Juazeiro: Empresário inaugura empreendimento e anuncia construção de condomínio no São Francisco Country Club

carlos alberto - chicletãoO primeiro bloco de apartamentos do condomínio Club Primavera, localizado no bairro Contry Club, em Juazeiro (BA), foi entregue ontem (2), durante um café da manhã. O empresário da construção civil, Carlos Alberto Campos, da construtora Campus 10, entregou as chaves aos proprietários dos 80 apartamentos da primeira torre do edifício.

Segundo Carlos Alberto (mais conhecido na cidade como ‘Chicletão’), que também é empreendedor no Juá Garden Shopping, a segunda torre do Condomínio Club Primavera – que está em construção ao lado da primeira torre – deve ser entregue no final de 2016. “Estamos quebrando um paradigma. Juazeiro ainda não tem a vivência de obra verticalizada. A segunda torre do Club Primavera deve ficar pronta no final de 2016”, disse o empresário, informando que 100% dos apartamentos da primeira torre foram vendidos.

Comemorando o êxito do empreendimento, ele disse que a crise econômica ainda não chegou a Juazeiro. “Essa crise ainda não chegou por aqui. Somos uma região muito forte. Em plena recessão a cidade está tendo esse potencial, com várias inaugurações importantes, como este condomínio e o Juá Garden Shopping, por exemplo, que vai ser inaugurado em novembro.

A primeira torre do empreendimento tem quatro apartamentos por andar e 13 itens de lazer – como academia, parque infantil, entre outros. São três quartos completos em cada apartamento, e os proprietários ainda terão descontos de até 38% em uma loja de móveis planejados da região.

Novos investimentos

Durante o evento, Carlos Alberto anunciou novos investimentos na cidade, como o projeto de um condomínio no São Francisco Country Club. Segundo o empresário, três torres serão construídas no local. “O clube pertence à Campus 10, juntamente com mais dois investidores de Petrolina. Três torres serão construídas no local, com 28 pavimentos e ampla estrutura. Vai ser um empreendimento inédito, o melhor da região, no qual o morador vai descer de seu apartamento e ir direto para uma ilha”, revelou, referindo-se à Ilha do Country Club.

O empresário disse, ainda, que já encaminhou um documento ao Ministério Público Federal (MPF), no qual a empresa se compromete em não desmatar a Ilha. “Eu sou um defensor do Rio São Francisco, e a ilha faz parte do rio. Eu fiz um documento e encaminhei ao MPF, me comprometendo em desmanchar as construções de alvenaria que existem na Ilha, e depois plantar árvores nativas. Nosso objetivo é melhorar o espaço”, garantiu. (foto/Rinaldo Lima)

Pizza Hut volta a operar no Nordeste e mira Petrolina buscando franqueados

pizza-hut-canadaA rede de pizzarias Pizza Hut pretende retomar a atuação na região Nordeste e busca novos franqueados em Pernambuco. O empreendimento fechou as portas no Estado há cerca de 5 anos.

O objetivo da marca é abrir cerca de 15 novas lojas no Estado, no período de 5 a 10 anos. As cidades-alvo são: Recife, Olinda, Caruaru, Petrolina, Jaboatão dos Guararapes e Paulista.

Segundo Agustin Dominguez Larrea, diretor de Expansão da Yum! Brands, grupo responsável pela rede de pizzarias, o estado apresentou um alto crescimento no número de shoppings, privilegiando o desenvolvimento da marca no formato Express, lojas instaladas em shoppings centers.

“Temos um grande número de pernambucanos pedindo a marca no estado pelas redes sociais. Recife é hoje uma das economias mais fortes do Nordeste. A cidade ainda conta com dois portos, dentre eles o melhor porto do Brasil, o Porto de Suape. Acreditamos muito no sucesso da Pizza Hut no estado de Pernambuco”, pontua Agustin.

Os empreendedores interessados em abrir uma franquia da Pizza Hut podem escolher entre os diversos formatos: Delivery, Express (lojas localizados em shopping centers ou centros comerciais) e Dine in (restaurante localizado nas principais regiões da cidade). Os investimentos variam de R$ 625 mil a R$ 1,5 milhão. (Com informações do NE10)

O que aconteceu com o Petrolina Park Shopping?

petrolina park shoppingO Petrolina Park Shopping, segundo grande centro de compras da cidade, tão aguardado pela população, ainda não saiu do papel. Depois do lançamento do empreendimento, há mais de dois anos, os petrolinenses não sabem o que aconteceu, assim como não têm informações acerca do andamento das obras. O Petrolina Park Shopping, empreendimento do grupo Plus Investimentos, junto com a Class Empreendimentos – mesmas empresas responsáveis pelo Vitória Park Shopping, inaugurado há algum tempo na Zona da Mata pernambucana –, prometia grandes novidades em termos de lazer para a população de Petrolina e visitantes.

As obras do mall do shopping iniciaram, mas, segundo informações repassadas a este Blog pela antiga assessoria de imprensa do empreendimento – afastada do cargo há quase um ano, teriam parado por falta de financiamento do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES). O shopping, caso seja construído, ficará localizado na Estrada da Banana, esquina com a Avenida Sete de Setembro. O projeto original do centro de compras inclui seis salas de cinema de última geração e um moderno hotel com 140 apartamentos integrado ao mall, além de sete lojas âncoras e mais de 200 lojas satélites. A inauguração do shopping estava prevista para abril de 2014. Agora vamos esperar pelos próximos capítulos dessa longa história.

