Adutora que levará água para Campo Alegre de Lourdes terá obras retomadas

Campo Alegre de Lourdes, município no extremo norte da Bahia e em torno de 30 mil habitantes, onde se faz calor o ano inteiro, vivem ao longo de 70 anos, desde o reconhecimento como vila em 1938, inúmeros políticos faturaram votos e liderança com duas promessas básicas ao povo de Campo Alegre: estrada e água. Poucos levaram a sério as promessas, que apesar do esforço de alguns, nunca saíram do papel.

Mas, uma nova realidade para o povo de Campo Alegre de Lourdes, começou a mudar com a conquista de um projeto de uma adutora para o município, partindo do Rio São Francisco. A retomada da adutora da obra que estava interrompida, foi celebrada por lideranças do município como Gean e o médio Pérsio Antunes que apesar de ter carreeira política e profissional em Petrolina, sempre trabalhou por melhorias na terra natal. Desde 2012 que o presidente da Associação Popular Campo Alegrense, Gean Antunes, atua em defesa dessa adutora, com a colaboração dos agentes comunitários de saúde e o reforço de Pérsio. (mais…)

Produtores rurais estão reunidos na Codevasf para discutir recuperação de área invadida no canal do Nilo Coelho

Produtores rurais da perímetro irrigado Senador Nilo Coelho estão em reunião nesta tarde de terça, 21,  por meio de videoconferência, com a presidente Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales dos São Francisco e do Parnaíba), Kênia Marcelino que está em Brasília. O encontro acontece na superintendência regional da Codevasf em Petrolina e conta também com a participação do superintendente, Aurivalter Cordeiro e técnicos do órgão.

Pela manhã, a Polícia Federal retirou bombas ilegais do canal do Nilo Coelho. Conforme os produtores, as invasões vêm colocando em risco a estrutura do canal que abastece o perímetro de mais de 20 hectares. A área onde as bombas estão instaladas é de reserva legal e por isso a ação da Codevasf. Eles se colocaram à disposição para recuperar a área. Para a Codevasf, a área de reserva é inegociável. (mais…)

Em Brasília, prefeita de Sento-Sé busca recursos para finalização de obras e realização de novos projetos

Em busca de recursos para finalização de obras e também para realizar novos projetos em Sento-Sé, no norte da Bahia, a prefeita Ana Passos (PSD) foi até Brasilia (DF), onde se reuniu com a presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Kênia Marcelino, e com o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Silvio Pinheiro.

A gestora solicitou da Codevasf ajuda para finalização do saneamento básico do município. A obra do saneamento foi executada pela Codevasf, porém nunca foi concluinda. Ana informou que Kênia Marcelino garantiu o recurso de quase R$ 5 milhões para finalizar o esgotamento do município, faltando, agora, a licitação do restante da obra.

Outro problema do município discutido em reunião foi o Programa ‘Água para Todos’. “A obra foi concluída pela Codevasf, mas a gestão anterior sumiu com alguns equipamentos fundamentais para o abastecimento, agora vamos entrar na justiça para cobrar juridicamente uma solução”, informou o secretário de Administração de Sento-Sé, Juvenilson Passos, que acompanhou a prefeita na capital federal. Ana Passos ainda requereu apoio da Codevasf para construir, juntos, um projeto para o futuro abastecimento d’água na cidade.

A reunião com o presidente do FNDE teve como finalidade, solicitar verba para o termino das obras inacabadas deixadas pela gestão passada. O município ficou com duas creches, quatro quadras e uma escola por finalizar. A prefeita afirmou que recebeu o sistema travado, por falta de atualização da gestão anterior. “Todas as obras têm recurso, agora vamos negociar com a empresa do contrato para concluir as obras”, afirmou Ana. (foto/divulgação)

Petrolina receberá investimento de R$ 5 milhões para obras de esgotamento sanitário

A cidade de Petrolina  receberá um investimento de R$ 5 milhões para obras de esgotamento sanitário. Na manhã de hoje (13), foi autorizado o convênio entre a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), em evento realizado na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE)/Centro. A intervenção beneficiará cerca de 7 mil moradores dos bairros Jatobá, Idalino Bezerra e Henrique Leite.

Participaram da solenidade os Ministros da Integração Nacional, Helder Barbalho, das Minas  e Energia, Fernando Filho, o senador Fernando Bezerra Coelho,  o secretário de Desenvolvimento Econômico e vice-governador,  Raul Henry, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, o presidente da  Compesa, Roberto Tavares e a  presidente da Codevasf, Kênia Marcelino.

As obras  anunciadas irão  contemplar ações na  Bacia do Jatobá, com a implantação de rede coletora de esgoto nos bairros de Jatobá e Fernando Idalino, área central de Petrolina. De acordo com a Compesa, as intervenções serão executadas em até 18 meses. A comitiva também visitou a Estação de Tratamento de Água Vitória.

