Floresta: Polícia recupera veículos e apreende bloqueadores de sinal de GPS

Policias da 1ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) apreenderam uma carreta e um caminhão-baú, além de cinco bloqueadores de sinal de GPS (rastreador), próximo ao Assentamento Nivaldo Amaral, em Floresta (PE), no Sertão de Itaparica, ontem (15).

Os equipamentos servem para que os veículos não sejam encontrados através do sinal de satélite veicular. No local ainda foi localizado um gerador de energia, para alimentar os bloqueadores. A carreta estava carregada de desodorantes. Não há queixa de roubo dos veículos e da carga.

Os donos dos veículos não foram localizados, bem como não foram ainda identificados os criminosos que integram essa quadrilha de assalto a veículos de carga. Mas a polícia acredita que a quadrilha tenha ramificações interestaduais. (foto/divulgação)

Ministro garante obra de duplicação do acesso ao município de Floresta

A execução da obra de duplicação do trecho de 1,4 quilômetro da BR-316 que dá acesso ao município de Floresta (PE), no Sertão de Itaparica, está garantida. Foi o que informou o secretário de Transportes de Pernambuco, Sebastião Oliveira, após um importante encontro com o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, na quarta-feira (29).

Antes disso, segundo o secretário, o DNIT realizará ações de conservação no trecho. “A visita de Maurício Quintella foi muito importante porque conseguimos destravar importantes ações. O bom relacionamento que tenho com o ministro tem resultado em investimentos em benefício de Pernambuco“, explicou Sebastião Oliveira. O prefeito de Floresta, Ricardo Ferraz este presente no encontro. (foto/divulgação)

Comissão de Agricultura da Alepe promove audiência pública sobre efeitos da transposição em reservatórios de Floresta

Os efeitos do Projeto de Integração do Rio São Francisco (Pisf) na perenização do Riacho do Navio, em Floresta, sertão de Itaparica, foram discutidos em audiência pública, nesta terça (28), na Câmara de Vereadores do município. O encontro foi solicitado pelo presidente da Comissão de Agricultura, deputado Claudiano Martins Filho (PP). O deputado Rodrigo Novaes (PSD), que comandou o debate, destacou a necessidade de revitalização e modernização da barragem Barra do Juá para que seja receptora da barragem Muquém, também em Floresta. Sofrendo com a seca há seis anos, a população local denunciou não estar sendo beneficiada com a transposição do Velho Chico.

Vamos nos unir pra reivindicar que essa água possa ser usada pelo povo florestano. É preciso haver um volume que torne possível, ao menos, a pesca e a subsistência das pessoas da região”, alertou Novaes, que encomendou laudo técnico ao Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), para atestar a capacidade de funcionamento de Barra do Juá. Além de se comprometer a averiguar os reparos necessários para a barragem, o coordenador do Dnocs estadual, Marcos Rueda, sugeriu a ampliação do debate. “Que se convoque também o Ministério da Integração, a Codevasf e a Apac”, frisou.

Maria da Guia, vice-presidente da Associação dos Pescadores, relatou alguns problemas enfrentados por pessoas que só viviam da pesca: “Temos mais de 30 famílias sofrendo muito. Elas não têm condições de sair da Barra do Juá e pescar no São Francisco. Estão perdendo seus benefícios junto à Previdência porque estão há anos sem exercer as atividades”.

Ricardo Souza, coordenador do Conselho dos Usuários do Açude Barra do Juá, condenou a possibilidade de os moradores terem de arcar com a água que antes consumiam gratuitamente. Segundo ele, “90% dos produtores de Riacho do Navio são agricultores familiares. Eles deveriam ter algum tipo de concessão para não pagar nada”, pontuou.

Pagar água onde já se vive castigado com a seca é o pior crime que pode acontecer nesse momento”, completou o presidente da Câmara Municipal, o vereador Beto Souza. Sobre o assunto, o representante da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Sérgio Torres, explicou que o “município não tem água, tem terra”. “Se o rio percorre mais de um Estado, o curso d’água pertence à União. No caso de Pernambuco, a gestão vai ter que definir qual operador estadual fará a mediação entre os usuários e a esfera federal. A Compesa é um deles”, observou.

Rodrigo Novaes apoiou a ideia de criar uma tarifa social de irrigação para terrenos de até um hectare. “Vou levar a proposta ao Governo Federal”, enfatizou.

Ainda foi definido na audiência o prazo médio de oito meses para conclusão dos reparos na barragem, contados a partir de agosto deste ano, quando espera-se iniciar a requalificação da estrutura. Após a audiência pública, o deputado Rodrigo Novaes seguiu em comitiva para vistoriar a barragem Barra do Juá.

