Esmeralda gigante de 360 kg é achada no norte da Bahia

Uma esmeralda gigante, que pesa 360 kg e tem 1,3 metros de altura, foi encontrada há 25 dias na Mina da Carnaíba, no município de Pindobaçu, norte da Bahia. A localidade é conhecida pela exploração do mineral. Esta é a segunda pedra de grande porte encontrada na região. A primeira, achada em 2001, tinha 20 kg a mais e foi avaliada em cerca de R$ 1 bilhão.

A pedra foi localizada a 200 metros de profundidade pela Cooperativa Mineral da Bahia, que tem autorização para explorar a área, e vendida a um minerador da região. Por motivos de segurança, o dono da pedra bruta não quis dar entrevista e nem informou quanto pagou pela esmeralda. O advogado dele, Márcio Jandir, disse que o cliente já providenciou documentação para legalizar a propriedade da pedra adquirida por ele.

Nós já fizemos toda a emissão do certificado de origem, exigência do DNPM [Departamento Nacional de Produção Mineral]. O documento já foi emitido. Hoje o proprietário da pedra está autorizado a transitar com ela em território nacional e, obviamente, ele almeja fazer exposições com a pedra e apresentar em museus e bibliotecas“, disse o advogado.

A esmeralda Bahia, encontrada em 2001, foi levada para os Estados Unidos ilegalmente e, durante vários anos, foi motivo de uma disputa judicial entre o governo brasileiro e o americano. Até que, em 2015, foi decidido que a pedra ficaria nos Estados Unidos. (fonte/foto: TV São Francisco)

Remanso: Trecho da BR-324 continua interditado há quase uma semana

O trecho da BR-324, entre Remanso (norte da Bahia) e Dirceu Arcoverde (Sul do Piauí), continua interditado há quase uma semana devido ao protesto dos moradores locais, que cobram pavimentação da rodovia. Por conta do bloqueio, caminhoneiros estão procurando rotas alternativas, aumentando a distância entre os dois estados em 200 e até 300 quilômetros. Desde o dia 16, os manifestantes montaram barracas no meio da pista e estão até cozinhando no local.

O trecho, que é divisa dos dois Estados, serve de acesso ao Parque Nacional Serra da Capivara e ao Aeroporto Internacional de São Raimundo Nonato (PI). Além disso, a rodovia é uma das principais rotas para o escoamento de hortifrutigranjeiros (atividade ligada à plantação de hortaliças, legumes e frutas) do pólo São Francisco, que vêm de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA) para o Piauí.

O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit), Paulo de Tarso Cronemberger, informou que não há nenhum plano de ação previsto para a BR-324. (com informações do G1-PI/foto: Wesley Moreira)

Três morrem em acidente no Norte da Bahia; sobrevivente é executado em ambulância

Quatro pessoas morreram após um acidente na BR-407, entre os municípios  de Filadélfia e Ponto Novo, no Norte da Bahia, na tarde de domingo (23). Três foram a óbito ainda no local do acidente, após a colisão entre dois carros. A quarta vítima, que tinha sobrevivido à tragédia, foi assassinada dentro da ambulância, quando estava sendo socorrida.

A colisão aconteceu por volta das 15h30, na localidade conhecida como Arueira. Segundo informações da Polícia Militar de Ponto Novo, logo após o acidente, a ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que levava Reinaldo de Amorim dos Santos, 33 anos, foi surpreendida por um grupo que invadiu o veículo e atirou contra a vítima.

A ambulância já estava na entrada de Ponto Novo, quando foi abordada pelo bando. Testemunhas contaram à polícia que dois homens mortos no acidente eram ciganos e que familiares deles executaram o sobrevivente como vingança, porque o consideraram responsável pelo acidente.

As vítimas estavam sem documentos e ainda não foram identificadas. Os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Senhor do Bonfim. (Com informações do Correio da Bahia/foto: divulgação)

Governo cede maquinário para manutenção de rodovias que cortam Norte da Bahia

O Governo da Bahia assinou  um termo de cessão para emprestar tratores, caminhões, equipamentos e mão de obra para o Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Território do Piemonte Norte do Itapicuru. Todo maquinário e pessoal cedido vai ser usado para manutenção de trechos das rodovias BA-220 e BA-375, na região do município de Senhor do Bonfim, no Norte do estado.

Os caminhões, tratores e maquinário vão ser usados pelo Consórcio para realizar manutenção das estradas. Os serviços de manutenção irão beneficiar moradores dos municípios de Senhor do Bonfim, Campo Formoso, Andorinha, Antônio Gonçalves, Caldeirão Grande, Filadélfia, Jaguarari, Pindobaçu e Ponto Novo.

A Secretaria da Administração (Saeb) vai ceder sete caminhões, nove tratores, além de usina de asfalto, placa vibratória e outros equipamentos. A Saeb também vai ceder mão de obra para executar os serviços. A Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) vai designar técnicos para fiscalizar e avaliar as obras de manutenção e fornecer insumos necessários, além de analisar os relatórios trimestrais entregues. Já o Consórcio vai ser responsável pela execução e acompanhamento dos serviços de manutenção.

