Vacinação contra a gripe ainda não atingiu meta e preocupa Secretaria de Saúde de PE

A Secretaria de Saúde do Estado está preocupada com o pouco comparecimento dos pernambucanos aos postos e unidades de saúde para serem imunizados contra as influenzas A (H1N1), A (H3N2). A campanha segue até 26 de maio, mas somente 46% do público alvo da campanha foi atingido.

Vale lembrar que quem tomou a vacina em campanhas realizadas em anos anteriores deve voltar aos postos para ser imunizado, pois a validade é só de um ano. Cerca de 1,5 milhão de pessoas ainda devem ser protegidas. Os pernambucanos podem procurar a vacina num dos mais de 5 mil postos de vacinação espalhados em todos o estado.

O público-alvo da campanha contra a gripe deste ano são idosos a partir dos 60 anos, crianças entre 6 meses e menos de cinco anos, profissionais de saúde, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, professores, gestantes os mulheres até 45 dias após o parto e povos indígenas.

Quem estiver gripado, mas sem febre, pode tomar a dose. A vacina contra a influenza é contra-indicada apenas para quem é alérgico a ovo ou teve reação alérgica grave ao tomar a vacina, que é gratuita.

 

‘Dia D’ de vacinação contra a gripe acontecerá neste sábado em Petrolina e Juazeiro

Neste sábado (13) acontecerá o ‘Dia D’ de vacinação contra a gripe. Em Petrolina, a abertura do evento será na Unidade de Atendimento Multiprofissional Especializado (AME) Júlio Andrade, do Bairro Cacheado. A Secretaria de Saúde estará disponibilizando 44 pontos de vacinação; na zona urbana funcionará de 8h às 17h e na área rural de 8h às 13h. No município, aproximadamente 56 mil pessoas fazem parte do público a ser vacinado até o dia 26 de maio.

Em Juazeiro, todos os postos de saúde da sede e do interior do município vão abrir as portas, das 8h às 14h. A solenidade de abertura do evento será às 9h, na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Bairro Alto da Aliança. A meta do município é vacinar 47 mil pessoas que se enquadram nos grupos prioritários.

O público-alvo dessa campanha é composto por crianças de 6 meses a menos de 5 anos, gestantes, mulheres no período de até 45 dias pós parto, idosos, trabalhadores da área de saúde, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, além de pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independe da idade.

A campanha, que começou no dia 18 de abril, segue um cronograma para vacinação do público-alvo, mas, a partir do ‘Dia D’ todos os grupos estão livres para procurar os postos de saúde. Assim como em Petrolina, a vacinação contra gripe em Juazeiro também seguirá até 26 de maio. A vacina garante proteção contra três tipos de vírus: H1N1, H3N2 e B.

Lagoa Grande: Professores das redes pública e privada são incluídos na Campanha de Vacinação contra Gripe

A Secretaria de Saúde de Lagoa Grande (PE), no Sertão do São Francisco, deu início à campanha nacional de vacinação contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circulam no país: A/H1N1; A/H3N2 e influenza B. A novidade deste ano é que foram incluídos também como prioritários os professores da rede pública e privada – além dos profissionais da saúde das duas redes.

No dia 13 de maio (sábado) em todo o Brasil o ‘Dia D’ da Vacinação.

Além dos professores e profissionais da saúde, o público-alvo da campanha continua sendo crianças de 6 meses a quatro anos, 11 meses e 29 dias; gestantes; puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto); idosos a partir de 60 anos; e em alguns casos, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (independente de idade). O atendimento é das 8h às 14h.

Os trabalhadores da agricultura e do comércio que se enquadram no público-alvo, mas não podem comparecer nos horários, deverão procurar o PSF mais próximo de sua residência no próximo dia 27, das 17h às 21h (como já acontece toda última quinta do mês).

Vacina contra a gripe estará disponível em Petrolina a partir de segunda-feira

Começa na próxima segunda-feira (17), em Petrolina, a Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza. Para a realização da campanha a Secretaria de Saúde do município encerrou, nesta quarta-feira (12), um treinamento com cerca de 100 profissionais que realizarão o procedimento nas unidades básicas.

Segundo a coordenadora do Programa Municipal de Imunização (PMI), Alexsandra Santos, os profissionais tiveram todas as informações sobre a vacina, datas e público-alvo. “Na primeira semana, vamos ofertar apenas para os profissionais de saúde das redes pública e privada. É importante lembrar que é necessário apresentar um comprovante de vínculo, que pode ser a carteira de classe, portaria, crachá ou contracheque. A meta é vacinar pelo menos 90% de cada grupo prioritário. Não sabemos ainda a quantidade de vacina que será destinada para o município, porém, essas doses vão vir fragmentadas, ou seja, toda semana receberemos um quantitativo”, explicou.

A partir do dia 24 de abril, a vacinação será para o público-alvo da campanha – formado pelas crianças de seis meses a menores de cinco anos, gestantes, puérperas, idosos maiores de 60 anos, indivíduos de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (comorbidades) e professores das redes pública e privada.

A coordenadora ainda orientou sobre os mitos e verdades em relação a vacina. “Existe uma recomendação para quem tem alergia a ovo. Porém, é importante reforçar que quem tem algum tipo de alergia, informe à técnica da unidade. Já em relação a adoecimento, principalmente de gripe após a vacina, não existe nenhuma relação, é apenas uma coincidência”, esclareceu. A vacina garante proteção contra três tipos de vírus (H1N1, H3N2 e B) e estará disponível em todas as unidades de saúde da família. O Dia D da vacinação contra a gripe acontecerá em 13 de maio.

