Após alerta do governo de PE contra surto de caxumba, HDM/Imip adverte sobre os riscos da doença

Esta semana a Secretaria de Saúde de Pernambuco divulgou um boletim reforçando a importância da vacina tríplice viral como medida preventiva contra a caxumba – uma infecção viral aguda que afeta as glândulas parótidas, responsáveis pela produção da saliva e que ficam localizadas abaixo dos lóbulos das orelhas. Desde 2015 vêm sendo observados em todo o país surtos da doença, com os primeiros registros em Pernambuco datados do mês de maio do ano passado. Ao longo de 2016 foram notificados 76 surtos envolvendo 836 casos no estado.

De acordo com o setor de Doenças e Agravos da Secretaria Estadual, quanto mais rápida a comunicação, mais efetivas serão as medidas adotadas pelos municípios. Por isso, o setor de Pediatria do Hospital Dom Malan (HDM/Imip), em Petrolina, se antecipou e começou a informar à população as principais características da doença, visando a contribuir com a prevenção. “Às vezes o que as pessoas precisam é de informação, e nós não vamos pecar por essa falta de esclarecimento, até porque fazemos parte de uma rede de saúde e todos nós somos parceiros nesse sentido”, ressalta a pediatra, Dr.ª Fernanda Patrícia Novaes.

Considerada uma doença típica da infância, a caxumba também pode atingir pessoas de qualquer idade e evoluir com complicações graves como orquite (inflamação dos testículos), inflamação nos ovários, meningite viral e até encefalite (inflamação no cérebro). “Ela é mais comum na infância porque o sistema imunológico da criança ainda está em formação, mas ela pode acometer qualquer faixa etária. Geralmente, a caxumba provoca um aumento de volume bem característico próximo à mandíbula e ao ouvido, febre e dificuldade para mastigar. Nos casos leves e moderados, o paciente também pode apresentar dores no corpo, fadiga e perda de apetite”, acrescenta a pediatra.

Tratamento

Segundo Fernanda, o tratamento é sintomático (não havendo uma medicação específica). Aos primeiros sinais da doença a pessoa infectada deve procurar o posto de saúde, tendo que ficar em isolamento domiciliar para não disseminar o vírus. “Em geral, os sintomas são brandos e tratados com antitérmicos e analgésicos, devendo ser evitado o AAS. Repouso, hidratação e boa alimentação também são importantes aliados”, destaca. A contaminação da caxumba ocorre através de gotículas de saliva do doente, que se espalham pelo ar alcançando as vias aéreas de pessoas próximas. A única prevenção eficaz continua sendo a vacina, cuja primeira dose no calendário brasileiro está indicada aos 12 meses, com reforço aos 15 meses na forma da vacina tetraviral.

Uma vez infectada, a pessoa pode contaminar outras no período entre seis dias antes do início dos sintomas até cerca de 15 dias após. O período de incubação pode ser de 14 a 25 dias. “O momento não é de alarme, mas sim de atenção e reforço sobre a importância da vacinação. Estamos sempre atentos às doenças sazonais e ao surgimento de epidemias”, garante a médica.

Enfermagem do HDM/Imip discute metas para 2017

A coordenação de enfermagem do Hospital Dom Malan (HDM)/Imip em Petrolina reuniu os profissionais da área para traçar as metas para o novo ano. A reunião ocorreu nesta terça-feira, 10, com o grupo ‘Qualidade e Segurança no Cuidado com o Paciente’ – pós-graduação promovida pela unidade, em parceria com o Ministério da Saúde e reúne seis profissionais.

Como metas para 2017, o grupo elencou o fortalecimento do trabalho de comunicação entre os profissionais de saúde e acompanhantes, incluindo a passagem de informações na troca de plantão; a ratificação da medicação segura; diminuição do risco de quedas; sensibilização da equipe com relação aos objetivos; e atenção ao “quase evento” como forma de prevenção.

As enfermeiras terminaram em novembro a pós-graduação, que faz parte de um projeto educacional voltado ao desenvolvimento de profissionais do SUS, com o objetivo de melhorar a gestão da clínica e a integralidade do cuidado seguro. Com essa nova bagagem de conhecimentos, o grupo pretende reavaliar alguns protocolos e práticas relacionadas à segurança do paciente no HDM, melhorando assim o atendimento público prestado à população.

