Novos integrantes do Conselho de Turismo de Petrolina serão empossados no próximo dia 19/04

Tomarão posse no próximo dia 19 de abril os novos integrantes do Conselho Municipal de Turismo de Petrolina para a gestão 2017/19.

A solenidade será marcada por um coquetel, que acontecerá na Marina do Iate Clube, às 19h.

Candidato a presidente da UVP quer regionalizar a entidade e capacitar os vereadores

Vereador de São Bento do Una, agreste do estado, André Valença (PSD), encabeça a chapa de oposição nas eleições para a escolha da nova diretoria da UVP – União dos Vereadores de Pernambuco marcadas para o próximo final de semana. A chapa tem integrantes de Petrolina, como os vereadores Ronaldo Silva (PSDB) e Cícero Freire (PR) que se juntam a colegas de outros municípios sertanejos como Afrânio, Triunfo e de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife.

A intenção de Valença é integrar a UVP do litoral ao sertão, e promover a qualificação dos vereadores no estado.”Formamos uma chapa de oposição forte e que visa integrar a nossa entidade em todo o estado. A UVP antes tinha quase todas as Câmaras associadas e hoje possui pouco mais de 90 contribuindo com o trabalho da entidade”, conta Valença.

Outro ponto é fazer valer a força da UVP como sempre teve ao longo de sua existência. “Nossa entidade tem 42 anos de existência. A gestão atual não cumpriu com os verdadeiros objetivos da UVP e por isso resolvemos disputar essa presidência pela oposição”, pontuou André.

O trabalho do candidato a presidente da UVP visa a regionalização do trabalho que pretende criar para preparar melhor os vereadores. “Nós somos legisladores e fiscalizadores. Precisamos saber mais. Somos os político mais próximo da população, por isso precisamos estar preparados para atender a população, principalmente aquela que exige mais do vereador que é a mais carente”, considerou André.

Sendo eleito, André Valença informou que irá andar por todo o estado para filiar as Câmara à UVP, mostrar a importância da entidade e o que ela tem a oferecer a toda a sociedade do litoral ao sertão.

Osório Siqueira define integrantes das Comissões da Casa Plínio Amorim

Após o fim do impasse envolvendo a Comissão de Finanças da Casa Plínio Amorim, o presidente da Mesa Diretora, vereador Osório Siqueira (PSB), definiu os integrantes de todas as comissões.

A Portaria n° 1.549/2017 foi assinada por Osório na última segunda-feira (6). Um das comissões mais importantes – a de Justiça, Redação e Legislação Participativa – será presidida por Ronaldo Cancão (PTB), com Ronaldo Silva (PSDB) como relator; o secretário é Zenildo do Alto do Cocar (PSB) e o suplente, Paulo Valgueiro (PMDB).

Todas as comissões da Casa podem ser conferidas no seguinte link: COMISSÕES PERMANENTES 2017.2018.

Integrantes da bancada de oposição despejam críticas contra Governo Lossio na última sessão plenária do semestre

zé batista da gama

Os integrantes da bancada de oposição na Casa Plínio Amorim aproveitaram a última sessão plenária do semestre, realizada ontem (30/06), para despejarem críticas ao Governo Julio Lossio. Um deles foi o líder da bancada, vereador José Batista da Gama (PDT), que tachou o prefeito de “cara de pau” em relação as 145 creches do ‘Nova Semente’ que diz ter feito em sua gestão. “Ele não passa de um mentiroso, porque só eu ajudei a construir seis, e todos os vereadores colaboraram”, informou o líder, sobre o programa, que é feito em parceria com as comunidades. (mais…)

Ednaldo Lima evita polemizar com integrantes da oposição, mas diz ter sido vítima de “crime de preconceito”

ednaldo lima

O líder governista Ednaldo Lima (PMDB) preferiu evitar, por enquanto, bater de frente com alguns integrantes da bancada de oposição na Casa Plínio Amorim, acerca do apoio do prefeito Julio Lossio (PMDB) ao nome dele para disputar sua sucessão nas eleições deste ano.

As críticas mais contundentes partiram de Dr.Pérsio Antunes (PV) e de José Batista da Gama (PDT), os quais afirmaram que Ednaldo será somente “um boneco” e um “pau mandado” de Lossio.

Sem entrar diretamente na questão de sua pré-candidatura, justificando que caberá ao prefeito anunciar oficialmente seu nome, Ednaldo ratificou o que as hostes governistas já haviam comentado. Ele aproveitou a audiência pública de ontem (15), que tratou dos direitos das crianças e dos adolescentes – proposta pelo vereador – para dizer que vítima “da violência do preconceito”.

“O que precisamos discutir é a violência contra as crianças, a questão da saúde, da educação, dos desafios da cidade, dos problemas de saneamento, da moradia. Mas quando você deixa de discutir isso, que é importante para a sociedade, e parte para um ato violento de preconceito, isso é muito ruim e perigoso”, afirmou.