Jaguarari: Decisão do prefeito em fazer dez dias de festejos juninos causa polêmica

Em Jaguarari, no norte da Bahia, uma decisão do atual prefeito Everton Rocha está causando polêmica e dividindo opiniões. O gestor confirmou dez dias de festejos no São João da cidade, apesar delicado que atravessa a saúde pública.

Para uma parte da população, o prefeito (que é também proprietário da única emissora de rádio local) “parece valorizar o supérfluo e esquecer totalmente a saúde municipal”. Além da situação precária das instalações físicas dos postos, existe falta até de medicamentos básicos como também de aparelhos essenciais para seu devido funcionamento.

Segundo uma fonte do Blog, os acertos firmados verbalmente, quando da realização dos contratos por escrito, estão abaixo dos valores inicialmente acertados. A data dos pagamentos está sendo postergada entre oito a dez dias, o que comprovaria “a irresponsabilidade da gestão municipal”. Com a palavra, a prefeitura. (Foto/reprodução)

Codevasf preserva bioma caatinga em área irrigada do Norte da Bahia

No Projeto de irrigação Salitre, em Juazeiro (BA), uma área de mais de 3 mil hectares é destinada à preservação do bioma caatinga, em projeto executado pela 6ª Superintendência Regional (SR) da Codevasf. Espécies como cacto, xique-xique e mandacaru – vegetação típica deste bioma único no mundo e que tem seu dia lembrado nesta sexta-feira, 28 – são algumas exemplos da riqueza que compõem o cenário do Salitre.

São 2.033 hectares de Reserva Legal, destinados a conservar a vegetação nativa da Caatinga, predominante na região semiárida. De acordo com o técnico da 6ª SR da Codevasf, José Gabriel Barbosa Lopes, que atua no apoio administrativo do projeto de irrigação, essa área de preservação é totalmente cercada para evitar que alguns animais ou até mesmo pessoas danifiquem ou retirem do local as espécies vegetais.

“Na área são encontradas essas espécies e ainda a aroeira, o umbuzeiro, o juazeiro, o caroá e o marizeiro”, enumera o técnico. O bioma abriga 178 espécies de mamíferos, 591 de aves, 177 de répteis, 79 espécies de anfíbios, 241 de peixes e 221 abelhas. Quase 27 milhões de pessoas vivem na região, a maioria carente e dependente de seus recursos para sobreviver.

No Salitre, a Codevasf destinou cerca de 1.100 hectares para a “servidão florestal”, objetivando a preservação ambiental, além dos 2.033 hectares, limitados por cerca de arame e mourões de concreto.

“Essas áreas devem compor a paisagem dos novos projetos públicos de irrigação, junto com os lotes com produção agrícola, e reúnem vegetação nativa em bom estado de conservação, além de representar refúgio para muitos animais silvestres, como teiús, emas e saguis”, explica a chefe na Unidade de Meio Ambiente da Codevasf em Juazeiro, Edneuma Gonçalves de Souza.

Preservação

O trabalho de conservação da Codevasf nessa área é relevante para o desenvolvimento sustentável, a salvaguarda da biodiversidade, da saúde humana, dos valores paisagísticos, estéticos e do regime hídrico. “A preservação de áreas cobertas por vegetação nativa nas proximidades dos campos cultivados possibilita o controle biológico de pragas, regulando o funcionamento dos agroecossistemas a partir da seleção de plantas e de técnicas de manejo para estruturar o sistema produtivo nos lotes”, afirma Edneuma Souza.

Essas tecnologias têm como objetivo auxiliar agricultores na adequação de seus sistemas produtivos tradicionais às bases ecológicas exigidas pelo mercado atual, conjugando a utilização dos recursos naturais com a responsabilidade de preservá-los.

Dia Caatinga

O Dia Nacional da Caatinga, instituído por Decreto Presidencial em 20 de agosto de 2003, é celebrado todos os anos em 28 de abril. Único bioma exclusivamente brasileiro, a caatinga ocupa cerca de 844,4 mil quilômetros quadrados – o equivalente a 11% do território nacional – e engloba os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí, Sergipe e o norte de Minas Gerais. (Foto: Ascom)

De olho na Câmara Federal, Isaac Carvalho continua dialogando com lideranças políticas do norte baiano

O ex-prefeito e atual assessor de Planejamento e Parcerias Estratégicas da Prefeitura de Juazeiro (BA),  Isaac Carvalho (PCdoB), continua suas andanças pela região norte baiana, pavimentando seu caminho rumo à Câmara Federal. Segundo informações, o ex-gestor continua pré-candidato a deputado.

Os últimos municípios visitados por ele foram Filadélfia e Capim Grosso. Em Filadélfia, Isaac foi recebido pelo ex-prefeito Barbosa Júnior (PDT) e depois pelo ex-vereador Teval Reis (PSC).