“Já temos o Núcleo de Segurança do Paciente, implantado desde 2013, do qual fazem parte representantes de todos os setores do hospital. Conseguir que seis das nossas gerentes pudessem participar dessa especialização foi um bônus enorme para nós, pois elas estão trazendo um novo olhar sobre o trabalho. Ganha o profissional por poder fazer parte de um projeto, que tem como objetivo melhorar o serviço prestado pelo SUS, o hospital por poder contar com profissionais especializados e os usuários pela assistência de qualidade”, avalia a coordenadora de enfermagem. Fátima Michelle. (com informações da Ascom/foto divulgação)

Imip ainda não recebeu repasse de R$ 4 milhões, mas atendimento pode ser restabelecido esta semana

hospital-dom-malan-hdmA suspensão dos internamentos de obstetrícia e pediatria no Hospital Dom Malan (HDM)/Imip, em Petrolina, pode estar perto do fim. Apesar da unidade ainda não recebido o repasse de R$ 4 milhões anunciados pelo Governo de Pernambuco, a previsão é que os serviços sejam restabelecidos ainda esta semana.

O hospital havia suspenso os serviços devido à falta de recursos, mas na última semana os deputados Miguel Coelho (PSB) – prefeito eleito de Petrolina – e Odacy Amorim (PT) confirmaram que o Estado já havia liberado a verba para o Imip.

A direção também informou ao Blog que “está em diálogo com a Secretaria Estadual de Saúde, tendo como pauta os recursos necessários para restabelecer os serviços e aguarda resposta”.

Após suspensão de atendimentos, Miguel Coelho diz que Governo de PE já autorizou pagamento de R$ 4 milhões ao Imip

hospital-dom-malan-hdmDepois de anunciar a suspensão temporária dos internamentos de obstetrícia e pediatria por falta de recursos, o Hospital Dom Malan (HDM/Imip) deve receber um novo aporte do Governo de Pernambuco.

A informação foi confirmada ontem (15) pelo prefeito eleito de Petrolina, Miguel Coelho (PSB), durante coletiva de imprensa na qual anunciou seu secretariado.

Segundo Miguel, o valor autorizado é de R$ 4 milhões. “Agora mesmo o Imip divulgou uma nota dizendo que ia encerrar o atendimento em algumas áreas. Ainda na quarta-feira (14) fui atrás do governador e ele já autorizou o pagamento de R$ 4 milhões para que o Imip não feche e não abandone a população”, disse Miguel.

Vice-presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o deputado estadual veio a Petrolina ainda na noite de quarta-feira (14), com a assessoria especial do secretário estadual de Saúde, Iran Costa, e reforçou que parte dos atrasos destinado ao HDM/Imip seria paga ainda ontem (15), segundo informou a assessoria do deputado. A unidade, que é referência em atendimento materno-infantil em 53 cidades de três Estados suspendeu atendimento na quarta, alegando falta de recursos devido ao atraso dos repasses do governo estadual, que mantém convênio com o Imip para gerir o HDM.

Voluntariado do HDM/Imip prepara-se mais para um Natal com pacientes da unidade

festa natal HDMApesar das dificuldades pelas quais atravessa o Hospital Dom Malan (HDM)/Imip em Petrolina, a equipe do Voluntariado prepara-se para mais um evento natalino. Será na próxima quarta-feira (21), a partir das 9h30.

Na oportunidade as crianças internas da unidade médica receberão presentes e a visita do Papai e da Mamãe Noel. (foto/arquivo)

Campanha do HDM/Imip arrecada donativos para instituição filantrópica de Petrolina

natal-solidario-hdmO Hospital Dom Malan (HDM)/Imip, em Petrolina, deu início à segunda edição da Campanha Natal Solidário. O objetivo é arrecadar alimentos não perecíveis, materiais de limpeza e de higiene que serão destinados à Casa de Apoio Santo Expedito, instituição filantrópica que funciona na cidade há 15 anos e tem como missão oferecer acolhimento provisório a acompanhantes de pacientes provenientes de outros municípios da região. A casa oferece gratuitamente alimentação e pernoite aos acompanhantes que não podem ficar o tempo todo com os seus pacientes por motivos diversos.

A campanha vai até o dia 29 de dezembro e a entrega dos materiais será no dia 30 do mesmo mês. As doações podem ser feitas na unidade de saúde e nos postos de coleta, que será realizada em duas caixas específicas nas emergências do HDM, uma caixa na portaria de saída e uma outra na unidade de crédito consignado do Banco Santander, localizado na Avenida Joaquim Nabuco, 684, sala 03, Centro. Outras informações através dos números (87) 3202-7000 (ramal 7079) ou (74) 9 9968-5291.

No Dia Nacional de Combate ao Câncer, especialista destaca tratamento oncológico disponibilizado pelo HDM/Imip

fachada hdmNo mês em que as atenções se voltam para a prevenção do câncer de próstata, com a Campanha ‘Novembro Azul’ e o Dia Nacional de Combate ao Câncer (27 de novembro) a oncologista do Hospital Dom Malan (HDM)/Imip, Anna Carolina, destaca o tratamento contra a doença disponibilizado pela unidade médica de Petrolina.