Projeto da Transposição 

Considerado o maior empreendimento hídrico do País, o Projeto de Integração do Rio São Francisco pretende beneficiar 12 milhões de brasileiros. A construção, que recebeu o investimento de R$ 9,6 bilhões, terá 477 quilômetros de extensão e vai abastecer 390 cidades de Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba.

 

Paulo Câmara cumpre agenda administrativa no Sertão de Itaparica nesta sexta

Depois de cumprir agenda administrativa no Sertão do Pajeú, ontem (23), o governado Paulo Câmara (PSB) seguiu para o Sertão de Itaparica. O gestor estadual iniciou sua agenda desta sexta-feira (24) participando da plenária do programa Pernambuco em Ação, no município de Petrolândia.

Já na cidade de Floresta, nesta tarde, Câmara vai inaugurar a quadra da escola Deputado Afonso Ferraz, onde ele irá fazer a assinatura de programa de leite e alimentos para a cidade e dar por inauguradas praças e avenidas. No município, o governador também fará articulações políticas, visitando as lideranças aliadas. (foto/divulgação)

Luciano Huck produz reportagem em aldeia no município de Floresta

O apresentador global Luciano Huck está produzindo há seis meses reportagem numa aldeia em Pernambuco chamada Caldeirão, que fica a 1.650 metros de altura acima do nível do mar, no município de Floresta, no Sertão de Itaparica. Antes, sua população precisava caminhar 23 km para obter água.

Segundo a Folha de PE, Huck e sua equipe fizeram um poço artesiano e levaram especialistas que ensinaram técnicas de reutilização de água. Será uma grande homenagem na abertura da nova temporada do programa do apresentador, o ‘Caldeirão do Huck’, na TV Globo, dia 23 de março. (foto/reprodução)

Secretário de Meio Ambiente de Juazeiro participa em Floresta de reunião da Câmara Consultiva Regional do Rio São Francisco

Na última quinta-feira (9), o Secretário de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano de Juazeiro-BA (Semaurb), Agenor Souza participou do encontro da Câmara Consultiva Regional do Submédio do São Francisco (CCRSMSF) que aconteceu na cidade de Floresta (PE), no Sertão de Itaparica.

O encontro aconteceu na Câmara Municipal de Vereadores e foi liderada pelo Coordenador da CCRSMSF e reitor da Univasf, Julianeli Tolentino de Lima. O encontro teve inicio com a leitura e aprovação da ata da última reunião ocorrida em novembro do ano passado. Logo em seguida iniciaram-se as apresentações de projetos e avaliações. Foi apresentado e aprovado o Projeto Hidroambiental (adutora) da comunidade Serrote dos Campos (povo Pankará) do município de Itacuruba, também no Sertão de Itaparica.

Como membro do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Agenor Souza esteve junto dos demais membros discutindo projetos e orçamentos para ajudar a desenvolver as comunidades que estão no entorno do nosso velho Chico e como manter preservado o meio ambiente.

Foi uma boa a reunião. Serviu para orientar os membros do comitê, agora com a gestão de Julianeli que junto com os membros estão tornando uma CCR mais presente nas cidades ribeirinhas do Rio São Francisco para levar ao conhecimento de todos os trabalhos desenvolvidos pela equipe em prol do nosso maior patrimônio, o Velho Chico“, colocou Agenor Souza.

Abrangência

A atuação da CCR do Submédio São Francisco abrange desde o município de Remanso, às margens do lago de Sobradinho, até a usina de Paulo Afonso, na Bahia. A região integra 25 municípios da Bahia e 59 municípios de Pernambuco. A Câmara atua como interlocutora das comunidades regionais no encaminhamento de demandas ao Comitê, um exemplo disso são  os projetos de recuperação hidroambiental em execução no Submédio São Francisco, destinados a revitalizar os afluentes, a fim de conter o processo de diminuição progressiva da vazão natural do rio e melhorar a qualidade de suas águas. (foto/divulgação)

Briga entre irmãos quase acaba em morte em Floresta

Um briga quase acabou em morte nesta segunda-feira (6) em Floresta, no sertão de Itaparica. O desentendimento aconteceu por volta das 15h em uma residência na Travessa Manoel Ferraz, no bairro DNER. De acordo com informações do lugar, Josimar Manoel do Nascimento, de 42 anos, foi esfaqueado pelo próprio irmão quando o mesmo tentava impedir que a mãe fosse espancada.

