Irmão de paciente com doença misteriosa faz apelo por cirurgia urgente no HRJ

hrj2(1)A paciente Maria Aparecida Araújo Gonçalves vive momentos de angústia diante de uma doença misteriosa que até agora permanece sem diagnóstico. Segundo familiares, ela já passou por vários médicos de Petrolina, mas a paciente permanece internada no Hospital Regional de Juazeiro (HRJ) há quase 30 dias sem descobrir, de fato, quais as causas de sua doença.

Alguns profissionais chegaram a afirmar que a paciente estaria com câncer, mas o diagnóstico foi descartado. De acordo com a família, Maria apresenta uma obstrução no intestino, como o que causa rejeição dos alimentos pelo organismo. A paciente já perdeu mais de 15 kg e, consequentemente, resistência ao longo tratamento que enfrenta há três meses.

Desesperado, o irmão da paciente, Charles Araújo, faz um apelo às autoridades para que Maria Aparecida possa passar por uma cirurgia de emergência na tentativa de salvar a vida da irmã. “A médica responsável pelo setor, Dra. Jamily, está agido de uma forma muito humana, tentando salvar a vida de minha irmã, mas o Hospital de Juazeiro não disponibiliza de uma equipe especializada e a sugestão é de uma cirurgia urgente”, relata. Não bastasse a dor da doença, a paciente também enfrenta a crise no hospital, já que funcionários e médicos dos setores de ambulatório e emergência estão em greve por falta de pagamento.

Sepultado em Juazeiro corpo do menino Glenn, que comoveu a região em luta contra leucemia

O corpo do menino Glenn Lima Oliveira, de 12 anos, que sofria de leucemia, foi sepultado na tarde de hoje (10), no Cemitério Central de Juazeiro (BA). Ele não resistiu às complicações do seu quadro clínico e morreu no final da noite de ontem (9) numa unidade de saúde da cidade.

A história de Glenn comoveu todo o Vale do São Francisco desde o início do ano passado, quando foi diagnosticado com leucemia grave (LLA) tipo T. Parte do tratamento dele foi realizado em São Paulo.

Como nenhum parente era 100% compatível para a o transplante de medula óssea, a família do garotinho iniciou uma campanha nas redes sociais à procura de um doador, mas sem êxito.

Também nas redes sociais a comoção foi geral após o anúncio da morte do garoto. Muitas mensagens postadas, desejando condolências à família enlutada. (foto/reprodução)

Morre em Juazeiro jovem de Cabrobó internada com doença desconhecida

Após uma mobilização nas redes sociais para angariar recursos em prol da jovem Jamylle Ferreira do Nascimento, de 24 anos, que lutava contra uma grave doença que até o momento não tinha um diagnóstico preciso, o Blog foi informado que ela não resistiu e morreu hoje (10), num hospital em Juazeiro (BA), onde estava internada.

Jamylle era de Cabrobó (PE), no Sertão do São Francisco, e vinha lutando contra a doença desde 2010. Ela contou, em carta enviada a este Blog em novembro passado, que passou por muitos médicos, depois vieram diversos exames – ao todo 68 -, mas nenhum deles revelou a verdadeira causa do meu problema. “Os médicos suspeitaram de Lúpus ou Esclerodermia Progressiva, mas não se sabe ao certo o que realmente tenho”, disse ela.

A informação da morte de Jamylle foi repassada pela assessoria da secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania de Cabrobó, mas os detalhes do velório e sepultamento ainda não foram divulgados.

Serra Talhada entra em estado de alerta contra o mosquito da dengue

O número de casos de dengue registrados na cidade de Serra Talhada (PE), no Sertão do Pajeú, aumentou consideravelmente nas últimas semanas, segundo informou o secretário executivo da Saúde e coordenador da Vigilância em Saúde da cidade, Aron Lourenço, em entrevista à imprensa local.

De acordo com o secretário, os casos registrados neste ano são superiores aos registrados no mesmo período do ano passado. “Foram registrados 36 casos contra cerca de 15 do ano passado, por esta razão, intensificamos nossa situação de alerta”, disse Aron, ressaltando que os casos estão concentrados em três bairros: São Cristóvão, Cagep e Ipsep, e que a secretaria está intensificando as ações de combate ao mosquito Aedes aegypite e atuando em todo o município, “mas com atenção especial para as áreas onde há uma maior incidência.

O secretário pede a colaboração da população quanto a prevenção da doença. Vale sempre ressaltar que não se pode deixar água acumulada em qualquer tipo de recipiente. “Estamos atentos, não estamos parados, mas é preciso que a população colabore“, frisa Aron.

Vacinação contra HPV vai ser realizada durante todo o mês de março em Lagoa Grande

VacinaçãoO município de Lagoa Grande (PE), sertão do São Francisco, através da Secretaria Municipal de Saúde, está realizando durante este mês de março nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) a vacinação quadrivalente Papilomavírus Humano (HPV), para prevenção do câncer do colo do útero, entre as adolescentes de 9 a 13 anos.

As vacinas também poderão ser aplicadas nas escolas públicas ou privadas. Para isso equipes de saúde estarão visitando durante este mês essas unidades e realizando palestras sobre o tema para as adolescentes, pais e educadores sobre a importância dessa prevenção.

Para a devida prevenção as adolescentes deverão tomar 3 doses desta vacina. A 1ª dose será ofertada para adolescentes de 09 a 13 anos de idade, nas UBS’s, a partir deste mês. A 2ª dose será administrada seis meses após a 1ª dose, na UBS. A 3ª dose será administrada cinco anos após a 1ª dose, na UBS.

É importante ressaltar que vacinação é gratuita e faz parte do calendário de vacinação, assim estará disponível nas Unidades Básicas de Saúde durante todo o ano. Outro ponto importante, é que a vacinação das adolescentes ocorre sem necessidade de autorização ou acompanhamento dos pais ou responsáveis. No entanto, caso o pai ou responsável não autorize a vacinação da adolescente na escola, deverá encaminhar o “Termo de Recusa”, devidamente preenchido e assinado.

O câncer do colo do útero é uma doença grave e pode ser uma ameaça à vida. No Brasil, é a terceira principal causa de morte por câncer entre mulheres. Os subtipos HPV 16 e 18 são responsáveis por cerca de 70% dos casos de câncer do colo do útero em todo o mundo e estes subtipos estão incluídos na vacina quadrivalente contra HPV.

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br