Workshop debateu novas normas e técnicas de produção e comercialização de frutas para a região

Um encontro para debater a melhor fora para agilizar a produção e comercialização de frutas. O tema foi pautado no I Workshop sobre Critérios Técnicos, Comerciais e Legislativos na Produção e Comercialização de Frutas, ocorrido na terça, 7,  no Nobile Suites Del Rio Petrolina. O evento foi realizado por meio da parceria da Adagro – Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco e a Argofruta Comercial Exportadora LTDA.

 O objetivo do Workshop foi conscientizar e orientar os produtores que comercializam suas frutas com através da Argofruta para praticarem as melhores técnicas de produção e comercialização, visando a qualificação dos seus frutos nos aspectos de saudabilidade,  segurança alimentar, sabor e sustentabilidade, atendendo as exigências de toda a legislação vigente.

Os temas em destaque foram: Demandas Nacionais e Internacionais de Consumo de Frutas-Cenários e Tendência; Certificação Fitossanitária. Nathalia Laranjeira; Uso dos Agrotóxicos na Produção de Frutas-Segurança Alimentar e Preservação Ambiental. Artur Gonçalves; Importância do Atendimento aos Critérios Técnicos, Comerciais e Legislativos na Comercialização de Frutas. Antonio Feitosa.

Para os participantes, o evento reuniu informações importantes e necessárias como normas e leis vigentes para a produção e comercialização de frutas, como também orientou sobre as exigências do mercado nacional e internacional de frutas no cenário atual e futuro.

Deputado sugere ao Contran normas que obriguem vestuário adequado de proteção para motociclistas e passageiros

acidente motocilista av sete setembro (1)Os condutores de motocicletas poderão ser obrigados a circular em seus veículos com vestuário de proteção adequado. Essa é a proposta do deputado federal Fernando Filho (PSB-PE), encaminhada ao Poder Executivo por meio da Indicação nº 2206/2016, pela qual sugere ao Conselho Nacional de Trânsito (Contran) elaborar normas que tratem desse quesito para condutores e passageiros de motocicletas, motonetas e ciclomotores.

De acordo com o socialista, é competência do Contran, órgão vinculado ao Ministério das Cidades, a elaboração de especificações do vestuário exigido para que condutores de motocicletas, motonetas e ciclomotores possam circular nas vias, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). “Também conforme o CTB cabe ao Contran semelhante elaboração para que os passageiros venham a ser transportados”, explica.

Porém o deputado destaca em seu pedido, não existir ainda resolução que trate desse assunto. “Existe apenas a Resolução nº 453/2013, que disciplina somente o uso de capacete para condutor e passageiro de motocicletas, motonetas e ciclomotores, triciclos motorizados e quadrículos motorizados.”

Fernando Filho destaca ser preciso que se inclua a especificação de calçado de uso obrigatório, que o parlamentar entende ser calçado de tipo fechado. “Dos 2.750 pacientes internados no Hospital da Restauração/Recife/SES em 2015, 193 tiveram membros amputados. Dessas amputações, 83% foram de pés e dos dedos, porque 90% dos motociclistas estavam descalços ou com sandálias”, argumenta o socialista.

Essencial

O parlamentar entende ser essencial a elaboração dessa norma, vez que muitos danos podem ser evitados caso motociclistas e passageiros usem de forma correta o adequado vestuário de proteção. “É uma questão que entendemos ser de fundamental importância para a segurança dos motociclistas e passageiros de motocicletas, motonetas e ciclomotores”, finaliza.

GRTE Petrolina discutirá nesta quinta-feira normas para trabalho em altura

trabalho em alturaA Gerência Regional do Trabalho e Emprego (GRTE) em Petrolina realizará nesta quinta-feira (9) um encontro para discutir temas ligados às normas de trabalho em altura. O evento está marcado para acontecer no Senai, na Av. Monsenhor Ângelo Sampaio, nº 267, Areia Branca, às 14h.

O palestrante será o auditor fiscal do Trabalho e chefe do setor de Inspeção do Trabalho da GRTE/Petrolina, Luciano Cortez. O evento é voltado para profissionais e estudantes da área da saúde e segurança do trabalho, contadores/contabilistas e responsáveis por setor de pessoal/recursos humanos, empregadores, empregados, trabalhadores em geral, representantes de sindicatos de empregadores ou de empregados,e demais interessados no assunto. Não haverá emissão de certificado de participação.

