Ação da Guarda Municipal e do Inema apreende mais de 43 aves silvestres em Juazeiro

Uma ação fiscalizatória realizada na última sexta-feira (12) por equipes da Guarda Civil Municipal (GCM)/Romu e do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) resultou na apreensão de 43 aves silvestres em Juazeiro (BA).

Por meio de denúncias, as equipes recolheram os pássaros nos Bairros Pedra do Lord, Piranga, João XXIII e na feira livre do Alto da Maravilha. As aves apreendidas foram encaminhadas para a sede do Inema.

Segundo a comandante da Guarda, Josilene Lins, o objetivo da ação foi coibir o comércio e o cativeiro ilegal de aves silvestres no município. De acordo com o artigo 29 da Lei Federal 9.605/98, manter animais silvestres em cativeiro sem a devida licença ou autorização do órgão competente é crime. (Foto: Ascom PMJ)

Encontro discutirá regularização territorial florestal em Juazeiro

Será realizado nesta quarta-feira (19) em Juazeiro (BA) realiza o 1º Encontro Territorial de Regularização Florestal.  O evento é uma organização da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). O objetivo é alinhar as ações para realização do Cadastro Estadual Florestal de Imóveis Rurais (Cefir), uma vez que é obrigatória a regularização ambiental no Brasil para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico – além de combater o desmatamento.

O evento reunirá prefeitos, secretários municipais de Meio Ambiente e agricultura, e representantes de Sindicatos de Trabalhadores Rurais (STRs) de 16 municípios do Sertão do São Francisco e de Itaparica. O encontro está marcado para acontecer a partir das 14h no auditório da Codevasf, localizada na Avenida Comissão do Vale do São Francisco, s/nº.

Começa período da piracema no Rio São Francisco

Começou hoje (1º) o período do defeso no Rio São Francisco, a piracema – fenômeno pelo qual os peixes sobem o rio para realizar a sua reprodução. Nesta época fica proibida a pesca com rede. O Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) intensificará as fiscalizações e prevê multa e outras penalidades aos pescadores que forem flagrados pescando de forma irregular.

A piracema vai até o dia 28 de fevereiro de 2017 nos rios da bacia do São Francisco, e até dia 30 de abril nos lagos marginais. Durante os próximos quatro meses a pesca para consumo próprio é permitida no limite máximo de 5 kg e mais um exemplar, mas a comercialização está totalmente vedada.

A multa para quem for flagrado descumprindo a lei varia de R$ 700 a R$ 100 mil, mais R$ 20 por quilo de peixe apreendido. O pescador também pode cumprir pena de seis meses a um ano de prisão, além de outras punições.

Suporte

Visando a evitar prejuízos aos que dependem da atividade, o governo federal disponibiliza o Bolsa Pesca ou Seguro Defeso, justamente para que os pescadores possam receber um suporte financeiro enquanto não estiverem tirando seu sustento do rio. Qualquer pescador que for flagrado desobedecendo à lei, perderá o seu benefício. Quem quiser ajudar a denunciar e coibir este tipo de crime, pode ligar para o Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) em Juazeiro, nos seguintes números: (74) 3611-3355/3611-5203. (foto/arquivo Blog)

Empresa e Prefeitura de Juazeiro buscam licenciamento ambiental para implantação de parque eólico na cidade

Principal cidade do norte da Bahia, Juazeiro pode ser beneficiada com um grande empreendimento do setor eólico. Um estudo para implantação de um parque de energia eólica vem sendo desenvolvido desde 2011 e está em fase de busca de licenciamento ambiental. Engenheiros de Salvador (BA) e Recife (PE), juntamente com representantes do Inema (Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos) e da prefeitura, já iniciaram a discussão para a continuidade do projeto.

A empresa que pretende instalar o empreendimento na cidade é a Casaforte Energia, que também atua em projetos semelhantes em Sobradinho, Sento Sé e Campo Formoso – todas no norte baiano. A mesma empresa possui o Parque Vento da Serra Verde, na região do Salitre (zona rural de Juazeiro) com potencial inicial estimado de 285 megawatts.

A empresa Casaforte investe em energia renovável e possui PCHs (Pequenas Centrais Hidrelétricas) no Sul da Bahia. Em Juazeiro, o projeto todo abrange uma área de aproximadamente 9 mil/hecatres, com seis propriedades de terra caracterizadas por região alta – nesse caso a Serra do Mulato. A previsão é de instalação de 140 máquinas e geradores. (foto/reprodução)

Caminhões com madeira ilegal são apreendidos em Juazeiro

Seis caminhões carregados com madeira foram apreendidos em Juazeiro (BA), ontem (22), durante uma fiscalização realizada pelo Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), juntamente com a Polícia Militar e a Secretaria de Meio Ambiente e Ordem Pública (Semaop).

