Velório de Jerry Adriani será nesta segunda; Cantor morreu aos 70 anos vítima de câncer

O velório do cantor Jerry Adriani, que faleceu ao 70 anos na tarde deste domingo, 23, vítima de câncer, ocorre a partir das 11h nesta segunda-feira, 24, no Rio de Janeiro. Jerry Adriani descobriu a doença quando foi tratar uma trombose na perna, em março último. O câncer começou pelo pâncreas e se espalhou rapidamente.

O cantor estava internado desde o dia 7 de abril, quando a família anunciou via Facebook que o artista teria sido diagnosticado com câncer. Jerry era um dos mais queridos do Brasil e integrou a era de ouro da Jovem Guarda, movimento musical da década de 60 de onde saíram ícones da MPB como Roberto e Erasmo Carlos, Wanderléa, Roni Von, Wanderley Cardoso, entre outros.

Um dos filhos do artista informou que o pai estava com a agenda lotada até o final do ano. Este ano ele ainda faria um disco em tributo a Raul Seixas, de quem era amigo e parceiro, e lançaria também uma autobiografia. (Foto/reprodução internet)

Comando do 72ºBIMtz diz que adotará medidas legais contra soldado acusado de espancar enteado até a morte em Petrolina

Por meio de nota enviada ao Blog, o comando do 72º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMtz) manifestou-se acerca do episódio lamentável envolvendo o soldado militar Patricx Catarino de Assis, acusado de espancar até a morte seu enteado de apenas dois anos. O crime aconteceu na Rua Mandacaru, zona leste de Petrolina. O fato repercutiu fortemente pelas redes sociais e chocou a população.

Na nota, o comando do 72ºBIMtz se diz “consternado”, assegurando que irá instaurar procedimento administrativo para acompanhar a elucidação do fato e adotar as medidas legais aplicáveis.

Confiram a íntegra da nota no seguinte link: NOTA à IMPRENSA_-1.

 

Monstruosidade: Padrasto espanca até a morte enteado de 2 anos em Petrolina

Um caso estarrecedor causou perplexidade e revolta entre a população de Petrolina. Um padrasto espancou até a morte o próprio enteado, de apenas dois anos de idade. O crime aconteceu no final da noite de ontem (21) na Rua Mandacaru, Bairro Areia Branca, zona leste da cidade.

O acusado é Patricx Catarino de Assis, natural de Belém do São Francisco (PE), Sertão de Itaparica. Inicialmente ele tentou desmentir as agressões ao menino, mas em depoimento na Delegacia de Polícia Civil da 213ª Circunscrição, acabou confessando que espancou a vítima.

O que mais chocou a polícia é o motivo banal justificado pelo agressor. No seu depoimento ele afirmou que estava lavando o banheiro, quando percebeu a criança “muito quieta”. Ele percebeu, então, que o enteado havia feito cocô perto da pia da cozinha. Irritado, Patricx empurrou fortemente o menino, que perdeu o equilíbrio e bateu com a cabeça na parede. Amedrontado, o garoto continuou em silêncio ao ser indagado pelo padrastro, que teria ficado mais nervoso ainda, passando a agredir o enteado com três chutes. Um deles chegou a arremessar o menino contra a quina da porta do quarto.

Morte

Diante de tamanha violência, a criança acabou desmaiando. O acusado, então, colocou a vítima nos braços e saiu gritando por socorro pela rua. Nesse momento uma vizinha perguntou o que tinha acontecido. Patricx mentiu dizendo que o garoto tinha caído da bicicleta. A mesma versão ele contou para sua esposa, que estava trabalhando quando tudo aconteceu. A vizinha levou no seu carro o menor, juntamente com o padastro, até o Hospital Universitário (HU), mas a vítima não resistiu aos ferimentos.

