Campo Alegre de Lourdes: Prefeitura mobiliza sociedade para a criação do Conselho Municipal de Segurança

A nova gestão de Campo Alegre de Lourdes, no norte da Bahia, apoiada pelo Ministério Público Estadual e com participações do Poder Legislativo, Polícias Civil e Militar, instituições financeiras, entidades de classes, Organizações não Governamentais (ONGs) e a população formou, ontem (23), o Conselho Municipal de Segurança.

Durante o encontro, realizado na Biblioteca Municipal, foi debatido o grave problema de violência na região e a vulnerabilidade das instituições financeiras – a exemplo do Banco do Brasil (BB) -, que funciona limitadamente, diminuindo a circulação de dinheiro, o que prejudica todos os setores da economia local.

Na ocasião o prefeito Enilson Marcelo (PCdoB), além de representantes das entidades e vários moradores, expuseram a sensação de insegurança que assola o município, principalmente a zona rural, que sofre com roubos e furtos de animais, invasões e assaltos aos comércios e residências.

Também foram indicados pelos segmentos da sociedade civil representantes para formar o Conselho Municipal de Segurança, que tem a finalidade de discutir, analisar, planejar e acompanhar a solução dos problemas de segurança do município, bem como desenvolver campanhas educativas e buscar a integração e a cooperação entre as entidades locais voltadas à segurança pública. O projeto para formação do Conselho será encaminhado à Câmara Municipal de Vereadores. (foto/divulgação)

Campo Alegre de Lourdes: Sem condições de atendimento, Hospital Municipal é interditado

A população de Campo Alegre de Lourdes, no norte da Bahia, está sem atendimento médico no Hospital Municipal da cidade. Por conta disso a unidade teve de ser interditada para higienização. O prefeito Dr. Enilson (PCdoB), acompanhado da secretária de Saúde, Aline Almeida, e de alguns Vereadores, médicos e profissionais da área fizeram uma visita ao hospital e constataram diversas irregularidades e precariedades, o que justifica a interdição, confirmando o relatório da equipe de transição elaborado na entrega do órgão no primeiro dia do novo governo.

O hospital está tomado pelo mau cheiro, tem material infectado e lençóis usados no chão. Faltam macas e aparelhagem de emergência, equipamentos básicos para o pronto atendimento e todos os tipos de medicamentos. Faltam, por exemplo, esparadrapo, equipo, escalpe, gases, seringas, compressas. Medicamento de urgência só existe Buscopam”, disse a prefeitura, em nota.

Com relação à estrutura da unidade médica, a nova gestão afirma que “as paredes contêm rachaduras e infiltrações e há uma parte do teto sem forro, deixando o bloco cirúrgico totalmente exposto, o que possibilita uma infecção hospital. A sala de raio-x, nestas mesmas condições, está imprópria para uso. O gerador de energia também está quebrado”, segundo a nota.

Medidas

Será solicitada uma vistoria da Vigilância Sanitária nos próximos dias para que, se necessário, seja promovida a interdição total do Hospital Municipal para correção das irregularidades que põem em risco pacientes e funcionários. A nova gestão já informou que não permitirá que a população seja prejudicada. A unidade ficará com atendimento suspenso por 15 dias para higienização, manutenção e período para elaboração das licitações para a compra de matérias e medicamentos. Os serviços de atendimento serão transferidos para o posto de saúde (antigo Sesp), ao lado do hospital. (foto/divulgação)

Dr. Enilson vence Delaneide e é o novo prefeito de Campo Alegre de Lourdes

O município de Campo Alegre de Lourdes, no norte da Bahia, tem um novo prefeito. Dr. Enilson (PCdoB) venceu as eleições com 10.076 votos (62,76%% dos válidos).

Em segundo lugar ficou a atua prefeita Delaneide Borges (PSD), com 5.595 votos (34,85% dos válidos), e em terceiro Eurâny Mangueira, com 383 votos (2,39%).

 

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br