Um presente especial

Há anos no cargo de diretor de programação da Rádio Grande Rio AM em Petrolina, Chico Fernandes ganhou uma bela lembrança de um ouvinte da emissora em homenagem ao seu aniversário, na última semana.

Trata-se de um símbolo da Grande Rio AM, com o nome de Chico Fernandes esculpido em madeira. O souvenir artístico certamente terá um lugar especial na sala do diretor.

Odacy Amorim acompanha debate entre candidatos a vice-prefeito em emissora de rádio de Petrolina

odacy e leiaO candidato a prefeito pela coligação ‘Petrolina do Povo e dos Sonhos de Isabel Cristina’, Odacy Amorim (PT), acompanha Léia Araújo (PCdoB), nesta sexta-feira (2), no debate entre candidatos a vice, que começará em poucos minutos na Rádio Grande Rio AM.

No restante do dia, ele tem apenas uma assembleia marcada pela Associação dos Agentes Comunitários de Saúde de Petrolina (Acosap), para a assinatura de um Termo de Compromisso.

Confiram:

8h – Debate com os candidatos e candidatas a vice Prefeito;

Local: Rádio Grande Rio AM. Odacy acompanha a vice-prefeita, Léia Araújo.

10h – Ato de Assinatura Termo de Compromisso para a implantação do Plano de Cargo e Carreira dos Agentes Comunitários de Saúde. Local: Acosap (Associação dos Agentes Comunitários de Saúde de Petrolina). Endereço: Rua Mar Bering, nº 181. (foto/divulgação)

Clima começa a azedar no segundo debate entre candidatos a prefeito de Petrolina

Debate Grande Rio AM

O clima azedou no segundo debate entre os candidatos a prefeito de Petrolina, realizado na manhã desta segunda-feira (22) pela Rádio Grande Rio AM. A primeira controvérsia foi protagonizada por Miguel Coelho (PSB), da coligação ‘Petrolina com a Força do Povo’, e Edinaldo Lima (PMDB), que encabeça a coligação ‘Pra Continuar Avançando’.

Edinaldo não gostou do comentário feito por Miguel, quando este reforçou que no seu governo o Programa ‘Nova Semente’ será gratuito para a população. E rebateu afirmando que o socialista, em sua campanha de deputado estadual (em 2014), havia prometido também a gratuidade para os estudantes da Facape. Miguel pediu direito de resposta, o que gerou um momento de discussão entre a assessoria do candidato e os organizadores do debate.

Ao responder Edinaldo, Miguel justificou que o adversário deveria “se informar melhor”, ressaltando que seu compromisso era com a ampliação do Programa Universidade Para Todos (Proupe), que financia com recursos estaduais os estudantes da autarquia municipal.

Mas não ficou por aí. Odacy Amorim (PT), da coligação ‘Petrolina do Povo e dos Sonhos de Isabel Cristina’, também se sentiu incomodado com um comentário feito por Adalberto Cavalcanti (PTB), que falou de “ex-gestores” que prometeram obras de pavimentação na zona rural de Petrolina. A comissão organizadora do debate não concedeu direito de resposta ao petista por entender que o nome dele não foi citado. Mesmo assim, o petista fez questão de frisar, no momento em que foi indagado por um ouvinte, que durante seu governo (em 2007 e 2008) a pavimentação da estrada de acesso ao povoado de Caititu, interligando Uruás, foi feita. O debate na rádio foi encerrado ao meio-dia. (foto/divulgação)

Candidatos a prefeito de Petrolina se enfrentam em segundo debate

 debate univasf6A agenda dos cinco candidatos a prefeito de Petrolina – Miguel Coelho (PSB), Edinaldo Lima (PMDB), Odacy Amorim (PT), Adalberto Cavalcanti (PTB) e Perpétua Rodrigues – nesta segunda-feira (22) tem como ponto em comum o segundo debate entre eles.

Depois da Univasf, semana passada, o debate acontecerá na Grande Rio AM, das 8h às 12h. (foto/arquivo reprodução)

Diretor-presidente da Grande Rio AM ressalta legado de Carlos Augusto: “Defendeu o Sertão como ninguém”

rafael coelhoO diretor-presidente da Rádio Grande Rio AM, Rafael Coelho, destacou a contribuição deixada pelo radialista Carlos Augusto, que faleceu ontem (2), aos 74 anos.

Foi uma pessoa extremamente engajada como cidadão, como radialista, como comunicador. Ele defendeu o Sertão como ninguém”, disse Rafael.