Segundo a especialista, o serviço realizado no HDM abrange tanto o câncer pediátrico quanto o ginecológico. “Na pediatria fazemos tratamento quimioterápico e tratamento cirúrgico para leucemias e tumores sólidos. Os principais canceres infantis são as leucemias agudas, seguidas dos linfomas e dos tumores sólidos (tumor de Wilms, neuroblastoma e sarcomas)”, ressalta Anna Carolina.

Ela explica que os pacientes são recebidos de duas formas: a primeira é através da livre demanda. Eles entram pelo Pronto Socorro Infantil da unidade e, se houver necessidade, o médico pediatra geral solicita avaliação da oncologia pediátrica. Há também os encaminhados pela Apami. “Seguem para o HDM os pacientes que a oncologia pediátrica atende a nível ambulatorial na Apami”, complementa a oncologista.

A oncologia pediátrica é formada por duas médicas, dois cirurgiões pediátricos, além de equipe de enfermagem e assistentes administrativos. “Hoje estamos com algo em torno de 45 pacientes em tratamento quimioterápico e obtemos em torno de 75 – 80% de cura somando todos os tipos de câncer infantis”, afirma a médica. “O alerta que dou é para que a família procure o hospital na suspeita de qualquer tipo de doença, pois o câncer é curável se for descoberto ainda no início”, finaliza Anna Carolina. (foto/divulgação)

Voluntariado do HDM/Imip abre inscrições para seleção de novos integrantes

carnaval voluntariado HDMO Voluntariado do Hospital Dom Malan (HDM)/Imip em Petrolina abriu inscrições, até o dia 7 de novembro, com o objetivo de selecionar novos membros. Para se candidatar, os interessados devem ter acima de 21 anos de idade e disponibilidade de uma vez por semana para realização das atividades.

As inscrições podem ser feitas na sala do Voluntariado do HDM, no setor administrativo da instituição, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

A função do voluntário é realizar visitas aos pacientes internados e promover diversas campanhas e atividades lúdicas em datas comemorativas. Mais informações através do telefone (87) 3202-7027. (foto/arquivo divulgação)

Prorrogado até esta quarta-feira prazo para inscrição no processo seletivo simplificado da UPAE e HDM

inscrições onlineOs interessados em participar do processo seletivo simplificado para formação de cadastro de reserva da Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada (UPAE) de Petrolina e Hospital Dom Malan (HDM), ambos geridos pelo Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), terão até esta quarta-feira (24) para se inscrever através do site do Imip. O prazo seria até hoje (23), mas foi estendido pelo Instituto.

As vagas são para Farmacêutico, Terapeuta Ocupacional, Fonoaudiólogo, Flebotomista, Técnico de Enfermagem, Telefonista, Auxiliar de Saúde Bucal e Eletricista. Será feita, inicialmente, uma triagem curricular e, posteriormente, uma convocação por e-mail para segunda fase. É importante ressaltar que o cadastro de reserva para os cargos encontra-se zerado, o que significa boa oportunidade para os profissionais das áreas relacionadas.

Biama do HDM/Imip encerrará neste domingo Semana Mundial da Amamentação

biama semana aleitamento materno

O Banco de Incentivo ao Aleitamento Materno (Biama) do Hospital Dom Malan (HDM)/Imip, em Petrolina, encerrará neste domingo a programação alusiva à Semana Mundial da Amamentação, que começou na unidade médica no último dia 1° de agosto. O tema deste ano foi “Amamentação: Presente saudável, futuro sustentável”.

A comemoração é realizada em 120 países e tradicionalmente o HDM realiza todos os anos.

O Biama funciona no hospital desde 1995 (há 21 anos) e presta serviço diariamente das 7h às 18h, todos os dias da semana – inclusive em feriados. Mensalmente o banco recebe leite de 12 doadoras. São atendidos 47 bebês e distribuídos 20 litros de leite pasteurizado em média.

Doação

Para se tornar uma doadora de leite, a mãe precisa entrar em contato com o Biama e informar seus dados pessoais. Posteriormente uma técnica de enfermagem realiza uma visita domiciliar, para verificar a aptidão da doação e orientações sobre a ordenha e armazenamento do leite humano. “Para que a mãe seja confirmada como doadora de leite materno, ela deve estar amamentando, ser saudável, apresentar exames do pré-natal compatíveis com a doação, não usar medicamentos incompatíveis com amamentação, e não usar álcool ou drogas ilícitas”, ressalta a enfermeira gerente do Biama, Yany Cruz.

O Biama fica localizado à Avenida Joaquim Nabuco, s/nº, Centro de Petrolina. O contato telefônico é o (87) 3202-7002. (fonte/foto: Assessoria/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br