Renegociação

Além do anúncio dos recursos para saneamento, Helder Barbalho assinou a regulamentação da lei de renegociação dos débitos dos produtores dos projetos irrigados referentes à titulação dos lotes e ao K1 (tarifa por uso de água e infraestrutura fornecidos pela Codevasf). (foto/divulgação)

Presidente da Codevasf garante retomar obras do saneamento de Tabira e Araripina até o final do ano

A presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Kênia Marcelino, informou que as obras de saneamento de Tabira e Araripina, respectivamente nos Sertões do Pajeú e do Araripe, devem ser retomadas até o final do ano. Conforme a presidente, a obra está inserida no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal e foi paralisada em 2012, quando 80% dos serviços já estavam executados.

Para ser concluída, a obra necessita de R$ 7 milhões. “A licitação para o restante deverá ser feita até o próximo mês de junho”, garantiu Kênia Marcelino. A gestora repassou a informação também ao senador Armando Monteiro Neto (PTB-PE) e aos prefeitos de Tabira, Sebastião Dias (PTB), e de Araripina Raimundo Pimentel (PSL), durante audiência que tiveram  semana passada com a presidente em Brasília (DF). (foto/divulgação Codevasf)

Deputado Fernando Monteiro e presidente da Codevasf tratam de emenda de R$ 1 milhão para Sertão pernambucano

Quem esteve reunido ontem (17) em Brasília com a presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba (Codevasf), Kênia Marcelino, foi o deputado federal Fernando Monteiro (PP). No encontro, realizado na sede na entidade, o parlamentar tratou da liberação de emenda de sua autoria, no valor de R$ 1 milhão, para abertura de aguadas e limpeza de poços em municípios do Sertão pernambucano.

Nesta quinta (18), Monteiro retorna ao Estado para a posse do vice-governador Raul Henry (PMDB) na Secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico, em solenidade marcada para o Palácio do Campo das Princesas. Já na próxima semana ele continuará o giro que fez no início do ano pelo interior, visitando suas bases. No dia 1º de janeiro, o deputado prestigiou a posse de quatro prefeitos aliados nos municípios de Carpina, Primavera, Pesqueira e Panelas. (foto/divulgação)

Prefeito de Juazeiro se reúne com a presidente da Codevasf e discute parcerias

O prefeito  de Juazeiro Paulo Bomfim reuniu-se em seu gabinete, na noite de terça-feira (3), com a presidente da Codevasf, Kênia Marcelino, e o gestor da 6ª Superintendência Regional (SR) do órgão, Misael Neto, para tratar de futuras parcerias entre a prefeitura e a instituição federal. O diretor-presidente do SAAE, Joaquim Neto, e o chefe de gabinete, Vilmar Ferreira, participaram do encontro.

Após discutir demandas para Juazeiro e região, Bomfim considerou “propositiva” a reunião. “Creio que temos boas perspectivas para o futuro. Estamos nos realinhando com a Codevasf e só quem ganha com isso é o nosso município. Já avançamos bastante, mas com uma parceria como esta podemos viabilizar mais ações, como obras estruturantes de abastecimento d’água, construção de estradas nos perímetros irrigados, dentre outras“, declarou o prefeito.

A presidente da Codevasf se prontificou em colaborar com o município. “Nós temos obras importantes de revitalização da bacia hidrográfica sendo realizadas aqui na região. Temos projetos de irrigação aqui no município e a prefeitura é uma grande parceira nossa para execução e viabilização dessas ações e de outras que por ventura possam vir. A impressão deste encontro é das melhores”, garantiu Kenia Marcelino.

Projetos

O superintendente da Codevasf também se colocou à disposição para viabilizar projetos e contribuir com o desenvolvimento da cidade. “Quando recebi esta missão foi com o objetivo de colaborar com a minha cidade e a região. Estamos à disposição para receber projetos nas diversas áreas de atuação da 6ª SR, mas principalmente na questão do abastecimento d’água, tanto para produção quanto para consumo humano“, declarou Misael Neto. (foto/divulgação)

Presidente da Codevasf e Fernando Bezerra anunciam fim da PPP do Pontal

No primeiro ato de governo do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), ocorrido nesta segunda-feira, 2, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) e a presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Kênia Marcelino, trouxeram uma boa notícia para os produtores locais. O distrato com a empresa que detinha a concessão do Projeto Pontal. Conhecido como a PPP do Pontal, o modelo que sempre recebeu críticas dos agricultores, já passará para o modelo tradicional de implantação, como já existe nos perímetros Nilo Coelho e Maria Tereza.