Apesar de ter sido perfurado quatro vezes, Josimar não corre risco de morte e se recupera no Hospital Coronel Álvaro Ferraz. O crime foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Floresta como lesão corporal grave. O agressor foi levado para ser ouvido pela polícia. (Com informações do Blog do Elvis)

TCE suspende contratações temporárias na Prefeitura de Floresta

 

A Segunda Câmara do TCE/PE- Tribunal de Contas de Pernambuco – referendou nesta terça-feira (21) uma Medida Cautelar solicitada pelo procurador do Ministério Público de Contas, Ricardo Alexandre requerendo a suspensão de contratações temporárias feitas no município de Floresta pelo prefeito Ricardo Ferraz. Na gestão passada, a então prefeita Rosângela Maniçoba rescindiu, mediante portaria, 883 contratos temporários e nomeou 500 candidatos aprovados em concurso público.

No entanto, pelo fato de as nomeações terem sido feitas nos últimos 180 dias do mandato, violando a Lei de Responsabilidade Fiscal, o TCE expediu Medida Cautelar, através do conselheiro substituto Adriano Cisneiros, determinando a suspensão das nomeações. Após ser empossado em janeiro deste ano, o novo prefeito fez novas contratações temporárias, deixando de lado os aprovados em concurso público.

Em razão disso, a Segunda Câmara do TCE referendou a Cautelar solicitada pelo Ministério Público de Contas pela suspensão de todas as contratações temporárias que tenham extrapolado o limite de gastos com a folha estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Estão ressalvadas contratações para as áreas de saúde e educação, mas só até a entrada em exercício dos aprovados em concurso público. O TCE vai instaurar auditoria especial para acompanhamento das contratações de que trata este processo, que teve como relator o conselheiro substituto Ruy Harten.

Vale lembrar que no início do mês o  auditor geral do TCE, Carlos Barbosa Pimentel, enviou ofício ao prefeito de Floresta, dando-lhe ciência de representação recebida do Ministério Público de Contas requerendo a expedição de uma Medida Cautelar para suspender 300 (trezentas) admissões de pessoal de caráter temporário, feitas pela atual gestão, em detrimento de candidatos aprovados em concurso público homologado em 2016 pela ex-prefeita Rosângela Maniçoba.

TCE-PE suspende contratações temporárias na Prefeitura de Floresta

A Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) referendou, ontem (21), uma Medida Cautelar solicitada pelo procurador do Ministério Público de Contas, Ricardo Alexandre, requerendo a suspensão de contratações temporárias feitas no município de Floresta pelo prefeito Ricardo Ferraz.

Na gestão passada, a então prefeita Rosângela Maniçoba (Rorró) rescindiu, mediante portaria, 883 contratos temporários e nomeou 500 candidatos aprovados em concurso público. No entanto, pelo fato de as nomeações terem sido feitas nos últimos 180 dias do mandato, violando a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o TCE-PE expediu Medida Cautelar, através do conselheiro substituto Adriano Cisneiros, determinando a suspensão das nomeações.

Após ser empossado em janeiro deste ano, o novo prefeito fez novas contratações temporárias, deixando de lado os aprovados em concurso público. Em razão disso, a Segunda Câmara do TCE-PE referendou a Cautelar solicitada pelo Ministério Público de Contas pela suspensão de todas as contratações temporárias que tenham extrapolado o limite de gastos com a folha, estabelecido pela LRF.

Estão ressalvadas contratações para as áreas de saúde e educação, mas só até a entrada em exercício dos aprovados em concurso público. O TCE-PE vai instaurar auditoria especial para acompanhamento das contratações de que trata este processo, que teve como relator o conselheiro substituto Ruy Harten.

Ofício

Vale lembrar que no início do mês o  auditor geral do tribunal, Carlos Barbosa Pimentel, enviou ofício ao prefeito de Floresta, dando-lhe ciência de representação recebida do Ministério Público de Contas requerendo a expedição de uma Medida Cautelar para suspender 300 admissões de pessoal de caráter temporário, feitas pela atual gestão, em detrimento de candidatos aprovados em concurso público homologado em 2016 pela ex-prefeita. Com a palavra, a Prefeitura de Floresta.

IF Sertão divulga prazo de matrículas para selecionados no Sisu

O Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE) divulgou nesta quinta-feira (16) a relação de candidatos selecionados na lista de espera do Sisu 2017.1 e 2017.2. Os candidatos deverão comparecer portando os documentos necessários para a matrícula, às 9h30 da próxima segunda-feira (20) para os campi Floresta e Salgueiro.

Já no dia 9 de março, também às 9h30, as matrículas serão para os candidatos dos campi Petrolina (cursos de Licenciatura em Química e Física), Petrolina Zona Rural e Ouricuri. Já no dia 10 de março, às 9h30, os alunos classificados farão matrículas nos cursos de Licenciatura em Computação e Tecnologia em Alimentos – também campus Petrolina.

Mais detalhes através do site http://www.ifsertao-pe.edu.br .

 

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br