Segundo o diretor da Grande Rio AM, “Carlos Augusto será lembrado sempre, porque ele conseguia se comunicar com todos, por isso digo que ele conseguia falar em todas as línguas.

Rafael Coelho destacou também a luta do radialista em causas ambientais. “Carlos participou de tudo em defesa da nossa região. Defendeu o meio ambiente, os animais, a Jecana…Ele deixa essa comunicação ampla, que atingia a todos”, finalizou. (foto/Sérgio Lopes)

Sivuca assume, definitivamente, o comando do programa de Carlos Augusto

10947216_1037581569592314_8388693128629956534_nA Rádio Grande Rio AM tem à partir de hoje (2) um novo comunicador para o Programa ‘Forró do Povo’, antes comandado pelo radialista Carlos Augusto que continua em tratamento de saúde.

Domingos Sávio Brandão, o “Sivuca”, assume o comando do programa em definitivo. Parceiro de Carlos Augusto, deve ser dele também a responsabilidade de tocar a missa do Vaqueiro e a tradicional Jecana Oficial do Brasil.

Ao Blog o gerente de programação da Rádio Grande Rio AM, Francisco Fernandes, disse que os contratos firmados por Carlos Augusto serão respeitados, mas a programação da rádio precisa seguir o seu curso.

Sivuca disse ao Blog que apresentará o programa, mas que o lugar de Carlos Augusto será sempre dele no coração dos ouvintes:

“Carlos tem uma história de amizade e carinho com os ouvintes de várias gerações. Ele é uma referência e o lugar dele no coração das pessoas estará para sempre guardado. Vou apresentar o programa dando o meu melhor para honrar a imensa audiência que ele sempre teve”, afirmou.

O ambientalista e radialista Vitório Rodrigues era quem comandava o programa interinamente depois do afastamento de Carlos Augusto.

Na primeira entrevista do ano, Fernando Filho garante que Hospital da Mulher de Petrolina “é prioridade” de Câmara

fernando filho entrevistaNa primeira entrevista em 2015, o deputado federal Fernando Filho esteve na Rádio Grande Rio AM na manhã desta quinta-feira (15), onde reforçou, durante o programa ‘Opinião’, seu compromisso em continuar lutando para viabilizar as demandas reivindicadas pelos sertanejos.

Uma delas, particularmente em Petrolina, é o Hospital da Mulher, prometido pelo então candidato a governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), durante sua campanha no ano passado. O socialista garantiu que a obra “é uma das prioridades” da gestão de Câmara.

Sobre política, Fernando Filho mostrou o comedimento de sempre. Evitou entrar em detalhes sobre a sucessão municipal de 2016 e também descartou – a exemplo do que já tinha afirmando o seu irmão Miguel Coelho (PSB) – os rumores sobre a saída do seu pai, Fernando Bezerra Coelho (PSB), da legenda socialista.

Éramos assim…

Grande Rio AMNo ‘Éramos assim’ de hoje, uma foto dos craques…da comunicação, pois nas quadras a derrota era companheira…Taí um timaço da Rádio Grande Rio AM em meados dos anos 80. Só fera!

Em Pé Iveraldo Nascimento (repórter), Adalberto Vieira, Farnésio Silva, Teones Batista, Raimundo Valter e Edenevaldo Alves; Agachados: Hugo Gabriel, Gerardus Magela e Luiz Alberto. Os garotos são filhos de Teones: Junior, Alexandre e André Santos com a camisa rubro-negra (à esquerda).

Comunicação do Vale do São Francisco fica sem a voz de Zé Cachoeira

zé cachoeiraA comunicação do Vale do Vale do São Francisco perdeu um de seus nomes mais conhecidos. Morreu na manhã de hoje (9) o locutor Pedro Thomás Filho, o Zé Cachoeira, aos 81 anos.

Conhecido no meio radiofônico como “Voz do Trovão”, Zé Cachoeira passava por sérios problemas de saúde e vinha internado.

Ele passou pela Emissora Rural e há 18 anos apresentava um programa na Grande Rio AM, aos finais de semana – o ‘Clube do Trabalhador’. Cachoeira dizia que era “um cabra que nunca morreu e nem tinha inveja de quem morre”. Natural de Serra Talhada (PE), no Pajeú, o locutor será enterrado em Petrolina, mas ainda não há informações sobre o velório nem o enterro. (Foto/reprodução)

Artigo do leitor: “O discurso que eu não fiz”

GR AMO radialista Francisco Fernandes ainda comemora a homenagem recebida no último dia 14 de fevereiro, quando foi agraciado com o Título de Cidadão Petrolinense. E não é por menos. Neste artigo enviado ao Blog, o diretor da Rádio Grande Rio AM agradece a honraria e aproveita para, finalmente, apresentar o discurso que não pode ler há 13 anos, quando o projeto foi aprovado. O discurso estava engavetado durante todos estes anos.