A expectativa é que ainda esse ano seja anunciado a conclusão das obras do projeto e a ocupação do Pontal que está parado sem produzir a quase 15 anos. Perguntado se era uma surpresa para a região esse anúncio da mudança de modelo com o distrato feito com a empresa ganhadora da concessão no Pontal, o senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), informou que já tinha falado a respeito cinco meses atrás na posse do atual superintendente da Codevasf em Petrolina, Aurivalter Cordeiro.

“Na realidade não foi surpresa. A gente já disse na posse de Aurivalter que iriamos rever o modelo, um pleito que vinha sendo defendido pelo deputado federal Guilherme Coelho. Foi um acordo amigável. Os empresários desistiram da implantação do projeto e a Codevasf está ultimando a celebração do distrato, o que vai permitir que seja feita a licitação das áreas já no modelo tradicional”, frisou FBC.

Investimentos

Conforme estudos da Codevasf, serão necessários R$ 150 milhões para a conclusão do Projeto Pontal para iniciar a licitação das áreas. Bezerra Coelho afirmou que esperar trazer o presidente Michel Temer (PMDB) à Petrolina para anunciar esses investimentos e outras ações que deverão ser celebradas entre a União e a Prefeitura de Petrolina.

“Vamos trabalhar também junto ao ministro Dyogo Oliveira (Planejamento) para colocar o Pontal de volta no PAC e assina garantir os investimentos necessários para concluir e fazer o Pontal produzir”, acrescentou o senador. A presidente da Codevasf, Kênia Marcelino, que visitou o Pontal antes do ato do prefeito Miguel Coelho ocorrido na 3ª superintendência do órgão em Petrolina, revelou que o órgão já inicia de imediato os estudos para que o distrato ocorra de forma ágil os lotes passem a ser ocupados.

“Estamos discutindo com o Incra a situação da ocupação que hoje está na área, para que seja feita de forma muito tranquila a reintegração de posse e assim iniciarmos o processo de estudos de conclusão da obras necessárias ao início da produção no Pontal”, registrou a presidente.

O deputado federal Guilherme Coelho considerou o distrato um avanço fundamental para que o projeto Pontal irrigue as terras da região. “A presidente nos traz uma notícia fantástica, que vai trazer prosperidade a muitas pessoas que receberão um lote irrigado. Meu pai (ex-deputado Osvaldo Coelho) lutou contra essa PPP em seus últimos anos de vida, e agora o sonho de Osvaldo foi realizado”, festejou o deputado.

Miguel assegura junto à Codevasf R$ 4,5 milhões para levar água ao interior de Petrolina

A largada do Governo Miguel Coelho (PSB) em Petrolina começou com a liberação de recursos para implantação de poços e equipamentos hídricos na zona rural do município. O novo prefeito firmou, nesta segunda-feira (2), um acordo de cooperação técnica com a presidente nacional da Codevasf, Kênia Marcelino, no valor de R$ 4,5 milhões. Os serviços já devem começar nesta semana e serão concluídos num prazo de doze meses.

Ao todo serão perfurados 50 poços e montados 159 equipamentos hídricos (catavento, motobomba, caixas de água e bebedouro para animais). Os serviços irão beneficiar as comunidades de Cristália, Simpatia, Rajada, Pau-Ferro, Uruás, Cruz de Salinas, Caititu, Baixa Alegre, Aranzel, Almas, Ponta da Serra, Atalho, Primazia entre outras.

Pela primeira vez em visita a Petrolina, a presidente da Codevasf adiantou que, além de trazer recursos para instalação de poços, vai reformular o projeto de irrigação do Pontal. A iniciativa atendia um modelo de Parceria Público-Privada (PPP) e agora terá um novo formato conduzido pela Codevasf. Segundo Kênia, a rescisão contratual já está sendo finalizada e é compromisso da Companhia colocar para funcionar as áreas de produção ainda este ano. (foto/divulgação)

Parceria entre Codevasf e prefeitura garantirá ações de acesso á água em áreas rurais de Petrolina

Um Acordo de Cooperação Técnica entre a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) e a Prefeitura de Petrolina (PE) vai garantir ações de acesso à água em áreas rurais do município. Os recursos são da ordem de R$ 4,5 milhões. A parceria será confirmada daqui a pouco, às 10h, com a assinatura do acordo na sede da 3ª Superintendência Regional (SR) do órgão, pelo prefeito Miguel Coelho e pela presidente da Codevasf, Kênia Marcelino.

O evento faz parte de agenda de trabalho de Kênia Marcelino no polo Petrolina/Juazeiro até quarta-feira (4), que inclui também assinatura de ordens de serviços para implantação de sistemas de irrigação comunitária e construção de pátios de múltiplo uso que beneficiarão cerca de duas mil pessoas de comunidades rurais do município. Também estão previstas visitas técnicas de Kênia a projetos públicos irrigados administrados pela Codevasf nas duas cidades, entre outros compromissos.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br