Segundo informações da TV São Francisco, a vegetação nativa seria vendida como fogueira, sem autorização do Inema.

A madeira foi retirada da região do Rodeadouro e Carnaíba do Sertão, na zona rural. Os responsáveis pelo material vão responder por comércio ilegal de madeira nativa e pagar multa. O material apreendido será doado a entidades sociais. (foto/reprodução WhatsApp)

Após denúncia no Blog sobre obra de saneamento no João Paulo II, comunitário de Juazeiro agradece a intervenção do Inema

O comunitário de Juazeiro (BA), David Lima, após denúncia enviada a este Blog, no último dia 16 de fevereiro, sobre a questão do esgotamento sanitário de residenciais do ‘Minha Casa, Minha Vida’ do bairro João Paulo II, que segundo ele, os dejetos vão direto para o Velho Chico, ele agradece a intervenção do Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema), que teria notificado a prefeitura, exigindo que o problema seja sanado.

Acompanhe:

Conforme fotos do dia 12 (sábado), verifica-se que não existe mais a lagoa de dejetos que atravessava a avenida indo desembocar no Riacho Mulungu, passando entre o Atacadão e o Juá Garden Shopping, cortando o bairro Itaberaba indo desaguar no Rio São Francisco, na altura do bairro Tabuleiro, nas proximidades das lagoas de decantação, o comunitário agradece ao Inema, que após denúncia deslocou uma equipe de técnicos, notificando a Prefeitura e exigindo o saneamento do grave problema ambiental.

David Lima/Comunitário

Inema esclarece que não vai multar produtores da borda do Lago de Sobradinho

audiência sento sé produtores borda do lago

O Povoado de Brejo de Fora, no município de Sento Sé, norte da Bahia recebeu, na última quinta-feira (10), uma audiência pública que discutiu a situação dos produtores rurais da borda do Lago de Sobradinho, diante da baixa vazão do Lago. A audiência, realizada pelos agricultores com o apoio do Consórcio Sustentável do Território do São Francisco (Constesf), contou a participação de representantes da Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab); da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema); do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), do presidente do Constesf e prefeito de Sobradinho, Luiz Vicente Berti, e demais autoridades políticas. (mais…)

Inema apreende em Pilão Arcado madeira extraída ilegalmente de fazenda de ex-prefeito de Remanso

madeira apreendida

O Instituto do Meio Ambiente de Recursos Hídricos da Bahia (Inema), juntamente com policiais da Cipe-Caatinga apreendeu, na última semana, aproximadamente 4 mil peças de aroeira, madeira que é protegida por lei, numa fazenda localizada em Pilão Arcado, norte da Bahia. Segundo o Inema, a fazenda pertence ao ex-prefeito de Remanso, Renato Rosal. (mais…)

Audiência em povoado de Sento-Sé discutirá alternativas de sustentabilidade para agricultores da borda do Lago de Sobradinho

plantaçãoO povoado de Brejo de Fora, na zona rural de Sento Sé, norte da Bahia, foi o local escolhido pelos agricultores da borda do Lago de Sobradinho para a realização de uma audiência pública que irá discutir, junto com autoridades governamentais, instituições de ensino e lideranças políticas, a situação dos produtores rurais diante da baixa vazão da barrragem. O encontro acontecerá nesta quinta-feira (10), às 9h, na quadra de esportes da comunidade.

Com o tema “Crise Hídrica: Soluções para os agricultores da Borda do Lago de Sobradinho”, o evento  também deliberará sobre providências relacionadas às notificações emitidas pelo Instituto do Meio Ambiente de Recursos Hídricos (Inema) aos produtores, por estarem plantando na área de vazante do Lago, com uso de agroquímico. O evento tem o apoio do Consórcio Sustentável do Território do São Francisco (Constesf). (foto/reprodução)

Ação do Inema apreende pássaros em bairros de Juazeiro

gaiolas com pássaros inema apreende

Vários pássaros foram apreendidos hoje (29) nos bairros Maringá e Penha, ambos em Juazeiro (BA), durante uma ação do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídrico (Inema). Em duas residências foram apreendidos 34 espécies da região, além de gaiolas. Ainda houve apreensão de outras 13 aves em outras residências, totalizando 47 pássaros e gaiolas.

Pássaros como azulão, trinca-ferro, coleras, caboclinhos, jesus-meu-deus, sofreus, sabiá laranjeiras, papa-capim, pega e cardeais foram apreendidos na ação. Qualquer pessoa pode oferecer denúncias ao Inema através da Unidade Regional do Sertão do São Francisco, com direito de se manter no anonimato ou não. As denúncias podem ser feitas pelos telefones (74) 3611-0198 ou 3611-5203. (foto/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br