Petrolina será polo de projeto-piloto contra Aedes aegypti

Uma parceria firmada no dia de ontem (11) entre a Secretaria de Saúde de Petrolina e a fábrica da Moscamed Brasil irá ajudar na realização de uma pesquisa de controle do Aedes aegypti. A secretária Magnilde Albuquerque, juntamente com a secretária executiva de Vigilância em Saúde, Marlene Leandro, reuniram-se com o diretor da empresa, Jair Fernandes Virginio, para conhecer o projeto e dar início às atividades de monitoramento e controle do mosquito – vetor de doenças como zika, dengue e chikungunya. A ideia é fazer do município um polo de projeto-piloto contra o Aedes.

Fernandes ressaltou que esse projeto é pioneiro não somente no país, mas no mundo. “Nós estamos dando início às articulações técnicas e institucionais com a Prefeitura de Petrolina. Já nos reunimos com o prefeito Miguel Coelho e agora fomos recebidos pela secretária Magnilde. A ideia é construirmos uma alternativa para o manejo integrado de combate ao vetor“, frisou.

O diretor ressaltou que esse controle é feito com o próprio mosquito. “O objetivo é fazer as liberações desses insetos esterilizados. É um projeto diferente do que vínhamos realizando, não vamos usar o mosquito transgênico. Vale ressaltar que vamos liberar os machos, eles não se alimentam de sangue e não vão incomodar a população. Estamos discutindo este projeto piloto, vamos realizar o monitoramento para saber o índice de infestação em campo e começar os planejamentos. Já estamos buscando os recursos nos Ministérios da Saúde e de Ciência e Tecnologia, assim que forem disponibilizados, já vamos dar início às ações”, explicou.

Para Marlene Leandro, esta parceria vem para consolidar o trabalho já realizado pela Secretaria de Saúde no controle de doenças como dengue, Zika e Chikungunya. “Esse é um projeto piloto aqui na região, e o objetivo de todos é combater o mosquito. Essa foi nossa primeira reunião, porém, vamos ter outros encontros para o desenvolvimento e sucesso das ações. A primeira delas será a identificação da área que será utilizada. Vale ressaltar que o trabalho que já vem sendo desenvolvido pelo município vai continuar, esse é só mais um reforço”, concluiu. As informações são da assessoria da SMS. (foto/divulgação)

Prefeitura de Juazeiro mantém parceria com a Moscamed para pesquisa de controle do Aedes aegypti

Prefeitura de Juazeiro (BA) manterá a parceria com a Moscamed Brasil para pesquisa de controle do Aedes aegypti. O prefeito Paulo Bomfim se reuniu com o diretor da Moscamed, Jair Fernandes Virginio, para tratar do início das atividades de monitoramento e controle do mosquito no Distrito de Carnaíba do Sertão, zona rural do município. O Secretário da Saúde, Plínio Amorim, participou do encontro e colocou a estrutura da pasta à disposição, assim como o Chefe de Gabinete, Vilmar Ferreira.

A preocupação com o Aedes, vetor de mais de 24 doenças, é mundial, o que torna este projeto pioneiro não somente no país, mas no mundo. “Nós estamos colocando Juazeiro numa posição de destaque no campo da ciência e da tecnologia que hoje está sendo desenvolvida aqui. O prefeito hipotecou apoio ao projeto e se comprometeu em nos auxiliar, juntamente com o secretário da Saúde. Estamos somando esforços para que a gente o mais rápido possível possa aportar uma solução para o controle desse vetor“, declarou Jair Fernandes, diretor da Moscamed.

Para Plínio Amorim, esta é uma parceria importante, pois consolida com o trabalho já realizado pela secretaria da Saúde no controle de doenças como dengue, Zika e Chikungunya. Já Paulo Bomfim garantiu que o município vai continuar colocando a estrutura necessária para que as pesquisas de controle do mosquito Aedes continuem sendo exitosas em Juazeiro.

Órgãos de fiscalização se reúnem amanhã para traçar metas de combate à Mosca-das-Frutas

Sem títuloA situação das moscas-das frutas (Ceratitis capitata) no Vale do São Francisco motivou produtores de frutas do Vale, órgãos de fiscalização de Pernambuco e Bahia se reunirem nesta terça-feira (12), das 08h às 18h, no auditório da Companhia de Desenvolvimento do vale do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em Juazeiro.

O evento vai contar com a presença do Diretor do Departamento de Sanidade Vegetal, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Luís Eduardo Pacifici Rangel.

O Workshop “Situação Atual e Estratégias de Enfrentamento a Situações de Emergência Fitossanitária para a Fruticultura no Vale do São Francisco”, apresentará novas tecnologias para o manejo de Ceratitis capitata, de propor apoio à agricultura de base familiar no combate praga.

Um dos palestrantes do evento, o Presidente da Moscamed, Jair Virginio, convoca os produtores rurais. “Não podemos pensar individualmente, mas na região do Vale. O problema é de um sistema de produção, por isso precisamos cuidar uns dos outros, agir juntos e com rapidez”.

Este ano, os produtores do Vale foram surpreendidos com uma alta infestação da mosca-da-fruta Ceratitis capitata. A praga inviabiliza a comercialização das frutas prejudicando a exportação.

Serviço:

Local – Codevasf, em Juazeiro/BA;
Horário – Das 8h às 18hs;
End. – Avenida Comissão do Vale, s/n, Bairro Piranga, Juazeiro/BA;

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br