Juazeirense empata com Vitória da Conquista e continua em situação difícil no Baianão

Mais uma vez o grito de vitória ficou preso na garganta. Num jogo truncado, ontem (19), a Desportiva Juazeirense empatou em 0 x 0 com o Vitória da Conquista, no Adauto Moraes, em Juazeiro (BA), e segue na nova colocação, agora com seis pontos – três a frente do Flamengo de Guanambi, que abre a zona de rebaixamento.

O Cancão voltará a campo na próxima quarta-feira (22), quando enfrenta o River-PI, no Adauto, pela Copa do Nordeste. Também em casa, enfrenta o Galícia no domingo (26), pela penúltima rodada do Baiano.

Copa do Nordeste: Juazeirense não joga bem e perde de goleada para Sport na Ilha do Retiro

A Juazeirense teve uma noite de sábado (11) para esquecer no Recife (PE). O ‘Cancão de Fogo’ já entrou em campo para encarar o Sport sem chances de classificação à próxima fase da Copa do Nordeste. Isso por que mais cedo, o River-PI venceu o Sampaio Corrêa, por 1×0, soma dez pontos e não pode ser mais alcançado.

Sem chances de avançar, o Cancão fez uma partida abaixo do esperado e acabou perdendo para o Sport, por 5×0, na Ilha do Retiro. Com o resultado, o Cancão segue na terceira colocação do Grupo C, com três pontos. Na última rodada, cumpre tabela diante do River, dia 22, no Adauto Moraes,em Juazeiro (BA). (foto/Peu Ricardo)

Com gol nos acréscimos, Juazeirense perde para a Jacuipense e se complica mais ainda no Baianão

Era vencer e ficar a dois pontos do G-4 do Baianão. Mas não foi dessa vez que a Desportiva Juazeirense se aproximou dos quatro primeiros que avançam a semifinal da competição.

Com um gol nos acréscimos do segundo tempo, o ‘Cancão de Fogo’ perdeu por 1×0  para a Jacuipense no Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, na noite de ontem (2), e caiu para oitava colocação.

Mas o time de Juazeiro voltará a campo neste domingo (5). Desta vez, a equipe vai enfrentar o Fluminense de Feira, às 16h, no Adauto Moraes, em Juazeiro.

Baianão: Juazeirense perde para Bahia em jogo ‘morno’ e se complica

Um jogo daqueles que deixa o torcedor desmotivado. Assim foi a tarde de quem esteve no estádio de Pituaçu, no domingo (19). Bahia e Desportiva Juazeirense protagonizaram uma partida morna, da qual a criatividade passou longe.

No primeiro tempo, mérito da defesa do Juazeirense, que se fechou e complicou a vida do Tricolor. No segundo, incapacidade do Bahia de criar. O quadro foi tão crítico que todos os gols surgiram de bolas paradas: no primeiro tempo, Gustavo, aos 45, após cobrança de falta; na segunda etapa, Nen converteu um pênalti aos seis, e Mário marcou aos 37, após falta cobrada por Juninho.

O resultado, válido pela quinta rodada do Baianão, deixou o representante de Juazeiro (BA) com cinco pontos, em sexto lugar – a quatro pontos do Vitória da Conquista, o último da zona de classificação.

Juazeirense soma terceira derrota no Nordestão e está por um milagre para passar à próxima fase

A Copa do Nordeste 2017 praticamente não faz mais parte dos planos da Desportiva Juazeirense este ano. A equipe foi derrotada por 2×1, de virada, para o Sampaio Correia na tarde de ontem (12), no Estádio Castelão, em São Luiz (MA). O resultado, válido pela terceira rodada da competição, deixou o Cancão de Fogo matematicamente sem chances de passar à próxima fase.

A Juazeirense até começou bem, abrindo o placar aos 29 minutos do primeiro tempo, com Ricardo Braz. Mas Guilherme aos 9, e Cleitinho aos 33 do segundo tempo, deram a vitória ao Sampaio. A equipe de Juazeiro (BA) tem mais três jogos nesta fase e precisa ganhar todos, além de depender de outros resultados. (foto: Lucas Almeida/divulgação)

Juazeirense luta, mas não consegue impedir derrota para Vitória na estreia do Baianão

Após estrear com o pé esquerdo no Copa do Nordeste, a Desportiva Juazeirense também levou a pior na estreia do Campeonato Baiano 2017. Em partida realizada no Estádio Adauto Moraes, em Juazeiro (BA), no domingo (29), a equipe do ‘Canção de Fogo’ enfrentou o Vitória e saiu derrotada por 2 x 1.

Com dois gols de Kieza, o rubro-negro baiano conseguiu o seu segundo triunfo em jogos oficiais da temporada, fazendo os três primeiros pontos pelo campeonato estadual. O gol da Juazeirense foi marcado por Danilo Bala, já nos minutos finais.