Acompanhem:

Mesmo sendo um profissional da comunicação, que utiliza a palavra como instrumento de trabalho, sou forçado a admitir que me faltam palavras para definir a emoção de receber uma homenagem tão significativa. Não encontro termos que expressem verdadeiramente os sentimentos que brotam do meu coração. Os mais de 24 anos de radiofonia ainda não me deram a habilidade de usar as palavras para dimensionar a grandeza do meu amor por esta terra, para expressar os meus agradecimentos por tudo o que Petrolina fez e continua fazendo por mim e pelos meus filhos, que também são filhos seus.

A humildade força-me a admitir que a homenagem prestada pela Câmara Municipal, através do inestimável amigo vereador José Batista da Gama, é muito, mas muito além daquilo que julgo merecer. A minha gratidão a Petrolina é infinitamente maior do que a singela homenagem pelo que fiz por esta terra. Sinto-me na obrigação de dar muito mais do que receber. Mesmo sabendo que, ao longo de toda a minha vida, jamais conseguirei oferecer tudo o que Petrolina fez e faz por merecer.

A minha trajetória se confunde com a de tantos outros Franciscos, Josés e Marias que, fungidos das tormentas, apostaram em Petrolina, em busca de uma sobrevivência digna. Foi com olhos marejados de lágrimas e muitos sonhos que deixei a pequena Conceição, no sertão paraibano, para fixar-me em Petrolina precisamente em 1979. Estava decidido a nunca mais olhar para trás, não recuar do propósito de tornar Petrolina a minha casa, o lar dos meus filhos. Os tropeços e os descaminhos foram estímulo para consolidar meu desiderato.

Sou profundamente grato a todos os que estenderam a mão, aos que ousaram acreditar da limitada capacidade de um sonhador.Foram tantos que não ousaria nominar, para não correr o risco da omissão. Mas não poderei deixar de expressar um profundo sentimento de gratidão à Emissora Rural, que me deu abrigo, trabalho, oportunidade de crescimento profissional e o carinho de que tanto necessitava. Na Emissora Rural permaneci até 1984. Foi quando recebi o convite para gerenciar a Rádio Grande Serra em Araripina, passando a integrar-me aos quadros do Sistema Grande Rio de Comunicação.

O ingresso na Rádio Grande Rio possibilitou-me alçar vôos ainda mais altos. Foi onde reencontrei antigos e grandes amigos. Foi onde também encontrei um homem que representa a melhor definição do que é ser amigo e pai. O doutor Geraldo Coelho é uma página importantíssima em minha vida profissional. Deus deu-me a graça de conhecer esse cidadão de grandes virtudes, um dos homens públicos mais conceituados de nossa história. Foi nessa fonte de sabedoria que encontrei a inspiração para amar cada vez mais Petrolina, para abraçar, de corpo e alma, o propósito de fazer da Rádio Grande Rio AM, um grande referencial de comunicação radiofônica para o Nordeste brasileiro.

Sou grato ao meu pai José Laurindo Bezerra (em memória), a minha mãe Terezinha de Souza Bezerra, propulsora dos meus sonhos, luz da minha estrada.

Sou grato a Petrolina por todas essas oportunidades; sou grato pela possibilidade de fazer um rádio sintonizado com as necessidades de nossa gente; sou grato pelo apoio, pelo incentivo, pela confiança que recebi e continuo recebendo; sou grato pelas amizades sinceras que construí; sou grato até pelos descaminhos porque também me ajudaram a seguir adiante; sou grato e verdadeiramente feliz pela esposa que Deus colocou em minha vida, e pelos filhos que geramos com amor.

O meu muito obrigado ao vereador José Batista da Gama, pessoa que desfruta de minha profunda admiração, pela iniciativa de propor esta homenagem, um agradecimento que dirijo aos demais parlamentares que subscreveram o projeto de decreto-legislativo.

Jamais me esquecerei deste momento propiciado pela Câmara Municipal de Vereadores de Petrolina. Um momento inesquecível porque ganha um lugar cativo em minha memória e em meu coração.

Muito Obrigado!

Francisco Fernandes/Radialista

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br