Já em Capim Grosso o ex-prefeito visitou a primeira competição de Turfe (corridas de cavalos) da cidade, no Haras Grupo Pereira, onde foi recebido pelo organizador e empresário Camilo Pereira e pelo ex-prefeito do município, José Sivaldo. Também encontrou outras lideranças da região, a exemplo de Emanuel Rodrigues, do PCdoB da cidade de Rodelas, e Nato da Silva, do PSL de Umburanas.

O evento contou com competidores de diversas regiões do Brasil e recebeu mais de 10 mil pessoas, oportunidade aproveitada por Isaac para articular sua popularidade na região. Ele esteve acompanhado do vereador Bertinho da Carnaíba (PR) e de seu assessor, Irenildo Santos. (foto/reprodução Facebook)

Mesmo após chuvas, Embasa mantém racionamento d’água em oito municípios do norte baiano

Apesar das chuvas ocorridas no norte baiano nos últimos dias, a Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) mantém o abastecimento de água em regime de racionamento em oito municípios (Senhor do Bonfim, Jacobina, Jaguarari, Caldeirão Grande, Andorinha, Itiúba, Ponto Novo e Filadélfia) e em Angico (Mairi) e Umbuzeiro (Mundo Novo) e estuda reduzir a oferta de água em Campo Formoso, Antônio Gonçalves, Saúde, Caém, Serrolândia, Capim Grosso e São José do Jacuípe.

Conforme dados coletados na terça-feira (4), as barragens que abastecem estas localidades não tiveram mudanças significativas, apresentando os seguintes níveis de armazenamento: Ponto Novo (23,9%), Pindobaçu (43,2%), Aipim (50,2%), Prata (19,9%), Pedras Altas (24%), Cachoeira Grande (32,9%), Itapicuruzinho (0,4%) e São José do Jacuípe (12,3%).

Segundo o gerente Regional da Embasa, Vinícius Araújo, o cenário ainda é preocupante. Ele disse que as chuvas ainda não foram suficientes para repor a água das barragens que abastecem a região, “por isso é necessário continuar contando com a cooperação da população na adoção de hábitos racionais do uso da água”, explicou Vinícius. Para conter a crise hídrica, a Embasa já estuda abastecer Itiúba através da Barragem de Rômulo Campos, Andorinha com água do Rio São Francisco via Sistema de Pilar, e Senhor do Bonfim e Jaguarari por meio de outras formas alternativas de abastecimento.

Empreendedorismo será incluído no currículo escolar de escolas do norte baiano

Estudantes do ensino fundamental de escolas públicas nos municípios de Sobradinho, Remanso, Sento Sé, Canudos e Paulo Afonso, no Norte da Bahia, vão aprender na sala de aula noções de empreendedorismo.

Durante um ano, as escolas classificadas no edital do Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), desenvolvido pelo Sebrae, vão inserir a disciplina de empreendedorismo na grade curricular da escola ou por meio de atividades extras. Em todo o estado, 43 municípios serão beneficiados. O objetivo do programa é disseminar o empreendedorismo no ensino formal e despertar nas crianças características empreendedoras que as tornem no futuro jovens e adultos inovadores e atuantes. Assim, o curso, aliado a um ambiente de aprendizagem, incentiva os alunos a buscarem o autoconhecimento, novas experiências, além do espírito de coletividade.

Para o gerente regional do Sebrae em Juazeiro, Carlos Cointeiro, a educação exige novos métodos de ensino que preparem os estudantes para o atual cenário econômico e social do país. “Nós estamos contribuindo com esse processo, levando a cultura empreendedora, por meio do JEPP, para dentro das escolas. E essa parceria possibilita que o empreendedorismo faça parte da rotina dos alunos e forme cidadãos criativos e com espírito empreendedor”, destaca.

De forma dinâmica e interativa, o JEPP vai tratar em nove cursos, temas ligados ao comportamento empreendedor, cultura da cooperação e da inovação, sustentabilidade, ética, cidadania, em diversas áreas de mercado, como indústria, comércios, serviços. Para atender essa proposta os professores das instituições de ensino classificadas no norte baiano serão capacitados no mês de maio para atuar no programa. A metodologia será aplicada aos estudantes a partir do segundo semestre deste ano e segue até 2018.

Chuvas renovam esperança de sertanejos

As chuvas registradas em municípios do Sertão pernambucano e no Norte da Bahia na quarta-feira (29) animaram os moradores, que fazem questão, nesse período, de demonstrar todo o orgulho em ver e ser agraciados com um verdadeiro presente da natureza.

Em tempos de trocas rápidas de informações, as redes sociais são o ambiente mais utilizado para compartilhar com os amigos a sensação de ver a terra árida molhada pelas gotas que tocam carinhosamente um solo tão agredido.

Em Petrolina, choveu em várias localidades como Rajada e Pau Ferro, zona rural do município. Também choveu em Juazeiro, Uauá e outras cidades do norte da Bahia. A chuva também caiu em outros municípios pernambucanos a exemplo de Serra Talhada, Tabira e São José do Belmonte.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br