Agora, a Juazeirense voltará a campo nesta quarta-feira (1º/02), quando enfrentará o Jacobina no Estádio José Rocha, na cidade de Jacobina. Já o Vitória voltará para o Barradão, onde receberá o Vitória da Conquista na quinta-feira (2/02), pela segunda rodada do Baianão 2017.

Nordestão: Juazeirense perde na estreia para River-PI

Não foi a estreia que a torcida da Desportiva Juazeirense gostaria de ver na Copa do Nordeste. O time foi derrotado, na noite de ontem (26) no Estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, pelo River-PI. O atacante Viola fez os dois gols da vitória do Galo contra o Cancão de Fogo.

O resultado deixou o River-PI na liderança do Grupo C da competição, com três pontos – mesmo número que o Sport Recife, mas com um gol a mais que o Leão. Este último, inclusive, será o próximo adversário da Juazeirense, no Estádio Adauto Moraes, no próximo dia 5 de fevereiro. O representante de Juazeiro está na lanterna, sem nenhum ponto.

 

Vídeo Blog: Prefeito eleito de Afrânio avalia derrota histórica do grupo de Adalberto

Lossio sente o baque de ser o grande derrotado em Petrolina

julio lossio

O prefeito de Petrolina Julio Lossio (PMDB) gravou um vídeo logo depois da apuração das urnas, no último domingo (2), para agradecer a militância e reconhecer a derrota. Lossio diz, no vídeo, que ele é o grande responsável pelo revés e admite que a derrota é dele. E é mesmo. É ele o grande derrotado.

O prefeito é realmente um líder carismático, mas já tinha mostrado em pleitos anteriores que é um péssimo transferidor de votos. Nos últimos dias ele praticamente expulsou Edinaldo do guia eleitoral e foi ele mesmo ser o garoto propaganda da campanha. Não funcionou.

O prefeito se perdeu na própria soberba na campanha. Agressivo e midiático, agia como um militante desesperado, disparando sua metralhadora contra quem estivesse na estrada do seu projeto. Gravava vídeos dizendo que tinha pesquisas que não existiam, provocava os adversários em agressões gratuitas e usou as fórmulas repetidas para insuflar um candidato que não decolava.

O prefeito de Petrolina foi um centralizador na administração da cidade e na política. Não deixava ninguém ficar sob os holofotes que lhe miravam, não aceitava debates em seu grupo e não fez nascer um sucessor natural porque não abriu mão do controle exclusivo. Foi mais chefe do que líder.

Com a derrota acachapante, Lossio perdeu até mesmo a liderança da oposição de Petrolina, que ficou com o deputado estadual Odacy Amorim (PT), o qual percebeu que não ganharia a eleição e deu o grito de independência no final da campanha quando, finalmente, colocou Edinaldo no canto.

Lossio já vinha dando sinais de fraqueza quando se arvorava de ser o grande amigo de Michel Temer, tendo inclusive abandonado Dilma Rousseff para seguir o peemedebista e depois esculachar esse mesmo Temer, sem se lembrar que ele mesmo pulou do barco. Não conseguiu sequer uma nomeação em cargos de pequena expressão, enquanto seu principal desafeto, o senador Fernando Bezerra, emplacou ministro, Codevasf entre outras.

Agora é esperar o que diz o tempo da movimentação política do prefeito. Nesse momento o que resta é lamber as feridas de um embate do qual saiu muito machucado.

Após derrota, Charles Leão diz que “vai amar Juazeiro muito mais”

charles-leao5Derrotado na disputa pela Prefeitura de Juazeiro (BA) nas eleições deste domingo (2), Charles Leão (PPS) divulgou nota falando do resultado. Ele agradeceu os votos recebidos, afirmou que agora “vai amar Juazeiro muito mais” e que o novo gestor deve “cuidar das pessoas.”

Acompanhe:

Concorri pela primeira vez a um pleito eleitoral pela cidade que sempre me acolheu e demonstrou seu amor, por mim e pelo meu trabalho. Agradeço imensamente, e de coração, a confiança de 23.212 pessoas que acreditaram no nosso projeto de desenvolvimento para Juazeiro. Se eu já amava Juazeiro, agora amo muito, muito mais.

Continuo com o sonho de uma nova cidade, com ações efetivas nas áreas de saúde, educação, infraestrutura, meio ambiente e desenvolvimento econômico, com distribuição igualitária de renda. 

Agradeço o apoio que recebi de cada eleitor, nessa primeira disputa, e serei eternamente grato a cada um de vocês. Não desistirei de Juazeiro. Aqui é o meu lar, e aqui quero e vou continuar sonhando.

Juazeiro precisa de renovação e quer essa renovação. Ao novo gestor, ressalto que a prioridade seja cuidar das pessoas. 

Ascom/Charles Leão

(c) 2015 Blog do Carlos Britto | produzido por proximavenda.com.br