A palestra é aberta a toda a sociedade (limitado à capacidade da sala do evento). A GRTE, no entanto, solicita a cada participante, se possível fazer no dia e hora do evento a doação de uma lata (ou peso equivalente) de leite em pó integral, cuja arrecadação será destinada a uma instituição de assistência social. (foto/reprodução)

Carroceiros de Petrolina recebem orientações antes de aplicação da lei

2014-02-27 08.35.56O tráfego de carroças pelas ruas de Petrolina terá de se enquadrar nas normas de trânsito. No ano passado a prefeitura municipal decidiu colocar em prática a Lei 2.421/2011, disciplinando os carroceiros. Mas antes da aplicação da lei, as secretarias realizam um projeto junto a esses profissionais.

O curso para os carroceiros é organizado pelas pastas de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Saúde, Cidade – além da Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (EPTTC). O projeto disciplinar inclui dicas sobre segurança e educação ambiental.

Segundo a Prefeitura de Petrolina, as orientações aos carroceiros estão em fase final. Mas será preciso ainda o emplacamento e sinalização da carroça para poder trafegar nas vias urbanas. A Lei 2.421/2011 foi sancionada em dezembro daquele ano, mas só passou a ser discutida no final de 2013.As informações são da PMP.

Juazeiro: Reunião define normas para carrinheiros do Mercador do Produtor

reunião mercado produtorUma reunião realizada na manhã desta sexta-feira (17) no Mercado do Produtor discutiu a reorganização do trânsito e o recadastramento dos condutores de carrinhos de frete, conhecidos por ‘carrinheiros’. Promovido pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Juazeiro (BA), o encontro definiu normas a serem seguidas pelos profissionais.

“Iremos implantar algumas normas para tentar, da melhor forma possível, organizar os trabalhos dos ‘carrinheiros’ e desafogar o trânsito do mercado. Os fretistas também terão que respeitar as normas de trânsito que serão inseridas pela CSTT”, observou o secretário da pasta, Jorge Cerqueira.

Ele informou que todos os trabalhadores deverão usar um colete com a numeração do seu carrinho para facilitar o controle diário do setor. A secretaria ficará responsável pela busca de preços e de locais para a confecção dos mesmos, enquanto os carrinheiros irão custear os próprios coletes.

Além dos coletes, os fretistas terão que trabalhar munidos de crachás (já confeccionados pelo entreposto e entregues aos fretistas cadastrados em 2012) e com os carrinhos devidamente enumerados.

Sobre a reordenação do trânsito, Cerqueira adiantou que já está sendo estudada e, em breve, será implantada. “Estamos trabalhando um projeto que viabilize um estacionamento do lado de fora do Mercado para que possamos regularizar os horários de entrada dos carros de passeio. Pretendemos proibir a entrada desses veículos no horário de pico, que vai desde a abertura do entreposto até as 11h30”, frisou o secretário.

Recadastramento

Quanto ao recadastramento dos condutores, o diretor do entreposto, Cisley Bandeira, explicou que a princípio a ação só será permitida aos 630 carrinheiros cadastrados e que a medida é temporária. “Primeiramente é preciso organizar o que já temos e verificar se há condições de ampliar o número de fretistas”, disse. O diretor informou também que os carrinhos não deverão ser guardados dentro do entreposto no período da noite – uma medida que visa à organização e à segurança do local.

A maioria dos condutores acatou as novas regras, mas com a solicitação de algumas ações, como a definição de um limite de velocidade para veículos motorizados (já incluso no projeto de adequação do trânsito). Ao final da reunião, Cerqueira informou que outras mudanças também serão implantadas nos diversos setores do mercado e que “todos serão informados quando tudo estiver prontamente encaminhado”. (Fonte/foto: Ascom PMJ)

STR Petrolina divulga normas para eleições de novembro na entidade

STR PetrolinaPor meio de sua assessoria, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Petrolina divulgou nesta sexta-feira (25) as normas para as eleições à presidência da entidade, que ocorrerão nos próximos dias 10 e 11 de novembro.

No primeiro dia de votação – dia 10 (domingo) – haverá urnas na sede do sindicato, nas comunidades rurais e nos bairro João de Deus e São Gonçalo (zona oeste), além de Santa Luzia (zona norte).

No dia 11 (segunda-feira), as urnas estarão na sede e nas empresas rurais do município.

Para votarem, os assalariados rurais e agricultores familiares (que constam na lista de associados aptos a votar) devem apresentar carteira profissional e o contracheque; o crachá da empresa; a carteira sindical ou documento de identificação com foto; além de estarem com a mensalidade quitada até o mês de setembro de 2013. Somente os assalariados – efetivos ou contratados antes do dia 9 de maio deste ano – podem votar. As normas da eleição seguem o estatuto do STR Petrolina.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br