A versão do padastro foi desmascarada porque uma médica que atendeu a criança percebeu a gravidade dos ferimentos e acionou a polícia. Foi quando Patricx contou toda a verdade. Ele também se disse “arrependido” e que, no momento das agressões, não estava alcoolizado e nem sob uso de drogas. Também descartou que fizesse uso de medicamentos controlados. Por se tratar de um militar do Exército, Patricx foi encaminhado ao 72º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMtz), em Petrolina, após seu depoimento.

Preso PM baiano acusado de matar jovem em Parnamirim

O policial militar da Bahia, Fellype Anderson Souza Castro, foi apresentado pelo Comando Geral da PMBA na delegacia de Salgueiro (PE), Sertão Central, nesta terça-feira, 18. A prisão ocorreu através de ofício de militares da corporação baiana, após solicitação do delegado de Polícia Alex de Sá Matias. Na ocasião, o acusado foi interrogado, acompanhado por dois advogados, nos autos do inquérito que apura a morte da adolescente Katarine Miranda, ocorrida na madrugada do último dia 1º de abril na cidade de Parnamirim (PE), também no Sertão.

O assassinato da jovem repercutiu fortemente e causou grande indignação da população. Durante o interrogatório, Fellype alegou que o disparo que matou a adolescente foi acidental. Ao final do interrogatório, o delegado informou ao investigado que já havia mandado de prisão preventiva expedido e deu voz de prisão a ele.

Como o investigado é soldado da PMBA, ele foi encaminhado para a unidade de reeducação da corporação. (Foto/divulgação)

Caminhão atinge moto e mata mulher na Ponte Presidente Dutra

Um acidente gravíssimo ocorrido nas primeiras horas desta segunda-feira (17) terminou em tragédia na Ponte Presidente Dutra, que liga as cidades de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA). Um caminhão atingiu uma motocicleta e acabou atropelando uma das ocupantes, que morreu no local.

Segundo informações obtidas pelo Blog, a vítima – até o momento não identificada – vinha na garupa da moto, e teria saltado com a moto ainda em movimento, sendo atropelada pelo caminhão. Não há informações sobre o estado de saúde do condutor da moto.

As suspeitas são de que o caminhoneiro estivesse embriagado. Ele fugiu, mas está sendo procurado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). (Foto/reprodução WhatsApp)

Morre em Petrolina um dos principais nomes do handball nos anos 80

O esporte amador de Petrolina perdeu na madrugada desta quinta-feira (13) o ex-jogador de handball, Nelson Antônio dos Santos. Ele faleceu de parada cardíaca. Seu corpo está sendo velado na Rua da Piedade, n°90, ao lado do Posto de Saúde Isaías Coelho, no Bairro Gercino Coelho.

‘Guarapé’, como Nelson ficou conhecido no meio esportivo da cidade, fez história no handball de Petrolina, brilhando na década de 80 ao integrar o lendário time do EMAAF, comandado pelo técnico Otacílio. Era um dos principais jogadores daquela que foi considerada a melhor geração de handeball da cidade. Ele trabalhou na Polícia Militar e era bastante conhecido e querido pelos amigos.

O corpo de Guarapé será sepultado na manhã desta sexta (14), no Cemitério Campo das Flores, Centro da cidade. (foto/reprodução)

 

 

 

Estudante de 4 anos morre atropelada na zona rural de Petrolina; em nota, Secretaria lamenta

A Secretaria de Educação (Seduc) de Petrolina lamentou, por meio de nota, a morte de uma criança de apenas 4 anos, ocorrida no dia de ontem (8) na comunidade de Lajedo, zona rural da cidade. A menina descia do transporte escolar e atravessava a pista para ir ao encontro da mãe, quando foi atingida por um veículo. O condutor fugiu sem prestar socorro à vítima.

De acordo com a Seduc, a Polícia Civil está investigando o fato. A Secretaria ressaltou que está dando todo o apoio à família da menina.