“Crime”

Segundo Ednaldo, as palavras “preconceituosas” contra ele, proferidas pelos integrantes da oposição, não atingem somente ele. “Quando alguém que tem um mandato e é uma liderança política, eleito pela população, ocupa a tribuna da Câmara e desqualifica outro, está tirando o direito de qualquer cidadão, de que é possível achar que pode ser um juiz, um advogado, um vereador, um prefeito ou um governador”, ponderou, acrescentando que a tentativa de querer “intimidar” seu projeto “é muito ruim para toda a sociedade”. “Tudo o que foi falado de mim eu considero um crime de preconceito, e a sociedade não pode aceitar. É porque eu tenho uma história humilde e minha família mora no João de Deus? Você precisa morar na orla (para ser candidato a prefeito)?”, desabafou. Ednaldo disse que terá “muito a comentar” sobre o assunto, mas somente após o anúncio de Lossio.

Integrantes do MST ocupam sede do Incra em Petrolina

IMG-20150922-WA0006Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) ocuparam ontem (22) a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), na Avenida da Integração, em Petrolina. Os agricultores familiares reivindicam vistorias, desapropriações e arrecadações de áreas para fins de Reforma Agrária.

Insatisfeitos com a morosidade da execução de serviços por parte do órgão federal, as famílias tentam garantir agilidade na execução e na liberação de serviços importantes para as famílias acampadas e assentadas, tal como a emissão de DAP, que é a Declaração de Aptidão do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento à Agricultura Familiar) utilizada como instrumento de identificação do agricultor familiar para acessar políticas públicas governamentais.

Os Sem Terra também exigem a estruturação de um plano para áreas de Reforma Agrária que garanta a infraestrutura dos assentamentos, como construção e reforma de estradas, pré-parcelamento das áreas desapropriadas, poços artesianos e liberação de créditos para as famílias.

Além disso, cobram mudanças na execução de serviços de assistência técnica, uma ampla avaliação do atual modelo de Assistência Técnica Rural (ATER) e mudanças que garantam a cooperação e a produção de alimentos saudáveis, respeitando e garantindo a participação das organizações das famílias assentadas e a ampliação de programas para a agroindustrialização e comercialização dos alimentos produzidos. (foto/divulgação)

Novas integrantes do Conselho dos Direitos da Mulher de Petrolina tomarão posse no próximo dia 30

conselho muncipal da mulher petrolinaO Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Petrolina (CMDMP) dará posse, no próximo dia 30, às suas novas integrantes. A solenidade está marcada para as 17h, no espaço de eventos da Secretaria de Cidadania. O CMDMP tem o objetivo de pensar políticas que acabem com a discriminação contra a mulher e promovam sua participação no cenário político, cultural e econômico brasileiro.

Recentemente, a Câmara de Vereadores de Petrolina aprovou a reestruturação do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher. Vinculado à Secretaria Executiva da Mulher – ligada à Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Cidadania (Sedesc) – o Conselho passará a ter vínculo direto com o gabinete do prefeito. A entidade terá 28 conselheiras, sendo 14 titulares e 14 suplentes, cuja composição será paritária. (foto/divulgação)

Lossio institui Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e dá posse a integrantes

CDU PetrolinaO município de Petrolina passa contar com um Conselho de Desenvolvimento Urbano (CDU). O decreto que instituiu a entidade foi assinado na tarde de ontem (7) pelo prefeito Julio Lossio, em cerimônia realizada no seu gabinete.

O evento também marcou a posse dos integrantes do CDU que representam cinco entidades da gestão municipal: o secretário da Cidade, Marcelo Cavalcanti; a diretora-presidente da AMMA, Denise Lima, o diretor-presidente da EPTTC, Paulo Valgueiro, o procurador Fábio Lima; e o chefe de gabinete Joselito Ribeiro.

Representando o colegiado que compõe o Conselho, Marcelo Cavalcanti destacou que o órgão nasce tem a missão de simplificar e qualificar os serviços ofertados pela prefeitura. Ele ressaltou que será priorizada, pelo CDU, a celeridade na apreciação de projetos. “O Conselho chega para que todos os órgãos que apreciam e aprovam os projetos de interesse para Petrolina, no que se refere a questões urbanísticas, ambientais, de mobilidade e legais, trabalhem juntos e possam simplificar o processo de aprovação e dar uma resposta célere ao contribuinte”, expôs o secretário.

Para Lossio, o foco do Conselho é a proteção do bem público, oferecendo uma maior transparência aos processos de aprovação de empreendimentos de médio e grande porte que pretendem se instalar na cidade. “Precisamos resguardar as normas da Prefeitura e isso se dá através de um trabalho de uma comissão técnica que possa avaliar e dar transparência a essas aprovações. Petrolina está crescendo e é preciso ter uma visão macro da cidade”, argumenta o gestor municipal.