Ministério da Saúde antecipa campanha de vacinação nacional contra a gripe

 

Com casos de gripe fora do período no País, o Ministério da Saúde resolveu antecipar a campanha nacional de vacinação contra a gripe. A antecipação será para 10 de abril com a vacina atendendo os profissionais de saúde e 17 de abril para o público alvo. Ano passado a campanha iniciou no dia 30 de abril. A vacina deste ano incluirá também como público alvo professores da rede básica e do ensino superior de instituições públicas e privadas.

A vacina contra a gripe é destinada ainda a idosos acima de 60 anos, crianças até cinco anos de idade, gestantes, povo indígenas, portadores de doenças crônicas, adolescentes entre 12 e 21 anos que cumprem medidas socioeducativas, presos e funcionários do sistema prisional.

O Ministério da Saúde também vai antecipar o envio das vacinas aos estados onde os casos de gripe fora de época já preocupam.

Moradores voltam a reclamar de falta de vacina contra gripe em Petrolina

Moradores de Petrolina não encontraram a vacina contra gripe nos postos de saúde da cidade nesta terça-feira (31). De acordo com relatos enviados a este Blog, houve um grande desabastecimento na maioria das unidades, deixando muita gente preocupada, visto que a campanha – que já foi prorrogada – termina nesta sexta (3/06).

O mesmo problema já havia ocorrido no início do mês, quando este Blog publicou matéria sobre o caso.

Em relação à nova demanda, a reportagem voltou a entrar em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Saúde, que ficou de enviar um esclarecimento sobre o assunto. No entanto, a assessoria adiantou que o desabastecimento se deve à falta de repasses das vacinas pelo Governo de Pernambuco.

Secretaria de Saúde de Petrolina prorroga campanha de vacinação contra gripe H1N1

vacinação-A vacinação contra a gripe H1N1 foi prorrogada em Petrolina até o dia 3 de junho. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, até o momento já foram vacinadas 42.832 (75,81%) das pessoas que fazem parte do grupo prioritário. A meta é vacinar 80% do público-alvo contra os vírus H1N1, H3N2 e B.

A campanha é direcionada a idosos, gestantes, crianças de seis meses a menores de cinco anos, trabalhadores da saúde, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), pessoas com doenças crônicas não transmissíveis, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

As Unidades de Saúde funcionam de segunda a sexta, das 8h às 17h (zona urbana) e das 7h às 14h (zona rural). (foto/divulgação)

Secretaria de Saúde de Petrolina não recebe doses necessárias de vacinas do Governo de PE e decide cancelar Dia ‘D’ contra a gripe

Vacina-Gripe-AA Secretaria de Saúde de Petrolina decidiu cancelar o Dia ‘D’ da Campanha de Vacinação contra a Gripe, que deveria ocorrer neste sábado (30).

De acordo com a assessoria da pasta, O motivo é que a Secretaria Estadual de Saúde não enviou o quantitativo de doses necessário para realizar a mobilização.

“Informamos ainda que a campanha segue normalmente e as Unidades de Saúde estão abastecidas com a vacina”, ressalta a pasta municipal, em nota enviada à imprensa.

Segunda etapa da Campanha de Vacinação contra Gripe começa hoje em Petrolina

vacinaçãoComeça nesta segunda-feira (25), em Petrolina, a segunda etapa da vacinação contra a influenza. Nesta fase serão imunizados todos os grupos prioritários da campanha nacional: crianças de 6 meses a menores de 5 anos (até 4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhador de saúde, idosos (a partir de 60 anos), povos indígenas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos sob medida socioeducativas, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ao todo 60.370 pessoas que fazem parte do grupo prioritário devem tomar a vacina. A meta do Ministério da Saúde é imunizar 80% do público-alvo. A imunização é contra-indicada para indivíduos com alergia grave ao ovo ou a qualquer outro componente da fórmula, ou aqueles que apresentaram história de reação anafilática em dose anterior da vacina. Em caso de doenças agudas febris moderadas ou graves, é recomendado adiar a vacinação até a resolução do quadro.

A vacinação contra a influenza pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias, e de 39% a 75% a mortalidade global. Em residentes em lares de idosos, reduz o risco de pneumonia em cerca de 60%, o risco global de hospitalização em cerca de 50%, e o de morte em 68%. Ela ainda pode reduzir em 40% os casos de síndrome gripal.

Campanha de Vacinação contra Gripe começa na próxima semana em Petrolina

vacinação gripe funcionários UPAEA Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza (Gripe) começa na próxima segunda-feira (25) em Petrolina. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ao todo 60.370 pessoas que fazem parte do grupo prioritário devem tomar a vacina. A meta do Ministério da Saúde é imunizar 80% do público-alvo.

 A vacina que protege contra os subtipos do vírus influenza H1N1, H3N2 e B é destinada para os idosos, gestantes, crianças de 6 meses a menores 5 anos, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, além da população privada de liberdade.

Conforme orientação do Estado, os profissionais de saúde estão sendo vacinados desde segunda, 18, até 29/04. A campanha seguirá até o dia 20 de maio em todas as Unidades de Saúde. “Um dos focos da gestão Julio Lossio é manter a cobertura vacinal acima da meta do Ministério da Saúde para evitar o adoecimento das pessoas”, afirmou a secretária de Saúde, Mara Gonçalves. As informações são da assessoria. (foto/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br