Jogador que fazia teste para o Petrolina Social Clube morre afogado na Ilha do Fogo

O jogador de futebol Roberto de Lucas Souza Santo, mais conhecido como Heré Barril, morreu afogado na Ilha do Fogo na tarde desta quinta-feira, 13. Heré estava fazendo testes para voltar a integrar o elenco do Petrolina Social Clube, dentro da lista de jogadores da região selecionados para realizar os treinos antes da convocação do técnico Andrade para a formação oficial do time, que disputará a série A2 do Campeonato Pernambucano 2017.

O jogador tinha saído inclusive dos treinos, ocorrido pela manhã no Estádio Paulo Coelho, e resolveu passar na Ilha do Fogo com amigos para tomar banho e tirar fotos, quando ocorreu a tragédia. Numa nota enviada á imprensa, Petrolina Social Clube lamenta profundamente a morte do jovem jogador de 23 anos, que já tinha atuado pelo clube quando o ex-treinador Neco comandou o time.

“O Petrolina Social Futebol Clube vem por meio desta nota comunicar e lamentar o falecimento do atleta Roberto de Lucas Souza Santos, conhecido como Heré Barril, de 23 anos, que foi encontrado na Ilha do Fogo. O atleta, que já jogou pela Fera Sertaneja sob o comando do técnico Neco (2015) e foi junto com o treinador para o Timbaúba, voltou para o Vale do São Francisco por causa de sua família e na tentativa de retornar ao elenco do Petrolina”, disse o comunicado.

Ainda conforme a nota, atualmente Heré participava do grupo de atletas que passavam pelos treinos de avaliação física e técnica para, se avaliado positivamente, compor futuramente a equipe que será comandada pelo técnico Andrade. “Segundo informações, na volta para casa, Heré decidiu fazer uma parada com mais alguns amigos para fazer fotos no rio São Francisco, onde aconteceu o lamentável desfecho”, diz a nota. O corpo de Heré foi encaminhado para o IML de Petrolina. A causa da morte será divulgada posteriormente, por meio das investigações. Sobre o enterro e velório, informações mais detalhadas serão repassadas pelos familiares. “O clube lamenta imensamente a perda irreparável da família do jovem atleta. Que todos que admiravam o Heré Barril encontrem o conforto para amenizar esta dor”, concluiu o texto. (foto divulgação)

Morrem duas figuras populares em Petrolina

Neste domingo (2) a cidade de Petrolina amanheceu com a notícia da morte de duas personalidades que foram bastante populares na região, cada um em sua área.

Trata-se de Salomão Pneus, um conhecido empresário do ramo automobilístico, e o radialista Franklin Delano Amariz (foto), irmão do também radialista Carlos Augusto Amariz, que morreu há exatamente dois anos.

Franklin Delano, que lutava contra um câncer, morreu no início desta manhã. Ele trabalhou por muitos anos na Emissora Rural/A Voz do São Francisco. Horários de velórios e sepultamentos ainda não foram informados.

Assaltante de bancos e carros-forte morre após confronto com a polícia em Cabrobó

Um dos maiores assaltantes de banco do Nordeste morreu após confronto com a Polícia Militar em Cabrobó (PE), no Sertão do São Francisco, na tarde de ontem (26). Nilo Moreira Moraes, que também era acusado de assaltar carros-fortes, possuía vários mandados de prisão e estava acompanhado de um bando.

Ele foi localizado pelo Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (Bepi), no Sítio Santa Cruz, zona rural de Cabrobó, onde morava. Na ação, o chefe da quadrilha foi atingido, mas seus comparsas fugiram pela Caatinga. Com Nilo foi encontrada uma espingarda calibre 12.

Após o tiroteio, a polícia socorreu o assaltante até o hospital da cidade, mas ele não resistiu aos ferimentos. Nilo também era acusado de matar policiais em diferentes ocasiões. Entre as vítimas estão um PM, um cabo e um soldado de Terra Nova (PE), também no Sertão do São Francisco.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br