O prefeito indicou ainda que será criado um protocolo, para cada processo, e os cidadãos petrolinenses poderão acompanhá-los pela internet, através do site da Prefeitura. (fonte/foto: Ascom PMP/divulgação)

Movimento ‘O Vale Acordou’ planeja mobilização no Feriado da Independência

manifestantes Vale AcordouApós ocuparem o prédio da Prefeitura de Petrolina, em julho último, para pressionar por melhorias no transporte coletivo, integrantes do Movimento ‘O Vale Acordou’ se mobilizam para mais um ato público. O grupo pretende novamente levar seu clamor às ruas neste sábado (7), feriado da Independência do Brasil.

Segundo informações repassadas ao Blog, os integrantes deverão se reunir no início da noite de hoje (3), em Petrolina, provavelmente na Câmara de Vereadores (ocupada, desde a semana passada, por representantes do Movimento ‘Petrolina Resistente’).

O foco do protesto do dia 7 deve ser, mais uma vez, a mobilidade urbana. Porém, durante a reunião, é possível que outros itens sejam incluídos na pauta. Também no encontro o grupo discutirá a possibilidade de realizar a manifestação em Petrolina e Juazeiro. Mas, em princípio, o ‘Vale Acordou’ pretende sair apenas na cidade baiana.

Por meio de nota, ‘O Vale Acordou’ esclarece incidente de ontem e diz que integrantes agiram “em legítima defesa”

Vale 2Por meio de nota, o Movimento ‘O Vale Acordou’ esclareceu o incidente de ontem (15), no final da procissão em homenagem à Padroeira de Petrolina.

Segundo o grupo, a intenção dos manifestantes presentes era apenas tentar dialogar com o prefeito Júlio Lóssio, mas eles dizem que agiram apenas em “legítima defesa” contra a “truculência” da equipe do prefeito, que iniciou as agressões.

Confiram a nota, na íntegra:

Nota oficial Nº 013 do Movimento O Vale Acordou – 15/08/2013

O Movimento O Vale Acordou vem por meio desta apresentar esclarecimentos à sociedade do Vale do São Francisco, principalmente ao povo petrolinense. Na última assembleia geral do movimento (11/08/2013), ocorrida na praça da catedral em Juazeiro-BA, fora decidido uma intervenção pacífica e sem intenção de atrapalhar a procissão da padroeira de Petrolina-PE.

Durante o corrente dia, realizamos uma concentração em frente ao Círculo Militar do Exército Brasileiro, na orla de Petrolina-PE, onde discutimos como iríamos proceder, pedimos permissões a padres para ficarmos à frente da procissão de bocas vendadas, pois nossa intenção é mostrar o luto do movimento em relação ao descaso político ante a sociedade da cidade.

Durante a procissão tudo ocorreu bem, e muitas vezes o movimento foi elogiado por populares. Ao chegarmos à prefeitura os manifestantes se perfilam de joelhos na calçada da mesma e colocam as mãos na cabeça em sinal de repúdio à truculência da Guarda Municipal (GM) contra os manifestantes, no último dia de ocupação da mesma.

Alguns manifestantes viram o prefeito da cidade e sua família e seguiram em sua direção, buscando diálogo e visibilidade para nosso movimento pacificamente, já que o mesmo não recebia o movimento em público, nem mesmo buscava um diálogo com a grande massa.

Procuramos um diálogo com o mesmo, que fez chacotas com o movimento, onde planejávamos fazer o ato por alguns minutos somente, e salvaguardando a integridade física, tanto dos manifestantes quanto do prefeito e de seus companheiros no momento.

Quando viramos as costas para o prefeito, assessores e secretários do governante covardemente bateram pelas costas, retiraram o cartaz das mãos de um manifestante, o agredindo, dando um tapa na câmera de outro, e depois partiram para cima de forma truculenta e vergonhosa no tratar de movimentos sociais. Logo, alguns manifestantes tentaram se proteger das agressões buscando sua legítima defesa, sendo os ânimos arrefecidos com a chegada pela Polícia Militar-PE.

Por fim, quando dispersávamos, vimos que nossa faixa foi capturada pela GM e fomos informados que dois GMs à paisana armados perseguiam alguns manifestantes em direção à orla. Quando fomos averiguar a informação, um deles saca a arma para alguns manifestantes, ato ilícito, já que não compete à Guarda Municipal o patrulhamento de ruas, tampouco andar à paisana atrás de manifestantes. A Polícia Militar foi chamada e encaminhou os GM’s e os manifestantes que sofreram agressões, sendo agora o caso apurado pela Polícia Civil-PE. Frisamos também que não ofendemos verbalmente o prefeito e sua família e que alguns manifestantes foram ameaçados de morte.

Movimento ‘O Vale Acordou’

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br