Rua na Cohab Massangano sofre com esgoto estourado há mais de um mês

Os comunitários da Rua 83, na Cohab Massangano, zona oeste de Petrolina, não sabem mais a quem reclamar. Eles clamam para que a Compesa compareça e resolva o problema de esgoto estourado. Segundo informam, eles estão aguardando o conserto há mais de um mês. A Compesa teria se comprometido de fazer a recuperação do esgoto em três oportunidades, mas nunca apareceu.

A comunidade acrescenta ainda que o esgoto já escorre por outras partes da rua, que é próxima a uma igreja. Dizem que o esgoto se espalhou tanto que já está quase invadindo as residências dos moradores, sem falar no mau cheiro que incomoda bastante. Os moradores solicitam, mais uma vez, providências da Compesa.

Cano estourado há mais de mês revolta moradores do Ouro Preto

Mais um cano estourado desperdiça água potável e revolta moradores em Petrolina. O fato, agora, acontece no Bairro Ouro Preto, zona oeste da cidade – na travessa entre as Ruas 1 e 2. (mais…)

Matagal em terrenos do Parque Jatobá, em Petrolina, irrita moradores

Moradores do Bairro Parque Jatobá, zona oeste de Petrolina, não disfarçam a irritação por conta de dois terrenos localizados na Rua 33. Segundo os comunitários, o principal problema é o matagal. (mais…)

Após reivindicações de moradores de assentamento, estrada na área ribeirinha de Petrolina será cascalhada

Moradores do Assentamento Mandacaru, no Povoado da Tapera, área ribeirinha de Petrolina, receberam uma boa notícia no último final de semana. O secretário de Desenvolvimento Econômico e Agrário, José Batista da Gama, esteve no último sábado (20) com as lideranças comunitárias do assentamento e assegurou que a prefeitura irá fazer o cascalhamento de um trecho da estrada da Tapera que dá acesso ao local.

Em abril último este Blog recebeu um vídeo dos moradores, mostrando as dificuldades dos veículos em trafegar pela estrada.

Zé Batista ouviu ainda as principais reivindicações da comunidade, além de apresentar as ações que serão desenvolvidas pela Prefeitura para o melhoramento da estrada. “Infelizmente, há mais de dez anos não se via uma ação da prefeitura no interior do munícipio. Podem esperar que no início dessa semana uma retroescavadeira estará aqui iniciando os trabalhos para o cascalhamento dessa estrada”, afirmou o secretário.

O diretor de limpeza pública da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS), Alisson Oliveira, também esteve presente na reunião e reforçou a parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Agrário. “Inicialmente, vamos ceder uma caçamba, que deve transportar 21 metros cúbicos (m³) de material para cascalhar a estrada“, explicou. Também estiveram presentes na reunião o vereador Ronaldo Souza (Cancão), o presidente da agricultura familiar, Maurício Rosa, e várias lideranças da comunidade. (Foto: Ascom PMP/divulgação)

Remanso: Rodovia que liga cidade ao Estado do Piauí é interditada por moradores

Moradores de Remanso, no norte da Bahia, interditaram nesta terça-feira (16) a BR-324, rodovia que liga o município ao Estado do Piauí. O motivo é a falta de condições de tráfego na estrada, que há mais de 18 anos está sem manutenção. Segundo informações, a interdição é por tempo indeterminado.

Os moradores da região fizeram um abaixo-assinado online, no qual solicitam ao Governo da Bahia “que aloque recursos para a realização da pavimentação asfáltica dos 40 Km da rodovia que interliga os municípios de Remanso, Estado da Bahia ao município de Dirceu Arcoverde, localizado no Estado do Piauí e distante 70 Km do Parque Nacional Serra da Capivara, considerado Patrimônio Mundial da Humanidade”. Com a palavra, o governo baiano. (foto/reprodução WhatsApp)

Desperdício d’água em rua do Bairro Ouro Preto revolta moradores

Moradores do Bairro Ouro Preto, Zona Oeste de Petrolina, andam revoltados com o desperdício de água potável na comunidade. Segundo informações repassadas ao Blog pelo leitor Léo Vinícius, o fato ocorre desde a noite de ontem (15) na Rua Ataulfo Alves (parte alta do bairro). (mais…)

Moradores da Zona Oeste de Petrolina sugerem instalação de mais semáforos

Por meio deste Blog, alguns moradores da Zona Oeste de Petrolina sugerem a instalação de mais semáforos na cidade, a exemplo do equipamento instalado no contorno do distrito industrial. Os pontos, segundo eles, serão o cruzamento da Avenida Nilo Coelho com a Rua Conde D’eu, próximo ao terminal rodoviário no Bairro Gercino Coelho; o outro na Avenida Mário Rodrigues Coelho com a Rua C do Distrito Industrial. (mais…)

Terreno na Vila Mocó tira sossego de moradores

Um terreno localizado ao lado do prédio da Junta Comercial de Pernambuco (Jucepe)/Regional de Petrolina e da igreja católica do bairro Vila Mocó, área central da cidade, tem tirado a paz dos moradores. A denúncia foi enviada ao Blog. Segundo informações, a situação tem gerado revolta entre a vizinhança.

Conforme um dos moradores, que está indignado com a situação, o terreno virou depósito de lixo, ponto de consumo de drogas, assaltos e até práticas sexuais. Todos pedem atenção urgente das autoridades competentes do município.

Esgoto estourado frequentemente revolta comunitários em rua da Cohab II

Um esgoto estourado na Rua do Agave, Cohab II, zona leste de Petrolina, tem se tornado um incômodo para os moradores da via pública.

O que mais está causando a revolta dos comunitários do local é o fato de o problema estar se repetindo com frequência. Eles pedem à Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) uma solução em definitivo para acabar com esse tormento. Haja bronca.

Moradores de bairro em Juazeiro se queixam de falta de atenção do poder público municipal

Os moradores do bairro Palmares I, em Juazeiro (BA), estão extremamente revoltados e se sentindo esquecidos pelo poder público municipal. Em nota encaminhada à redação, eles reclamam do acúmulo de lixo em um terreno baldio do bairro. O cenário fica na parte de trás da igreja evangélica ‘A Volta de Cristo’. Além do ‘lixão’ improvisado, a população não se conforma com a queimada de lixo no local, que é constante – seja de noite ou de dia -, levando transtorno para adultos, crianças e idosos, que ficam sufocados devido a fumaça.

Uma moradora alega que seu filho sofre de asma e, quando a queimada acontece, tem que abandonar a sua casa para que o problema de saúde do filho não fique pior. Além disso, ela reclama que sua casa não para limpa com cinzas por todo canto. Os moradores querem saber se será preciso um abaixo assinado para tentar coibir o problema e cobrar melhores serviços para a comunidade.

Para a comunidade, Juazeiro se encontra “abandonada” em matéria de fiscalização. Eles revelam que existe uma lei de terrenos baldios na cidade, mas o órgão que fiscaliza nada faz. Enquanto isso, eles sofrem com essa situação.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br