O Blog reserva espaço para os responsáveis pelo Petrolina Park Shopping se manifestarem sobre o assunto.

Juazeiro: Empreendimento promete gerar 2.500 empregos diretos

call centerRepresentantes da empresa Tel Telemática, de Call center estiveram reunidos na manhã de hoje (27) com o prefeito Isaac Carvalho para confirmar a instalação da empresa de Call Center em Juazeiro.

Bartolomeu Brito (sócio-presidente) e Gabriel Drummond (diretor-financeiro), estavam acompanhados pelo superintendente da Secretaria de Industria, Comércio e Mineração da Bahia, Marcos Costa.

O Call Center vai gerar 2.500 empregos diretos e será instalado nas proximidades do Assaí. Ainda segundo os representantes da TEL, a previsão é que a obra seja iniciada até o fim do primeiro semestre de 2015.

Participaram da reunião, o secretário de Desenvolvimento Econômico Carlos Neiva, o gerente comercial da Coelba/Juazeiro, Jezer Pacheco, os secretários Raimundo Francisco Filho (Fazenda), Agenor Souza (Meio Ambiente e Ordem Pública), Joaquim Neto (SAAE) e Paulo Bonfim (Governo).

“É a concretização de todo um processo efetivo de atração de novos investimentos que temos feito nos últimos anos. Ficamos muito felizes por ver nosso município despertando a atenção de grandes empresas do país devido a trabalho árduo da gestão em alavancar o nosso desenvolvimento”, enfatizou Carlos Neiva.

A empresa atua desde 1989 na área de Call Center e conta com 07 sites, localizados nos estados de São Paulo, Bahia, Tocantins e Distrito Federal, com 4.000 posições e 12.000 colaboradores.

A empresa atua no mercado com diversos produtos que oferece, tais como SAC, Retenção, Rentabilização e Fidelização de Clientes, Vendas, Cobrança e Recuperação de Créditos, Backoffice, Monitoria da Qualidade, Auditoria, Pesquisa, dentre outros. (fonte: Ascom PMJ)

Empresa no ramo de construção civil poderá aportar em Juazeiro

_DSC6582O secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Juazeiro, Carlos Neiva, recebeu na última semana em seu gabinete dois representantes da P&W – empresa especializada no desenvolvimento e fabricação de painel para a construção civil, que conta com escritórios na China, Portugal, Espanha e Brasil. Marcelo Rupolo e Fábio Moraes são sócios e representam a P&W na região.

Durante a conversa, que contou também com a presença do gerente de negócios do Desenbahia para a região Norte, Roberto Parish, Neiva apresentou um panorama do crescimento do município nos últimos seis anos, principalmente para o Distrito Industrial com a chegada de mais de 100 empresas, além da geração de empregos que colocou Juazeiro por dois anos consecutivos como a cidade que mais cria oportunidades no interior do Estado.

Há dois meses na região, os sócios da P&W expuseram suas intenções e coloram suas necessidades para instalação da indústria no município, como uma área de 20 mil metros quadrados. A empresa irá trabalhar a produção de placas premoldadas para a construção civil. “A região, pelo que pudemos perceber, tem totais condições de abrigar uma indústria como a nossa. O governo se mostrou bastante interessado, com uma política positiva para a atração de novos empreendimentos que nos deixou bastante interessados“, disse Rupolo. (fonte/foto:Ascom/PMJ)

Após 3 anos, shopping de Juazeiro começa finalmente a deixar de ser um sonho

_DSC9150Três anos depois do lançamento da pedra fundamental para a construção do Shopping de Juazeiro, o projeto começa efetivamente a sair do papel. Teve início nesta terça-feira (2) a obra de instalação do estande de vendas do Juá Garden Shopping. A expectativa é de que o centro de compras seja inaugurado entre o dezembro de 2015 e março de 2016.

O empreendimento deve gerar 3 mil empregos diretos, envolvendo 300 trabalhadores contratados. O investimento ultrapassa R$ 200 milhões em 34.298 metros quadrados de área construída, estacionamento com 1.120 vagas, seis elevadores e quatro escadas rolantes. Também inclui a construção de uma nova via pavimentada, que ligará a BR-407 à 235, no bairro Itaberaba.

O engenheiro da Tenco e coordenador da construção do empreendimento, Marcelo Almeida; o empresário e sócio regional, Carlos Alberto Campos; além dos representantes da Prefeitura de Juazeiro, Carlos Neiva (assessor de Políticas Sociais) e Paulo César Carvalho (secretário de Comunicação) visitaram o canteiro.

Cinco lojas âncoras já fecharam com o grupo para se instalarem no futuro shopping. Para Carlos Neiva, Juazeiro vive um momento de crescimento econômico e de desenvolvimento na infraestrutura. “Tudo o que está sendo consolidado agora é fruto de um grande esforço do prefeito Isaac e de toda a nossa equipe, com o objetivo de atrair investimentos públicos e privados que têm tirado o município da estagnação em que se encontrava. E a chegada do Juá Garden Shopping é um exemplo do quão exitoso é esse modelo de gestão“, avaliou. As informações são da assessoria. (Foto/divulgação)

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br