tribunal para que a questão possa ser reavaliada pela equipe técnica do TCU.  Além disso, o ministro Walton assegurou que a conclusão da ferrovia é uma prioridade do TCU e que tão logo as informações sejam fornecidas, o caso será reavaliado para se verificar as condições necessárias para a retomada dos repasses de recursos. As informações são do Governo de Pernambuco. (foto: Humberto Pradera/divulgação)

Tubulação se rompe durante execução de obras e deixa comunitários do Dom Avelar sem água, informa Compesa

O abastecimento d’água nas proximidades da Rua da Caridade, no Bairro Dom Avelar, zona norte de Petrolina, está suspenso devido ao rompimento de uma tubulação durante a execução de obras de recuperação do sistema coletor naquela via pública e na Avenida dos Sentimentos. A informação é da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) na cidade.

De acordo com a empresa, os serviços de manutenção já estão sendo executados. A previsão é de que no final da tarde de hoje o trabalho seja concluído, normalizando o abastecimento.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br